Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Infoteca-e
País:  Brazil
Título:  Solos do quadrilátero ferrífero sob diferentes coberturas vegetais e materiais de origem.
Autores:  COELHO, M. R.
VASQUES, G. de M.
TASSARINI, D.
SOUZA, Z. R. de
OLIVEIRA, A. P. de
MOREIRA, F. M. de S.
Data:  2018-02-08
Ano:  2017
Palavras-chave:  Solo
Recurso do solo
Recurso natural
Resumo:  O Quadrilátero Ferrífero é uma região de grande diversidade ambiental, com forte aptidão à exploração mineral que impera desde os tempos coloniais e se mantém até hoje. Em consequência, os estudos direcionados para esse fim foram protagonizados, sendo menos comuns aqueles direcionados aos solos. O presente trabalho objetiva caracterizar os solos, avaliar as suas causas de variação na paisagem e sua relação com os principais componentes ambientais (relevo, geologia e vegetação) de três locais representativos dessa região. Os locais de estudo estão situados nos municípios mineiros de Sabará, Novo Lima e Brumadinho em minas de minério de ferro ativas (Mina Miguelão em Nova Lima e Córrego do Feijão em Brumadinho) ou desativadas (Mina Córrego do Meio, Sabará). É parte integrante do projeto intitulado "Diversidade de plantas e de organismos dos solos com potencial biotecnológico e indicadores de impacto ambiental em Minas Gerais". Assim, os locais de abertura dos 28 perfis descritos e amostrados neste estudo, a maioria dispostos em topossequências, seguiram o desenho amostral do referido projeto, de tal forma que se buscou abarcar todas as variações fisiográficas locais. Dentre os resultados alcançados, destacam-se: os Cambissolos Háplicos, relacionados a rochas metassedimentares e a relevo acidentado, foram os solos dominantes em Sabará, independentemente da vegetação nativa, composta de floresta estacional semidecidual e campo cerrado que ocorrem lado a lado. São solos de baixa fertilidade natural, geralmente álicos, epipedregosos quando sob campo cerrado, com elevados conteúdos de silte, muitas vezes superiores aos de argila, de textura média (campo cerrado) ou argilosa (floresta). Solos sob vegetação de eucalipto e campo rupestre ferruginoso também foram descritos em Sabará. Enquanto nos primeiros também predominam os Cambissolos Háplicos, nos campos rupestres são os Neossolos Regolíticos Perférricos (classificação proposta) exclusivos, ocorrendo em relevo ondulado e suave ondulado. Latossolos também estão presentes em Sabará, quer sob vegetação de floresta, campo cerrado ou eucalipto. É nesse uso que se observou o solo não ferruginoso mais peculiar e evoluído dentre os estudados em Sabará: o Latossolo Vermelho Distrófico húmico. Trata-se do solo com maior conteúdo de Al3+ dentre todos os perfis estudados. Em Brumadinho, no entanto, sob floresta estacional semidecidual e relacionados ao intemperismo do granito, é que estão os solos não ferruginosos mais evoluídos: Latossolos Vermelhos e Vermelho-Amarelos localizam-se no terço superior da única vertente estudada na região. Cambissolos Háplicos e Húmicos também foram descritos em Brumadinho, cujas variações de classes e atributos estão intimamente relacionados ao relevo local. Em Nova Lima, os Plintossolos Pétricos originados do intemperismo das cangas lateríticas são exclusivos, com grande quantidade de cascalhos e calhaus de petroplintita no perfil. No entanto, seus atributos variaram significativamente na paisagem, mesmo a curtas distâncias, o que, associado às variações do relevo local, revelaram diferentes fitofisionomias e microhabitats para a fauna e flora locais. Por fim, três perfis (tipos de terreno) foram descritos e coletados em pilhas de estéril de mineração de ferro: dois em Brumadinho e um em Sabará. Em comum, apresentam elevados conteúdos de ferro (oxídicos) e textura média em todas as camadas, nulos de Al3+ e de valores m% nas camadas superficiais. Espera-se que este estudo muna as demais pesquisas do projeto supracitado, dedicadas à flora local e organismos do solo, com informações ambientais detalhadas das áreas de estudo, essenciais à comparação e extrapolação dos resultados das pesquisas entre áreas ambientalmente similares.

bitstream/item/172437/1/CNPS-BPD-264-2017.pdf
Tipo:  Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Idioma:  Português
Identificador:  1678-0892

19807

http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1087417
Editor:  Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2017.
Relação:  Embrapa Solos - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
(Embrapa Solos. Boletim de pesquisa e desenvolvimento, 264).
Formato:  il. color.

130 p.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional