Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Redução de quadro em uma instituição de pesquisa.
Autores:  CASTRO, A.M.G. de
QUIRINO, T.R.
Data:  1998-10-09
Ano:  1992
Palavras-chave:  Recursos humanos
Pesquisa agropecuária
Avaliação de desempenho
Produtividade
Crise econômica
Rotatividade
Comportamento organizacional
Resumo:  O sucesso de uma instituição de ciência e tecnologia e geralmente associado a qualidade e a quantidade de seus recursos humanos. A atividade de pesquisa requer pessoal altamente capacitado, cuja disponibilidade e baixa no mercado de trabalho. Assim, essas instituições normalmente investem na formação de seus quadros de pessoal, gastando nesse processo longo tempo e altas somas de recursos. Por essa razão, a gerencia de recursos humanos em instituições de ciência e tecnologia tem como preocupação a permanência de pessoal capacitado em seus quadros, sendo a variável rotatividade (turn-over) a mais importante nesse contexto. A preservação dos melhores qualificados e mais produtivos e a preservação da própria instituição. Obviamente, essa questão precisa ser encarada sob as óticas do desempenho individual e do global da instituição. Sabe-se nao ser uniforme o desempenho dos indivíduos, por razões diversas, variando em escala de baixo a excepcional. Portanto, a rotatividade não pode ser vista, a priori, como negativa para o desempenho global da instituição, podendo ate funcionar como processo complementar de seleção, quando atinge aquelas frações de pessoal de desempenho mais fraco. Empresa publica federal, a Embrapa foi criada com o intuito de promover e gerar conhecimentos e tecnologia para o complexo agroindustrial brasileiro. A gerência dos recursos humanos tem sido encarada como o principal fundamento na administração da empresa. Ao longo dos anos, seu quadro de pessoal cresceu em quantidade, paralelamente ao crescimento em qualidade. Este processo durou ate o inicio dos anos 80, quando a crise econômica do pais aprofundou-se, atingindo a empresa. O momento mais difícil aconteceu no começo do atual governo, quando foi determinada reducao de percentual de seu quadro, dentro da política global de redução dos gastos públicos. Ocorreu processo acelerado de rotatividade, com taxas mais elevadas que as usuais e consequências ainda por investigar. Neste trabalho procura-se analisar a aceleração da rotatividade ocorrida na Embrapa, tendo como referencia a conceituação teórica estabelecida em estudos anteriores sobre o tema. Descreve-se o processo adotado, os resultados alcançados e examina-se, com os instrumentos disponíveis, os impactos da execução dessa política no âmbito da empresa.

1992
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  3548

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/12993

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/152031/1/1992AP009-Quirino-Reducao-3548.pdf
Editor:  Revista de Administração, São Paulo, v.27, n.2, p.82-90, abr./jun., 1992.
Relação:  Embrapa Meio Ambiente - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional