Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Alternativas de controle químico para capim-amargoso (Digitaria insularis) na cultura do milho.
Autores:  SILVA, W. T. da
KARAM, D.
VARGAS, L.
SILVA, A. F. da
Data:  2018-01-29
Ano:  2017
Palavras-chave:  Planta daninha
Erva daninha
Herbicida
Resistência
Resumo:  O presente estudo teve por objetivo avaliar a eficácia de herbicidas pós-emergentes registrados para a cultura do milho, assim como futuras alternativas de controle químico, no manejo de biótipos de capim-amargoso resistente ao glyphosate. Três experimentos, em condição de casa de vegetação, foram realizados no delineamento de blocos ao caso, com três repetições. Herbicidas de reconhecida eficiência agronômica no controle de gramíneas na cultura do milho (tembotrione, mesotrione e nicosulfuron) e futura alternativas de controle químico (haloxyfop-p-methyl e ammonium-glufosinate) foram aplicados em diferentes períodos de desenvolvimento sobre o capim-amargoso. Foram avaliados os sintomas de intoxicação e a porcentagem de redução do acúmulo da massa de matéria seca (MMS) da infestante após a última avaliação de controle. Os herbicidas nicosulfuron, haloxyfop-p-methyl e ammonium-glufosinate ocasionaram a morte da planta independentemente do momento de aplicação. Tembotrione e mesotrione, apesar de reduzirem a porcentagem de acúmulo da MMS, não ocasionaram morte das plantas. Conclui-se que o nicosulfuron se caracteriza como importante ferramenta no controle de capim-amargoso. As moléculas haloxyfop-p-methyl e ammonium-glufosinate apresentam potencial para serem utilizadas como alternativas de controle químico da infestante. Os herbicidas tembotrione e mesotrione, apesar de reconhecida ação graminicida, não são indicados para o controle do capim-amargoso.

bitstream/item/171764/1/Alternativas-controle.pdf
Tipo:  Nota Técnica/Nota Científica (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  28123

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1086541

10.18512/1980-6477/rbms.v16n3p578-586
Editor:  Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 16, n. 3, p. 578-586, 2017.
Relação:  Embrapa Milho e Sorgo - Nota Técnica/Nota Científica (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional