Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Prevalência de tabagismo, etilismo e comorbidades em pacientes com paracoccidioidomicose atendidos em um Hospital Universitário - Minas Gerais.
Autores:  TOLEDO, T. A.
PEREIRA, T. V.
FOCHAT, R. C.
FAJARDO, M. O.
SILVA, M. R.
PINTO, C. P. GOMIDE
COSTA, R. R. Da
Data:  2017-02-17
Ano:  2016
Palavras-chave:  Paracoccidioidomicose
Hábito de Fumar
HIV
Tuberculose
Doenças Parasitárias
Neoplasias
Epidemiologia
Resumo:  Introdução A paracoccidioidomicose (PCM) é uma doença infecciosa sistêmica, causada pelo fungo dimórfico Paracoccidioides brasiliensis e caracterizada por uma inflamação granulomatosa crônica. Pode ocorrer isoladamente ou associada a outras enfermidades. Objetivos Verificar as prevalências de tabagismo, etilismo e comorbidades em pacientes com PCM, atendidos no Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora (HU-UFJF). Métodos Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo, baseado na revisão de prontuários de pacientes com PCM assistidos no HU-UFJF no período compreendido entre janeiro de 2003 a dezembro de 2010. Os indivíduos tiveram seus prontuários consultados quanto às informações: sexo, idade, local de origem, ocupação profissional, tabagismo, etilismo, presença de outras doenças (tuberculose, síndrome da imunodeficiência humana/AIDS, parasitose intestinal e câncer). Foi realizada a análise estatística descritiva dos dados com o auxílio do software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 14.0. Resultados 56 prontuários de pacientes foram consultados, sendo observado que 78,6% dos casos de PCM ocorreram em homens. A média de idade dessa população foi de 36,2 anos. A maioria (67,9%) residia em área urbana. Lavradores (17,9%), estudantes (16,1%), pedreiros (12,5%) e "do lar" (10,7%) foram as profissões de maior destaque. Quanto aos hábitos de vida e comorbidades, 53,6% eram tabagistas, 35,7% etilistas, 5,4% possuíam o diagnóstico de AIDS, 10,7% de tuberculose, 16,1% de alguma parasitose intestinal e 1,8% de câncer. Conclusão A PCM pode ocorrer em conjunto com outras doenças e a equipe de saúde deve estar atenta para evitar o surgimento de complicações severas.

2016
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  23377

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1064678

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/156057/1/Cnpgl-2016-RevMedMG-Prevalencia-de-tabagismo.pdf
Editor:  Revista Médica de Minas Gerais, v. 26, suppl. 5, p. S117-S121, 2016.
Relação:  Embrapa Gado de Leite - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional