Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento, recrutamento e mortalidade de Astyanax altiparanae Garutti & Britski, 2000 e A. schubarti, Britski, 1964 (Pisces, Characidae) na planície de inundação do alto rio Paraná, Brasil- DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i4.1524 Biological Sciences
Lizama, Maria de Los Angeles Perez; UEM; Ambrósio, Angela Maria; UEM.
Dados dos caracídeos ,em>Astyanax altiparanae e A. schubarti, coletados entre março de 1993 e fevereiro de 1994, foram utilizados nos estudos do crescimento, recrutamento e mortalidade. Os resultados para A. altiparanae indicaram o crescimento assintótico (L∞) de 18,0cm (comprimento padrão) e taxa de crescimento (k) de 0,26; a mortalidade total (Z) estimada através de diferentes métodos foi de 2,23 e o dois picos de recrutamento foram observados durante o ano, um em março e o outro em novembro, coincidindo com a estação reprodutiva da espécie. Para A. schubarti o valor de k foi de 0,25 e o comprimento assintótico obtido foi de 12,0cm; a mortalidade natural foi de 0,84; para esta espécie dois períodos de recrutamento também foram observados, o...
Palavras-chave: 2.01.00.00-0 Biologia Geral Astyanax altiparanae; A. schubarti; FISAT; Crescimento; Mortalidade; Brasil 2.01.00.00-0 Biologia Geral.
Ano: 2004 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/1524
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento, recrutamento e mortalidade do pequi Moenkhausia intermédia (Osteichthyes, Characidae) na planície de inundação do alto rio Paraná, Brasil - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v25i2.2020 Biological Sciences
Lizama, Maria de Los Angeles Perez; UEM; Ambrosio, Angela Maria; UEM.
Moenkhausia intermédia é uma espécie de pequeno porte e um importante componente da cadeia alimentar, especialmente para as outras espécies de peixes, de aves e de outros carnívoros que vivem na planície de inundação. Espécies com importância similar são pouco estudadas, portanto, este estudo teve por objetivo a estimativa dos parâmetros de crescimento, de recrutamento e de mortalidade do pequi M. intermédia, na planície de inundação do alto rio Paraná, na tentativa de identificar a real importância dessa espécie. As coletas foram realizadas mensalmente, durante o período de março de 1993 a fevereiro de 1994, por meio de arrastos. Os parâmetros de crescimento, de padrão de recrutamento e de mortalidade foram calculados usando o programa “Compleat ELEFAN”....
Palavras-chave: 2.01.00.00-0 Biologia Geral Moenkhausia intermedia; Crescimento; Recrutamento; Mortalidade; Planície de inundação; Brasil 2.01.00.00-0 Biologia Geral.
Ano: 2003 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/2020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Relação parasito-hospedeiro em peixes de pisciculturas da região de Assis, Estado de São Paulo, Brasil. 1. Oreochromis niloticus (Linnaeus, 1757) - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i2.594 Biological Sciences
Lizama, Maria de Los Angeles Perez; UEM; Takemoto, Ricardo Massato; APTA-SAA; Ranzani-Paiva, Maria José Tavares; APTA_SAA; Ayroza, Luis Marques da Silva; Pavanelli, Gilberto Cezar; UEM.
Um total de 90 espécimes de Oreochromis niloticus foi coletado bimestralmente entre os meses de fevereiro a dezembro de 2004, em três pisciculturas do Estado de São Paulo. Do total, 82,2% estavam parasitados por pelo menos uma espécie de parasito. Os parâmetros físicos e químicos da água foram utilizados para caracterizar a qualidade da água em cada propriedade. Sete espécies de ectoparasitos foram registradas. Foi possível observar que as pisciculturas apresentam a mesma parasitofauna, porém cada propriedade apresenta uma estrutura da comunidade peculiar. Cichlidogyrus sclerosus e Cichlidogyrus sp. 1 apresentaram correlação negativa significativa da abundância com o comprimento padrão do hospedeiro somente em Palmital. A espécie Cichlidogyrus sp. 2 e o...
Palavras-chave: 2.13.00.00-3 Parasitologia Oreochromis niloticus; Relação parasito-hospedeiro; Piscicultura; Estado de São Paulo; Brasil.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/594
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Relação parasito-hospedeiro em peixes de pisciculturas da região de Assis, Estado de São Paulo, Brasil. 2. Piaractus mesopotamicus (Holmberg, 1887) - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i4.888 Biological Sciences
Lizama, Maria de Los Angeles Perez; UEM; Takemoto, Ricardo Massato; UEM; Ranzani-Paiva, Maria José Tvares; instituto de pesca, SP; Ayroza, Luis Marques da Silva; APTA; Pavanelli, Gilberto Cezar; UEM.
Piaractus mesopotamicus (Holmberg, 1887) é uma das espécies nativas mais difundidas em pisciculturas no Brasil. Este estudo foi realizado em três pisciculturas do Estado de São Paulo, durante os meses de fevereiro a dezembro de 2004. Oitenta e três espécimes (92,2%) estavam parasitados por pelo menos uma espécie de parasito. Oito espécies de ectoparasitos foram registradas. Anacanthorus penilabiatus, A. spatulathus e Mymarothecium sp. 2 foram classificadas como centrais, e Mymarothecium sp. 1, secundária. As demais foram consideradas satélites. Foi possível evidenciar que, apesar de as espécies serem altamente prevalentes, poucas delas foram abundantes. Anacanthorus penilabiatus apresentou correlação negativa e significativa entre a abundância de...
Palavras-chave: 2.13.00.00-3 Parasitologia Piaractus mesopotamicus; Relações parasito-hospedeiro; Piscicultura; Estado de São Paulo; Brasil 2.13.00.00-3 Parasitologia.
Ano: 2008 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/888
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional