Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação de revestimentos de carboximetilcelulose combinados a dextrina e armazenamento refrigerado de manga Tommy Atkins. Repositório Alice
AMARIZ, A; LIMA, M. A. C. de; TRINDADE, D. C. G. da; RIBEIRO, T. P.; SANTOS, A. C. N. dos; COSTA, A. C. S.; SOUZA, S O. de..
Avaliou-se a aplicação de revestimentos à base de carboximetilcelulose (CMC) e dextrina em manga ?Tommy Atkins? armazenada durante 0, 10 e 20 dias sob refrigeração (12,4±3,1ºC e 72±12% UR), seguidos de 6, 8 e 9 dias em temperatura ambiente (20,3±3,0ºC e 40±7% UR). Os revestimentos CMC 1,0% + dextrina 0,2%, CMC 0,8% + dextrina 0,5% e CMC 0,5% + dextrina 1,0% foram comparados ao controle. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em fatorial 4x7 (revestimento x tempo de armazenamento), com quatro repetições. Observou-se atraso na evolução da cor da polpa com a aplicação de CMC 0,5% + dextrina 1,0% e CMC 0,8% + dextrina 0,5%. A aplicação de CMC 1,0% + dextrina 0,2% ou CMC 0,8% + dextrina 0,5% atrasou a evolução da cor da casca, o acúmulo de...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Manga; Pós-colheita; Armazenamento; Atmosfera modificada; Película; Qualidade; Manga; Pós-colheita; Mango; Postharvest.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/160519
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Qualidade pós-colheita de manga ?Tommy Atkins? após aplicação de revestimentos de dextrina. Repositório Alice
RIBEIRO, T. P.; LIMA, M. A. C. de; TRINDADE, D. C. G. da; SANTOS, A. C. N. dos; AMARIZ, A; SOUZA, S. O. de..
Este trabalho avaliou a qualidade de manga ?Tommy Atkins?, colhida em estádio de maturação 2, após a aplicação de revestimentos à base de dextrina. Os frutos foram submetidos a: aplicação de revestimentos (controle e dextrina a 2, 3 e 4%) e tempo de armazenamento (0, 10 e 20 dias a 11,7±3,1°C e 87±6% UR, seguido de 3, 6, 8 e 10 dias a 23,1±2,1°C e 56±7% UR). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em fatorial 4 x 7, com quatro repetições. O uso de dextrina a 2 e 4% atrasou a maturação, limitando a perda de firmeza e a degradação de ácidos orgânicos, reduziu a perda de massa e preservou a aparência dos frutos.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Manga; Pós colheita; Atmosfera modificada; Armazenamento; Qualidade; Variedade.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/160511
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional