Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Drying and germination of cupuassu (Theobroma grandiflorum (Willd. ex Spreng.) K. Schum.) seeds.
Autores:  CRUZ, E. D.
Data:  2008-01-28
Ano:  2007
Palavras-chave:  Cupuaçu
Theobroma grandiflorum
Secagem
Germinação vegetal
Dessecação
Desidratação
Fruta tropical
Semente
Cupuassu
Tropical fruit
Resumo:  O excesso de sais no sistema radicular inibe a absorção de água, absorção de nutrientes e pode resultar em toxicidade de alguns sais dissolvidos na solução do solo. Excesso de sódio trocável no solo pode destruir a estrutura do solo a um ponto em que a penetração de água e a aeração das raízes se tornam impossível. Além disso, o sódio é tóxico a muitas plantas. Feijão (Phaseolus vulgaris L.) é consumido como fonte de proteínas no nordeste do Brasil, no entanto pouco se sabe sobre a tolerância desses feijões à salinidade. Este trabalho objetivou o estudo da germinação de sementes e crescimento inicial de plântulas de duas cultivares de feijão ao estresse salino. As cultivares Carioca e Mulatinho foram submetidas ao teste de germinação em germinador a 250C, no Laboratório de Análises de Sementes da Embrapa Semi Árido, Petrolina, Pernambuco. As sementes germinaram em papel germitest embebido em água destilada ou em soluções de cloreto de sódio (NaCl) nas concentrações de 10, 50, 100 e 200 mol.m-3. Na primeira e segunda contagens do teste de germinação as plântulas normais foram contadas, medidas, pesadas e secadas, obtendo-se dados de vigor e germinação total, massa de matéria fresca e seca, e comprimento de plântulas. O teor de proteínas totais foi quantificado em cotilédones aos 3, 6 e 9 dias após semeadura. Os resultados indicam que ao teor de NaCl influenciou na germinação e que concentrações acima de 50 mol.m-3 inibiram a germinação e o crescimento das plântulas.

2007

Título em português: Secagem e germinação de sementes de cupuaçu (Theobroma grandiflorum (Wiild. ex Spreng.) Schum.- Sterculiaceae).
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Inglês
Identificador:  39442

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/409262

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/18098/1/a24v29n3.pdf
Editor:  Revista Brasileira de Sementes, Brasília, DF, v. 29, n. 3, p. 197-201, 2007.
Relação:  Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional