Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Apparent digestibility of nutrients, energy, and amino acid of nontoxic and detoxified physic nut cakes for Nile tilapia.
Autores:  HISANO, H.
DELLA FLORA, M. A. L.
PILECCO, J. L.
MENDONCA, S.
Data:  2016-01-05
Ano:  2015
Palavras-chave:  Jatropha curcas
Alternative feedstuff
Biodiesel
Pinhão-manso
Pinhão de purga
Oreochromis niloticus
Tilápia nilótica
Alimento alternativo
Biocombustível
Plant byproducts
Fish nutrition
Oilseed cakes
Resumo:  Abstract: The objective of this work was to evaluate the apparent digestibility coefficients of nutrients, energy, and amino acids of nontoxic and detoxified physic nut cakes treated with solvent plus posterior extrusion, for Nile tilapia. The apparent digestibility coefficients of crude protein and gross energy were higher for detoxified than for nontoxic physic nut cake. However, the apparent digestibility coefficient of ether extract of the nontoxic physic nut cake was higher than that of the detoxified one. The apparent digestibility coefficient of amino acids of both feed ingredients was superior to 80%, except for glycine, for the nontoxic psychic nut cake,and for threonine, for the detoxified one. Nontoxic and detoxified physic nut cakes show apparent digestibilitycoefficient values equivalent to those of the other evaluated oilseeds and potential for inclusion in Nile tilapia diets. Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar os coeficientes de digestibilidade aparente de nutrientes, energia e aminoácidos de tortas de pinhão-manso atóxica e destoxificada tratadas com solvente e posterior extrusão, para tilápia-do-nilo. Os coeficientes de digestibilidade aparente da proteína bruta e da energia bruta forammaiores para a torta destoxificada do que para a atóxica. No entanto, o coeficiente de digestibilidade aparente do extrato etéreo da torta atóxica foi superior ao da destoxificada. O coeficiente de digestibilidade aparente dosaminoácidos dos dois alimentos foi maior que 80%, exceto para glicina, para a torta atóxica, e para treonina, para a destoxificada. Tanto a torta atóxica quanto a destoxificada de pinhão-manso apresentam valores similares aos das outras oleaginosas avaliadas e potencial para utilização em dietas para tilapia-do-nilo. Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar os coeficientes de digestibilidade aparente de nutrientes, energia e aminoácidos de tortas de pinhão-manso atóxica e destoxificada tratadas com solvente e posterior extrusão, para tilápia-do-nilo. Os coeficientes de digestibilidade aparente da proteína bruta e da energia bruta foram maiores para a torta destoxificada do que para a atóxica. No entanto, o coeficiente de digestibilidade aparente do extrato etéreo da torta atóxica foi superior ao da destoxificada. O coeficiente de digestibilidade aparente dos aminoácidos dos dois alimentos foi maior que 80%, exceto para glicina, para a torta atóxica, e para treonina, para a destoxificada. Tanto a torta atóxica quanto a destoxificada de pinhão-manso apresentam valores similares aos das outras oleaginosas avaliadas e potencial para utilização em dietas para tilápia-do-nilo.

2015
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Inglês
Identificador:  14759

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1032904

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/139987/1/2015AP043.pdf
Editor:  Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 50, n. 8, p. 849-853, 2015.
Relação:  Embrapa Meio Ambiente - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional