Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Sci. Agrar.Paran. / SAP
País:  Brazil
Título:  The use of Rare Earth Elements in the agriculture
Uso de elementos Terras Raras na agricultura
Autores:  Oliveira, Juliana Santos Batista
Biondo, Valdecir
Saab, Mariana Ferreira
Schawn-Estrada, Kátia Regina Freitas
Data:  2014-09-10
Ano:  2014
Palavras-chave:  Terras Raras
Resumo:  The Rare Earth Elements (REEs) is a group of 17 chemical elements, where 15 belong to the group of lanthanides, and the other two are scandium and yttrium. The largest mineral deposits of REEs are in China, which dominates over 95% of the world market. Research on crops with the use of compounds based on REEs – performed mostly in China – showed an increase in productivity, plant growth, disease control and other beneficial effects, usually when they are applied in low concentrations. The reasons for these effects are not sufficiently understood, but recently, physiological interactions with calcium, effects on the structure and function   of  the  cytoplasmic  membranes,  changes  in  photosynthesis,  hormone  metabolism, enzyme activity, and increased efficiency on water use have been proposed as possible mechanisms affected by REEs. The positive results of the use of these elements in agriculture, combined with the few researches realized outside of China, are strong indicators of the need for further studies on these substances. Thus, in the present review are shown some of the resulting effects from the use of REEs on crops, emphasizing the used concentrations, and the physiological interactions with plants, among other mechanisms. Still, it contribute to disseminate knowledge involving these substances and also highlight the potential which they assume on the agricultural scenario in the world and, consequently, in increasing food production.

O grupo da tabela periódica denominado Terras Raras é formado por 17 elementos químicos, onde 15 pertencem ao grupo dos lantanídeos, e os outros dois são o escândio e o ítrio. Os maiores depósitos minerais de Elementos Terra Raras (ETRs) se encontram na China, que domina mais de 95% do mercado mundial. Pesquisas em culturas agrícolas com o uso de compostos baseados em ETRs, realizadas majoritariamente na China, mostraram um incremento da produtividade e do crescimento das plantas, controle de doenças, além de outros efeitos benéficos, geralmente quando estes são aplicados em baixas concentrações. As razões para a ocorrência destes efeitos não são suficientemente compreendidas, mas, recentemente, interações fisiológicas com o cálcio, efeitos sobre a estrutura e a função das membranas citoplasmáticas, alterações na fotossíntese, no metabolismo dos hormônios, na atividade enzimática, e o aumento da eficiência no uso da água têm sido propostos como possíveis mecanismos de atuação dos ETRs. Os resultados positivos do uso destes elementos na agricultura, aliado às poucas pesquisas realizadas fora da China, são fortes indicativos da necessidade de maiores estudos com estas substâncias. Deste modo, na presente revisão são mostrados alguns dos efeitos advindos do uso dos ETRs nas culturas agrícolas, enfatizando as concentrações utilizadas e as interações fisiológicas com as plantas, entre outros mecanismos. Busca-se, ainda, contribuir para a disseminação do conhecimento envolvendo estas substâncias e evidenciar o potencial que estes podem assumir no cenário agrícola mundial e, consequentemente, no aumento da produção de alimentos.
Tipo:  Info:eu-repo/semantics/article
Idioma:  Português
Identificador:  http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/10631

10.1818/sap.v13i3.10631
Editor:  Scientia Agraria Paranaensis
Relação:  http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/10631/7603
Formato:  application/pdf
Fonte:  Scientia Agraria Paranaensis; v. 13, n. 3 (2014); 171-185

1983-1471
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional