Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação e espacialização da erosividade da chuva no Vale do Rio Doce, região centro-leste do Estado de Minas Gerais Rev. Bras. Ciênc. Solo
Silva,Mayesse Aparecida da; Silva,Marx Leandro Naves; Curi,Nilton; Santos,Gérson Rodrigues dos; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Menezes,Michele Duarte de; Leite,Fernando Palha.
Um fator muito atuante no processo erosivo e considerado de grande importância é o fator R, denominado erosividade da chuva. Esse fator é um dos componentes da equação universal de perdas de solo. Estudos de variabilidade espacial têm sido realizados almejando definir a distribuição espacial do fator R para determinada região. Objetivou-se com este trabalho calcular a erosividade da chuva (fator R - EI30) e gerar os mapas de espacialização desta. O estudo foi realizado em áreas experimentais de plantios de eucalipto localizadas em nove municípios, no Vale do Rio Doce, região centro-leste do Estado de Minas Gerais. Foram utilizados dados pluviográficos referentes ao período de janeiro de 2005 a dezembro de 2008. A espacialização da erosividade foi feita com...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fator R (EI30); Potencial erosivo da chuva; Variabilidade espacial; Geoestatística.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832010000400003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento sortivo, individual e competitivo, de metais pesados em Latossolos com mineralogia contrastante Rev. Bras. Ciênc. Solo
Pierangeli,Maria Aparecida Pereira; Guilherme,Luiz Roberto Guimarães; Curi,Nilton; Costa,Enio Tarso de Souza; Lima,José Maria de; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Figueiredo,Luiz Framarion P..
O efeito poluente de elementos-traço no ambiente depende, principalmente, da capacidade dos colóides do solo em sorvê-los e mantê-los retidos com alta energia. Neste trabalho, avaliou-se a adsorção e dessorção de Cd, Cu e Pb em amostras do horizonte A de Latossolo Vermelho e Latossolo Vermelho-Amarelo com textura semelhante e mineralogia contrastante. Para isso, foram construídas isotermas de adsorção desses três metais, individual e simultaneamente, por meio da reação das amostras de solo suspensas em Ca(NO3)2 5 mmol L-1 (pH ajustado para 5,5), com soluções dos metais nas concentrações de 0; 0,01; 0,05; 0,10; 0,15; e 0,75 mmol L-1. Posteriormente, procedeu-se aos ensaios de dessorção dos elementos previamente adsorvidos em solução de Ca(NO3)2 5 mmol L-1....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Elementos-traço; Poluição do solo; Adsorção; Dessorção.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832007000400022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo de rajadas de ventos e direções predominantes em Lavras, Minas Gerais, por meio da distribuição gama Ciência e Agrotecnologia
Bueno,Renato Cândido; Carvalho,Luiz Gonsaga de; Vianello,Rubens Leite; Marques,João José Granate de Sá e Melo.
O presente trabalho foi conduzido com o objetivo de estudar as probabilidades de ocorrência de ventos extremos e suas direções predominantes para a região de Lavras, MG. Foram usados os dados registrados pelo anemógrafo universal da Estação Climatológica Principal de Lavras, situada no campus da Universidade Federal de Lavras. Com os dados disponíveis (139 meses), no período de janeiro de 1988 a maio de 2004, verificou-se o ajuste à distribuição Gama pelo teste de χ² a 5% de probabilidade. Foram estimadas probabilidades de ocorrência de velocidades máximas diárias de vento iguais ou superiores a 10, 20, 30, 40, 50, 60, 70, 80, 90 e 100 km h-1, para cada mês. Verificou-se que os meses de setembro a fevereiro apresentaram ventos fortes, com probabilidades de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Climatologia; Distribuição de probabilidades; Eventos climáticos.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542011000400019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Florística e estrutura da comunidade arbórea em fragmentos de floresta aluvial em São Sebastião da Bela Vista, Minas Gerais, Brasil Rev. Bras. Bot.
Silva,Ana Carolina da; van den Berg,Eduardo; Higuchi,Pedro; Oliveira-Filho,Ary Teixeira de; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Appolinário,Vivette; Pifano,Daniel Salgado; Ogusuku,Leonardo Massamitsu; Nunes,Matheus.
O presente estudo avaliou a diversidade e estrutura da vegetação de fragmentos de floresta aluvial no Município de São Sebastião da Bela Vista, MG, e as principais variáveis ambientais que influenciam essa vegetação. Os estudos das variáveis ambientais (dados de amostras superficiais dos solos, nível freático no solo, cobertura do dossel e impactos ambientais) e da composição e estrutura da vegetação arbórea (DAP ³ 5 cm) foram conduzidos em 54 parcelas de 200 m², alocadas em floresta ciliar com influência aluvial e em cinco fragmentos de floresta aluvial. Nas parcelas, foram registrados 2.064 indivíduos pertencentes a 51 espécies. A análise de correspondência canônica detectou gradiente de distribuição das espécies arbóreas no eixo 1, de acordo com os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Áreas inundáveis; Componente arbóreo; Fitossociologia.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042009000200008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Florística, estrutura e características do solo de um fragmento de floresta paludosa no sudeste do Brasil Acta Botanica
Loures,Laércio; Carvalho,Douglas Antônio de; Machado,Evandro Luiz Mendonça; Marques,João José Granate de Sá e Melo.
Realizou-se o levantamento da comunidade arbórea de uma floresta semidecidual montana ribeirinha, situada no alto Rio Pardo, Santa Rita de Caldas, Minas Gerais (altitude 1.156 a 1.203 m), com o objetivo de avaliar as variações estruturais e variáveis ambientais relacionadas ao substrato. Foram analisadas a densidade, área basal e distribuição de tamanho das árvores e a composição florística da comunidade. Foram alocadas 25 parcelas de 10x40 m para amostragem dos indivíduos arbóreos com diâmetro à altura do peito > 5 cm. Também foram coletados dados topográficos e amostras do solo para análises químicas e texturais. Foram registrados 2.982 indivíduos, 50 famílias, 78 gêneros e 110 espécies. Foram verificados três subgrupos de solos (Organossolos,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta paludosa montana; Floresta ciliar; Floresta ribeirinha; Solo.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062007000400013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Frações de fósforo em Latossolos PAB
Silva,Meire Adélia da; Nóbrega,Júlio César Azevedo; Curi,Nilton; Siqueira,José Oswaldo; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Motta,Paulo Emilio Ferreira da.
O objetivo deste trabalho foi verificar se o histórico de uso, adubação fosfatada, inoculação micorrízica e cultivo com braquiária e soja, em casa de vegetação, alteram as frações de P em três Latossolos. Foi determinado o P ligado a Al (P-Al), Fe (P-Fe) e Ca (P-Ca) e as frações de P separadas com resina, NaHCO3, NaOH, HCl e digestão com H2SO4 e H2O2. As frações orgânicas e inorgânicas foram separadas por autoclavagem. No Latossolo Amarelo coeso (LAx) e Latossolo Vermelho ácrico (LVw), o P-Al, P-Fe e P-Ca foram maiores nos solos cultivados, e no Latossolo Vermelho distroférrico (LVdf) o PAl e PFe foram maiores nos solos não cultivados, tendências não alteradas pelo cultivo com braquiária e soja. A adição de P elevou principalmente as frações inorgânicas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Brachiaria decumbens; Glycine max; Adubo fosfatado; Fungo micorrízico.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2003001000009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mineralogia e micromorfologia de solos esqueléticos do bioma cerrado, no leste de Goiás Rev. Bras. Ciênc. Solo
Gomes,João Bosco Vasconcellos; Curi,Nilton; Schulze,Darrell Gene; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Ker,João Carlos; Motta,Paulo Emilio Ferreira da.
A grande quantidade de material mineral com diâmetro maior que 2 mm de alguns solos do bioma Cerrado é uma característica de interesse em se tratando de formação, classificação, uso e manejo desses solos. Com o objetivo de contrastar atributos morfológicos, físicos, químicos, mineralógicos e micromorfológicos desses solos, com caráter esquelético, foram estudados perfis de Plintossolos Pétricos e Cambissolos Háplicos no leste de Goiás, comparando-os, também, com outros perfis semelhantes descritos na literatura. Cada perfil de solo (seis ao todo) correspondeu a uma trincheira, que permitiu a descrição morfológica e as amostragens, realizadas em duas profundidades, totalizando 12 amostras. Os corpos de petroplintita das frações mais grosseiras da terra fina...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Petroplintita; Óxidos de Fe; Xantização; Solos concrecionários.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832007000500005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Óxidos de manganês em solos do quadrilátero ferrífero (MG) Rev. Bras. Ciênc. Solo
Carvalho Filho,Amaury de; Curi,Nilton; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Shinzato,Edgard; Freitas,Diego Antonio França de; Jesus,Elen Alvarenga de; Massahud,Regla Toujaguez La Rosa.
A mineralogia dos óxidos de Mn é muito variada e complexa, devido ao grande número de minerais e ao conhecimento inexato de algumas de suas estruturas. Devido à escassez de trabalhos que tratam especificamente de óxidos de Mn em solos brasileiros e seu conteúdo muito elevado em alguns solos do Quadrilátero Ferrífero (MG), este estudo objetivou caracterizar a química e a mineralogia desses óxidos nos solos dessa região, estratificando-os conforme os materiais de origem e posições na paisagem. O trabalho foi desenvolvido em uma área representativa do Quadrilátero Ferrífero, referente à Área de Proteção Ambiental da Região Metropolitana de Belo Horizonte - APA Sul RMBH, com extensão de 1.625,32 km²; a amostragem foi direcionada para a caracterização de solos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Caracterização química; Mineralogia; Todoroquita; Litioforita; Pirolusita; Solos ricos em Mn.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832011000300015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Phosphorus transfer at a small catchment in southeastern Brazil: distributed modelling in different land use scenarios Ciência e Agrotecnologia
Bispo,Diêgo Faustolo Alves; Silva,Marx Leandro Naves; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Bechmann,Marianne; Batista,Pedro Velloso Gomes; Curi,Nilton.
ABSTRACT Identifying and ranking nutrient loss risk areas are important steps towards integrated catchment management. This study aimed to apply the P index model at the Posses catchment, south of the state of Minas Gerais, Brazil. We applied the P index for the current land use at the Posses catchment and for two hypothetical scenarios: scenario 1, in which P fertilizer was applied to all land uses, except for native forests; and scenario 2, which considered the use of P fertilizer as in scenario 1, and that the Environmental Protection Areas referring to the riparian forests and springs were totally restored. Considering current land use, almost the whole catchment area (91.4%) displayed a low P loss risk. The highest P index was associated to croplands...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: P index; Nutrient loss; Water erosion; Land use management; Environmental services..
Ano: 2017 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542017000500565
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propriedades de solos sob vegetação nativa em Minas Gerais: distribuição por fitofisionomia, hidrografia e variabilidade espacial Rev. Bras. Ciênc. Solo
Skorupa,Alba Lucia Araujo; Guilherme,Luiz Roberto Guimarães; Curi,Nilton; Silva,Charles Plínio de Castro; Scolforo,José Roberto Soares; Marques,João José Granate de Sá e Melo.
A distribuição das formações vegetais nativas depende dos fatores de formação do solo, entre outros aspectos. Dessa forma, solos sob vegetação nativa podem informar muito sobre uma região e sua fertilidade natural, constituindo um testemunho das condições encontradas antes da ocupação agrossilvopastoril. O objetivo deste estudo foi avaliar propriedades químicas e textura dos solos sob fragmentos de Cerrado e florestas nativas amostrados durante o Inventário Florestal de Minas Gerais, por meio de análises de fertilidade do solo, textura e estatística espacial. Em geral, houve grande variabilidade em todas as propriedades analisadas, exceto em Al trocável. Os solos sob Campo Cerrado apresentaram maiores teores de matéria orgânica, comparados aos sob Cerradão...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Inventário Florestal de Minas Gerais; Fragmentos florestais; Fertilidade do solo; Fitogeografia; Mata ciliar; Geoestatística.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832012000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Retenção e dessorção competitivas de ânions inorgânicos em gibbsita natural de solo PAB
Pozza,Adélia Aziz Alexandre; Curi,Nilton; Costa,Enio Tarso de Souza; Guilherme,Luiz Roberto Guimarães; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Motta,Paulo Emílio Ferreira da.
O objetivo deste trabalho foi quantificar a retenção e a dessorção competitivas dos ânions nitrato, sulfato, silicato e fosfato na fração argila gibbsítica de um Gleissolo Melânico. Amostras da fração argila foram agitadas em tubos de centrífuga com solução de NaCl 30 mmol c L-1 contendo estes ânions em quantidades equivalentes a 30% das respectivas capacidades máximas de retenção exibidas pela argila. Para fins comparativos, as amostras foram agitadas com a mesma solução contendo 1 mmol c L-1 de cada um dos ânions citados. Os tubos foram centrifugados e determinaram-se as concentrações aniônicas nos sobrenadantes. A dessorção foi realizada agitando-se a fração argila remanescente nos tubos de centrífuga com a solução de NaCl, quantificando-se os ânions...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Adsorção; Competição; Hidróxido de Al; Solo oxídico.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2007001100015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sorção de selênio em solos do bioma cerrado Rev. Bras. Ciênc. Solo
Abreu,Lívia Botelho de; Carvalho,Geila Santos; Curi,Nilton; Guilherme,Luiz Roberto Guimarães; Marques,João José Granate de Sá e Melo.
O estudo da distribuição de Se em solos é de extremo interesse devido à estreita faixa entre níveis de deficiência e toxidez. A espécie química de Se com maior potencial toxicológico é o ânion selenato, em razão de sua alta mobilidade em solos, sendo assim de grande importância a compreensão de seu comportamento em solos tropicais. Foi realizado um experimento de adsorção, utilizando-se 2 g de solo em 20 mL de solução, contendo dez diferentes concentrações de Se na forma de Na2SeO4, com tempo de agitação de 24 h, em solução eletrolítica de NaNO3 0,03 mol L-1. Para estudar o efeito do tempo na adsorção, realizou-se um experimento nas mesmas condições das do ensaio de adsorção, porém foi utilizada somente a concentração de 1 mg L-1 Se, variando o tempo de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Selenato; Isotermas; Cinética de pseudossegunda ordem; Kd; Dessorção.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832011000600016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Teor e capacidade máxima de adsorção de arsênio em Latossolos brasileiros Rev. Bras. Ciênc. Solo
Campos,Mari Lucia; Guilherme,Luiz Roberto Guimarães; Lopes,Rafael Siqueira; Antunes,Alessandra Silveira; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Curi,Nilton.
A alta toxicidade do As aos animais e humanos e a possibilidade de existência de grande número de áreas contaminadas tornam imprescindível o conhecimento do teor semitotal em solos ditos não-contaminados e dos processos de adsorção do As em solos de carga variável. O objetivo deste trabalho foi determinar o teor e a capacidade máxima de adsorção de As (CMADS AS) em Latossolos. O teor total foi determinado pelo método USEPA 3051A, e a CMADS As, com auxílio de isotermas de Langmuir com base nos valores de adsorção obtidos em dose de As (0, 90, 190, 380, 760 e 1.150 µmol L-1) (relação solo:solução final = 1:100), a pH 5,5 e força iônica de 15 mmol L-1. Os 17 Latossolos apresentaram teor médio total de As de 5,92 mg kg-1 e CMADS As média de 2.013 mg kg-1. O...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sorção; Contaminação química; Poluente; Elementos-traço.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832007000600010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Teores de arsênio e cádmio em solos do bioma cerrado Rev. Bras. Ciênc. Solo
Campos,Mari Lucia; Guilherme,Luiz Roberto Guimarães; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Curi,Nilton; Araújo,Alessandra Siqueira Antunes; Miquelluti,David José; Lopes,Claudia; Spiazzi,Fábio Rodrigues.
O conhecimento do teor natural de As e Cd em solos é importante para monitorar o risco de possível entrada desses elementos na cadeia alimentar por fontes antropogênicas. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi determinar o teor natural de As e Cd em solos representativos do bioma Cerrado. Foram coletados solos de três sub-regiões: G (leste de Goiás), T (Triângulo Mineiro) e N (nordeste de MG). Para determinar os teores de As e Cd, as amostras de solo foram submetidas à digestão em forno de micro-ondas, protocolo USEPA 3051A, determinação em espectrometria de absorção atômica com atomização eletro térmica. Os teores médios de As decresceram na seguinte ordem: sub-região G (3,29 mg kg-1) > sub-região T (2,18 mg kg-1) > sub-região N (0,62 mg...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Elementos tóxicos; Concentração natural; Cerrado.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832013000100029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Utilização de resíduos da indústria de couro como fonte nitrogenada para o capim-elefante Rev. Bras. Ciênc. Solo
Oliveira,Diana Quintão Lima de; Carvalho,Kele Tatiane Gomes; Bastos,Ana Rosa Ribeiro; Oliveira,Luiz Carlos Alves de; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Nascimento,Robervone Severina de Melo Pereira do.
Uma grande variedade de produtos tóxicos é emitida durante o processo de tratamento do couro nos curtumes que usam o cromo III para obter o couro wet blue. O resíduo sólido (raspas e aparas) contém cerca de 3 % de Cr III, que representa um sério problema ambiental e não tem, atualmente, destino adequado. O resíduo de couro após extração de Cr (colágeno) foi utilizado como fonte nitrogenada para o capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum cv. Napier), em um Latossolo Vermelho-Amarelo, aplicando-se quatro doses do colágeno (4, 8, 16 e 32 t ha-1) e três tratamentos adicionais (testemunha; adubação com N mineral e resíduo de couro wet blue- sem a extração do Cr). O colágeno é uma boa fonte nitrogenada alternativa para crescimento do capim-elefante até a dose...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Resíduo de couro wet blue; Nitrogênio; Cr; Pennisetum purpureum.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832008000100039
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Variações florísticas e estruturais do componente arbóreo de uma floresta ombrófila alto-montana às margens do rio Grande, Bocaina de Minas, MG, Brasil Acta Botanica
Carvalho,Douglas Antônio de; Oliveira-Filho,Ary Teixeira de; van den Berg,Eduardo; Fontes,Marco Aurélio Leite; Vilela,Enivanis de Abreu; Marques,João José Granate de Sá e Melo; Carvalho,Warley Augusto Caldas.
Realizou-se o levantamento da comunidade arbórea de uma floresta ombrófila alto-montana situada nas vertentes interiores do maciço do Itatiaia, em Bocaina de Minas, MG (22º13'S; 44º34'W, altitude 1.210 a 1.360m), com o propósito de avaliar as correlações entre variações estruturais e variáveis ambientais relacionadas ao substrato. Foram analisados aspectos da estrutura fisionômica (densidade, área basal e distribuição de tamanhos das árvores) e comunitária (composição, distribuição e diversidade de espécies). Foram alocadas 26 parcelas de 20×20m para amostragem dos indivíduos arbóreos com diâmetro à altura do peito (DAP) > 5cm, onde também foram coletados dados topográficos e amostras de solo superficial para análises químicas e texturais. Foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta ombrófila alto-montana; Comunidade arbórea; Diversidade de espécies; Variáveis ambientais.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062005000100010
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional