Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 19
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise comparativa do meio físico e socioeconômico de três municípios com parques florestais: Araponga, Caparaó e São Roque de Minas - MG. Infoteca-e
COSTA, T. C. e C. da; COSTA, L. M. da..
O meio físico, a localização geográfica, e a história de ocupação de um município contribuem na sua socioeconomia. Do mesmo modo, limitações físicas naturais resultam em pouca alteração antrópica, protegendo áreas que podem vir a ser transformadas em unidades de conservação, sob leis de proteção ambiental. Estas áreas, como por exemplo, parques florestais, apresentam potencial turístico, como uma alternativa socioeconômica. Este trabalho é uma análise comparativa de informações municipais socioeconômicas, históricas e do meio físico, com o objetivo de investigar uma possível influência de parques florestais na socioeconomia de municípios do Estado de Minas Gerais que contém grande parte de suas áreas com topografia acidentada e altitude elevada. Foram...
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Socioeconomia; Zoneamento; Turismo ecológico; Unidades de conservação; ZEE.
Ano: 2005 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/855485
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Áreas protegidas no Pantanal ? entre a intenção e a implantação, o que mudou de 1998 a 2006? Repositório Alice
SILVA, J. dos S. V. da; MENGATTO JUNIOR, E. A.; MASSA, G. F.; MORAES, J. A. de; LINZ, T. F. W..
O estabelecimento de áreas prioritárias para conservação é a intenção que o governo e a sociedade têm para criação de possíveis áreas protegidas. Neste sentido, o objetivo deste trabalho é identificar e analisar a evolução das Unidades de Conservação (UCs), bem como realizar uma comparação entre estas e as áreas prioritárias para conservação, contidas no Pantanal entre os anos de 1998 e 2006. Foram recuperadas informações espaciais nos sites do MMA, SEMA-MT e Imasul-MS e inseridas num banco de dados geográfico. No período analisado observou-se um crescimento significativo na implantação de UCs no Pantanal, tanto no número, quanto na área, sendo que estas implantações têm boa aderência com as áreas prioritárias sugeridas. No entanto, este crescimento ainda...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Unidades de conservação; Áreas prioritárias para conservação; Gestão ambiental; Áreas protegidas no Pantanal; Biodiversidade no Pantanal; Units of conservation; Priority areas for conservation; Environmental politics.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/630899
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aves do Parque Nacional da Serra do Cipó: o Vale do Rio Cipó, Minas Gerais, Brasil Zoologia
Rodrigues,Marcos; Carrara,Lucas A.; Faria,Luciene P.; Gomes,Henrique B..
Foi conduzido um levantamento de espécies de aves do Vale do alto Rio Cipó durante o período de maio de 1998 a novembro de 2002. A região está totalmente inserida em uma das unidades de conservação mais importantes do sudeste do Brasil, o Parque Nacional da Serra do Cipó, em Minas Gerais. O método utilizado foi o de observação direta ao longo de 'transectos', captura com redes e identificação a partir do uso de vocalizações. A riqueza de espécies foi estimada usando-se o método de 'jackknife'. Foram registradas 226 espécies de aves pertencentes a 43 famílias. Isso corresponde cerca de 27% das 837 espécies já registradas para o bioma do Cerrado. Foram capturados 2.249 indivíduos num total de 4.486,82 horas-rede, onde foram amostradas 119 espécies...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Avifauna; Biodiversidade; Cadeia do Espinhaço; Cerrado; Unidades de conservação.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752005000200005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biodiversidade na Amazônia: por uma abordagem regional das unidades de conservação. Repositório Alice
KITAMURA, P. C..
2001
Tipo: Capítulo em livro científico (ALICE) Palavras-chave: Biodiversidade; Unidades de conservação; Amazônia.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1055535
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Borboletas (Lepidoptera, Papilionoidea e Hesperioidea) do Parque Estadual do Espinilho e entorno, Rio Grande do Sul, Brasil Zoologia
Marchiori,Maria O.; Romanowski,Helena P..
O presente trabalho apresenta uma relação das espécies de borboletas que ocorrem no Parque Estadual do Espinilho (30°11'S, 57°30'W) e entorno no extremo sudoeste do Rio Grande do Sul. Foram realizadas quatro expedições a campo, com duração de cinco dias cada, entre março de 2003 e janeiro de 2004. As amostragens contemplaram áreas com vegetação de Savana Estépica Parque e Mata Ciliar dentro dos limites do parque e entorno. Foi elaborada uma listagem com 97 espécies de borboletas, havendo 10 novos registros para o Rio Grande do Sul.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lycaenidae; Mata Ciliar; Nymphalidae; Savana Estépica Parque; Unidades de conservação.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752006000400007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização da matéria orgânica e micromorfologia de solos sob Campos de Altitude no parque estadual da Serra do Brigadeiro (MG) Rev. Bras. Ciênc. Solo
Benites,V. M.; Schaefer,C. E. G. R.; Mendonça,E. S.; Martin Neto,L..
O Parque Estadual da Serra do Brigadeiro (MG) engloba uma área de Mata Atlântica em uma parte da Serra da Mantiqueira. Nas porções mais elevadas da serra (acima de 1.600 m), encontram-se os Campos de Altitude, caracterizados por uma composição florística ímpar, elevado grau de endemismo e pela presença de várias espécies ameaçadas de extinção. Foram amostrados, na área do Campos de Altitude, um Neossolo Litólico, um Espodossolo Ferrocárbico, um Cambissolo Húmico e, na área de Mata Atlântica, um Latossolo Vermelho-Amarelo. Todos os solos estudados apresentaram-se álicos, com baixo pH e baixa capacidade de troca catiônica efetiva, além de acúmulo de matéria orgânica humificada. Os solos estão estreitamente relacionados com a cobertura vegetal, observando-se...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Unidades de conservação; Substâncias húmicas; Pedologia; Ressonância Paramagnética Eletrônica.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832001000300015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Do diagnóstico à conservação da biodiversidade: o estado da arte do programa BIOTA/FAPESP Biota Neotropica
Metzger,Jean Paul; Casatti,Lilian.
O principal objetivo deste estudo foi de avaliar a contribuição do Programa BIOTA/FAPESP, um dos maiores programas do Brasil voltados para o estudo da biodiversidade, em questões relacionadas com a conservação da biodiversidade, em particular no desenvolvimento de indicadores ecológicos, definição de áreas prioritárias e viabilização da conservação. Uma revisão da literatura nestes tópicos também é apresentada, visando uma melhor contextualização dos avanços e caminhos futuros a serem seguidos pelo programa BIOTA/FAPESP. Foi diagnosticado que este Programa encontra-se em uma fase de inventários pontuais, de curto prazo, essencialmente no nível de comunidade, e em ambientes terrestres e aquáticos continentais. Alguns problemas para o uso destes dados em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Programa BIOTA/FAPESP; Unidades de conservação; Indicadores ecológicos; Áreas prioritárias; Análise de lacunas; Estado de São Paulo; Brasil.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032006000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fatores climáticos limitantes para a distribuição da araucária no estado de São Paulo. Repositório Alice
FRITZSONS, E.; WREGE, M. S.; MANTOVANI, L. E..
No estado de São Paulo, a floresta com Araucaria angustifolia (Bert.) ocorre de forma fragmentada na paisagem, sendo o clima um fator condicionante da sua presença. O objetivo deste estudo foi investigar a influência da precipitação e da temperatura sobre a presença natural da araucária e identificar diferentes locais onde a espécie tem sua distribuição natural. Foram separados os valores médios mensais e estacionais de temperatura e precipitação dos municípios com e sem a ocorrência natural da araucária. A altitude da estação meteorológica também foi considerada. Os dados foram submetidos a vários testes estatísticos descritivos, uni e multivariados. Concluiu se que a presença de florestas nativas de araucária ocorreu onde as temperaturas foram entre 2 a...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Floresta Ombrófila Mista; Unidades de conservação; Conservação genética; Genetic conservation; Native Species; Conservation units; Mixed Rain Forest; Espécie nativa; Indigenous species; Germplasm conservation.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1084395
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Idiossincrasias ambientais da unidade de planejamento e gerenciamento do Rio Negro, Pantanal, Mato Grosso do Sul. Repositório Alice
MAURO, R. de A.; SILVA, M. P. da; SILVA, J. dos S. V. da..
Resumo: A Unidade de Planejamento Rio Negro se encontra em uma área central do Pantanal, e com uma pequena porção do planalto a leste. Possui paisagens naturais amplamente conservadas, cerca de 80%, e mantêm a atividade econômica tradicional, a bovinocultura, baseada nos recursos naturais da região. Possui também forte apelo turístico que auxiliam na conservação das suas áreas naturais assim como na criação de Unidades de Conservação, predominantemente Reservas Particulares do Patrimônio Natural, cuja a administração fica a cargo dos proprietários fazendo dos mesmos aliados na conservação ambiental.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Áreas inundáveis; Unidades de conservação; Biodiversidade; Wetlands; Biodiversity; Conservation areas.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1001182
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Macrofauna bêntica do Parque Estadual Marinho de Areia Vermelha, Cabedelo, Paraíba, Brasil Biota Neotropica
Gondim,Anne Isabelley; Dias,Thelma Lúcia Pereira; Campos,Felipe Ferreira; Alonso,Carmen; Christoffersen,Martin Lindsey.
O Parque Estadual Marinho de Areia Vermelha (Cabedelo, Paraíba) foi criado pelo Governo do Estado da Paraíba com a finalidade de conservar a biodiversidade local e de regulamentar as atividades turísticas na área. Mais de uma década depois de sua criação, este estudo configura-se no primeiro inventário da macrofauna bêntica desta, que, até então, é a única unidade de conservação completamente marinha do litoral paraibano. Os espécimes estudados provêm de coletas realizadas entre fevereiro e abril de 2008. Durante os trabalhos de campo, os animais foram amostrados através de buscas intensivas nos diversos microhabitats do recife. Foram identificadas 102 espécies distribuídas entre os táxons Cnidaria (13 spp.), Mollusca (57 spp.), Crustacea (15 spp.),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biodiversidade; Bentos; Inventários; Unidades de conservação.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032011000200009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mixobiota do Parque Nacional Serra de Itabaiana, SE, Brasil: Liceales Acta Botanica
Bezerra,Maria de Fatima de Andrade; Lado,Carlos; Cavalcanti,Laise de Holanda.
Visando ampliar o conhecimento sobre a distribuição dos Myxomycetes nos Neotrópicos e trazer as primeiras informações sobre a mixobiota sergipana, efetuou-se um estudo sobre as espécies de Liceales ocorrentes na Reserva Ecológica Serra de Itabaiana, SE (10º40'52''S e 37º25'15''W, 180-670 m alt.), que apresenta diferentes fisionomias vegetacionais. Esporocarpos e amostras de substrato para cultivo em câmara-úmida foram coletados entre abril/2002 e dezembro/2003, em 19 excursões (quatro dias cada) realizadas em diferentes estações do ano. Exsicatas representativas do material estudado encontram-se depositadas no herbário UFP (Universidade Federal de Pernambuco, Recife). Cinco gêneros foram registrados, pertencentes às famílias Cribrariaceae (Cribraria, 6...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Myxomycetes; Taxonomia; Neotrópicos; Diversidade; Unidades de conservação.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062007000100010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
O alcance territorial da legislação ambiental no Estado do Maranhão. Infoteca-e
EMBRAPA MONITORAMENTO POR SATÉLITE..
Embora várias leis, decretos e resoluções e iniciativas visassem a proteção ambiental, elas não contemplaram as realidades sócio-econômicas existentes, nem a história da ocupação do Maranhão. O impasse entre legalidade e legitimidade no uso e ocupação das terras deve agravar-se face às demandas e expectativas por mais terras por parte de ambientalistas, indigenistas, movimentos sociais, agricultores etc. Questões de governança territorial e impasses na gestão desses conflitos devem agravar-se. A prosseguir o atual alcance e desencontros da legislação territorial, o quadro de "ilegalidade" e o confronto entre a legitimidade de demandas sociais e econômicas e a legalidade, todos perdem. Perde-se também, sobretudo, a perspectiva de qualquer tipo de...
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Legislação ambiental; Estado do Maranhão; Unidades de conservação; Bioma; Amazônia legal; Conflitos territoriais.
Ano: 2008 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/31684
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ocorrência de incêndios florestais no parque nacional da Chapada dos Veadeiros, Goiás. Repositório Alice
FIEDLER, N. C.; MERLO, D. A.; MEDEIROS, M. B. de.
bitstream/item/178060/1/ID-27754-1.pdf
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Padrões de uso do fogo; Unidades de conservação; Histórico de fogo.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/187897
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Perfil e percepção dos chefes de unidades de conservação do sistema estadual de áreas protegidas em Minas Gerais. Repositório Alice
ALVES, R. G.; REZENDE, J. L. P.; BORGES, L. A. C.; FONTES, M. A. L.; ALVES, L. W. R..
As Unidades de Conservação (UC) são espaços territoriais especialmente protegidos para a proteção dos recursos naturais. Minas Gerais abriga diversas UC criadas pelos vários níveis de governo. Destes, o estadual vem se destacando, tanto pela criação como pelas medidas para implantação das UC. Os gerentes destas UC são importantes atores deste processo e estabelecem a interface entre governo e a realidade de campo. Objetivou-se com este trabalho definir o perfil profissional dos chefes de UC estaduais mineiras, seu nível de capacitação formal, sua distribuição pelo Sistema Estadual de Áreas Protegidas (SEAP), o tempo na função e no cargo e a satisfação e perspectivas de trabalho dos mesmos. A metodologia utilizada foi a de entrevistas semi-estruturadas e...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Recursos humanos; Unidades de conservação.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/911098
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Queimadas em áreas protegidas da Amazônia em 2005. Infoteca-e
MIRANDA, E. E. de; MORAES, A. V. de C. de; OSHIRO, O. T..
Este trabalho apresenta os resultados numéricos obtidos no monitoramento orbital das queimadas nas áreas protegidas da Amazônia Brasileira, considerando Unidades de Conservação e Terras Indígenas. São dados do sensor NOAA-AVHRR de janeiro a dezembro de 2005. Em termos absolutos, a ocorrência de queimadas em Terras Indígenas (6.694) é muito superior ao constatado nas Unidades de Conservação (1.592). O total das queimadas observadas em áreas protegidas (8.286) representa 5,13% do total detectado na Amazônia Legal. Em 2005, o estado do Mato Grosso apresentou o maior número absoluto de queimadas em áreas protegidas (2.101). Isso representa 4,25% do total desse estado (49.359). Para a análise espacial intra-regional, os dados foram ponderados pelos valores de...
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Monitoramento orbital; Unidades de conservação; Amazônia legal.
Ano: 2006 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1085429
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Registros inéditos de borboletas (Papilionoidea e Hesperioidea) ameaçadas de extinção para o Estado do Paraná, Brasil: novos subsídios para reavaliação dos critérios de ameaça Biota Neotropica
Dolibaina,Diego Rodrigo; Carneiro,Eduardo; Dias,Fernando Maia Silva; Mielke,Olaf Hermann Hendrik; Casagrande,Mirna Martins.
Hoje a presença de listas vermelhas de espécies ameaçadas de extinção é comum em muitos países que as julgam necessárias para promover a conservação da natureza. No entanto, poucos esforços vêm sendo realizados com objetivo de resgatar as informações básicas acerca da presença e distribuição dessas espécies, sobretudo sua conservação. Portanto, o presente trabalho fornece novos registros de borboletas consideradas ameaçadas de extinção com distribuição no Paraná, incluindo uma da lista vermelha brasileira e complementando assim o conhecimento de suas distribuições geográficas e estudos de conservação. Ao total, somam-se 15 registros inéditos correspondentes a oito espécies, confirmando a presença onde já havia registros ou adicionando novos registros de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Conservação; Lepidoptera; Lista vermelha; Distribuição; Unidades de conservação.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032010000300007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Unidades de conservação no bioma Cerrado: desafios e oportunidades para a conservação no Mato Grosso. Repositório Alice
SILVA, G. B. S. da; MELLO, A. Y. I.; STEINKE, V. A..
O bioma Cerrado é considerado um dos ‘hotspots’ para a conservação da biodiversidade. Entretanto, este bioma vem sendo sistematicamente substituído por áreas de pastagens e culturas agrícolas. Uma vez que a criação de Unidades de Conservação tem sido crescente nos últimos anos como forma para a proteção desse bioma e que, por outro lado, o desmatamento no Cerrado continua elevado, este trabalho buscou (1) identificar as Áreas Prioritárias para a Conservação da Biodiversidade (APC) e as Unidades de Conservação (UC) existentes no bioma Cerrado matogrossense no período entre 1990 e 2001 e (2) analisar o desmatamento ocorrido nas UC. Os resultados mostraram o desmatamento em UC de proteção integral foi de 1,36%, em 1990, e de 4,6%, no período...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Cerrado; Desmatamento; Unidades de conservação.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/942126
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Vegetação da unidade de planejamento e gerenciamento do Rio Nabileque, Mato Grosso do Sul. Repositório Alice
SILVA, M. P. da; SILVA, J. dos S. V. da; MAURO, R. de A..
Resumo: A UPG Nabileque esta localizada no sudoeste do Pantanal sob influência das inundações dos rios Paraguai, Miranda e Nabileque. A vegetação sofre influência dos biomas: Cerrado, Chaco e possui algumas espécies da Mata Atlântica, que juntamente com os diferentes níveis de inundação formam um mosaico de paisagens com grande biodiversidade. O estado de conservação desta UPG é considerado bom, mas com ressalva para a Savana Estépica (Chaco) que vem sendo desmatada para formação de pastagem cultivada.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Áreas inundáveis; Unidades de conservação; Biodiversidade; Vegetação; Wetlands; Savannas; Vegetation; Conservation areas.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1001177
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ZONEAMENTO ecológico-econômico da região integrada de desenvolvimento do Distrito Federal e entorno: fase I. Repositório Alice
v. 1: geologia, geologia estrutural, materiais para construção civil, insumos agrícolas e outros bens minerais, formações superficiais. + mapas temáticos: Geológico, Materiais para construção civil, Insumos agrícolas e outros bens minerais, Formações superficiais. v. 2: geomorfologia, solos, aptidão agrícola das terras. + mapas temáticos: Geomorfológico, Reconhecimento de Baixa Intensidade de Solos, Aptidão Agrícola das Terras. v. 3: levantamento geoquímico, estudos hidrológicos, hidrogeologia, uso atual e cobertura do solo, unidades de conservação e legislação, geoprocessamento. + mapas temáticos: Levantamento geoquímico, Rede hidrometeorológica, Hidrogeológico, Uso atual do Solo, Cobertura Vegetal e Unidades de Conservação.
Tipo: Livro científico (ALICE) Palavras-chave: Zoneamento ecológico-econômico; Geologia; Geomorfologia; Levantamento geoquímico; Hidrologia; Hidrogeologia; Solo; Uso atual; Cobertura; Unidades de conservação; Brasil; Goiás; Brasília; Distrito Federal.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/327315
Registros recuperados: 19
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional