Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização das águas da região de Marajó através de concentrações de O-18 e D Acta Amazonica
Reis,Carlos Moura dos; Tancredi,Antonio Carlos F. N. S.; Matsui,Eiichi; Salati,Enéas.
Resumo Às pesquisas hidrológicas convencionais executadas pelo IDESP na região do arquipélago de Marajó, foi associado o estudo das variações naturais dos isótopos de hidrogênio e oxigênio das águas. Foram realizadas medidas das concentrações de Deutério e Oxigênio-18 em águas de precipitação, de rios, de lagos do interior da ilha de Marajó e das águas superficiais circundantes da mesma. Os dados obtidos são discutidos no que concerne à aplicabilidade dessas técnicas aos estudos hidrológicos da região de Marajó. A diferença de composição isotópica entre as águas do rio Amazonas na orla norte e as águas da baía de Marajó na orla sul aparece nitidamente, não obstante o aporte de águas do rio Amazonas para a baía de Marajó detectado através das análises...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1977 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671977000200007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição isotópica da água de chuva e da água do solo em floresta amazônica do tipo terra firme, região de Manaus Acta Amazonica
Leopoldo,Paulo Rodolfo; Matsui,Eiichi; Salati,Eneas; Franken,Wolfram; Ribeiro,Maria de Nazaré Góes.
Resumo Observou-se os valores de δ2H e δ18O da água de chuva e suas respectivas repartições, incluindo-se a água do solo até a profundidade de 1,20m. O trabalho foi realizado na Bacia Modelo, em área experimental próxima ao Km 14 da estrada ZF-2. Os resultados obtidos mostraram que os conteúdos isotópicos da água de chuva variam com a estação do ano, sendo mais rica no período que se inicia em fins de abril até início de novembro. Para a água do igarapé Tarumã-Açu essa variação não foi observada, indicando uma mistura de águas e um armazenamento pelo solo de grandes quantidades de água.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other
Ano: 1982 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671982000600007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estimativa de evapotranspiração de floresta amazônica de terra firme Acta Amazonica
Leopoldo,Paulo Rodolfo; Franken,Wolfram; Matsui,Eiichi; Salati,Eneas.
Resumo Estimou-se a taxa de evapotranspiração de Floresta Amazônica de terra firme, pelo método do balanço hídrico, aplicado a uma bacia hidrográfica, denominada de Bacia Modelo. No período de estudo, o total da precipitação foi da ordem de 2.089mm, dos quais 541mm se escoaram superficialmente, drenados pelo Igarapé Tarumã-Açu, 534mm representou a parcela correspondente à perda por interceptação devido a cobertura florestal. A taxa de transpiração média, calculada para o período em estudo foi de 2,7mm/dia, ou seja, 1.014mm, representando cerca de 48,5% do balanço hídrico, enquanto que a evapotranspiração média foi estimada em 4,1mm/dia.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1982 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671982000600023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo da interceptação da água de chuva em cobertura florestal amazônica do tipo terra firme Acta Amazonica
Franken,Wolfram; Leopoldo,Paulo Rodolfo; Matsui,Eiichi; Ribeiro,Maria de Nazaré Goes.
Resumo Em experimento conduzido junto à Reserva Florestal Ducke, situada a cerca de 26 km da cidade de Manaus, quantificou-se a parcela da água de chuva interceptada pela cobertura florestal. No seu desenvolvimento, foram empregados um pluviógrafo. localizado a 20 m da floresta e 20 pluviómetros instalados no interior da mata. Os resultados obtidos mostraram que. do total da chuva precipitada no período, cerca de 19,8%, em média foram interceptados pela cobertura florestal.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1982 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671982000200327
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Interceptação das precipitações em floresta amazônica de terra firme Acta Amazonica
Franken,Wolfram; Leopoldo,Paulo Rodolfo; Matsui,Eiichi; Ribeiro,Maria de Nazaré Góes.
Resumo O estudo foi conduzido na Bacia Modelo, junto ao Km 14 da ZF-2, em parcela representativa da floresta amazônica de terra firme e teve por objetivo quantificar a fração da água de chuva interceptada pela cobertura florestal. No seu desenvolvimento, utilizou-se de três pluviômetros localizados a céu aberto e de outros trinta instalados no interior da parcela, além de sistemas coletores de água escoada pelo tronco, instalados em trinta e sete árvores. Pelos resultados obtidos pode-se verificar que do total da chuva que atingiu o topo das árvores 22%, em média, foi retido pela cobertura florestal retornando à atmosfera por evaporação, cerca de 77,7% chegou ao solo na forma de precipitação interna, enquanto que uma pequena parcela, da ordem de 0,3% foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1982 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671982000600015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modelo de fracionamento isotópico da água na bacia Amazônica (Primeira aproximação) Acta Amazonica
Dall'Olio,Attílio; Salati,Eneas; Azevedo,Carlomam Tatagiba de; Matsui,Eiichi.
Resumo Neste trabalho são apresentados dois modelos de fracionamento isotópico da água. No primeiro admite-se como única fonte de vapor dágua o oceano Atlântico, sendo o vapor introduzido na região Amazônica através dos ventos predominantes do quadrante Este. Em seguida, é apresentado outro modelo admitindo-se que a floresta atua como uma segunda fonte de vapor dágua, sendo a sua contribuição, para a produção das chuvas da região, da mesma ordem de grandeza que a do vapor proveniente do oceano.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1979 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671979000700675
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional