Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Analgesia epidural com clonidina ou romifidina em cães submetidos à cirurgia coxofemoral Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Brondani,J.T.; Natalini,C.C.; Raiser,A.G.; Mazzanti,A.; Prati,L..
Avaliaram-se as alterações cardiorrespiratórias e a analgesia da administração epidural de clonidina ou romifidina em cães submetidos à cirurgia coxofemural. Foram utilizados 14 cães distribuídos em dois grupos: o grupo Cloni recebeu 150µg de clonidina e o grupo Romi, 20µg/kg de romifidina. A indução anestésica foi realizada com propofol e a anestesia cirúrgica mantida com halotano e O2 em respiração espontânea. A punção do espaço epidural foi feita logo após a indução. Antes da indução e a cada 10 minutos foram avaliadas as freqüências cardíaca e respiratória, a pressão arterial sistólica, a saturação de oxigênio da hemoglobina e a concentração de halotano. Após indução e ao término do procedimento cirúrgico coletou-se sangue arterial para avaliação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Cão; Epidural; Clonidina; Romifidina.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352004000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação comparativa entre acepromazina, detomidina e romifidina em eqüinos Ciência Rural
Fantoni,Denise Tabacchi; Futema,Fábio; Cortopassi,Sílvia Renata Gaido; Silva,Luís Cláudio Lopes Correia da; Verenguer,Manoel; Mirandola,Regina; Ferreira,Márcio Augusto.
Os efeitos da acepromazina, detomidina e romifidina em eqüinos foram comparados, objetivando-se determinar qual o agente mais seguro e efetivo para a referida espécie animal. Foram utilizados 15 eqüinos hígidos, de ambos os sexos, idades e raças variadas e encaminhados ao setor de Cirurgia do Hospital Veterinário da FMVZ - USP. Os animais foram distribuídos em três grupos: grupo I, recebeu 0,1mg/kg de acepromazina; grupo II recebeu 20mcg/kg de detomidina e grupo III, o qual recebeu 80mcg/kg de romifidina, sendo todos os agentes administrados através da via intravenosa. Previamente à administração dos fármacos e aos 15, 30, 60 e 90 minutos, após sua aplicação, foram avaliadas a freqüência e ritmo cardíacos, freqüência respiratória, pressão arterial...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Acepromazina; Romifidina; Detomidina; Eqüinos.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781999000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito sedativo da romifidina em muares (Equus asinus caballus) não domados Ciência Rural
Alves,Geraldo Eleno Silveira; Faleiros,Rafael Resende; Gheller,Valentim Arabicano; Vieira,Mauro Machado.
Com o objetivo de verificar a viabilidade do uso da romifidina em muares e avaliar seus efeitos sedativos na espécie, utilizou-se essa droga para contenção farmacológica de burros não domados, submetidos à orquiectomia bilateral. Em uma primeira etapa, visando a verificar sua viabilidade, a romifidina foi aplicada por via intravenosa em oito animais nas doses de 0,04 e 0,08mg/kg. Já na Segunda etapa, compararam-se seus efeitos sedativos após a aplicação, por via intramuscular, das doses de 0,04, 0,08 e 0,12mg/kg, em três grupos de sete animais. Os sinais da sedação induzida pela romifidina foram semelhantes aos já descritos para eqüinos, porém, verificou-se menor intensidade, dentro das doses utilizadas. Apesar da via intravenosa ter produzido efeitos mais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Romifidina; Pré-anestesia; Eqüídeo; Muar.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781999000100010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos hemogasométricos da xilazina e da romifidina em cabras tratadas por ioimbina Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Bastos,J.A.B.; Paes Leme,F.O.; Alves,G.E.S..
Estudaram-se as alterações produzidas por doses equipotentes de xilazina e romifidina e os efeitos da administração subseqüente de ioimbina em oito cabras mestiças. Respeitou-se um intervalo de sete dias entre os seguintes tratamentos: A- 250µg/kg/IM de xilazina e 0,1ml/kg/IV de solução fisiológica, B- 250µg/kg/IM de xilazina e 250µg/kg/IV de ioimbina, C- 25µg/kg/IM de romifidina e 0,1ml/kg/IV de solução fisiológica, D- 25µg/kg/IM de romifidina e 250µg/kg/IV de ioimbina. Foram mensurados a freqüência respiratória, o pH, as pressões parciais de oxigênio e dióxido de carbono, a concentração de íon bicarbonato, o excesso de bases e a saturação de oxigênio no sangue arterial. Utilizou-se um delineamento experimental crossover, e as médias foram comparadas pelo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cabra; Xilazina; Romifidina; Ioimbina.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352005000800007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
O butorfanol na anestesia pela romifidina-tiletamina-zolazepam em gatos Ciência Rural
Selmi,André Luis; Barbudo-Selmi,Glenda Ramalho; Mendes,Guilherme Maia; McManus,Concepta; Martins,Christine Souza.
Visando observar os efeitos do butorfanol (B) na anestesia produzida pela associação de romifidina (R) e tiletamina-zolazepam (TZ), foram utilizados seis gatos adultos, de forma que todos animais receberam a associação de romifidina-tiletamina-zolazepam (grupo RTZ) ou a associação de romifidina-tiletamina-zolazepam-butorfanol (grupo RTZB). Os animais receberam em aplicação única, por via intramuscular, 7mg.kg-1 de tiletamina e 7mg.kg-1 de zolazepam e 40µg.kg-1 de romifidina (grupo RTZ) ou a mesma associação acrescida de 0,2mg.kg-1 de B (grupo RTZB). A freqüência cardíaca, freqüência respiratória, pressão arterial sistólica, diastólica e média por método não-invasivo oscilométrico, saturação de oxihemoglobina e temperatura retal foram avaliadas durante 120...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Romifidina; Tiletamina-zolazepam; Butorfanol; Gatos; Anestesia.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782003000600011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
O butorfanol na anestesia pela romifidina-tiletamina-zolazepam em gatos UnB - FAB
Selmi, André Luis; Barbudo-Selmi, Glenda Ramalho; Mendes, Guilherme Maia; Pimentel, Concepta Margaret McManus; Martins, Christine Souza.
Visando observar os efeitos do butorfanol (B) na anestesia produzida pela associação de romifidina (R) e tiletamina-zolazepam (TZ), foram utilizados seis gatos adultos, de forma que todos animais receberam a associação de romifidina-tiletamina-zolazepam (grupo RTZ) ou a associação de romifidina-tiletamina-zolazepam-butorfanol (grupo RTZB). Os animais receberam em aplicação única, por via intramuscular, 7mg.kg-1 de tiletamina e 7mg.kg-1 de zolazepam e 40µg.kg-1 de romifidina (grupo RTZ) ou a mesma associação acrescida de 0,2mg.kg-1 de B (grupo RTZB). A freqüência cardíaca, freqüência respiratória, pressão arterial sistólica, diastólica e média por método não-invasivo oscilométrico, saturação de oxihemoglobina e temperatura retal foram avaliadas durante 120...
Tipo: Article Palavras-chave: Romifidina; Tiletamina-zolazepam; Butorfanol; Gato; Anestesia.
Ano: 2003 URL: http://hdl.handle.net/10482/6851
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Técnicas anestésicas injetáveis em capivaras (Hydrochoerus hydrochaeris, Linné) Ciência Rural
Cruz,Mariângela Lozano; Luna,Stelio Pacca Loureiro; Moura,Claudio Alves; Castro,Gladys Bastos de; Teixeira Neto,Francisco José; Nishida,Silvia Mitiko.
Neste experimento objetivou-se avaliar diferentes técnicas anestésicas em capivaras. Foram utilizadas 50 capivaras, sendo 23 machos e 27 fêmeas, adultas, de peso médio estimado em 36 ± 7kg. Foram realizados 3 grupos experimentais: G1(n=20) - xilazina (1mg/kg) e quetamina (15mg/kg); G 2 (n=15) - midazolam (0.5mg/kg) e quetamina (15mg/kg) e G 3 (n=15) - romifidina (0,1mg/kg) e quetamina (15mg/kg). Todas as drogas acima citadas foram associadas na mesma seringa e administradas pela via intramuscular com a utilização de dardos e zarabatana confeccionados artesanalmente. A freqüência cardíaca e respiratória e a temperatura retal foram avaliadas a cada 15 minutos, por até 60 minutos após a administração dos anestésicos. Também foi observado o período de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Capivara; Hydrochoerus hydrochaeris; Roedor; Anestesia; Quetamina; Romifidina; Midazolam; Xilazina.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781998000300010
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional