Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Sobrevivência de patógenos em grãos de milho tratados com produtos naturais.
Autores:  ROSSETTO, L.
LARIOS, D. M.
CASTANHA, R. F.
MORAIS, L. A. S. de
Data:  2013-10-18
Ano:  2013
Palavras-chave:  Zea mays
Cinnamomum zeylanicum
Fusarium spp
Aspergillus spp
Penicillium
Rhizopus sp
Milho
Patógeno
Controle biológico
Extrato vegetal
Canela
Planta aromática
Corn
Fungal diseases of plants
Biological control
Cinnamon
Vegetable extracts
Resumo:  Resumo: Diante da propriedade inibitória da canela (Cinnamomum zeylanicum) para gêneros fúngicos, este trabalho teve por objetivo avaliar a ação da canela em diferentes formas e dois tipos de aplicação na sanidade de grãos de milho naturalmente infectados com Penicillium spp., Rhizopus sp., Fusarium spp. e Aspergillus spp. Utilizaram-se oito tratamentos com extratos de canela em duas concentrações, duas formas de aplicação em dois lotes comerciais de grãos de milho. Os tratamentos foram T1: Testemunha absoluta, T2: Extrato aquoso de canela 5% (T0h) aplicado diretamente no papel germitest, T3: Extrato aquoso de canela 5% (T24h) aplicado diretamente no papel germitest, T4: Extrato etanólico de canela 1% aplicado diretamente no papel germitest, T5: Testemunha-imersão, T6: Extrato aquoso de canela 5% (T0h)-imersão, T7: Extrato aquoso de canela 5% (T24h)-imersão, T8: Extrato etanólico de canela 1%-imersão. Os tratamentos que apresentaram melhores resultados para Penicillium spp. foram os que utilizaram os extratos aquosos de canela. O contato direto da canela em pó com o milho pode ocasionar a redução da incidência deste fungo em grãos armazenados. Para Fusarium spp., o extrato aquoso de canela a 5% aplicado em imersão reduziu em 52% incidência fúngica. O mesmo extrato em maiores concentrações poderá conferir um percentual maior de inibição, podendo alcançar a inibição total. Novos testes com número maior de lotes e concentrações do extrato são necessários para que os resultados sejam confirmados. Abstract: The aim of this work was to evaluate the effect of cinnamon extracts, at two technical of application on healthy of maize grains naturally infected with Penicillium spp., Rhizopus sp., Fusarium spp. and Aspergillus spp.. Eight treatments using two kinds of cinnamon extracts on two concentrations, two application types on two commercial maize lots. Treatments used were T1: witness (distilled water), T2: cinnamon aqueous extract 5% (T0h) applied directly on Germitest paper; T3: cinnamon aqueous extract 5% (T24h) applied directly on Germitest paper 24 hours after its prepare; T4: ethanolic cinnamon extract 1% applied directly on Germitest paper; T5: witness (distilled water - immersion), T6: cinnamon aqueous extract 5% (T0h) ? immersion; T7: cinnamon aqueous extract 5% (T24h) ? immersion; T8: ethanolic cinnamon extract 1% - immersion. Treatments that showed better results for Penicillium spp. were the aqueous cinnamon extracts. Direct contact of cinnamon powder with maize grains can reduce the incidence of this fungus on stored grains. For Fusarium spp., cinnamon aqueous extract 5% applied by immersion reduced the incidence of this fungus at 52%. The same extract, on higher concentrations can result a higher inhibition perceptual and can obtain total inhibition of Fusarium spp. on maize grains Another tests with higher number of lots and extracts concentrations are need to confirm these results.

2013
Tipo:  Artigo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  12839

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/968848

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/91136/1/2013AA63.pdf
Editor:  In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 7., 2013, Campinas. Anais... Campinas:ITAL, 2013. 1 CD ROM. Nº 13418.
Relação:  Embrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional