Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Desenvolvimento inicial e eficiência de uso de água e nitrogênio por mudas de Calophyllum brasiliense, Eucalyptus urograndis, Tabebuia impetiginosa E Toona ciliata.
Autores:  SOUZA, A. F.
ROCHA JUNIOR, E. de O.
LAURA, V. A.
Data:  2018-12-21
Ano:  2018
Palavras-chave:  Análise de crescimento
Consumo de água
Espécie florestal
Growth analysis
Water consumption
Forest species
Native species
Espécie Nativa
Resumo:  O conhecimento sobre o desenvolvimento inicial das mudas é fundamental para o sucesso de atividades de reflorestamento e de plantio em florestas naturais. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento inicial e a eficiência de uso de água e nitrogênio por mudas de quatro espécies florestais nativas e exóticas (Calophyllum brasiliense (nativa), Eucalyptus urograndis (exótica), Toona ciliata (exótica) e Tabebuia impetiginosa (nativa)) com idade de aproximadamente 120 dias após a semeadura por 120 dias após o transplante em condições de casa de vegetação. Foram realizadas amostragens destrutivas para avaliar a biomassa seca (folha, caule, raiz e total), área foliar, relação raiz/parte aérea e nitrogênio total nas mudas. Com base nessas variáveis, foram calculados os parâmetros fisiológicos de crescimento e a eficiência de uso de água, que foi obtida pela razão entre o total de biomassa seca acumulada e a evapotranspiração dos vasos no período, determinada através de pesagens diárias em balança de bancada. Ao final de 240 dias após a semeadura, Calophyllum brasiliense e Tabebuia impetiginosa apresentaram maior produção de biomassa seca total e Toona ciliata apresentou maior relação raiz/parte aérea. Não houve diferenças entre a taxa de crescimento relativo das espécies avaliadas. Eucalyptus urograndis, Toona ciliata e Calophyllum brasiliense apresentaram os maiores valores de razão de área foliar, Toona ciliata, Tabebuia impetiginosa e Eucalyptus urograndis apresentaram os maiores valores de área foliar específica, Eucalyptus urograndis e Calophyllum brasiliense apresentam os maiores valores para razão de massa foliar e Tabebuia impetiginosa, Toona ciliata e Eucalyptus urograndis apresentaram os maiores valores de taxa de assimilação líquida. Com base na quantificação do nitrogênio total, Tabebuia impetiginosa e Toona ciliata foram as espécies mais eficientes no uso do nitrogênio. Eucalyptus urograndis apresentou a maior evapotranspiração enquanto Calophyllum brasiliense e Tabebuia impetiginosa foram as espécies mais eficientes no uso de água.

bitstream/item/189202/1/Desenvolvimento-inicial-e-eficiencia-de-uso-de-agua.pdf

Título em inglês: Early development and efficiency in water and nitrogen use by seedlings of Calophyllum brasiliense, Eucalyptus urograndis, Tabebuia impetiginosa AND Toona ciliata.
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  17245

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1102362
Editor:  Ciência Florestal, Santa Maria, v. 28, n. 4, p. 1465-1477, out.-dez., 2018
Relação:  Embrapa Gado de Corte - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional