Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Regeneração de estacas em diferentes clones murucizeiro com ácido indolbutírico.
Autores:  NASCIMENTO, W. M. O. do
RODRIGUES JÚNIOR, O. M.
Data:  2014-09-15
Ano:  2014
Palavras-chave:  Muruci
Propagação vegetativa
Ramos
Byrsonima crassifolia
Resumo:  A propagação do murucizeiro por estaquia de ramo ainda não é um método consolidado e, para viabilizar o processo de enraizamento, usam-se estacas com folhas em viveiro com sistema de nebulização intermitente para que não haja desidratação das estacas e folhas. O trabalho teve como objetivo viabilizar a propagação assexuada por meio de estacas de ramos de diferentes clones de murucizeiro, usando o AIB. Foram usadas estacas de ramos com 20 cm de comprimento, as quais foram imersas durante 24 horas em diferentes concentrações de AIB. O experimento foi conduzido em blocos casualizado obedecendo ao esquema fatorial com 2 fatores: 4 clones (Açu, Maracanã-2, Santarém-1 e Tocantins-1) e 3 concentrações de AIB (0 mg.L-1, 250 mg.L-1, 500 mg.L1);com quatro repetições de 20 estacas por parcela, totalizando 960 estacas. Após 120 dias em viveiro, foram realizadas as seguintes avaliações: porcentagem de estacas enraizadas, mortas e vivas. Durante o experimento foram avaliadas: o número de estacas com brotação, o número de estacas com permanência das folhas e o número de estacas mortas.Com os resultados obtidos conclui-se que: as estacas do clone Maracanã-2 apresentam melhor desempenho para a formação de raízes, independentemente da concentração de AIB.

2014
Tipo:  Artigo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  50089

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/994969

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/108392/1/ENAAG0611.pdf
Editor:  In: ENCONTRO AMAZÔNICO DE AGRÁRIAS, 6., 2014, Belém, PA. Atuação das ciências agrárias nos sistemas de produção e alterações ambientais: anais. Belém, PA: Ufra, 2014.
Relação:  Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional