Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Torta de mamona destoxificada por soluções alcalinas em dietas de fêmeas caprinas leiteiras.
Autores:  ARAÚJO, R. A. de.
Data:  2019-11-18
Ano:  2019
Palavras-chave:  Destoxificação
Viabilidade econômica
Economic viability
Alternative feed
Degradação ruminal
Hidróxido de cálcio
Ruminal degradation
Caprino
Cabra Leiteira
Ricinus Communis
Nutrição Animal
Alimento Alternativo
Alimento Para Animal
Subproduto
Ricina
Dieta
Hidróxido de Sódio
Dairy goats
Animal nutrition
Animal feeding
Biodiesel
Calcium hydroxide
Sodium hydroxide
Industrial byproducts
Resumo:  Resumo: Objetivou-se com este trabalho desenvolver uma forma eficiente e viável de destoxificação da torta de mamona, e avaliar o seu efeito como potencial substituto do farelo de soja sobre o desempenho produtivo e bioeconômico de cabras leiteiras nas diferentes fases produtivas. O experimento foi conduzido na Embrapa Caprinos e Ovinos, Sobral-CE, de janeiro de 2015 a maio de 2017. No primeiro capítulo foram testados dois produtos alcalinos, sendo eles: hidróxido de cálcio [Ca(OH)2] e hidróxido de sódio (NaOH), diluídos em diferentes volumes de água, formando assim diferentes concentrações das soluções sobre a inativação da ricina e ricinus aglutina, composição química, degradabilidade in situ e fracionamento de proteínas da torta de mamona destoxificada. As proporções testadas foram: 60 e 90 g de ambos os produtos diluídos em 1.000; 1.500; 2.000 e 2.500 ml de água para cada quilo de torta de mamona. As análises de destoxificação foram realizadas através da observação visual e por densitometria de géis de eletroforese, além de ensaios de hemaglutinação. Observou-se que das diferentes concentrações utilizadas, somente a utilização de 90 e 60 gramas de Ca(OH)2 e NaOH, respectivamente conseguiu destoxificar 100% da TMB, ambas diluídas em 2.000 ml de água. Por outro lado, ao avaliar o tempo mínimo de contato dos reagentes com a TMB para uma máxima destoxificação, observou-se que com três horas de contato é o tempo necessário para os reagentes diminuírem em 100% as proteínas citotóxicas, além de não deixar atividade hemaglutinante neste material. Ao avaliar a degradabilidade da MS de ambas as tortas destoxificadas (TMD), observou-se que a TMD Ca(OH)2 aumentou 10,06% da fração ?, já a TMD NaOH 22,53%. De uma forma geral, os parâmetros de degradação foram maiores para a TMD NaOH. De forma similar, notou-se que a destoxificação com o NaOH proporcionou maior degradação das proteínas solúveis e de degradação maior, favorecendo a disponibilização do nitrogênio não-proteico. Os tratamentos alcalinos com Ca(OH)2 ou NaOH nas doses de 90 e 60 gramas por quilo de TMB, respectivamente e diluídos em 2.000 ml de água por 180 minutos de contato poderão permitir o uso da TMD na alimentação de ruminantes, mas sua aplicação em escala industrial depende de estudos sobre viabilidade operacional e econômica. No segundo capítulo objetivou-se avaliar a influência da substituição do farelo de soja (FS) pela torta de mamona destoxificada (TMD) por dois produtos alcalinos sobre o consumo, desempenho, digestibilidade dos nutrientes, balanço de nitrogênio e função hepática e renal de cabritas durante a fase de crescimento. Foram utilizadas vinte e quatro cabritas das raças Saanen e Anglo Nubiana, com peso corporal inicial de 16,22 ± 0,67 kg. Os tratamentos consistiram de três dietas: uma à base de FS e as outras duas à base de torta de mamona destoxificada com hidróxido de cálcio [Ca(OH)2) ou hidróxido de sódio (NaOH). Utilizou-se um delineamento inteiramente casualizado, com arranjo fatorial 3 x 2 (dieta e raça). O período experimental durou 270 dias. Os dados de consumo e digestibilidade foram analisados em duas fases distintas, de acordo com as curvas de crescimento das cabritas, sendo uma fase de crescimento acelerado linear (Fase I, 60 a 298 dias de vida) e a outra de redução da intensidade de crescimento corporal (Fase II, de 299 a 345 dias de vida). Houve efeito (P<0,05) das dietas sobre o consumo da MS e nutrientes avaliados em ambas as fases. Não houve efeito (P>0,05) das dietas sobre o desempenho dos animais. As dietas influenciaram (P<0,05) os coeficientes de digestibilidade aparente da matéria seca e nutrientes, onde os valores mais altos corresponderam às dietas com TMD. Nenhuma alteração negativa envolvendo disfunção renal ou hepática foi observada. A inclusão de torta de mamona na dieta de cabritas recriadas em confinamento é uma opção atraente, considerando que as cabras alimentadas com TMD apresentam melhor conversão alimentar e seu uso não provoca alterações hepáticas e renais, sugerindo que o FS pode ser completamente substituído. No terceiro capítulo objetivou-se avaliar a influência da substituição do farelo de soja (FS) pela torta de mamona destoxificada (TMD) por dois produtos alcalinos sobre o comportamento alimentar e parâmetros fisiológicos de cabritas das raças Saanen e Anglo Nubiana. Utilizou-se um delineamento inteiramente casualizado, com arranjo fatorial 3 x 2 (dieta e raça). Houve efeito das dietas sobre o consumo de MS e FDNcp, com menores valores para as cabras alimentadas com TMD NaOH. As cabras da dieta TMD NaOH consumiram maiores quantidades de água e as Saanen urinaram mais vezes que as Anglo Nubiana. Neste capítulo, concluiu-se que, quando usada na composição de dietas para caprinos em fase de crescimento, a torta de mamona destoxificada pelo hidróxido de sódio leva à redução do CMS, bem como da FDN. No quarto capítulo avaliou-se a influência da total substituição do farelo de soja (FS) pela torta de mamona destoxificada (TMD) por dois produtos alcalinos sobre a viabilidade econômico-financeira na produção de matrizes leiteiras das raças Saanen e Anglo Nubiana. A avaliação econômico-financeira dos dados foi realizada de forma descritiva, utilizando-se o software AVETEC®. Nos cenários avaliados, a alimentação, mão-de-obra e os custos de oportunidades foram os itens que mais contribuíram para os custos de produção. A simulação para produção de 144 matrizes leiteiras proporcionou receita superior aos custos de produção, resultando em indicadores econômicos positivos para todos os cenários avaliados. Observou-se que todos os cenários tiveram ponto de nivelamento inferior a 144 cabras que é a quantidade de animais que podem ser produzidas anualmente por cada tipo de criação. Os índices de lucratividade são bem atrativos, principalmente os sistemas que optarem pela cria de cabras da raça Saanen, onde os VPLs são superiores há um milhão de reais. As análises de sensibilidade mostraram que apenas nas situações mais desfavoráveis, tais como a redução de 30% tanto na produção quanto no preço de mercado, os indicadores são economicamente inviáveis. O uso das TMD não compromete a viabilidade econômica dos sistemas, porém quando comparados aos sistemas que utiliza a dieta padrão, apresentam menor rentabilidade. No quinto capítulo objetivou-se avaliar a influência da substituição do farelo de soja (FS) pela torta de mamona destoxificada (TMD) sobre o consumo, desempenho, digestibilidade de nutrientes, balanço nitrogenado, funções hepáticas e renais de cabras gestantes alimentadas com dietas contendo TMD por soluções alcalinas em regime de confinamento durante as fases gestacionais (dois primeiros terços e terço final). As condições experimentais e a metodologia foram semelhantes ao relatado no segundo capítulo, exceto a quantidade de animais, neste caso foram utilizadas 18 cabras, sendo 9 das raça Saanen e 9 Anglo Nubiana, primíparas, não lactantes, com idade aproximada de 12 meses, peso corporal inicial de 42,08 ± 5,33 kg e condição de escore corporal de 3,6 ± 0,3, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, em parcelas subdividas no tempo, ficando nas parcelas as fases gestacionais e nas subparcelas as dietas. De forma geral, as cabras alimentadas com a TMD NaOH tiveram menores consumos. Além disso, observou-se acentuada redução no consumo durante o terço final de gestação. Não houve efeito (P>0,05) das dietas ou fases sobre a digestibilidade da MS e de nutrientes. Os níveis médios de enzimas referentes as funcionalidades hepáticas e renais ficaram dentro dos padrões normais. Das enzimas relacionadas ao metabolismo hepático, somente a gama-glutamil transferase aumentou no terço final da gestação. Observou-se que o peso dos cabritos gerados não foi influenciado pelas dietas, nem o escore de condição corporal das cabras no pós-parto. Durante o terço final de gestação, as cabras diminuem de forma acentuada o consumo de MS e de nutrientes. No sexto capítulo foi avaliado o comportamento alimentar e parâmetros fisiológicos de cabras gestantes e alimentadas com dietas contendo TMD por soluções alcalinas em regime de confinamento durante as fases gestacionais (dois primeiros terços e terço final). As condições experimentais e as metodologias foram semelhantes ao relatado no terceiro capítulo, à exceção dos animais, neste caso foram utilizadas 18 cabras. As cabras alimentadas com TMD NaOH apresentaram os menores consumos, tanto de MS quanto de FDNcp (P<0,05). De forma geral, as cabras diminuíram o consumo no terço final de gestação. A torta de mamona destoxificada com hidróxido de sódio reduz o consumo de matéria seca e a eficiência de alimentação das cabras durante a gestação. Os parâmetros fisiológicos são influenciados tanto pelas dietas quanto pelas fases gestacionais, porém sem alterações negativas que indiquem estresse ou desconforto animal. No sétimo capítulo objetivou-se avaliar o consumo, digestibilidade, balanço nitrogenado, curvas de lactação, composição do leite e o perfil metabólico renal e hepático de cabras lactantes alimentadas com dietas contendo torta de mamona destoxificada (TMD) por soluções alcalinas em regime de confinamento durante 150 dias de lactação. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados (fator raça), as condições experimentais e as metodologias foram semelhantes ao relatado no segundo capítulo, à exceção da quantidade de animais, neste caso foram utilizadas 18 cabras. Observou-se que durante a fase de lactação as dietas influenciaram (P<0,05) os consumos de MS, PB, EE, FDN e NDT. Observou-se maior CMS para as cabras alimentadas com FS que não diferiu das cabras alimentadas com TMD Ca(OH)2. As cabras alimentadas com FS consumiram maior quantidade de nitrogênio, porém todas apresentaram o mesmo balanço nitrogenado, o que mostra que as alimentadas com as TMD foram eficientes. Houve efeito (P<0,05) das dietas sobre a produção de leite, leite corrigido para 3,5% de gordura, produção total e eficiência alimentar. As cabras alimentadas com FS e TMD Ca(OH)2 produziram maior quantidade de leite. Em resumo, as curvas de lactação mostraram maior persistência de lactação das cabras Saanen. Houve efeito (P<0,05) das dietas sobre o perfil de alguns ácidos graxos presentes no leite. De forma geral, observou-se que a TMD NaOH proporcionou aumento no teor de ácidos graxos desejáveis. Concluiu-se que ambas as tortas diminuem a produção de leite durante o período lactacional, porém a TMD NaOH proporcionou elevada eficiência produtiva. Apesar de ambas as tortas diminuírem o rendimento do leite, a TMD NaOH não alterou de forma negativa o teor de ácidos graxos desejáveis e benéficos à saúde humana, ao contrário da TMD Ca(OH)2. No oitavo capítulo foi avaliado o comportamento ingestivo e parâmetros fisiológicos de cabras em lactação alimentadas com rações contendo torta de mamona destoxificada. As condições experimentais e a metodologia foram semelhantes ao relatado no terceiro capítulo, exceto a quantidade de animais, neste caso foram utilizadas 18 cabras, sendo 9 das raça Saanen e 9 Anglo Nubiana. Observou-se efeito das dietas sobre o consumo de MS e FDNcp, com menores valores para as cabras alimentadas com TMD NaOH. As cabras da dieta TMD NaOH consumiram maiores quantidades de água. Em relação aos parâmetros fisiológicos, apesar de serem influenciados pelas dietas e raça, ficaram dentro dos padrões normais para animais desta categoria. No nono capítulo foi analisada a viabilidade econômico-financeira do uso da torta destoxificada por soluções alcalinas na produção de cabritos/as de origem leiteira, além da comercialização do leite produzido pelas cabras alimentadas com as tortas de mamona e farelo de soja. As análises econômicas foram realizadas com a mesma metodologia do quarto capítulo, porém houve uma simulação de revolução do rebanho, haja vista que o produtor passou a gerar duas receitas dentro da propriedade. Foram simulados seis sistemas. Tanto a alimentação quanto a mão-de-obra e os custos de oportunidades foram os itens que mais contribuíram para os custos de produção. Os maiores custos com alimentação foram observados nos sistemas que utilizaram as dietas a base de FS. A simulação para produção de leite e crias oriundas de 72 cabras leiteiras proporcionou receita superior aos custos de produção, resultando em indicadores econômicos positivos para todos os cenários avaliados. As receitas geradas pelos sistemas que utilizam a raça Saanen são maiores, haja vista que o preço do produto gerado é mais valorizado no mercado caprino. Por outro lado, as cabras Saanen alimentadas com TMD, por apresentarem menores custos com alimentação geraram maior receita liquida. A análise econômico-financeira das dietas avaliadas se mostraram viáveis ao longo de 10 anos com a taxa de juros de 6% ao ano. De uma forma geral, os sistemas de criação com cabras Anglo Nubianas, embora tenham apresentado VPLs positivos, demonstraram valores relativamente inferiores aos sistemas de criação de cabras da raça Saanen, com exceção do que utilizou a dieta à base de TMD NaOH. Em relação ao payback, todas a dietas apresentaram baixo tempo de retorno do investimento aplicado, com valores inferiores a três anos para as Saanen e entre 3,19 a 4,03 para as Anglo Nubianas, com destaque para ao sistema que utiliza TMD NaOH. [Detoxified castor cake by alkaline solutions in diets of female dairy goats]. Abstract: The objective of this work was to develop an efficient and viable detoxification of castor bean cake, and to evaluate its effect as a potential replacement of soybean meal on the productive performance and cost of dairy goats at different stages of production. The experiment was conducted at Embrapa Goats and Sheep, Sobral-CE, from January 2015 to May 2017. In the first chapter were tested two alkaline products, they are: calcium hydroxide [Ca(OH)2] and sodium hydroxide (NaOH), diluted in different volumes of water, thus forming different concentrations of solutions on the inactivation of ricin and ricinus agglutinates, chemical composition, in situ degradability and fractionation of proteins of the detoxified castor. The proportions were tested: 60 and 90 g of both products diluted in 1,000; 1,500; 2,000 and 2,500 ml of water for each kilo of castor bean cake. The analyzes were performed detoxification through visual observation and by bone densitometry of electrophoresis gels, and hemagglutination assays. It was observed that the different concentrations used, only the use of 90 and 60 grams of Ca(OH)2 and NaOH, respectively managed to destoxificar 100% of the DCC, both diluted in 2,000 ml of water. On the other hand, when assessing the minimum time of contact of the reagents with the DCC for maximum detoxification, it was observed that with three hours of contact is the time required for the reagents decrease in 100% of the cytotoxic proteins, in addition to not leave hemagglutinating activity in this material. To evaluate the degradability of DM of detoxified castor cake (DCC), we observed that the DCC Ca(OH)2 increased by 10.06% of the fraction ?, already the DCC NaOH 22.53%. In a general way, the parameters of degradation were higher for the DCC NaOH. Similarly, it was noted that the detoxification with NaOH provided greater degradation of soluble proteins and degradation increased, favoring the provision of non-protein nitrogen. The alkali treatments with Ca(OH)2 or NaOH at doses of 90 and 60 grams per kilo of DCC, respectively and diluted in 2,000 ml of water per 180 minutes of contact may allow the use of the DCC in ruminant feed, but its application in industrial scale depends on operational feasibility studies and cost. In the second chapter of this study was to evaluate the influence of the substitution of soybean meal (SM) by detoxified castor cake (DCC) by two alkaline products on intake, performance, digestibility of nutrients, nitrogen balance and hepatic and renal function of goats? kids during the growth phase. Were used twenty-four goats? kids of Saanen breeds and Anglo Nubian, with initial body weight of 16.22 ± 0.67 kg. The treatments consisted of three diets: one to the base of DCC and the other two on the basis of detoxified castor with calcium hydroxide [Ca(OH)2) or sodium hydroxide (NaOH). It was used a completely randomized design with a factorial arrangement 3 x 2 (diet and breed). The experimental period lasted 270 days. The data of consumption and digestibility were analyzed in two distinct phases, according to the growth curves of goats? kids, being a linear accelerated growth phase (Phase I, 60 to 298 days of life) and the other to reduce the intensity of body growth (Phase II, 299 to 345 days of life). There was no effect (P<0.05) of diets on the consumption of DM and nutrients in both phases. There was no effect (P> 0.05) of diets on the performance of the animals. The diets influenced (P <0.05) The coefficients of apparent digestibility of dry matter and nutrients, where the higher values corresponded to diets with DCC. No negative change involving renal or hepatic dysfunction was observed. The inclusion of castor cake in the diet of goats? kids recreated in confinement is an attractive option, whereas the goats fed with DCC present better feed conversion and its use does not cause changes in liver and kidney, suggesting that the SM can be completely replaced. In the third chapter of this study was to evaluate the influence of the substitution of soybean meal (SM) by detoxified castor (DCC) by two alkaline products on the feeding behavior and physiological parameters of goat?s kids of Saanen breeds and Anglo Nubian. It was used a completely randomized design with a factorial arrangement 3 x 2 (diet and breed). There was no effect of diets on the consumption of DM and NDFap, with lower values for the goats fed with NaOH DCC. The goats of NaOH DCC diet consumed larger quantities of water and the saanen urinate more times that the Anglo Nubian. In this chapter, it was concluded that, when used in the composition of diets for goats in the growth phase, the detoxified castor with sodium hydroxide leads to the reduction of intake DM, as well as the NDF. In the fourth chapter we evaluated the influence of the total substitution of soybean meal (SM) by detoxified castor (DCC) by two alkaline products on the economic and financial viability in the production of dairy breeds arrays of Saanen and Anglo Nubian. The economic and financial evaluation of the data was carried out in a descriptive way, using the AVETEC® software. In the scenarios assessed, power, labor costs and the opportunities were the items that most contributed to the costs of production. The simulation for production of 144 dairy arrays provided revenue above the cost of production, resulting in positive economic indicators for all scenarios evaluated. It was observed that all scenarios had leveling point less than 144 goats that is the number of animals that can be produced annually by each type of creation. The indices of profitability are very attractive, especially those systems that opt for the foal of Saanen goats, where the NPVs are higher there are a million reais. Sensitivity analyzes showed that only in the most unfavorable situations, such as a reduction of 30% in both production and market price, the indicators are economically unviable. The use of the DCC does not compromise the economic viability of the systems, but when compared to systems that uses the standard diet, show lower profitability. In the fifth chapter of this study was to evaluate the influence of the substitution of soybean meal (SM) by detoxified castor (DCC) on performance, digestibility of nutrients, nitrogen balance, hepatic and renal functions of pregnant goats fed with diets containing DCC by alkaline solutions in confinement regime during the stages of pregnancy (first two thirds third and final). The experimental conditions and methodology were similar to those reported in the second chapter, except the amount of animals, in this case 18 goats were used, being 9 of the Saanen goats and 9 Anglo Nubian, primipara, not breastfeeding, with approximate age of 12 months, initial body weight of 42.08 ± 5.33 kg of body condition score of 3.6 ± 0.3, distributed in a completely randomized design, in plots subdivided in time, getting in the gestational phase plots and subplots the diets. In general, the goats fed with NaOH DCC had lower consumption. In addition, we observed a significant reduction in the consumption during the final third of pregnancy. There was no effect (P>0.05) of diets or phases on the digestibility of DM and nutrients. The average levels of enzymes for hepatic and renal functions were within normal patterns. Of enzymes related to liver metabolism, only the gamma-glutamyl transferase increased in the final third of the pregnancy. It was observed that the weight of the goats generated was not influenced by the diets, nor the body condition score of goats in the postpartum period. During the final third of gestation, the goats reduce sharply the DM intake and nutrients. In the sixth chapter was evaluated food behavior and physiological parameters of pregnant goats and fed with diets containing DCC by alkaline solutions in confinement regime during the stages of pregnancy (first two thirds third and final). The experimental conditions and methodologies were similar to those reported in the third chapter, with the exception of animals, in this case 18 goats were used. The goats fed with NaOH DCC showed the lowest fuel consumption, both MS and NDFap (P<0.05). In general, the goats decreased consumption in the final third of pregnancy. The detoxified castor with sodium hydroxide reduces the dry matter intake and feed efficiency of goats during pregnancy. The physiological parameters are influenced both by the diets as the stages of pregnancy, but without negative changes indicating that animal stress or discomfort. In the seventh chapter aimed to evaluate the intake, digestibility and nitrogen balance, curves of lactation, milk composition and metabolic profile kidney and liver of lactating goats fed diets containing detoxified castor (DCC) by alkaline solutions in feedlot during 150 days of lactation. The experimental design was in randomized casualization (factor breed), the experimental conditions and methodologies were similar to those reported in the second chapter, with the exception of the quantity of animals, in this case 18 goats were used. It has been observed that during the phase of lactation diets influenced (P<0.05) intake of DM, CP, EE, NDF and TDN. We observed a higher intake DM for the goats fed with SM which did not differ from goats fed with Ca(OH)2 DCC. The goats fed with SM consumed a larger quantity of nitrogen, but all had the same nitrogen balance, which shows that the fed with the DCC were efficient. There was no effect (P<0.05) of diets on milk production, milk corrected for 3.5% fat, total production and feed efficiency. The goats fed with SM and Ca(OH)2 DCC produced a larger quantity of milk. In summary, the lactation curves showed greater persistence of lactation of Saanen goats. There was no effect (P<0.05) of diets on the profile of some fatty acids present in the milk. In general, it was observed that the NaOH DCC provided an increase in the fat content of desirable fatty acids. It was concluded that both pies decrease milk production during the lactational period, however, the NaOH DCC provided high productive efficiency. Although both cakes diminish the yield of milk, the NaOH DCC did not affect negatively the content of fatty acids desirable and beneficial to human health, unlike the Ca(OH)2 DCC. In the eighth chapter was evaluated the ingestive behavior and physiological parameters of lactating goats fed diets containing detoxified castor. The experimental conditions and methodology were similar to those reported in the third chapter, except the number of animals, in this case 18 goats were used, being 9 of the Saanen goats and 9 Anglo Nubian. We observed effect of diets on the consumption of DM and NDFap, with lower values for the goats fed with NaOH DCC. In the ninth chapter was analyzed the economic and financial viability of the use of the detoxified pie by alkaline solutions in the production of goats of dairy origin, in addition to the marketing of milk produced by goats fed with the cakes of castor bean and soybean meal. The economic analyzes were performed using the same methodology in the fourth chapter, but there was a simulation of a revolution of the flock, considering that the producer began to generate two revenue inside the property. Six were simulated systems. Both the supply and the labor costs and the opportunities were the items that most contributed to the costs of production. The higher costs with power were observed in systems that have used the diets based on SM. The simulation for milk production and calves from 72 dairy goats provided revenue above the cost of production, resulting in positive economic indicators for all scenarios evaluated. The revenue generated by the systems that utilize the Saanen goats are bigger, considering that the price of the product generated is more valued in the market goat. On the other hand, the Saanen goats fed with DCC, due to their lower costs with greater power generated net revenue. The economic-financial analysis of the diets evaluated proved to be viable over 10 years with the interest rate of 6% per year. In a general way, the systems of rearing goats Anglo nubian, although they have presented positive NPVs, showed lower values in relation to the systems of creation of Saanen goats, with the exception of that used the diet on the basis of NaOH DCC. In relation to the payback, all diets had low time of return on investment applied, with values of less than three years for the Saanen and between 3.19 to 4.03 for the Anglo nubian, with emphasis on the system that uses NaOH DCC.

bitstream/item/204858/1/cnpc-2019-UPA-4.pdf

Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza. Orientação: José Neuman Miranda Neiva; Coorientação: Roberto Cláudio Fernandes Franco Pompeu (CNPC).
Tipo:  Tese/dissertação (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  39313

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1114481
Editor:  2019.
Relação:  Embrapa Caprinos e Ovinos - Tese/dissertação (ALICE)
Formato:  258 f.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional