Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Acclimatization of micropropagated Heliconia bihai (Heliconiaceae) plants Scientia Agricola
Rodrigues,Paulo Hercílio Viegas; Lima,Ana Maria Liner Pereira; Ambrosano,Gláucia Maria B.; Dutra,Maria de Fátima Batista.
To evaluate the behavior of micropropagated heliconia seedlings during the acclimatization process using different substrates and shade levels, seedlings of H. bihai (Lobster Claw I) were planted in plastic trays using the substrates: washed sand, vermiculite (medium texture), and PlantMax® Horticultura, and shade cloths with percentages of 0% (full sun), 30%, 40%, 50%, 60%, 70%, and 80% of shade in relation to full sun. Best results were obtained for washed sand and PlantMax substrates at shade conditions starting from 50%, especially at 70% and 80%. Pre-existing roots from in vitro rootings were not functional, not presenting secondary roots, and showing root tissue necrosis. Acclimatized seedlings developed new roots. This finding suggests that this...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Heliconia; Ex vitro culture; Rooting.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90162005000300016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influencia de diferentes especies de fungo micorrizico arbuscular no desenvolvimento do crisântemo Bragantia
Silveira,Adriana Parada Dias da; Lima,Ana Maria Liner Pereira.
Com o objetivo de verificar o desenvolvimento e florescimento do crisântemo (Dendranthema grandiflora) na presença de micorriza arbuscular, foi instalado, em casa de vegetação, um experimento, empregando-se os fungos Gigaspora margarita, Glomus leptotichum, Glomus macrocarpum e Scutellospora heterogama. Utilizou-se terra roxa estruturada, da Série Luiz de Queiroz, esterilizada (por autoclavagem) e não esterilizada. No florescimento, colheram-se as plantas e determinaram-se a altura, a matéria seca da parte aérea, a matéria fresca da raiz, o teor de P e K na parte aérea, a colonização micorrízica e o número de esporos do fungo micorrízico. O desenvolvimento e o florescimento foram favorecidos pela inoculação de G. leptotichum e G.macrocarpum, quando as...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Micorriza arbuscular; Fungo micorrízico; Inoculação; Crisântemo.
Ano: 1996 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051996000100023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Nutrição mineral de plantas ornamentais XII: Deficiências de N, P, Ca, Mg, S e B em crisântemo (Chrysanthemum morifolium cv golden polaris) Anais da ESALQ
Lima,Ana Maria Liner Pereira; Haag,Henrique Paulo.
Com o objetivo de determinar: Os sintomas de deficiência de macronutrientes e de boro, de modo a relacioná-los com a composição química da planta; Foi conduzido um experimento em casa-de-vegetação com plantas de crisântemo cultivadas em substrato de sílica e irrigadas com soluções nutritivas, submetidas aos tratamentos: completo, omissão e nitrogênio (-N), omissão de fósforo (-P), omissão de potássio (-K), omissão de cálcio (-Ca), omissio de magnésio (-Mg), omissão de enxofre (-S) e omissão de boro (-B). O desenvolvimento dos sintomas foi acompanhado e, ao final do ciclo, as plantas foram colhidas e separadas em folhas novas, folhas velhas, hastes e inflorescências para serem analisadas quanto a concentração dos nutrientes. Os autores concluiram que: A...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1987 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761987000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Nutrição mineral de plantas ornamentais XIV: Crescimento do crisântemo (Chrysanthemum mrifolium) cultivar Golden Polaris Anais da ESALQ
Lima,Ana Maria Liner Pereira; Haag,Henrique Paulo.
Com o objetivo de determinar a curva de crescimento da planta, pelo acumulo de matéria seca, foi colhido material de uma plantação de crisântemo situada no município de Campinas, SP, devidamente adubada e conduzida. O delineamento estatístico foi inteiramento casualizado com quatro repetições e amostragens das plantas realizadas aos 6, 27, 55, 69, 83, 97, 111 e 125 dias após o plantio, divididos em folhas e hastes e secas em estufa a 80°C. Os autores constataram que o crescimento da planta é constante até aos 55 dias, sendo que, a partir desse período apresenta um brusco aumento caracterizado nas hastes, por um crescimento contínuo até o final do ciclo da cultura e nas folhas, por uma estabilização a partir dos 111 dias.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1987 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761987000200020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propagação de mudas de helicônia em biorreator de imersão temporária Bragantia
Rodrigues,Paulo Hercílio Viegas; Teixeira,Fabiano Moura; Lima,Ana Maria Liner Pereira; Ambrosano,Gláucia Maria Bovi.
Novas técnicas de micropropagação têm sido estudadas visando à otimização da produção e redução dos custos de produção. Dentre elas, a técnica de micropropagação em biorreator de imersão temporária destaca-se pela utilização do meio de cultivo líquido em um sistema automatizado. Neste experimento avaliou-se, em três repetições, um biorreator artesanal de imersão temporária, utilizando explantes de Heliconia champneiana Griggs cv. Splash, submetidos a três subcultivos com quinze minutos de imersão em intervalos de uma hora (T1), quatro horas (T4), seis horas (T6) e oito horas (T8), em que foram avaliados o volume final de meio de cultivo, pH final, número de brotações, massa da matéria fresca, massa unitária e a funcionalidade do sistema. Resultados das...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Micropropagação; Meio líquido; Floricultura.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052006000100005
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional