Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Produção animal e recursos hídricos: tecnologias para manejo de resíduos e uso eficiente dos insumos.
Autores:  PALHARES, J. C. P.
VIANCELLI, A.
KUNZ, A.
SANCHES, A. C.
GAMEIRO, A. H.
BARADI, C. R. M.
AITA, C.
AMORIM, D. M.
MIOLA, E. C. C.
JESUS, F. L. F. de
MENDONÇA, F. C.
FONGARO, G.
BAZZO, H. L. S.
TREICHEL, H.
SCHIRMANN, J.
NASCIMENTO, J. G.
GATIBONI, L. C.
LANNA, M. C. da S.
MAGRI, M. E.
PAZ TIERI, M.
MORALES, R.
NICOLOSO, R. da S.
GONZATTO, R.
QUEIROZ, R. de
GIACOMINI, S. J.
PUJOL, S. B.
CHARLON, V.
Data:  2019-09-17
Ano:  2019
Palavras-chave:  Dejeto animal
Medida mitigatória
Emissão de nitrogênio
Água
Produção Animal
Resíduo Orgânico
Recurso Hídrico
Fertirrigação
Fertilizante
Resumo:  A sociedade em seu processo de evolução determina novos valores para embasar as decisões relacionadas ao consumo de alimentos, bens e serviços. O valor ambiental é um dos que têm sido considerados nas escolhas de quais alimentos consumir. A sociedade hoje apresenta ao setor agropecuário preocupações relacionadas à consideração de aspectos como eficiência hídrica do produto, forma de uso da terra e emissões de gases na produção, no processamento e na distribuição do alimento. Respostas a essas questões devem ser dadas com base no conhecimento científico, considerando as várias visões dos atores que compõem os complexos agroindustriais. A produção animal, atividade geradora não só de proteína de qualidade, mas também de vários outros produtos e serviços fundamentais para a economia e para o bem-estar social, constitui uma das atividades agropecuárias mais contestadas quanto ao seu impacto ambiental e, particularmente, à forma como utiliza a água. Portanto, os atores do complexo agroindustrial da carne têm a responsabilidade de desenvolver ações que promovam a eficiência hídrica da atividade, bem como de compartilhar experiências com a sociedade e compactuar com as diretrizes hídricas. Esta obra traz experiências hídricas do Brasil, da Argentina e do México, mostrando como esses países lidam com água e produção animal. Considerando que o manejo mais comum dos resíduos animais é o uso deles como fertilizante, dois capítulos abordam esse tema, apresentando a experiência do estado de Santa Catarina e os potenciais impactos que esse manejo pode representar para a qualidade das águas, do ar e do solo. A água constitui um recurso natural finito, e seu reúso deve ser considerado como prática fundamental para sua conservação. Três capítulos abordam essa temática, nos quais, partindo do conceito de Saúde Única, apresentam-se as tecnologias de tratamento disponíveis para viabilizar o reúso com segurança ambiental e sanitária e a fertirrigação como possibilidade de ciclagem de água e nutrientes. Por fim, os capítulos restantes propõem novas visões e abordagens da produção animal pelo conceito de metabolismo industrial, que possibilita uma visão sistêmica de todos os elos, identificando oportunidades e fragilidades que devem ser trabalhadas, a fim de agregar valor ambiental à atividade. O Brasil dispõe de uma condição de conforto hídrico que é rara no mundo. Isso não significa que teremos, infinitamente, água para todos e para tudo. Cada região apresenta necessidades específicas, e a água deve estar disponível em quantidade e qualidade para as diversas demandas de determinada unidade hidrográfica. Portanto, a condição de conforto hídrico deve ser gerenciada, utilizando-se todos os instrumentos de gestão hídrica. Por isso, a produção animal cada vez mais terá de internalizar e exercitar o manejo hídrico em sua rotina produtiva, refletir sobre como promover a eficiência hídrica dos seus produtos e serviços e comunicar para a sociedade suas ações. A máxima é antiga: não existe produção de alimento sem disponibilidade de água em quantidade e com qualidade. Mas o antigo nunca foi tão moderno e determinante para o futuro. Se a água é fator produtivo vital para o sistema de produção animal, sua falta pode representar o colapso do sistema. Desejo que a leitura da obra instigue, provoque e faça com que cada leitor(a) dê sua contribuição para promover o uso mais eficiente da água pelas atividades pecuárias, pois é verdade, cada gota importa!

bitstream/item/202069/1/Producao-Animal-Recursos-Hidricos.pdf
Tipo:  Livro científico (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  978-85-7035-911-7

24857

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1112245
Editor:  Brasília, DF : Embrapa, 2019.
Relação:  Embrapa Pecuária Sudeste - Livro científico (ALICE)
Formato:  E-book.

210 p.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional