Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Manejo químico de Buva (Conyza bonariensis) pelo uso de herbicidas isolados e em mistura.
Autores:  KARAM, D.
SILVA, J. A. A.
GAZZIERO, D. L. P.
VARGAS, L.
Data:  2010-08-02
Ano:  2010
Palavras-chave:  Eficácia agronômica
Controle
Plantas daninhas
Resistência
Dessecação
Resumo:  A expansão da agricultura favoreceu o desenvolvimento de espécies daninhas, que desenvolveram plasticidade e se tornaram entraves produtivos. O mau uso de moléculas orgânicas para fins biocidas, especialmente os herbicidas, contribuíram para o aparecimento de genótipos de plantas espontâneas resistentes, dentre a~ quais se encontra a buva. O presente trabalho teve o objetivo de estudar a eficiência de herbicidas isolados ou associados no controle de Conyza bonariensis, tendo em vista seus aspectos de resistência. Foi instalado um experimento com 4 blocos casualizados de 13 tratamentos: glyphosate (1920g ha-1), glyphosate (1920g ha"1) + 2,4-D (806g ha-1), glyphosate (1920g ha"1) + chlorimuron (15g ha-\ glyphosate (1920g ha-1) + atrazine(1000g ha"\ atrazine (1500g ha-1) + 2,4-D (806g ha-\ paraquat (300g ha-1) + atrazine (1000g ha"\ 2,4-D (806g ha-\ atrazine (1000g ha-\ atrazine (1500g ha-\ paraquat (300g ha"\ chlorimuron (15g ha-1) e ammonium glufosinate (800g ha"1). Procederam-se avaliações visuais para verificação do controle aos 7,14, 21 e 28 dias após a aplicação (DAA). Aos 35 DAA, toda a área foi dessecada com glyphosate (1920g ha-\ exceto as parcelas testemunhas. Aos 84 dias após a primeira aplicação, realizou-se nova avaliação visual. Os dados auferidos foram submetidos à análise de variância e a comparação de médias pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Os dados finais permitiram inferir ser o ammonium glufosinate e a associação de glyphosate (1920g ha-1) com 2,4D (806g ha-1) ou chlorimuron (15g ha-1) as melhores opções em eficácia para o controle de buva, sem a complementação de glyphosate 35 dias após a aplicação. Através dos resultados observados pode-se inferir que a espécie Conyza bonarienses presente em Sete Lagoas, na fazenda experimental da Embrapa Milho e Sorgo, não apresenta resistência ao glyphosate, embora dificuldade de controle tem sido observada para este herbicida.

2010
Tipo:  Artigo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  22952

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/858985

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/39667/1/Manejo-quimico.pdf
Editor:  In: CONGRESSO BRASILEIRO DA CIÊNCIA DAS PLANTAS DANINHAS, 27., 2010, Ribeirão Preto. Responsabilidade social e ambiental no manejo de plantas daninhas: [anais]. Ribeirão Preto: SBCPD, 2010.
Relação:  Embrapa Milho e Sorgo - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Formato:  1 CD-ROM.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional