Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 38
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Antimicrobial resistance on Staphylococcus aureus isolated from cases subclinical mastitis in goats. Repositório Alice
MENEZES, L. M. F; ÂNGELO, F. F.; ALCINDO, J. F.; SÁ, D. M. A.; LIMA, A. R.; ARAUJO, R. F.; MESQUITA, F. L. T.; SOUZA, V. de.
Caprine mastitis is one of the most common diseases in dairy herds, causing damage mainly due to the decrease in milk production after the invasion of the infectious agent in the secretory epithelium of the mammary gland. Species Staphylococcus aureus is the most pathogenic agent in the mammary gland, having important implications for public health, since it produces enterotoxins that survive the heat treatments applied to milk. The use of proper antibiotics is an important tool for the treatment of the disease. However, they should be used judiciously, since the main cause of failure in therapy is bacterial resistance to the drug. This study uses an antibiogram to evaluate the resistance of microorganisms isolated from goat milk samples with subclinical...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Resistance to antibiotics; Resistance to chemicals; Antimicrobial resistance; Tratamento químico; Resistência a medicamento; Mamite; Caprino; Cabra Leiteira; Doença Animal; Antibiótico; Resistência Química; Goat diseases; Goat milk; Chemical treatment; Public health; Drug resistance.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1114014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Armazenamento de sementes de feijão revestidas com polímeros e tratadas com fungicidas. Repositório Alice
PIRES, L.L.; BRAGANTINI, C.; COSTA, J.L. da S..
O revestimento com polímeros, associado ao tratamento químico de sementes, vem sendo utilizado em culturas com o propósito de fixar produtos químicos. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do armazenamento na qualidade de sementes de feijão (Phaseolus vulgaris L.) revestidas com polímeros e tratadas com diferentes fungicidas. As sementes foram inoculadas por imersão a vácuo, em suspensão de inóculo de Colletotrichum lindemuthianum (5x105 conídios/mL), fungo-teste utilizado. Os fungicidas benomyl, carbendazin e captan, nas formulações pó molhável, suspensão concentrada e pó seco, respectivamente, foram aplicados prévia ou concomitantemente à aplicação de uma mistura de dois polímeros à base de tintas de polímeros vinílicos fosca e brilhante. Apesar de...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Phaseolus vulgaris; Revestimento; Tratamento químico; Coating; Seed treatment.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/112199
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Armazenamento de sementes de feijão revestidas com polímeros e tratadas com fungicidas. Repositório Alice
PIRES, L. L.; BRAGANTINI, C.; COSTA, J. L. da S..
O revestimento com polímeros, associado ao tratamento químico de sementes, vem sendo utilizado em culturas com o propósito de fixar produtos químicos. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do armazenamento na qualidade de sementes de feijão (Phaseolus vulgaris L.) revestidas com polímeros e tratadas com diferentes fungicidas. As sementes foram inoculadas por imersão a vácuo, em suspensão de inóculo de Colletotrichum lindemuthianum (5x105 conídios/mL), fungo-teste utilizado. Os fungicidas benomyl, carbendazin e captan, nas formulações pó molhável, suspensão concentrada e pó seco, respectivamente, foram aplicados prévia ou concomitantemente à aplicação de uma mistura de dois polímeros à base de tintas de polímeros vinílicos fosca e brilhante. Apesar de...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Feijão; Phaseolus vulgaris; Revestimento; Tratamento químico; Fungicida; Armazenamento; Semente; Polímero.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/212670
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Armazenamento de sementes de feijão revestidas com polímeros e tratadas com fungicidas PAB
Pires,Larissa Leandro; Bragantini,Cláudio; Costa,Jefferson Luís da Silva.
O revestimento com polímeros, associado ao tratamento químico de sementes, vem sendo utilizado em culturas com o propósito de fixar produtos químicos. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do armazenamento na qualidade de sementes de feijão (Phaseolus vulgaris L.) revestidas com polímeros e tratadas com diferentes fungicidas. As sementes foram inoculadas por imersão a vácuo, em suspensão de inóculo de Colletotrichum lindemuthianum (5x10(5) conídios/mL), fungo-teste utilizado. Os fungicidas benomyl, carbendazin e captan, nas formulações pó molhável, suspensão concentrada e pó seco, respectivamente, foram aplicados prévia ou concomitantemente à aplicação de uma mistura de dois polímeros à base de tintas de polímeros vinílicos fosca e brilhante. Apesar...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Phaseolus vulgaris; Revestimento; Tratamento químico.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2004000700013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de fontes de urease na amonização de fenos de Brachiaria brizantha com dois teores de umidade R. Bras. Zootec.
Bertipaglia,Liandra Maria Abaker; De Luca,Silvio; Melo,Gabriel Maurício Peruca de; Reis,Ricardo Andrade.
O efeito da amonização com uréia (5,0% matéria seca) do feno de Brachiaria brizantha, com dois teores de umidade (15 ou 30% de umidade), associado a três fontes de urease (feno de capim Brachiaria decumbens, capim-elefante [Pennisetum purpureum] e leucena [Leucaena leucocephala]), foi avaliado. Foram determinados os teores de proteína bruta (PB), fração solúvel (A), frações de proteína verdadeira solúvel e insolúvel em borato fosfato (B1 e B2), fração de proteína potencialmente degradável (B3) e fração da proteína insolúvel em detergente ácido (C). Avaliaram-se os teores de fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), celulose (CEL), hemicelulose (HEM) e lignina (LIG) e digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS). O delineamento...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Brachiaria decumbens; Capim-elefante; Leucena; Tratamento químico.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982005000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação físico-mecânica de colmos de bambu tratados AGRIAMBI
Espelho,Jean C. C.; Beraldo,Antonio L..
O bambu é um material renovável e de baixo custo, encontrado em abundância em regiões tropicais e subtropicais; no entanto, a maior parte das espécies de bambu é altamente suscetível ao ataque de fungos e insetos. Basicamente, pode-se aumentar a durabilidade dos colmos de bambu; de duas maneiras: por procedimentos culturais (naturais) e pelo tratamento dos colmos com produtos químicos. Neste trabalho, testou-se a eficiência da aplicação do Método de Boucherie Modificado, comparando-se o aumento na durabilidade das amostras tratadas (taliscas de bambu) com amostras não tratadas ou testemunhas. Para tal, avaliaram-se os efeitos de algumas variáveis, tais como: posição da amostra no colmo, tipos de preservativo e sua concentração, duração do tratamento e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Material não convencional; Ultra-som; END; Tratamento químico.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662008000600012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização estrutural de fibras de bagaço de cana-de-açúcar quimicamente modificadas. Repositório Alice
LAZARINI, R. G.; MARCONCINI, J. M..
bitstream/item/205091/1/P-Caracterizacao-estrutural-de-fibras-de-bagaco-de-cana-de-acucar-quimicamente-modificadas..pdf
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Bagaço de cana-de-açúcar; Fibras naturais; Tratamento químico; Mercerização; Cristalinidade.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1114753
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização físico-química de biomassa pré-tratada de Eucalyptus urograndis. Repositório Alice
PECINATO, K. A.; PEREIRA, C. M.; HELM, C. V..
2016
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Biomassa florestal; Tratamento químico; Etanol.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1058642
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento ingestivo de ovinos alimentados com dietas compostas de silagem de capim-elefante amonizada ou não e subprodutos agroindustriais R. Bras. Zootec.
Carvalho,Gleidson Giordano Pinto de; Pires,Aureliano José Vieira; Silva,Robério Rodrigues; Veloso,Cristina Mattos; Silva,Herymá Giovane de Oliveira.
Foram estudados os efeitos do uso de silagem de capim-elefante amonizada ou não com uréia (5% na base da MS) e da substituição do concentrado (milho e farelo de soja) por farelo de cacau (FC) ou torta de dendê (TD) na dieta sobre o comportamento ingestivo de ovinos Santa Inês. Dezoito ovinos machos não-castrados (peso médio inicial de 22,62 kg), alojados em baias individuais, foram distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado, com seis tratamentos, dois volumosos (silagem de capim-elefante amonizada ou não com uréia) e três níveis de substituição do concentrado (milho + farelo de soja) por farelo de cacau ou torta de dendê (0% FC e TD, 40% FC e 40% TD) na dieta, fornecida na proporção de 60:40 volumoso:concentrado. O período...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alimentação; Farelo de cacau; Ruminação; Torta de dendê; Tratamento químico.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982006000600031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição química e digestibilidade da matéria seca do bagaço de cana-de-açúcar tratado com óxido de cálcio Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Carvalho,G.G.P.; Cavali,J.; Fernandes,F.E.P.; Rosa,L.O.; Olivindo,C.S.; Porto,M.O.; Pires,A.J.V.; Garcia,R..
Avaliaram-se a composição química e a digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS) do bagaço de cana-de-açúcar hidrolisado com óxido de cálcio em dois períodos. As doses de óxido de cálcio aplicadas ao bagaço foram 0; 1,25; 2,5 e 3,75% (na base da MS) e os períodos de tratamento, 12 e 36 horas. O teor de matéria seca (MS) do bagaço de cana foi maior quando hidrolisado por 36 horas. O valor médio da proteína bruta foi de 2,4% e não foi influenciado pelo período, pela dose de óxido de cálcio nem pela interação período × dose de óxido de cálcio. Os teores de fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, celulose e lignina diminuíram linearmente com a adição de óxido de cálcio. A digestibilidade in vitro da matéria seca, no entanto, aumentou 1,2%...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bagaço; Cana-de-açúcar; Parede celular; Tratamento químico; Valor nutritivo.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000600014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição química e perdas fermentativas de silagem de cana-de-açúcar tratada com ureia ou hidróxido de sódio R. Bras. Zootec.
Ribeiro,Leandro Sampaio Oliveira; Pires,Aureliano José Vieira; Carvalho,Gleidson Giordano Pinto de; Santos,Alana Batista dos; Ferreira,Antônio Roberto; Bonomo,Paulo; Silva,Fabiano Ferreira da.
O experimento foi conduzido para avaliar a composição química e as perdas fermentativas de silagens de cana-de-açúcar tratadas com ureia ou hidróxido de sódio (NaOH). Utilizou-se um delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições, em esquema fatorial 2 x 4, com duas variedades de cana-de-açúcar (CB 45-3 e RB 72-454) e quatro aditivos (controle, NaOH, ureia ou NaOH + ureia), compondo as seguintes silagens: cana-de-açúcar sem aditivo; cana-de-açúcar tratada com 4% de ureia; cana-de-açúcar tratada 4% de NaOH; cana-de-açúcar tratada com 2% de ureia + 2% de NaOH. Os procedimentos foram realizados em ambas as variedades e as doses aplicadas com base na matéria seca. A cana-de-açúcar foi picada e misturada, acescida dos aditivos e armazenada em silos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aditivo; Ensilagem; Nutrição animal; Tratamento químico.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982010000900008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Consumo, digestibilidade aparente e dias de coleta total na estimativa da digestibilidade em caprinos alimentados com dietas contendo cana-deaçúcar tratada com óxido de cálcio R. Bras. Zootec.
Carvalho,Gleidson Giordano Pinto de; Garcia,Rasmo; Pires,Aureliano José Vieira; Silva,Robério Rodrigues; Ribeiro,Leandro Sampaio Oliveira; Chagas,Daiane Maria Trindade; Pinho,Bianca Damasceno; Domiciano,Ellen Mary Barros.
O trabalho foi realizado para avaliar o consumo, a digestibilidade aparente dos nutrientes e o efeito do tempo (dias) de coleta total (dois e quatro dias) na estimativa da digestibilidade aparente em caprinos alimentados com dietas contendo cana-de-açúcar tratada com óxido de cálcio (CaO). Foram utilizados oito caprinos da raça Saanen, machos castrados, com peso corporal médio de 22,6 kg e 4 meses de idade, distribuídos em dois quadrados latinos 4 × 4, com quatro períodos experimentais de 14 dias. As dietas foram formuladas para ser isoproteicas, com 14% de proteína bruta (PB), e foram compostas de 70% de cana-de-açúcar tratada com 0; 0,75; 1,5 ou 2,25% de óxido de cálcio (com base na matéria natural) corrigida com 1% de ureia e 30% de concentrado. As...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cana hidrolisada; Óxido de cálcio; Tratamento químico; Volumoso.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982010001200023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle de Pyricularia oryzae e Helminthosporium sativum pelo tratamento de sementes de trigo com fungicidas. Repositório Alice
GOULART, A.C.P.; PAIVA, F. de A..
Avaliou-se a eficiência de diferentes fungicidas no controle de Pyricularia oryzae e Helminthosporium sativum em sementes de trigo. Foram realizados testes de laboratório ("blotter test") e de campo, utilizando-se sementes da cultivar Anahuac, com níveis de infecção natural de 11,5% com P. oryzae e 19,5% com H. sativum. Todos os fungícidas reduziram a incidência de ambos os patogenos nas sementes de trigo. P. oryzae foi erradicada quando as sementes foram tratadas com iprodione, iprodione + thiram, carboxiii + thiram, trifluinizole + tiofanato metílico, trifluinizole, tiofanato metílico, triadimenol + anilazine, anilazine, mancozeb + carbendazin, carbendazin, guazatine + imazalil, iminoctadine, etiltrianol e procliloraz. Foi detectada, em ensaios de campo,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Trificun aestivun; Fungos; Tratamento químico.
Ano: 1991 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/106205
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho de sementes de soja tratadas com fungicidas e peliculizadas durante o armazenamento Ciência e Agrotecnologia
Pereira,Carlos Eduardo; Oliveira,João Almir; Evangelista,José Renato Emilioreli; Botelho,Frederico José Evangelista; Oliveira,Gustavo Evangelista; Trentini,Patrícia.
O objetivo neste trabalho foi avaliar o desempenho de sementes de soja [Glycine max (L.) Merrill] tratadas com fungicidas em associação à peliculização, durante o armazenamento. Sementes da cultivar Pintado foram tratadas com thiram+thiabendazole e parte das sementes não receberam esse tratamento. As sementes foram ainda submetidas à peliculização com os polímeros AGL 205 ou AGL 202 e parte das sementes não foram peliculizadas. Posteriormente, as sementes foram acondicionadas em embalagens de papel multifoliado e armazenadas durante nove meses sob condições ambientais, sendo que as qualidades fisiológica e sanitária das sementes foram avaliadas inicialmente e a cada três meses de armazenamento pelas seguintes determinações: teor água das sementes; teste de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Glycine max; Polímeros; Tratamento químico; Thiabendazole; Thiram.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da amonização sobre a composição, a retenção de nitrogênio e a conservação do bagaço e da ponta de cana-de-açúcar R. Bras. Zootec.
Gesualdi,Ana Cristina Ladeira de Souza; Silva,José Fernando Coelho da; Vasquez,Hernan Maldonado; Erbesdobler,Eleonora D'Ávila.
Foram estudadas a composição bromatológica e a conservação de subprodutos da cana-de-açúcar tratados com 0, 1, 2 e 4% (N-amônia na matéria seca) nas formas de amônia anidra, uréia e sulfato de amônio, em arranjo fatorial e delineamento inteiramente casualizado. Não houve alteração no teor de matéria seca do bagaço, em função das fontes de amônia. As fontes de amônia promoveram decréscimo no teor de fibra em detergente neutro do bagaço, entretanto, só com o sulfato de amônia a ponta apresentou tal comportamento. Houve redução no teor de hemicelulose dos subprodutos tratados com uréia, em função dos níveis de amônia. A amonização com sulfato de amônio reduziu o teor de fibra em detergente ácido, principalmente, da ponta. Houve decréscimo no teor de celulose...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fonte de amônia; Nível de amônia; Silagem; Tratamento químico.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982001000200030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da semeadura a seco e tratamento de sementes na emergência, rendimento de grãos e outras características da soja [Glycine max (L.) Merrill] Ciência e Agrotecnologia
Rezende,Pedro Milanez de; Machado,José da Cruz; Gris,Cristiane Fortes; Gomes,Leonardo Lino; Botrel,Élberis Pereira.
O trabalho foi conduzido na Universidade Federal de Lavras-MG, em um Latossolo Roxo distrófico, no ano agrícola 94/95. Utilizou-se o delineamento blocos casualizados em esquema fatorial 2 x 4, compreendendo: semente tratada com fungicida Vitavax/Thiram P.M.e não tratada, e quatro períodos de seca (0, 7, 14 e 21 dias após a semeadura). A semeadura foi realizada em solo seco (6% de umidade), utilizando-se a cultivar Doko. As sementes apresentaram ótima performance até 14 dias, não sendo alterado o rendimento de grãos, proporcionando ao agricultor uma maior elasticidade na data da semeadura. Os tratamentos fungicidas, por sua vez, apesar de alterarem significativamente o estande inicial e final, não proporcionaram aumentos no rendimento de grãos.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Tratamento químico; Semeadura no seco; Soja; Glycine max.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542003000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de fungicidas para controle da ferrugem asiática na qualidade de sementes de soja Rev. bras. sementes
Gagliardi,Bruna; Carvalho,Tereza Cristina de; Pupim,Túlio Lourenço; Gomes Junior,Francisco Guilhien; Timóteo,Tathiana Silva; Kobori,Nilce Naomi; Moraes,Maria Heloisa Duarte; Menten,José Otávio Machado.
Para avaliar o efeito residual de fungicidas para o controle da ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi) em sementes de soja do cultivar BRS-133 utilizaram-se 13 tratamentos (Testemunha, Priori + Nimbus, Aproach + Nimbus, Priori Xtra + Nimbus, Sphere + Aureo, Opera, Stratego + Aureo, Nativo + Aureo, Impact Duo + Oppa, Celeiro + Iharol, Battle + Oppa, Aproach Prima + Nimbus, Folicur ). O experimento foi conduzido em campo experimental em Paulínia-SP, em delineamento em blocos ao acaso, com quatro repetições. O efeito residual dos fungicidas nas sementes foi analisado pelos testes de germinação, envelhecimento acelerado, germinação em areia e pelo teste de sanidade das sementes. Conclui-se que os tratamentos não influenciaram na qualidade das sementes e que...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Glycine max; Phakopsora pachyrhizi; Sanidade; Cercospora kikuchii; Tratamento químico.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31222009000400014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do tratamento de sementes de algodão com fungicidas no controle do tombamento de plântulas causado por rhizoctonia solani. Infoteca-e
GOULART, A. C. P..
Este trabalho foi desenvolvido na Embrapa Agropecuária Oeste, em Dourados, MS, e teve por objetivo avaliar a eficiência de alguns fungicidas, no tratamento de sementes de algodão, para o controle do tombamento de plântulas causado por Rhizoctonia solani. Foi realizado teste em casa de vegetação, utilizando a cultivar DeltaOpal. Sementes tratadas e não tratadas com fungicidas foram semeadas em areia contida em bandejas plásticas, dispostas em orifícios individuais, eqüidistantes e a 3 cm de profundidade. A inoculação com R. solani foi feita pela distribuição homogênea do inóculo do fungo na superfície do substrato. O fungo foi cultivado por 35 dias em sementes de aveia autoclavadas e trituradas em moinho (1 mm). Foram utilizados 9 g de inóculo por bandeja....
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Algodão; Semente; Tratamento químico; Doença deplanta; Fungo; Controle.
Ano: 2002 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/247983
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do tratamento de sementes de algodão com fungicidas no controle do tombamento de plântulas causado por Rhizoctonia solani Trop. Plant Pathol.
GOULART,AUGUSTO C. P..
Este trabalho foi desenvolvido na Embrapa Agropecuária Oeste, em Dourados, MS, e teve por objetivo avaliar a eficiência de alguns fungicidas, aplicados no tratamento de sementes de algodão (Gossypium hirsutum), no controle do tombamento de plântulas causado por Rhizoctonia solani. Foi realizado teste em casa de vegetação, utilizando a cultivar DeltaOpal. Sementes tratadas e não tratadas com fungicidas foram semeadas em areia contida em bandejas plásticas, dispostas em orifícios individuais, eqüidistantes e a 3 cm de profundidade. A inoculação com R. solani foi feita pela distribuição homogênea do inóculo do fungo na superfície do substrato. O fungo foi cultivado por 35 dias em sementes de aveia autoclavadas e trituradas em moinho (1 mm). Foram utilizados 9...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gossypium hirsutum; Emergência; Tratamento químico; Damping-off.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-41582002000400011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito dos tratamentos com autoclave e/ou ácido tânico na degradabilidade in situ e na digestibilidade in vitro de grãos de canola - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i4.1735 Animal Sciences
Santos, Geraldo Tadeu dos; UEM; Damasceno, Júlio César; UEM; Jobim, Clóves Cabreira; UEM; Gonçalves, Geane Dias; UEM; Chiquitelli Neto, Marcos; UNESP; Porto, Petrônio Pinheiro; UEM; Ribeiro, Cleber Rogério; CNPq.
Este trabalho teve como objetivo a realização de um experimento utilizando grãos de canola com o intuito de avaliar a degradabilidade in situ e a digestibilidade in vitro. Os tratamentos foram: 1) grãos de canola tratados com água (controle - CTH); 2) em autoclave a 127ºC por 30 min (CTA), 3) com ácido tânico (CTT) e 4) com ácido tânico seguido de autoclave (CTTA). O efeito desses tratamentos sobre a degradabilidade efetiva da matéria seca (DEMS) e da proteína bruta (DEPB) foi avaliado pela técnica de sacos de náilon, usando duas vacas da raça Holandesa canuladas no rúmen. O efeito da digestibilidade in vitro da MS (DIVMS) e da PB (DIVPB), foi avaliado com o uso do sistema DAISY da ANKOM® Technology Corporation. Os tratamentos calor e ácido tânico...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia tratamento térmico; Tratamento químico; Fonte de proteína; Métodos de avaliação nutricional 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2004 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1735
Registros recuperados: 38
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional