Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Concentração da fosfina sob a lona plástica durante o expurgo.
Autores:  SANTOS, J. P.dos
CAJUEIRO, I. V. de M.
VILLEFORT, A. C.
Data:  1998-01-15
Ano:  1986
Palavras-chave:  Expurgo
Fumigacao
Fosfina
Fumigation
Phosphine
Resumo:  O expurgo do milho e uma pratica muito utilizada para controlar insetos pragas de grao. O acompanhamento mais detalhado da liberacao de fosfina (PH3) podera fornecer subsidios para uma melhor definicao tecnica na recomendacao de uso. Conhecendo-se a evolucao da concentracao de fosfina sob a lona plastica durante a realizacao do expurgo e, principalmente, no momento de encerramento, podera diminuir o risco de intoxicacao no ato de abertura. Para se obter os dados para a confeccao da curva de liberacao de fosfina a partir de comprimidos de 0,6 g de fosfeto de aluminio, foram realizados expurgos separados, em 3 repeticoes, de 1 tonelada de milho a granel de 1 m3 de milho em espiga com palha, sob lonas plasticas de PVC. Os expurgos foram iniciados as 9:00 e 18:00 horas. A fosfina foi utilizada no dosagem de 1 g p.a./t ou m3. As leituras foram procedidas utilizando-se uma bomba de vacuo para succionar o gas do interior da lona atraves de ampolas proprias para medir a concentracao de fosfina. As leituras foram feitas em intervalos de tempo pre-determinados ate 140 horas apos o inicio do expurgo. Nas primeiras 24 horas foram tomadas leituras de 1 em 1 hora. Foi definido uma curva que representa a concentracao de fosfina liberada em cada um dos tratamentos. No expurgo iniciado as 9:00 horas registraram-se concentracoes maiores do que aquele iniciado as 18:00 horas. Observou-se tambem que no expurgo de milho a granel ocorreram maiores concentracoes do que no milho em espiga. Esperava-se maiores concentracoes do que as maximas observadas, como tambem se esperava que a curva fosse se estabilizar, apos atingido o ponto maximo. Este fato pode indicar um escapamento do gas, possivelmente entre o piso e a lona. a elevacao da curva ocorreu enquanto a liberacao de fosfina estava se processando, porem sem atingir o maximo esperado. Logo apos cessada a liberacao, a curva que representa a concentracao de fosfina declinou bruscamente em vez de estabilizar. Isto mostra que areia solta ou "cobras de areia", quando usadas para pressionar as margens da lona contra o piso por ocasiao do expurgo, nao sao suficientes para criar um ambiente hermetico no interior da lona plastica.

1986
Tipo:  Artigo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  7247

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/478610

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/48042/1/Concentracao-fosfina.pdf
Editor:  In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 16., 1986, Belo Horizonte. Anais... Sete Lagoas: EMBRAPA-CNPMS, 1986. p. 247-254.
Relação:  Embrapa Milho e Sorgo - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional