Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Interferência da palhadas de sorgo, capim braquiária e milheto sobre a cultura do milho e plantas daninhas.
Autores:  NOCE, M. A.
Data:  2008-06-10
Ano:  2008
Palavras-chave:  Cobertura morta
Gramíneas forrageiras
Plantas daninhas
Composição florísitica
Resumo:  Este trabalho objetivou avaliar o efeito da palhada de gramíneas forrageiras sobre o milho, híbrido simples BRS 1001, plantado em sucessão e na supressão da infestação de plantas daninhas, bem como na composição florística da comunidade de espécies infestantes incidentes sob cada cobertura. Os tratamentos foram constituídos pela combinação de três plantas de cobertura de solo: capim braquiarão (Brachiaria brizantha); milheto (Pennisetum glaucum) e sorgo tipo corte/ pastejo cultivar BRS 800 (Híbrido interespecífico Sorghum bicolor x Sorghum sudanens), sofrendo ou não um corte após 60 dias de implantação dos tratamentos nas parcelas. Alem destes, manteve-se um tratamento sem o plantio de espécies de cobertura, denominado pousio. O experimento foi conduzido no campo experimental da Embrapa Milho e Sorgo, localizado em Sete Lagoas MG, no período de março de 2006 a fevereiro de 2007. A cobertura de capim braquiária interferiu negativamente no stand inicial da cultura, mas tal resultado não se repetiu na análise do stand finaL quando não houve diferença entre os tratamentos. Também a altura de plantas e de espigas foi reduzida pela braquiária. O diâmetro de colmo das plantas de milho submetidas à cobertura de milheto foi inferior. Não houve diferença significativa entre as coberturas para os demais parâmetros avaliados no que se refere a características agronômicas e dados de produtividade do milho (número de espigas, peso de espigas e peso de grãos), nem destas com relação ao pousio. Também não houve efeito significativo do corte sobre nenhuma das características agronômicas analisadas, nem para os dados de produção do milho. Nas três espécies de cobertura os percentuais de redução na infestação de plantas daninhas em relação à testemunha sem palha (pousio) foram altos. O efeito do corte não foi significativo para a supressão de plantas daninhas. Para o volume de palhada foi observado efeito significativo apenas para as espécies. O efeito do corte na cobertura não foi significativo e nem suas interações com as espécies e no tempo. O volume de palhada produzido pelo capim braquiária foi superior aos produzidos pelo sorgo e pelo milheto. As principais espécies encontradas, aproximadamente 90 % de toda a comunidade de infestantes, foram Leonotis nepetifolia, Digitaria horizontalis, Richardia brasiliensis, Amaranthus retroflexus, Cyperus rotundus e Ageratum conyzoides. Os parâmetros fitossociológicos calculados através dos dados coletados mostram que a composição específica e as densidades populacionais das comunidades infestantes foram influenciadas pelo tipo de cobertura morta. A diversidade de espécies em coberturas de sorgo e milheto não diferiu com relação ao pousio, mas as populações de indivíduos para a maioria das espécies foram superiores no pousio. No tratamento com braquiária observou-se menor número de espécies infestantes, bem como valores inferiores de densidade e abundância das espécies presentes.

2008

Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. Orientador: Décio Karam.
Tipo:  Tese/dissertação (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  20717

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/483160

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/81838/1/Marco-Arelio-Noce.pdf
Editor:  2008.
Relação:  Embrapa Milho e Sorgo - Tese/dissertação (ALICE)
Formato:  38 f.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional