Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Variação genética em progênies de Jacaranda cuspidifolia Mart. utilizando o delineamento sistemático tipo "leque".
Autores:  MORAES, M. A. de
MORAES, S. M. B. de
SILVA, E. C. B. da
KUBOTA, T. Y. K.
SILVA, A. M.
RESENDE, M. D. V. de
MORAES, M. L. T. de
Data:  2013-08-20
Ano:  2013
Palavras-chave:  Jacarandá-caroba
Jacaranda cuspidifolia
Conservação genética
Teste de progênie
Manejo florestal
Sistema de plantio
Nativa
Espécie florestal
Resumo:  O conhecimento da variação genética existente em espécies arbóreas nativas tem ajudado a direcionar estratégias de conservação genética ex situ, com base em testes de procedências e progênies. Estes testes tem espaçamento fixo, não possibilitando avaliar o comportamento das diferentes progênies frente à esta variável de manejo. Uma das formas de se avaliar ao mesmo tempo a variação genética e diferentes espaçamentos de plantio numa pequena área é a utilização de delineamentos sistemáticos. Assim, o objetivo desse trabalho foi estimar o crescimento e a variação genética em Jacaranda cuspidifolia em diferentes espaçamentos. Utilizou-se um teste de progênies no delineamento sistemático tipo ?leque?, com 30 raios concêntricos, com uma progênie por raio, distribuídas de forma aleatória, em ângulos de 12o. As plantas foram dispostas, nos raios, em progressão geométrica, de razão 1,21; correspondendo a nove espaçamentos por planta: 1,95 m2; 2,86 m2; 4,18 m2; 6,12 m2; 8,96 m2; 13,12 m2; 19,21 m2; 28,13 m2 e 41,19 m2, instalado em Selvíria/MS. Os caracteres altura, diâmetro a altura de 30 cm do solo (DA3) e sobrevivência foram avaliados aos 12 e 24 meses de idade. As estimativas dos parâmetros genéticos e dos espaçamentos foram avaliadas com base no procedimento REML/BLUP (máxima verossimilhança restrita/ melhor predição linear não viciada). As progênies apresentaram variação genética, sugerindo eficiência na estratégia amostral para a conservação ex situ. A espécie apresentou boa adaptabilidade em condições de campo, mostrando a melhor performance no espaçamento com 8,96 m²/planta, para todos os caracteres avaliados. O delineamento sistemático tipo ?leque? possibilitou avaliar, numa pequena área, o comportamento silvicultural das plantas de J. cuspidifolia frente aos espaçamentos de 2 a 42 m2/planta (5.000 a 238 árvores/ha), amplitude esta que dificilmente seria avaliada via delineamentos aleatórios tradicionais.

2013
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  51097

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/964423

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/88198/1/deon-jacaranda.pdf
Editor:  Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 41, n. 98, p. 175-183, jun. 2013.
Relação:  Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional