Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Germinação de sementes de melancia sob diferentes métodos de tratamento com reguladores vegetais.
Autores:  SILVA, T. C. F. S.
SILVA, R. C. B.
SILVA, J. E. S. B.
SANTOS, R. S.
ARAGÃO, C. A.
DANTAS, B. F.
Data:  2014-04-24
Ano:  2014
Palavras-chave:  Germinação
Ácido giberélico
Putrescina
Ácido salicílico
Regulador de crescimento
Semente
Melancia
Growth regulators
Watermelon
Resumo:  A melancia é uma cultura importante para o Brasil pela demanda intensiva de mão-de-obra rural, perfil predominante pela produção familiar e retorno em torno de 85 dias em relação às outras oleráceas. O uso de reguladores de crescimento pode favorecer o desempenho das plântulas, acelerando a velocidade de emergência de sementes de várias espécies. Acredita-se que possam desempenhar um papel importante na regulação de certos aspectos das sementes, além de estarem envolvidas no crescimento de frutos e outros determinados fenômenos fisiológicos. Sementes de melancia cv. Crimson Sweet foram submetidas a dois métodos de tratamento com regulador: a) sementes embebidas: embebição das sementes em regulador por 8 horas; b) substrato embebido em regulador sendo utilizados os reguladores: ácido salicílico (0; 0,5; 5; 25 e 50 ?mol.L-1); putrescina (0; 50; 100; 500 e 1000 ?mol.L-1) e ácido giberélico (0, 50, 100 e 500 ?g.g-1). Para ácido salicílico e putrescina utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 x 5 (métodos de tratamento x concentrações do regulador), com ácido giberélico foi utilizado esquema fatorial 2 x 4, com quatro repetições de 50 sementes cada. O método mais eficiente com ácido salicílico foi o uso de substrato embebido, juntamente com 0, 25 e 50 ?mol.L-1.A concentração de 1000 ?mol.L-1 de putrescina teve efeito negativo sobre as raízes das plântulas.50 e 100 ?g.g-1deGA3 promoveu maior desenvolvimento da parte aérea das plântulas.500 ?g.g-1 de GA3 teve efeito fitotóxico sobre as sementes e posteriormente sobre as plântulas de melancia.

2014
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  1808-2793

52176

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/985031

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/101376/1/Barbara.pdf
Editor:  Scientia Plena, v. 10, n. 3, p. 1-15, 2014.
Relação:  Embrapa Semiárido - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional