Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Infoteca-e
País:  Brazil
Título:  SILAGEM de milho e de sorgo: Programa 10: Sul.
Data:  2015-05-25
Ano:  2008
Palavras-chave:  Alimento na seca
Planta forrageira
Capim elefante
Valor nutritivo
Gado
Resumo:  No período de seca, época em que costuma faltar capim, a silagem é uma importante fonte de alimento para rebanhos bovinos criados a pasto. Diferentes tipos de forrageiras podem ser usadas para se fazer a silagem tais como capim, girassol alfafa e cana. Animais que produzam até 12 litros de leite por dia podem ser tratados com silagem de Capim-elefante que, por ser uma forrageira perene, tem um menor custo de produção. Mas, à medida que o potencial de produção dos animais aumenta, torna-se mais vantajoso utilizar silagens de melhor valor nutritivo. No Brasil, a silagem de milho ou de sorgo é o melhor volumoso a ser fornecido ao gado por trazer melhores resultados para os pecuaristas. Entre os motivos da preferência dos produtores pelo uso dessas forrageiras estão a alta produção e a facilidade para a formação das lavouras e para o ensilamento. Além disso, a silagem de milho e de sorgo apresenta um bom valor energético e é bem aceita pelo gado. O sorgo produz uma silagem bem próxima à do milho. Embora tenha maior teor de fibra e seus grãos sejam de menor digestibilidade, sua silagem sustenta bem animais com potencial produtivo de até 18 litros de leite/dia. A vantagem do sorgo em relação ao milho é que a planta é mais tolerante a veranicos. Então, em regiões onde a chuva é menos abundante, é mais seguro plantar o sorgo em vez do milho para fazer a silagem. O processo de ensilagem do milho e do sorgo é mesmo de outras silagens. ?O produtor tem que ensilar no momento certo em que a lavoura dá condições para isso, tem que fazer uma boa picagem, uma boa compactação e, principalmente, iniciar e fechar o silo mais rapidamente possível?, resume o pesquisador da Embrapa Gado de Leite, Jackson Oliveira. Entre as orientações que fornece durante o programa Oliveira lembra que o produtor nunca deve retirar silagem a mais, deixando para fornecê-la no dia seguinte. ?Retire sempre a quantidade necessária para ser utilizada em um mesmo dia, isso tanto para a silagem de milho quanto para a silagem de sorgo?, esclarece.

2008
Tipo:  Prosa Rural (INFOTECA-E)
Idioma:  Português
Identificador:  57711

http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1016080

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/124424/1/Prog10-Silagem-de-milho-e-de-sorgo.mp3
Editor:  In: PROGRAMA PROSA RURAL: Sul: abril. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica; Juiz de Fora: Embrapa Gado de Leite, 2008.
Relação:  Área de Informação da Sede - Prosa Rural (INFOTECA-E)
Formato:  1 CD ROM
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional