Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Avaliação de um controle estratégico da artrite encefalite caprina em rebanho caprino leiteiro.
Autores:  RODRIGUES, A. S.
PINHEIRO, R. R.
BRITO, R. L. L.
ANDRIOLI, A.
OLIVEIRA, L. S.
SIDER, L. H.
SANTOS, V. W.
OLIVEIRA, E. L.
DIAS, R. P.
GOUVEIA, A. M. G.
TEIXEIRA, M. F. S.
Data:  2018-04-09
Ano:  2018
Palavras-chave:  CAE
CAEV
IDGA
Western Blot
Artrite encefalite caprina
Caprine arthritis encephalit virus
Diagnosis
Caprino
Cabra leiteira
Diagnóstico
Doença animal
Infecção
Elisa
Goats
Lentivirus
Immunoblotting
Immunodiffusion tests
Resumo:  Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização periódica de testes de diagnóstico mais sensíveis aliados às práticas de manejo, visando ao controle eficaz da artrite encefalite caprina (CAE). Foram realizadas oito coletas de sangue em matrizes e reprodutores. Da primeira à sétima análise, as coletas foram quadrimestrais, utilizando-se os testes de imunodifusão em gel de agarose (IDGA), ensaio imunoenzimático indireto (ELISA-i) e Western Blot (WB). A oitava coleta aconteceu seis meses após a sétima, utilizando-se o WB e a reação em cadeia de polimerase (PCR). A prevalência da CAE foi de 6,8%, 14,9% e 39,2% no IDGA, ELISA-i e WB, respectivamente. Na última análise, foram detectados 0,9% de animais positivos pelo WB e 10,8% pela PCR. Apesar de não erradicarem a CAE, as medidas adotadas, aliadas à utilização periódica dos testes sorológicos e à combinação com a PCR, foram importantes para reduzir significativamente os animais soropositivos no rebanho. [Evaluation of strategic control of caprine arthritis- encephalitis in dairy herd goats]. Abstract: The aim of this study was to evaluate the periodic use of more sensitive diagnostic tests associated to management practices for the effective control of caprine arthritis-encephalitis (CAE). We carried out eight blood samples in does and bucks. From the first to the seventh analysis, the samples were quarterly, using Agarose Gel Immunodiffusion (AGID), Enzyme linked immunosorbent assay (i-ELISA) and Western Blot (WB) tests. The eighth collection was made six months after the seventh, using the WB and Polymerase Chain Reaction (PCR). The prevalence of CAE was 6.8%, 14.9% and 39.2% in the AGID, iELISA and WB respectively. The last analysis detected 0.9% of animals positive by WB and 10.8% by PCR. Although they do not eradicate CAE, steps taken together with the periodic use of serological tests and the combination with PCR were important to significantly reduce positive animals in the herd.

bitstream/item/175189/1/CNPC-2018-Avaliacao-de-um.pdf
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  36897

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1090378
Editor:  Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária Zootecnia, Belo Horizonte, v. 70, n. 1, p. 139-146, 2018.
Relação:  Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional