Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 150
Primeira ... 12345678 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Climate, soil and tree flora relationships in forests in the state of São Paulo, southeastern Brasil Rev. Bras. Bot.
Torres,Roseli Buzanelli; Martins,Fernando Roberto; Kinoshita,Luiza Sumiko.
ABSTRACT - (Climate, soil and tree flora relationships in forests in the state of São Paulo, southteastern Brasil). With the aim of verifying possible influences of abiotic features on the spatial distribution of forest tree species and families, thirteen surveys in the state of São Paulo were selected, representing different conditions (localization at the extreme coordenates and altitudes, succesional stages, surveying methods). By applying Jaccard's Index to the binary matrices of 806 synonymized specific binomina and 79 families (Cronquist's system) phenograms were constructed using the method of the unweighted pair grouping by mathematical average (UPGMA). The species formed two floristic blocks: hygrophyllous (yearly rainfall greater than 2000 mm...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tropical forests; Tree flora; Soil; Climate; Soil thermohydric regimes.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041997000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Colonização de clareiras naturais na floresta atlântica no sudeste do Brasil Rev. Bras. Bot.
Tabarelli,Marcelo; Mantovani,Waldir.
RESUMO - (Colonização de clareiras naturais na floresta Atlântica no sudeste do Brasil). Em duas florestas na encosta atlântica no sudeste do Brasil, foi analisada a colonização vegetal de 23 clareiras naturais (34-256 m²). Nos dois locais de estudo, as clareiras pequenas foram as mais abundantes, cobrindo a maior parte da superfície ocupada por este tipo de perturbação (100-66%). As clareiras apresentaram padrão comum de colonização, caracterizado pela dominância de indivíduos e espécies tolerantes à sombra, principalmente aquelas de sub-bosque. Não observou-se relação entre tamanho das clareiras, composição de guildas de regeneração e a abundância das espécies dominantes. Os resultados sugerem que a floresta atlântica possui riqueza reduzida de espécies...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Treefall gaps; Colonization; Diversity; Atlantic forest.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041997000100006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comparação do padrão da distribuição espacial em escalas diferentes de espécies nativas do cerrado, em Brasília, DF Rev. Bras. Bot.
HAY,JOHN D.; BIZERRIL,MARCELO X.; CALOURO,ARMANDO M.; COSTA,ELIZABETH M.N.; FERREIRA,ANAMARIA A.; GASTAL,MARIA L.A.; GOES JUNIOR,CÍCERO D.; MANZAN,DAGOBERTO J.; MARTINS,CLÁUDIO R.; MONTEIRO,JOICE M.G.; OLIVEIRA,SÉRGIO A.; RODRIGUES,MARCELO C.M.; SEYFFARTH,JOÃO A.S.; WALTER,BRUNO M.T..
O padrão de agrupamento espacial de três espécies arbóreas, Caryocar brasiliense, Pterodon pubescens e Sclerolobium paniculatum, e duas espécies de palmeiras, Syagrus comosa e S. flexuosa, nativas do cerrado, foi investigado usando três métodos de variância entre parcelas. Os dados foram coletados em uma área de cerrado sensu strictu da Fazenda Água Limpa da Universidade de Brasília, em Brasília, DF, em 128 parcelas contíguas de 5 x 8 m cada. Em cada parcela, foram procurados todos os indivíduos das espécies, anotando o número encontrado e suas alturas. Os dados foram tabelados e analisados usando as técnicas de variância entre blocos de parcelas (BQV), variância móvel entre blocos de parcelas (TTLQV) e variância entre parcelas pareadas (PQV), tanto para...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cerrado; Spatial pattern; Quadrat-variance methods.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042000000300008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comparative uptake and metabolism of 2-[14C]-2,4-dichlorophenoxyacetic acid in callus cultures of monocot (Dioscorea spp.) and dicot (Nicotiana tabacum L.) plants Rev. Bras. Bot.
Viana,Ana Maria; Mantell,Sinclair Hugh.
(Comparative uptake and metabolism of 2-[14C]-2,4-dichlorophenoxyacetic acid in callus cultures of monocot (Dioscorea spp.) and dicot (Nicotiana tabacum L.) plants). The uptake and metabolism of 2-[14C]-2,4-dichlorophenoxyacetic acid (2,4-D) were investigated in leaf calluses of Nicotiana tabacum, tuber calluses of Dioscorea opposita and calluses derived from zygotic embryos, leaves and petioles of Dioscorea composita. Striking similarities were evident in the patterns of 2,4-D metabolites and their chemical characteristics in the three callus types of D. composita compared, but significant differences were detected among the patterns of rnetabolites in the three species studied. Preliminary investigations on the stability of various metabolites (separated...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Dioscorea spp. Nicotiana tabacum plant tissue culture 2; 4-dichlorophenoxyacetic acid (2; 4-D)-uptake auxin metabolism radioactively labelled 2; 4-D.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041998000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento de plântulas de Sclerolobium paniculatum Vog. var. rubiginosum (Tul.) Benth. sob diferentes níveis de sombreamento, em viveiro Rev. Bras. Bot.
FELFILI,JEANINE MARIA; HILGBERT,LUÍS FERNANDO; FRANCO,AUGUSTO CÉSAR; SOUSA-SILVA,JOSÉ CARLOS; RESENDE,ALBA VALÉRIA; NOGUEIRA,MARIA VALDENETE PEREIRA.
As perturbações por desmatamentos, queimadas e mineração nas matas de galeria estão se avolumando em função do desenvolvimento econômico, gerando desequilíbrio ecológico e tornando necessários estudos que possibilitem a recuperação deste ecossistema. O objetivo deste trabalho foi o de avaliar, em viveiro, a resposta da espécie Sclerolobium paniculatum submetida a quatro níveis de sombreamento. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e quinze repetições. Cada tratamento representou uma fase da sucessão em floresta natural: pleno sol, simulando uma condição de área degradada; condição de clareira, com aproximadamente 50% de sombreamento; dossel da mata, em fase de fechamento, com sombreamento médio de 70%; dossel...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gallery forests; Light; Shading; Brazil.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041999000500011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística da vegetação de carrasco, Novo Oriente, CE Rev. Bras. Bot.
ARAÚJO,FRANCISCA SOARES DE; SAMPAIO,EVERARDO V. S. B.; FIGUEIREDO,MARIA ANGÉLICA; RODAL,MARIA JESUS NOGUEIRA; FERNANDES,AFRÂNIO GOMES.
Foi caracterizada a composição florística da vegetação de carrasco do sul do planalto da Ibiapaba em Novo Oriente, Ceará (5°28’ - 5°43’S e 40°52’ - 40º55’W ; 750-850 m de altitude), ocorrendo em Areias Quartzosas profundas. Foram coletadas 184 espécies, incluindo ervas, cipós, subarbustos, arbustos e árvores, distribuídas em 52 famílias. As famílias com maior número de espécies foram Caesalpiniaceae (17), Fabaceae (16), Euphorbiaceae (15), Myrtaceae (11), Bignoniaceae (10) e Mimosaceae (9). De 102 espécies arbustivas e arbóreas da área estudada, 24 ocorreram em áreas de caatingas e cerrados, 29 em cerrados, 17 em caatinga, uma espécie em mata e 31 foram exclusivas do carrasco. Não foi possível definir se o carrasco é um cerradão degradado ou um tipo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Carrasco; Vascular flora; Vegetation.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041998000200001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística de dois remanescentes de Mata Atlântica do sudeste de Minas Gerais, Brasil Rev. Bras. Bot.
LOMBARDI,JULIO ANTONIO; GONÇALVES,MAISA.
Este estudo revisou as exsicatas depositadas no Herbário BHCB coletadas em dois fragmentos de Mata Atlântica de interior no Estado de Minas Gerais, Estação Biológica de Caratinga (EBC), município de Caratinga e Parque Estadual do Rio Doce (PERD), nos municípios de Marliéria, Timóteo e Dionísio. Foram encontradas 3366 exsicatas de 1048 espécies, agrupadas em 538 gêneros e 123 famílias. Na EBC há 513 espécies que não ocorrem no PERD, onde há 242 espécies que não ocorrem na EBC; 293 espécies ocorrem em ambas as áreas, com um coeficiente de similaridade de 64%. As cinco famílias com maior número de espécies foram Leguminosae (125), Rubiaceae (69), Asteraceae (51), Bignoniaceae (49) e Myrtaceae (39). A riqueza em espécies destes remanescentes de Mata Atlântica...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Atlantic forest; Inland forest; Minas Gerais; Floristic.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042000000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística de um trecho de floresta ripária na Mata Atlântica em Picinguaba, Ubatuba, SP Rev. Bras. Bot.
SANCHEZ,MARYLAND; PEDRONI,FERNANDO; LEITÃO-FILHO,HERMÓGENES DE FREITAS; CESAR,OSWALDO.
O presente trabalho trata do estudo florístico da vegetação arbórea que ocorre ao longo de um trecho das margens do rio da Fazenda, localizado no Parque Estadual da Serra do Mar, Núcleo de Picinguaba, no litoral norte do estado de São Paulo, município de Ubatuba (44°48' W e 23°22' S). Para a realização do levantamento, foram alocadas 40 parcelas de 10 m x 10 m, ao longo de um trecho do rio, sendo amostrados todos indivíduos com perímetro à altura do peito maior ou igual a 20 cm (DAP = 6,36 cm). Os 673 indivíduos amostrados distribuíram-se entre 120 espécies, 83 gêneros e 37 famílias. Myrtaceae foi a família de maior riqueza, com 28 espécies, seguida por Fabaceae (11), Rubiaceae e Lauraceae (8 cada uma). Euterpe edulis Mart. (Arecaceae), Chrysophyllum...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floristic composition; Riverine forest; Atlantic rain forest.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041999000100006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística e estrutura fitossociológica de uma floresta ripária em Itutinga, MG, e comparação com outras áreas Rev. Bras. Bot.
VAN DEN BERG,EDUARDO; OLIVEIRA-FILHO,ARY T..
A composição florística e a estrutura fitossociológica foram investigadas em uma área de 7,55 ha de floresta ripária em Itutinga, MG. Essa floresta acompanha um pequeno curso d’água e tem limites bem definidos com um campo limpo montano. O levantamento fitossociológico foi realizado em 28 parcelas de 10 x 30 m, onde todos os indivíduos com diâmetro do tronco à altura do solo igual ou maior que 5 cm foram registrados, tendo seus diâmetros medidos e alturas estimadas. O levantamento florístico baseou-se em coletas dentro e fora das parcelas. Encontraram-se 162 espécies pertencentes a 54 famílias. A área de estudos foi comparada com outras florestas dos Estados de São Paulo e Minas Gerais por meio de análises multivariadas. As áreas floristicamente mais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Riparian forest; Gallery forest; Floristic composition; Phytosociological structure; Floristic and structural comparisons.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042000000300002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística e fitossociologia do componente arbóreo das florestas ciliares do rio Iapó, na bacia do rio Tibagi, Tibagi, PR Rev. Bras. Bot.
DIAS,MARILDA CARVALHO; VIEIRA,ANA ODETE SANTOS; NAKAJIMA,JIMI NAOKI; PIMENTA,JOSÉ ANTONIO; LOBO,PATRÍCIA CARNEIRO.
Foram realizados estudos da composição florística e fitossociologia de 1 ha de floresta ciliar do rio Iapó (bacia do rio Tibagi), município de Tibagi, PR (24º31’S e 50º25’W) utilizando-se 100 parcelas contíguas de 10 x 10 m, tendo-se como critério de inclusão um diâmetro à altura do peito (DAP) mínimo de 5 cm. Para cada espécie amostrada foram estimados parâmetros relativos à freqüência, densidade e dominância, além do índice do valor de importância (IVI) e índice do valor de cobertura (IVC). O levantamento resultou em 1594 indivíduos pertencentes a 127 espécies, 81 gêneros e 43 famílias. As espécies mais importantes em IVI e IVC foram Eugenia blastantha, Faramea porophylla, Casearia obliqua, Nectandra grandiflora, Sebastiania commersoniana, Casearia...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Phytosociology; Riparian forest; Tibagi river basin; Southern Brazil.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041998000200011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística em trechos de vegetação de caatinga e brejo de altitude na região do Vale do Pajeú, Pernambuco Rev. Bras. Bot.
Ferraz,Elba Maria Nogueira; Rodal,Maria Jesus Nogueira; Sampaio,Everardo V. S. B.; Pereira,Rita de Cássia Araújo.
(Composição florística em trechos de vegetação de caatinga e brejo de altitude na região do Vale do Pajeú, Pernambuco). Realizou-se um levantamento florístico em quatro áreas do vale do Pajeú, objetivando caracterizar a composição florística da vegetação ocorrente nas altitudes de 1100, 900, 700 e 500 m, em áreas dos municípios de Triunfo e Serra Talhada, PE. No período de setembro de 1991 a março de 1993 foram coletadas 159 espécies lenhosas. distribuídas em 45 famílias. As famílias com maior número de espécies na cota de 1100 m foram Myrtaceae (9), Flacourtiaceae e Rubiaceae (6); na cota de 900 m, foram Asteraceae, Myrtaceae e Mimosaceae (6); na de 700 m, Euphorbiaceae (6), Mimosaceae (4), Caesalpiniaceae e Anacardiaceae (3); e na de 500 m, Mimosaceae,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Thorny woodland; Upland forest vegetation; Floristic.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041998000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conservação genética de populações de Cryptocarya moschata Nees (Lauraceae) na Mata Atlântica do estado de São Paulo Rev. Bras. Bot.
MORAES,PEDRO LUÍS RODRIGUES DE; MONTEIRO,REINALDO; VENCOVSKY,ROLAND.
Através da análise de 18 locos isoenzimáticos polimórficos, foram estimadas as freqüências alélicas referentes a 214 indivíduos adultos de quatro populações naturais de Cryptocarya moschata de duas regiões do estado de São Paulo. Com base nas heterozigosidades observadas e esperadas, foram obtidas estimativas das estatísticas F de Wright. Para fins de comparação, utilizou-se também o método da análise da variância para estimação dos parâmetros correspondentes F = FIT, <FONT FACE="Symbol">q</font>P= FST e f = FIS. Os dois métodos forneceram resultados bastante concordantes: <img src="http:/img/fbpe/rbb/v22s2/f.gif" alt="f.gif (76 bytes)">IT = 0,142; <img src="http:/img/fbpe/rbb/v22s2/f.gif" alt="f.gif (76 bytes)">ST = 0,140; <img...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Genetic structure; Effective population size; Gene flow; Cryptocarya moschata.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041999000500004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Development, structure and distribution of colleters in Mandevilla illustris and M. velutina (Apocynaceae) Rev. Bras. Bot.
APPEZZATO-DA-GLÓRIA,BEATRIZ; ESTELITA,MARIA EMÍLIA MARANHÃO.
Colleters of Mandevilla illustris and M. velutina are present on the cotyledons, shoot apices, mature leaves and on the nodal region, where they are interpetiolar and intrapetiolar. In M. velutina there are two colleters on the adaxial basal part of the leaf blade, and in M. illustris, this number varies. The differentiation of the colleters occurs in the early stages of leaf development. When colleters are mature, they consist of a long head on a short stalk. The central core of the colleter is made up of parenchymatous cells that may exhibit phenolic compounds and is surrounded by radially elongated epithelial cells. The foliar and intrapetiolar colleters can exhibit vascularization. The colleters produce a translucient sticky substance that reacts...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Colleters; Mandevilla; Apocynaceae; Anatomy; Ontogeny.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042000000200001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diameter and height distributions in a gallery forest tree community and some of its main species in central Brazil over a six-year period (1985-1991) Rev. Bras. Bot.
Felfili,Jeanine Maria.
(Diameter and height distributions in a gallery forest tree community and some of its main species in central Brazil over a six-year period (1985-1991)). The diameter and height structure were studied over six years in approximately 64 ha of the Gama gallery forest in Brasília, DF. Trees from 10 cm dbh were measured every three years from 1985 in 151 (10 x 20 m) permanent plots. Natural regeneration (individuals under 10 cm dbh) was measured in subplots within the 200 m² plots. Most individuals and species were under 45 cm diameter and 20 m high while the maximum diameter for individual species ranged from 30 to 95 cm. The diameter structure was typical of a mixed tropical forest with the number of individuals decreasing with increasing size classes and...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Diameter; Height; Gallery forest; Tropics; Community structure.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041997000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diferenciação morfológica e anatômica em populações de "ipecacuanha" - Psychotria ipecacuanha (Brot.) Stokes (Rubiaceae) Rev. Bras. Bot.
ASSIS,MARTA CAMARGO DE; GIULIETTI,ANA MARIA.
Psychotria ipecacuanha é uma espécie medicinal da família Rubiaceae, importante pela produção em suas raízes do alcalóide emetina. Foram feitas análises das três populações disjuntas que compõem a espécie e que ocorrem na América Central (Nicarágua, Costa Rica e Panamá) e Colômbia, sul da Floresta Amazônica (Rondônia e Mato Grosso) e Mata Atlântica (Pernambuco até Paraná). Foram utilizados, no estabelecimento dos limites inter e intraespecíficos, todos os dados morfológicos vegetativos e reprodutivos disponíveis e feita análise dos componentes principais, que permitiram concluir que não existem diferenças significativas entre as populações examinadas. As poucas diferenças individuais observadas não estão relacionadas com a distribuição geográfica das...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Psychotria ipecacuanha; Taxonomy; Rubiaceae.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041999000200011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Disponibilidade de frutos e a dieta de Lycalopex vetulus (Carnivora - Canidae) em um cerrado de Mato Grosso, Brasil Rev. Bras. Bot.
DALPONTE,JULIO CESAR; LIMA,EDSON DE SOUZA.
A frutificação de 41 espécies consideradas como alimentos potenciais para mamíferos foi acompanhada mensalmente durante os anos de 1985 e 1986 e comparada com a dieta frugívora da raposa-do-campo (Lycalopex vetulus) em uma área de cerrado próxima ao Parque Nacional de Chapada dos Guimarães. O padrão de frutificação foi sazonal, com maior disponibilidade de frutos no começo da estação seca e começo da estação chuvosa. Hancornia speciosa, Rauwolfia sp. e Solanum lycocarpum apresentaram um padrão longo (nove a 12 meses) de frutificação, enquanto Guettarda viburnioides e Mouriri elliptica, um padrão curto (cinco a oito meses). Setenta por cento das espécies com frutos listados como alimentos potenciais foram consumidos por L. vetulus. Apesar do grande número...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fruit availability; Cerrado; Diet of Lycalopex; Mato Grosso.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041999000500015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distribuição e quantificação de classes de vegetação do Pantanal através de levantamento aéreo Rev. Bras. Bot.
SILVA,MARTA PEREIRA DA; MAURO,RODINEY; MOURÃO,GUILHERME; COUTINHO,MARCOS.
O método de levantamento aéreo foi adaptado e utilizado pela primeira vez para a elaboração de mapas de distribuição e quantificação de classes de vegetação no Pantanal Mato-Grossense por sub-região. Foram identificadas 16 classes, baseando-se em aspectos fitofisionômicos, sendo as principais campo (31,1%), cerradão (22,1%), cerrado (14,3%), brejos (7,4%), mata semidecídua (4,0%), mata de galeria e 2,4% de baceiro ou batume. Estas informações podem subsidiar a escolha de áreas de conservação ou preservação, bem como auxiliar o monitoramento de áreas com grande extensão e difícil acesso.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Neotropical savanna; Vegetation mapping; Wetland; Pantanal Matogrossense.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042000000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distribuição geográfica, ambiente preferencial e centros de diversidade dos membros da tribo Swartzieae na região sudeste do Brasil Rev. Bras. Bot.
MANSANO,VIDAL DE FREITAS; TOZZI,ANA MARIA GOULART DE AZEVEDO.
A tribo Swartzieae pertence à subfamília Papilionoideae de Leguminosae e consiste do gênero tipo (com 143 espécies) e de outros 11 gêneros (com um total de cerca de 50 espécies), todos de regiões paleo ou neotropicais. O sudeste do Brasil possui uma considerável representatividade de espécies desta tribo, principalmente do gênero Zollernia, que compreende 70% do total de suas espécies ocorrentes nesta área. Os objetivos do presente trabalho são estudar a distribuição geográfica, o ambiente preferencial e localizar os centros de diversidade dos componentes de Swartzieae na região sudeste do Brasil. Para tanto foram obtidos dados de coletas próprias e os contidos nas etiquetas de material herborizado. Foi verificada a ocorrência de quatro gêneros, Bocoa na...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Geographical distribution; Habitat; Centers of diversity; Swartzieae; Leguminosae Papilionoideae.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041999000500005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diversidade e estrutura de fragmentos de mata de várzea e de mata mesófila semidecídua submontana do rio Jacaré-Pepira (SP) Rev. Bras. Bot.
Metzger,Jean Paul; Goldenberg,Renato; Bernacci,Luis Carlos.
O objetivo deste trabalho é de comparar a diversidade específica e a estrutura comunitária de mata de várzea (MV), inundada anualmente, e de mata mesófila semidecídua submontana (MS) situada em áreas adjacentes a cursos d’água, mas que não sofre inundações freqüentes. Para realizar esta comparação, foram estudados 15 fragmentos de mata ao longo do rio Jacaré-Pepira, no centro do estado de São Paulo. Utilizou-se o método de quadrantes para amostrar os indivíduos dos estratos arbóreo e arbustivo com 3 cm ou mais de diâmetro do caule a 1,3 m de altura do solo. Os fragmentos de MV apresentam uma baixa diversidade (1,6 nats/tree <FONT FACE="Symbol">£</font> H’ <FONT FACE="Symbol">£</font> 2,9 nats/ind.) em relação aos fragmentos de MS...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Phytosociological structure; Species diversity; Riparian forests.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84041998000300012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ecophysiology and respiratory metabolism during the germination of Inga sessilis (Vell.) Mart. (Mimosaceae) seeds subjected to hypoxia and anoxia Rev. Bras. Bot.
OKAMOTO,JANETE MAYUMI; JOLY,CARLOS ALFREDO.
This paper presents a study on the respiratory metabolism of germinating seeds of Inga sessilis subjected to normoxia, hypoxia and anoxia. Although it is typical of environments where waterlogging seldom occurs, 40% of its seeds are able to germinate under hypoxia; yet, anoxia periods over 96 h are lethal to the seeds. Ethanol is the main product of the seeds anaerobic metabolism, but the steep increase in lactate after 24 h anoxia or 48 h hypoxia may explain the drop in seed viability.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Inga sessilis; Germination; Respiratory metabolism; Hypoxia; Anoxia.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042000000100006
Registros recuperados: 150
Primeira ... 12345678 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional