Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Silagem de grãos úmidos de milho na alimentação de frangos de corte.
Autores:  SARTORI, J.R.
COSTA, C.
PEZZATO, A.C.
MARTINS, C.L.
CARRIJO, A.S.
CRUZ, V.C. da
PINHEIRO, D.F.
Data:  2002-07-15
Ano:  2002
Palavras-chave:  Ração
Teor de umidade
Dieta
Desempenho
Composição da carcaça
Rations
Moisture contents
Diet
Performance
Carcass composition
Resumo:  O objetivo deste trabalho foi avaliar a silagem de grãos úmidos de milho (SGUM) como ingrediente nas rações de frangos de corte, em substituição total aos grãos secos de milho (GSM), no desempenho, no rendimento da carcaça, no peso dos órgãos e na morfologia intestinal. No primeiro experimento, 600 pintainhos machos Ross foram distribuídos em blocos casualizados, com seis tratamentos (A: GSM de 1-42 dias; B: SGUM de 1-42 dias; C: SGUM de 1-7 dias e GSM de 8-42 dias; D: SGUM de 1-14 dias e GSM de 15-42 dias; E: SGUM de 1-21 dias e GSM de 22-42 dias; F: GSM + água de 1-42 dias), com quatro repetições, de 25 aves. No segundo experimento, foram utilizados 24 pintainhos machos Ross, distribuídos ao acaso, em dois tratamentos (com e sem SGUM) e 12 repetições cada. A SGUM até 21 dias de idade não interferiu no desempenho das aves e no rendimento de carcaça aos 42 dias de idade. Frangos alimentados com SGUM apresentaram maior peso relativo do fígado, menor largura das vilosidades do duodeno e íleo, maior altura de vilosidade no jejuno aos 21 dias, e menor profundidade de cripta no duodeno e no íleo aos 42 dias de idade. A SGUM pode ser considerada um ingrediente em dietas de frangos de corte até 21 dias de idade, por não interferir no peso final das aves, no rendimento de carcaça e peso dos órgãos.

2002
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  22589

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/107483

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/AI-SEDE/22589/1/pab1190.pdf
Editor:  Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 37, nº 7, p.1009-1015, jul. 2002.
Relação:  Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional