Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  MV&Z
País:  Brazil
Título:  Colangiocarcinoma em um cão jovem: relato de caso
Autores:  Miziara, R. H.
Coelho, B. M. P.
Wirthl, V. A. B. F.
Godoy, D. I. C.
Takenaka, C. S.
Torres, L. N.
Schwartz, D. S.
Kogika, M. M.
Data:  2016-08-29
Ano:  2016
Palavras-chave:  Colangiocarcinoma
Cães
Resumo:  As neoplasias malignas primárias de fígado apresentam baixa prevalência em cães, sendo representadas principalmente pelo carcinoma hepatocelular e o colangiocarcinoma. Geralmente essas afecções ocorrem em animais com idade entre nove e 12 anos, sem predisposição racial. O presente relato descreve um caso clínico de colangiocarcinoma de curso agudo e agressivo em um animal jovem. Foi atendido pelo Serviço de Clínica Médica do HOVET-USP, um canino, fêmea, labrador, com três anos de idade, castrada, com queixa de êmese e hiporexia há seis dias, fezes pastosas e distensão abdominal. O animal apresentava hipertermia (40,4°C), mucosas amareladas, hipoglicemia (50 mg/dL), pressão arterial sistólica de 130 mmHg, anemia discretamente regenerativa, leucocitose por neutrofilia com presença de neutrófilos tóxicos, trombocitopenia, aumento das enzimas hepática ALT e FA, hiperbilirrubinemia importante, aumento do Tempo de Tromboplastina Parcial Ativada no coagulograma e acidose metabólica. Na ultrassonografia abdominal foi observado que o fígado estava aumentado com ecotextura heterogênea com áreas hipoecogênicas irregulares e hiperecogênicas em forma de nódulos e estrias. O baço apresentava duas áreas hipoecogênicas com centro hiperecogênico de 5cm de diâmetro. Foram realizados antibioticoterapia, analgesia, suporte gastrointestinal, aplicação de fitomenadiona e fluidoterapia para hidratação e correção da hipoglicemia. Diante da queda do hematócrito de 11% em 24 horas, foi realizada a transfusão de papa de hemácias. Contudo, o animal apresentou quadro hemolítico grave não responsivo à terapia imunossupressora e piora da coagulopatia, apresentando sufusões em abdômen e colúria, evoluindo para angústia respiratória e óbito. A necropsia revelou a presença de lesão nodular no fígado sobrelevada localizada em lobo lateral direito de 6,0 x 5,0cm, microscopicamente caracterizada como colangiocarcinoma, com metástase em medula óssea e baço, bem como embolia pulmonar neoplásica. Os colangiocarcinomas representam menos de 1% das neoplasias caninas, sendo mais comum em fêmeas castradas com mais de dez anos de idade. Como observado nesse caso, essa neoplasia apresenta alto índice metastático (60 a 80% dos casos) principalmente em linfonodos, pulmões e cavidade peritoneal. Dessa forma, o presente relato descreve um caso atípico dessa neoplasia frente à precocidade de sua ocorrência, de mau prognóstico e com pouca possibilidade terapêutica. 
Tipo:  Info:eu-repo/semantics/article
Idioma:  Português
Identificador:  http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/31901
Editor:  Conselho Regional de Medicina Veterinária e Zootecnia do Estado de São Paulo
Relação:  http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/31901/35439
Formato:  application/pdf
Fonte:  Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia; Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, v. 14, n. 2 (2016); 58-59

Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia; Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, v. 14, n. 2 (2016); 58-59

Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP; Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, v. 14, n. 2 (2016); 58-59

2596-1306
Direitos:  Direitos autorais 2016 Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional