Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição química e digestibilidade in vitro do pedúnculo de caju. Repositório Alice
FREIRE, A. P. A.; ARAÚJO, A. B.; GOMES, G. M. F.; BITTAR, C. M. M.; ROGERIO, M. C. P..
O presente trabalho se propõe a avaliar a composição química-bromatológica e a digestibilidade in vitro do pedúnculo de caju, um subproduto fibroso, tratado ou não tratado com ureia.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Nutrição animal; Alimento para animal; Alimento alternativo; Pedúnculo de caju; Digestibilidade; Subproduto agroindustrial; Amonização; Uréia.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/916884
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho de bezerras leiteiras alimentadas com concentrado inicial contendo sais de ácidos orgânicos ou monesina. Repositório Alice
FERREIRA, L. S.; BITTAR, C. M. M.; MATTOS, W. R. S.; RODRIGUES, A. de A.; SANTOS, P. M..
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da inclusão de butirato de sódio, monensina sódica e propionato de cálcio no concentrado inicial sobre o desempenho de bezerras leiteiras antes e após o desaleitamento. Vinte e quatro bezerras Holandesas recém-nascidas foram alocadas em abrigos individuais até a décima semana de vida tendo livre acesso à água, alimentadas com 4L de leite/dia, em duas refeições, sendo bloqueadas em função do peso ao nascer a um dos tratamentos, de acordo com o aditivo no concentrado: 1)Butirato de sódio (0,15%); 2)Monensina sódica (30 ppm); 3)Propionato de cálcio (0,15%). Durante 10 semanas os animais receberam concentrado inicial até 2 kg/d e receberam também feno de capim-coast-cross à vontade após o desaleitamento....
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Butirato de sódio; Ionóforo; Propionato de cálcio; Gado leiteiro; Vacas; Alimentação.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/48044
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diferentes teores de proteína metabolizável em rações com cana-de-açúcar para vacas em lactação. Repositório Alice
VOLTOLINI, T. V.; SANTOS, F. A. P.; MARTINEZ, J. C.; BITTAR, C. M. M.; IMAIZUMI, H.; CORTINHAS, C. S..
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes teores de proteína metabolizável (PM) na ração de vacas lactantes alimentadas com cana-de-açúcar.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Proteína metabolizável; Fontes protéicas; Produção de leite; Proteína degradável; Rúmen; Uréia; Cana-de-açucar; Vaca; Cow.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/161855
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produtividade e degradabilidade ruminal da forragem de capins da espécie Panicum maximum Repositório Alice
PEDREIRA, C. G. S.; PEDREIRA, B. C. e; BITTAR, C. M. M.; FAUSTINO, M. G.; SANTOS, V. P. dos S.; FERREIRA, L. S.; LARA, M. A. S..
O objetivo do presente estudo foi avaliar o acúmulo de forragem durante o verão agrostológico e a degradabilidade ruminal da matéria seca, fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido da forragem de cinco capins do gênero Panicum (Mombaça, Tanzânia, Massai, Tobiatã e Atlas) em Piracicaba, SP. O período experimental foi de setembro de 2003 a março de 2004. Os intervalos de colheita foram fixados em períodos de 28 dias para Atlas, Massai e Mombaça e em períodos de 35 dias para Tanzânia e Tobiatã, em função de suas características morfológicas e estruturais. Amostras de forragem foram incubadas, adotando-se seis tempos de incubação: 96; 48; 24; 12; 6; 3 e 0 horas. Os cultivares Mombaça (15.500 kg MS ha-1) e Massai (20.400 kg MS ha-1) destacaram-se...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Gramínea; Incubação.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1003215
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional