Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 157
Primeira ... 12345678 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A influências dos eventos climáticos extremos sobre reservatórios do nordeste. Repositório Alice
FERREIRA, L. G. C.; KEMENES, A..
Os eventos climáticos extremos, resultado das interações de acoplamento oceano-atmosfera, vêm se apresentando a cada ano mais intensos. Essa intensificação se deve, dentre outros fatores, ao incremento do processo de aquecimento global. Esses eventos podem alterar a normalidade das estações climáticas do continente americano e consequentemente seu regime pluviométrico. O objetivo principal desse estudo é ampliar a atual compreensão em relação à influência dos fenômenos climáticos extremos sobre a disponibilidade de água no interior do Nordeste do Brasil. Foram avaliados 26 reservatórios, distribuídos em seis estados (Piauí, Ceará, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Bahia). Os volumes de água desses reservatórios foram obtidos no site do DNOCS...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Anomalias do clima; Precipitação; Mudanças climáticas.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1112545
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Altitude, temperatura e a araucária no Sul do Brasil. Repositório Alice
FRITZSONS, E.; MANTOVANI, L. E.; WREGE, M. S..
Em aspectos gerais, a araucária está adaptada a regiões de altitude, de clima frio e úmido no sul e parte do sudeste do Brasil, entretanto, há condições mais propícias para o seu desenvolvimento. O objetivo deste trabalho foi o de verificar a diferença entre o clima nas regiões onde A. angustifolia ocorre e onde não ocorre, utilizando as variáveis climáticas precipitação, temperatura e altitude. Assim, foram separados dois grupos de estações meteorológicas: estações localizadas em áreas onde há a presença natural da araucária e onde não há ocorrência. Foi aplicado o teste T (teste de Student) para verificar a diferença entre as médias. A altitude e temperatura média anual são diferentes para as áreas com araucária. As araucárias se localizam em áreas mais...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Precipitação; Teste T de Student; Precipitation; T student test; Araucaria angustifolia; Pinheiro do Paraná; Espécie nativa; Clima; Climate.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1076080
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise comparativa do comportamento de dados de precipitação estimados por sensoriamento remoto frente a dados medidos em campo para diferentes escalas temporais em uma bacia do Agreste nordestino. Repositório Alice
MOTA, P. V. M. da; CRUZ, M. A. S.; ARAGÃO, R. de..
2015
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Precipitação; Sensoriamento remoto; Análise estatística; Satélite; Análise; Geospatial technology.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1032225
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da acurácia das simulações do modelo BRAMS na Amazônia Ocidental. Repositório Alice
LEIVAS, J. F.; RIBEIRO, G. G.; SARAIVA, I.; SILVA, J. E. S.; SOUSA, M. B.; ROCHA FILHO, J..
O objetivo deste estudo é avaliar o modelo de previsão numérica do tempo BRAMS (Brazilian Regional Atmospheric Modelling System), a partir da comparação entre os valores preditos e os observados (dados do NCEP (National Center Environmental Prediction). Foram realizadas comparações entre os valores preditos e os observados através da raiz do erro quadrático médio (RMSE) para os prognósticos de precipitação de 24, 48, 72 e 96 hs, no período de novembro de 2008 a março de 2009. Os resultados mostraram que o modelo BRAMS teve uma performance melhor quando assimilado com dados do modelo global do NCEP.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Precipitação; BRAMS; Amazônia.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/918668
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da erosividade das chuvas associada aos padrões de precipitação pluvial na região de Ribeirão das Lages, (RJ) Repositório Alice
MACHADO, R.L.; CARVALHO, D.F.; COSTA, J.R.; OLIVEIRA NETO, H.; PINTO, M.F..
2008
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Precipitação; Ribeirão da Lajes; RJ.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/630370
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da pluviometria para definição de zonas homogêneas no Estado do Paraná. Repositório Alice
FRITZSONS, E.; MANTOVANI, L. E.; WREGE, M. S.; CHAVES NETO, A..
O Estado do Paraná apresenta grande variabilidade climática por estar situado numa área de transição entre regimes de clima tropical e temperado. O objetivo do trabalho foi definir e analisar algumas variáveis pluviométricas mais significativas em termos ambientais para utilizá-las na composição de zonas pluviométricas homogêneas. Foram utilizados dados pluviométricos de 469 postos meteorológicos, obtidos num período de 30 anos. Os dados foram submetidos às análises de Componentes Principais e de Agrupamento. Concluiu-se que as precipitações de inverno e verão foram importantes para o agrupamento de zonas. Onde há menor pluviometria, há maior diferença entre os trimestres de verão e também nos de inverno e a precipitação de verão é mais concentrada. Nas...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Precipitação; Análise multivariada; Clima; Recarga de aqüíferos; Paraná.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/905747
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da precipitação e do número de dias de chuva em Juazeiro, Bahia. Repositório Alice
MOURA, S. M. B. de; SILVA, T. G. F.; SOARES, J. M..
2005
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Precipitação; Dados diários; Brasil; Bahia; Juazeiro; Estação Experimental de Mandacaru.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/156031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da precipitação e do número de dias de chuva no município de Petrolina - PE. Repositório Alice
MOURA, M. S. B. de; SILVA, T. G. F. de; BORGES, C. J. R..
O objetivo desse estudo foi foi analisar a relação entre o número de dias de chuva e a precipitação no município de Petrolina - PE para gerar informações que possam servir de indicativo para uma utilização mais adequada da água da chuva. Os dados foram obtidos na Estação Meteorológica Convencional de Bebedouro no período de 1987 a 2004. As correlações entre os números de dias de chuva e precipitação foram verificadas pelo teste F ao nível de 5%. Os dados médios apresentaram precipitação anual igual a 520 mm ocorrida em 53 dias. Os meses que apresentaram os maiores valores totais de precipitação foram janeiro, fevereiro e março, cujo total pluviométrico foi 299,0 mm distribuídos em apenas 23 dias ao longo dos três meses. Já o trimestre julho, agosto e...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Precipitação; Dias de chuva; Análise; Clima; Brasil; Pernambuco; Município; Petrolina.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/155840
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da precipitação pluviométrica e do número de dias de chuva no município de Igarapé-Açu, PA. Repositório Alice
PACHECO, N. A.; CORDEIRO, A. H. F.; SANTIAGO, A. V..
2010
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Precipitação; Chuva.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/868932
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da variação no volume de máxima precipitação diária para a região de Tomé-Açu/PA no período de 1985 a 2012 a partir da mudança da temperatura da superfície dos oceanos atlântico e pacifico equatorial. Repositório Alice
BEZERRA, J. M.; PACHECO, N. A.; SANTIAGO, A. V.; SILVA, D. C..
A precipitação pluviométrica constitui o ramo descendente do ciclo hidrológico, e a sua forma esta ligada com sistemas de grande, meso e micro escala. A precipitação pluviométrica no município de Tomé-Açu esta associada com a flutuação sazonal da Zona de Convergência Intertropical e com a instabilidade convectiva local. O objetivo deste trabalho foi fazer uma análise dos efeitos na mudança da temperatura da superfície do mar e suas consequências na variabilidade do volume de máxima precipitação diária sobre a região de Tomé-Açu no nordeste paraense.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Oceanos; Precipitação; Tomé-Açu.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/976113
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise das precipitações e vazões no Submédio São Francisco, em Juazeiro-BA e Santa Maria da Boa Vista-PE. Repositório Alice
GALVINCIO, J. D.; MOURA, M. S. B. de; RIBEIRO, J. G.; SÁ, I. I. S..
O presente estudo objetiva avaliar o comportamento da precipitação e da vazão no Submédio São Francisco, em Juazeiro-BA e Santa Maria da Boa Vista-PE. Os resultados mostraram que a precipitação representa 44% da vazão em SMBV. O restante 54% são oriundas do Alto e Médio São Francisco. Em anos de El Niño 54% de suas vazões no Submédio são Francisco estão garantidas.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Vazão; Precipitação; Brasil; Submédio São Francisco.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/158206
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise de modelos matemáticos aplicados ao estudo de chuvas intensas Rev. Bras. Ciênc. Solo
Mello,C. R.; Ferreira,D. F.; Silva,A. M.; Lima,J. M..
A estimativa de chuvas intensas máximas é de grande importância para o dimensionamento de projetos agrícolas, tais como: terraços para controle de erosão, obras de barragens de terra e drenagem em solo agrícola. As chuvas são caracterizadas pela sua intensidade (mm h-1), pelo tempo de duração (min) e pelo período de retorno (anos). O modelo básico tem sido usado para determinação da intensidade de precipitação máxima diária a ser aplicada no dimensionamento de estruturas de contenção, fixando-se o período de retorno e a duração da chuva. O tempo de concentração em bacias hidrográficas, que normalmente fica entre 60 e 120 min para bacias consideradas pequenas, tem sido usado como tempo de duração na estimativa de chuvas intensas. Nesse intervalo, existem...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Precipitação; Hidrologia; Conservação do solo.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832001000300018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise dos dados climatológicos obtidos na área do Projeto SHIFT durante o período março-novembro de 1994. Infoteca-e
CABRAL, O. M. R..
bitstream/item/180884/1/ID-4394-2-Clip-1.pdf
Tipo: Capítulo em livro técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Precipitação; Climatologia.
Ano: 1995 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1093883
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise temporal de fatores climáticos em Petrolina - PE. Repositório Alice
RAMOS, C. M. C.; SILVA, A. F.; BASSOI, L. H.; SARTORI, A. A. da C.; ZIMBACK, C. R. L..
A determinação prévia da variação de elementos climatológicos ao longo do ano é de interesse do planejamento e de previsão de cenários na agricultura e em outros atividades.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Variabilidade temporal; Precipitação; Temperatura do ar; Umidade relativa; Velocidade do vento; Pernambuco; Petrolina; Clima; Climate.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/661653
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação de análise estatística para identificação de tendências climáticas PAB
Back,Álvaro José.
O objetivo deste trabalho foi usar a análise estatística para identificar tendências anuais da temperatura e precipitação pluvial. Foi usada a série histórica de 1924 a 1998 de precipitação pluvial e temperatura média do ar à superfície, da estação meteorológica de Urussanga (latitude 28º31' S, longitude 49º19' W e altitude de 48,2 m). Foram empregados a análise de regressão e os testes paramétricos de Run, Mann-Kendall e Pettitt. Os resultados indicam que houve tendência significativa no aumento da temperatura média anual e na temperatura média do mês de janeiro, sendo que a mudança ocorreu no ano de 1965. Não foi identificada nenhuma tendência significativa na temperatura média do mês de julho. Também foi identificada a tendência significativa de aumento...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mudança climática; Precipitação; Água de chuva; Temperatura do ar.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2001000500001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação de regressão linear múltipla para estimativa da precipitação média anula considerando a variabilidade espacial no Estado de Sergipe. Repositório Alice
CRUZ, M. A. S.; JESUS JUNIOR, L. A. de; ARAGAO, R. de; SILVA, R. R. de S.; MOTA, P. V. M. da..
A precipitação é um fenômeno atmosférico caracterizado pela sua aleatoriedade e variabilidade espaço-temporal. O entendimento da variabilidade espacial da precipitação em uma região ou bacia hidrográfica tem grande importância para as ações ligadas ao planejamento e uso dos recursos hídricos. Este estudo visou obter uma equação por meio de regressão linear múltipla que correlacione valores anuais de precipitação e fatores de localização espacial para 58 postos espalhados pelo estado de Sergipe. A equação obtida apresentou coeficiente de determinação de 0,844, que pode ser considerado muito bom, com erros médios percentuais situados entre -7,5% a 5,5%, variando segundo as diferentes regiões climáticas presentes no estado.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Precipitação; Chuva; Bacia hidrográfica.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1000735
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos epidemiológicos da vassoura-de-bruxa do cupuaçuzeiro na microrregião de Belém, PA PAB
Benchimol,Ruth Linda; Albuquerque,Fernando Carneiro de; Nascimento,Risaldo Muniz do.
Foi conduzido experimento no campo da Embrapa-Centro de Pesquisa Agropecuária do Trópico Úmido, em Belém, PA (1°28' S; 48°27' W), de junho/91 a maio/94, com plantas de cupuaçuzeiro (Theobroma grandiflorum (Willd. ex Spreng.) K. Schum.) com sete anos de idade, objetivando acompanhar o desenvolvimento de vassouras-de-bruxa vegetativas causadas por Crinipellis perniciosa ((Stahel) Singer), desde a sua emissão até a produção de basidiocarpos. Foram determinados coeficientes de correlação entre as variáveis epidemiológicas (emissão de vassouras, período verde, período de secamento, período pré-frutificativo, produção de basidiocarpos) e as variáveis climáticas (umidade relativa do ar máxima, brilho solar, precipitação pluvial). A emissão de vassouras...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Crinipellis perniciosa; Theobroma grandiflorum; Chuva; Precipitação; Umidade relativa; Brilho solar.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2001000200010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos fenológicos da espécie Solidago microglossa DC. (Asteraceae). Repositório Alice
ASSIS, R. M. A. de; LAMEIRA, O. A.; COSTA, K. J. A.; MOURA, R. C..
O gênero Solidago é composto com aproximadamente 120 representantes, com espécies nativas da América do Norte. As partes utilizadas da arnica-brasileira são os capítulos florais e rizomas, sendo indicado para contusões, edemas, inchaços e hematomas. Os estudos sobre fenologia abordam os diferentes eventos biológicos repetitivos, dentre estes estão o florescimento e a frutificação. O objetivo deste trabalho foi avaliar o período de floração e frutificação da arnica, correlacionando com a precipitação pluviométrica visando identificar a época mais indicada para a coleta e utilização do material vegetal. Para as observações fenológicas foram selecionados 7 indivíduos de Solidago microglossa D.C. Os valores de precipitação pluviométrica foram fornecidos pelo...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Floração; Frutificação; Precipitação.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1058905
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos fenológicos do jucá - Caesalpinia ferrea Martius ex Tul. (Fabaceae). Repositório Alice
COSTA, E. J. A.; LAMEIRA, O. A.; ASSIS, R. M. A. de; MOURA, R. C..
Libidibia ferrea, pertence à familia Fabaceae, conhecida popularmente como jucá, nativa da Mata Atlântica. Suas propriedades medicinais compreendem tratamento de feridas, contusões, antidiarréicos, anticatarrais e cicatrizantes. Os estudos sobre a fenologia oferecem meios de conhecimento para o entendimento sobre seu ciclo. O objetivo deste estudo foi de avaliar o período de frutificação e floração do jucá, e sua interação com os fatores ambientais, neste caso, a precipitação pluviométrica, com intuito de identificar a época mais indicada para a coleta e utilização das folhas. Para as observações fenológicas foram selecionados 7 indivíduos de jucá. As avaliações foram realizadas diariamente, pela manhã durante o período de janeiro de 2014 a dezembro de...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Fenologia; Coleta; Precipitação.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1058909
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos fenológicos do melhoral - Evolvulus glomeratus nees & C. Mart. (Convolvulaceae). Repositório Alice
COSTA, K. J. A.; LAMEIRA, O. A.; ASSIS, R. M. A. de; MOURA, R..
Evolvulus glomeratus Nees & C. Mart., pertence a família Convolvulaceae. Originária da América do Sul. No Brasil sua ocorrência é presente em todas as regiões e com diversos nomes populares como o melhoral, tendo propriedades medicinais como antitérmico, dores corporais. O estudo sobre a fenologia oferece informações que podem ser aplicadas para o uso e coleta de material vegetal. O objetivo do estudo foi de avaliar o período reprodutivo do melhoral, correlacionando com a precipitação pluviométrica, visando identificar a época mais adequada para a coleta e uso das folhas da espécie. Os valores de precipitação pluviométrica foram fornecidos pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), utilizando-se a média acumulada mensal para o período de janeiro...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Fenologia; Precipitação; Floração; Frutificação.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1058912
Registros recuperados: 157
Primeira ... 12345678 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional