Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Epidemiologia da mela e produtividade do feijoeiro-comum tratado com fungicidas.
Autores:  COSTA-COELHO, G. R.
LOBO JUNIOR, M.
CAFÉ-FILHO, A. C.
Data:  2014-10-16
Ano:  2012
Palavras-chave:  Teia micélica
Feijão
Phaseolus vulgaris
Doença de planta
Fungicida
Mela
Thanatephorus cucumeris
Resumo:  O efeito dos fungicidas azoxistrobina, carbendazim, mancozebe, tebuconazole, hidróxido de fenilestanho, piraclostrobina, trifloxistrobina + ciproconazol, trifloxistrobina + propiconazol e clorotalonil no progresso da mela e na produtividade do feijoeiro foi avaliado em campo e casa de vegetação. No campo, três experimentos foram conduzidos nas estações chuvosas de 2004/05, 2005/06 e 2006/07, em blocos ao acaso com quatro repetições.Na safra 2004/05 foi realizada apenas uma aplicação, aos 45 dias após o plantio (DAP); em 2005/06 foram realizadas duas aplicações aos 30 e 45 DAP e em 2006/07 foram realizadas três aplicações, aos 30, 45 e 60 DAP. A avaliação da severidade da doença foi feita semanalmente, atribuindo-se notas de 1 (sem sintomas) a 9 (acima de 90% da área foliar destruída) e taxas de progresso da doença foram calculadas após o ajuste das curvas de progresso ao modelo logístico. Os resultados mostraram que uma única aplicação de qualquer dos produtos, aos 45 DAP, foi ineficiente para o controle da taxa de progresso da mela (taxa média, r = 0,2348). A eficiência do controle aumentou com o incremento do número de aplicações e aplicações mais precoces, iniciando-se aos 30 DAP (médias de r = 0,1988 e 0,1671 em 2005/06 e 2006/07, respectivamente). Com três aplicações,as menores severidades de doença foram observadas com hydróxido de fenil estanho, trifloxistrobina + propiconazol e trifloxistrobina + cyproconazol. Em casa de vegetação, o efeito protetor e curativo dos fungicidas foi estudado com aplicação dos produtos em pré ou pós-inoculação de folíolos, através da avaliação do diâmetro das lesões. Todos os fungicidas apresentaram tanto efeito protetor quanto curativo, mas os melhores resultados foram observados em aplicação preventiva. Foi encontrada alta correlação negativa entre intensidade da mela e a produção do feijoeiro e o ganho em produtividade com uso de fungicidas chegou a 304 %.

2012
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  33041

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/997451

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/110042/1/sf.pdf
Editor:  Summa Phytopathologica, Botucatu, v. 38, n. 3, p. 211-215, jul./set. 2012.
Relação:  Embrapa Arroz e Feijão - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional