Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Sucessão de cultivos no manejo da casca preta do inhame em campo.
Autores:  SILVA, M. E.
SILVA, A. B. da
CASTRO, J. M. da C. e
MOURA FILHO, G.
ROCHA, F. da S.
LIRA, A. D.
SILVA, M. B.
Data:  2015-02-06
Ano:  2014
Palavras-chave:  Dioscorea
Manejo
Pratylenchus coffeae
Scutellonema bradys
Doença da casca preta
Doença da podridão seca
Inhame
Doença
Disease
Yam
Resumo:  Dentre os problemas fitossanitários da cultura do inhame (Dioscorea spp.), no Brasil, a casca preta, causada por Scutellonema bradys, Pratylenchus coffeae e P. brachyurus, se destaca como o mais prejudicial. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da sucessão de culturas sobre uma população mista de S. bradys e P. coffeae, em área naturalmente infestada. O trabalho foi realizado em dois anos consecutivos no município de Quebrangulo. Antes do plantio, foi coletada uma amostra composta de solo, por parcela, determinando-se as populações iniciais dos nematoides. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados, com 13 tratamentos mais uma testemunha e três repetições. No primeiro ano, os tratamentos foram compostos por parcelas cultivadas com Brachiaria humidicola, Canavalia ensiformis, Crotalaria juncea, C. ochroleuca, C. spectabilis, Digitaria decumbens Pangola, Ipomoea batatas, Sergipana, Manihot esculenta, Rosinha, Pennisetum purpureum Roxo, Phaseolus lunatus Branca, Phaseolus vulgaris Mulatinho, Vigna unguiculata Corujinha, Zea mays BR 106, e Dioscorea cayenensis Inhame-da-Costa. Ao final do ciclo das culturas, foram efetuados a coleta e o processamento das amostras de solo e de raízes para a determinação das populações de nematoides. No segundo ano, toda a área experimental foi plantada com inhame e, aos nove meses, procedeu-se à colheita, avaliando-se as variáveis: massa fresca das túberas/parcela, incidência da casca preta e população dos nematoides em solo e túberas. A maior produção de túberas sadias foi observada nas parcelas cultivadas previamente com Crotalaria spp. e P. lunatus . O plantio dessas espécies vegetais e, principalmente de C. spectabilis, em áreas com população mista das duas espécies de nematoides avaliadas, é uma tecnologia viável de controle da casca preta do inhame em campo.

2014
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  54336

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1007983

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/117420/1/Jose-Mauro-cpatsa-2014.pdf
Editor:  Nematropica, v. 44, n. 1, p. 57-63, 2014.
Relação:  Embrapa Semiárido - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional