Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Perspectiva de determinação do zoneamento ecológico do Estado do Paraná, para produção de sementes de soja.
Autores:  COSTA, N. P. da
MESQUITA, C. de M.
MAURINA, A. C.
FRANÇA NETO, J. de B.
KRYZYZANOWSKI, F. C.
HENNING, A. A.
OLIVEIRA, M. C. N.
Data:  2006-11-01
Ano:  2006
Palavras-chave:  Soja
Resumo:  A colheita mecânica da soja deveria ser realizada no estádio de maturação fisiológica; todavia, nessa fase a semente, apesar de apresentar a máxima germinação e vigor é muito difícil de colher, uma vez que as plantas ainda apresentam grande quantidade de hastes e folhas verdes o que torna impossível a colheita. Por outro lado, a obtenção de sementes de alta qualidade é bastante problemática na maioria das regiões produtoras de soja do Brasil, especificamente, naquelas situadas ao norte do paralelo 24°L. Objetivando avaliar a dimensão do problema, este estudo visou determinar as regiões mais aptas do Paraná, para a produção de sementes de soja de elevado padrão fisiológico. Para tal, foram coletadas 121 amostras de sementes da cultivar BR 16, nas safras 1996/97,1997/98 e 1998/1999 e 119 amostras da cultivar BRS 133 nas safras 1999/2000, 2000/01 e 2001/02. Os parâmetros tomados por base para analisar a qualidade das sementes foram: a germinação (%), o vigor (TZ 1-3), a viabilidade (TZ 1-5), a deterioração por umidade (TZ 6-8), o dano mecânico (6-8) e as lesões de percevejos (TZ 6-8). Para interpretação dos dados, o Estado do Paraná foi dividido em três regiões ecológicas T1, temperatura média do mês mais quente (fevereiro) >24ºC; T2, temperatura média entre 22 e 24ºC; T3, temperatura média <22ºC. A região T3 que abrange os municípios de Ponta Grossa, Guarapuava, Pato Branco, Marilândia do Sul, Francisco Beltrão e parte de Cascavel, destacou-se por apresentar reduzidos índices de sementes com deterioração por umidade resultando em melhor comportamento de germinação, de vigor e de viabilidade. Com base nos resultados obtidos e nas Cartas Climáticas do Paraná, pode-se inferir que a validação do zoneamento ecológico para produção de sementes e alternativa consistente, a qual possibilita aos produtores de sementes deste Estado, na escolha de regiões com melhores condições climáticas para produção de sementes de soja de alta qualidade.

2006

Edição dos Resumos do XIV Congresso Brasileiro de Sementes, Foz do Iguaçu, ago. 2005.
Tipo:  Resumo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  26762

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/469676

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/114378/1/Perspectiva-de-determinacao-do-zoneamento-ecologico-do-estado-do-Parana-para-producao-de-sementes-de-soja.pdf
Editor:  Informativo ABRATES, Pelotas, v. 16, n.1/3, p. 28, mar. 2006.
Relação:  Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional