Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Growth and yield of a tropical rain forest of the brazilian Amazon 13 years after logging.
Autores:  SILVA, J. N. M.
CARVALHO, J. O. P. de
LOPES, J. do C. A.
ALMEIDA, B. F. de
COSTA, D. H. M.
OLIVEIRA, L. C. de
Data:  1994-02-10
Ano:  1993
Palavras-chave:  Produtividade florestal
Forest
Inventory
Specie
Growth
Yield
Diameter growth
Volume growth
Forest dynamics
Crescimento
Espécie
Floresta
Inventário
Mortality
Resumo:  Foram reavaliados o incremento em diâmetro, a produção volumétrica, o recrutamento e a mortalidade em um experimento silvicultural na Floresta Nacional do Tapajós, Estado do Pará, Brasil, 13 anos após a exploração. A floresta foi deixada regenerando sem tratamentos silviculturais para estudar o comportamento do povoamento em função desta abordagem de manejo. Trinta e seis parcelas permanentes foram estabeleci das em 1981 para monitorar o desenvolvimento da floresta, sendo medidas seis vezes desde então. Observou-se o comportamento do povoamento em três períodos, 1981-1987, 1987-1992 e 1981-1992. O incremento em diâmetro decresceu de 0,4 cm.ano ", para 0,2 cm.ano " do primeiro para o segundo período, neste, sendo similar às taxas de crescimento encontradas na mesma floresta em povoamento não explorado. As taxas de mortalidade tiveram um leve acréscimo, de 2,4% para 2,6% por ano, enquanto que o recrutamento caiu de 5,2% para 1,8%; o recrutamento das espécies comerciais também decresceu de 5,4% para 1,3%; a produtividade volumétrica caiu de 6,1 m3.ha-1.ano-1 para 4,2 m3.ha-1.ano-1; do mesmo modo, a produtividade média das espécies comerciais decresceu de 0,9 m3.ha-1.ano-1 para 0,7 m3.ha-1.ano-1? De um modo geral, o povoamento apresentou um balanço positivo, i.e., a área basal, o volume e o número de árvores aumentaram no período estudado. Os valores médios para o incremento em diâmetro, ingressos e mortalidade no período total observado foram, respectivamente, 0,3 cm.ano ", 3,1% p.a. e 2,2% p.a .. Somente 6 árvores por ha das espécies comerciais (32 espécies) da lista de 1979 com tamanho comercial (DAP 45 em) existiam em 1992, correspondendo a um volume de 18 nr'.ha'. No entanto, adicionando-se 29 espécies hoje aceitas no mercado de madeiras, o numero de árvores com tamanho de corte cresceu para 15 por ha, correspondendo a um volume de 54 rrr'.ha", segundo a lista atualizada. Os resultados obtidos concordam com recomendações já feitas de aplicar tratamentos silviculturais em intervalos de 10 anos para permitir taxas razoáveis de crescimento, promover a regeneração natural de espécies valiosas e repor o volume extraído.

bitstream/item/199121/1/Growth-and-yield.pdf

Editado por J.K. Vanclay, J.P. Skovsgaard, G.Z. Gertner.
Tipo:  Artigo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Inglês
Identificador:  25755

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/396448
Editor:  In: IUFRO CONFERENCE, 1993, Copenhagen. Growth and yield estimation from successive forest inventories - proceedings. Lyngby: Danish Forest and Landscape Research Institute, 1993.
Relação:  Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Formato:  p. 250-259.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional