Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 20
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de alguns alimentos para codornas japonesas (Coturnix coturnix japonica) Animal Sciences
Furlan, Antonio Claudio; UEM -Maringá; Oliveira, Andréia de Mello; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM; Scapinello, Claudio; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Andreotti, Marcelo de Oliveira; UEM.
Um ensaio de digestibilidade foi conduzido com o objetivo de determinar os valores energéticos da farinha de carne e ossos, farinha de peixe, farelo de algodão, sorgo e triticale para codornas japonesas (Coturnix coturnix japonica). Foram utilizadas 288 codornas machos, com 55 dias de idade, distribuídas em um delineamento experimental inteiramente casualizado com seis tratamentos e seis repetições, sendo a unidade experimental constituída por oito codornas. Utilizou-se a metodologia de coleta total de excretas, sendo que os alimentos substituíram em 30% uma ração-referência à base de milho e farelo de soja. Os coeficientes de metabolização da matéria seca (CMMS) e da energia bruta (CMEB) do sorgo e do triticale foram superiores (P < 0,05). Os CMEB (%)...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia codorna japonesa; Digestibilidade; Farelo de algodão; Farinha de carne e ossos; Farinha de peixe; Sorgo e triticale 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 1999 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/4335
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação nutricional da casca de soja integral ou moída, ensilada ou não, para suínos em fase de crescimento - DOI: 10.4025/actascianimsci.v29i1.249 Animal Sciences
Quadros, Arlei Rodrigues Bonet de; UFSM; Moreira, Ivan; UEM; Paiano, Diovani; UEM; Ribeiro, Cleber Rogério; Silvestrim, Nikychiella; Furlan, Antônio Cláudio; UEM.
Foi conduzido um experimento com 11 suínos híbridos, machos castrados, com peso vivo de 41,42 ± 0,99 kg. Os animais foram alojados individualmente em gaiolas de metabolismo e distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado, com parcelas subdivididas, com quatro tratamentos em esquema fatorial 2 x 2 (moagem x ensilagem). Os alimentos avaliados foram: a casca de soja (CS) integral (CSI), CS moída (CSM), silagem de CSI (SCSI) e silagem de CSM (SCSM), que substituíram, com base na matéria seca (MS), 25% da ração referência e resultaram em quatro rações teste, sendo adicionado um inoculante enzimático microbiano nas silagens. Houve diferença somente para o CDPB em relação ao processamento da CS (ensilada = 68,08% e não ensilada = 59,44%)....
Palavras-chave: 5 5.04.00.00-2 Zootecnia alimento alternativo; Digestibilidade; Inoculante; Silagem; Subproduto 5 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/249
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação nutricional da raspa integral de mandioca extrusada ou não para coelhos em crescimento - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i1.1258 Animal Sciences
Furlan, Antonio Claudio; UEM -Maringá; Scapinello, Claudio; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM; Santolin, Mauricio Luiz da Rosa; UEM; Otutumi, Luciana Kazue; UEM.
Dois experimentos foram conduzidos com o objetivo de determinar o valor nutritivo da raspa de mandioca extrusada ou não e verificar o desempenho de coelhos em crescimento submetidos a rações contendo níveis crescentes desses alimentos. No ensaio de digestibilidade, foram utilizados 21 coelhos da raça Nova Zelândia Branco, 15 machos e 6 fêmeas, com idade média de 55 dias, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com três tratamentos e sete repetições. Os teores de matéria seca digestível, matéria orgânica digestível, amido digestível e energia digestível, com base na matéria seca, foram, respectivamente, 74,8%, 86,5%, 80,1% e 3.512 kcal/kg, para a raspa de mandioca, e 79,3%, 91,0%, 80,1% e 3641 kcal/kg, para a raspa de mandioca extrusada. No...
Palavras-chave: 5.04.03.00-1 Nutrição e Alimentação Animal alimentação; Carcaça; Digestibilidade; Processamento; Valor energético 5.04.03.00-1 Nutrição e Alimentação Animal.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1258
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação nutricional do trigo mourisco (Fagopyrum esculentum, Moench) para coelhos em crescimento - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i1.660 Animal Sciences
Furlan, Antonio Claudio; UEM -Maringá; Santolin, Maurício Luiz da Rosa; UEM; Scapinello, Cláudio; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Faria, Haroldo Garcia de; UEM.
Dois experimentos foram realizados, sendo um ensaio elaborado com o objetivo de determinar o valor nutritivo e o outro para verificar o desempenho de coelhos em crescimento alimentados com rações contendo diferentes níveis de trigo mourisco em substituição ao farelo de trigo. No ensaio de digestibilidade, foram utilizados 24 coelhos machos da raça Nova Zelândia Branco, com idade média de 45 dias, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado, com dois tratamentos, uma dieta referência e uma teste e 12 repetições. Na dieta teste, o trigo mourisco substituiu a ração referência em 30%. Os coeficientes de digestibilidade aparente (CDA) da matéria seca (MS), da energia bruta (EB), da proteína bruta (PB) e do amido (AM) do trigo mourisco...
Palavras-chave: 5.04.04.00-8 Pastagem e Forragicultura desempenho; Digestibilidade; Valor energético.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/660
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação nutricional do triticale extrusado ou não para coelhos em crescimento - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i1.1931 Animal Sciences
Furlan, Antonio Claudio; UEM -Maringá; Monteiro, Renilda Terezinha; UEM; Scapinello, Claudio; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM.
Dois experimentos foram conduzidos com o objetivo de determinar o valor nutritivo do triticale extrusado ou não e verificar o desempenho de coelhos em crescimento, submetidos a rações contendo níveis crescentes deste alimento. No ensaio de digestibilidade, foram utilizados 21 coelhos da raça Nova Zelândia Branco, 15 machos e seis fêmeas, com idade média de 55 dias, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com três tratamentos e sete repetições, sendo uma ração referência e duas rações testes. Na elaboração das rações testes, os alimentos avaliados (triticale extrusado ou não) substituíram a ração referência em porcentuais de 30%. Os coeficientes de digestibilidade da matéria seca, da matéria orgânica, da proteína bruta, do amido e da...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia alimentação; Carcaça; Digestibilidade; Processamento; Valor energético 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2004 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1931
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação nutricional e desempenho da silagem de raiz de mandioca contendo ou não soja integral em dietas para suínos - doi: 10.4025/actascianimsci.v32i2.8055 Animal Sciences
Furlan, Antonio Claudio; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Toledo, Juliana Beatriz; UEM; Carvalho, Paulo Levi Oliveira; UEM; Scapinello, Claudio; UEM.
Dois experimentos foram conduzidos para determinar o valor nutritivo e o desempenho de suínos nas fases de crescimento e período total, alimentados com dietas formuladas com silagem de raiz de mandioca contendo ou não soja integral. No primeiro, foram utilizados 15 suínos, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado em parcelas (animais) subdivididas no tempo (subparcelas), totalizando cinco tratamentos e seis repetições. Os alimentos avaliados foram silagem de raiz de mandioca (MA), silagem de raiz de mandioca com inoculante (MI), silagem de raiz de mandioca + soja integral (MS) e silagem de raiz de mandioca + soja integral com inoculante (MSI). As silagens apresentaram bons valores nutritivos e o uso de inoculante não foi efetivo para melhorar...
Tipo: Pesquisa de campo Palavras-chave: 5.04.03.02-8 alimentos alternativos; Amido; Desempenho; Digestibilidade; Valores energéticos Avaliação de Alimentos para Animais alternative foods; Starch; Performance; Digestibility; Energy values.
Ano: 2010 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/8055
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cobre e bacitracina de zinco como promotores de crescimento em rações para coelhos em crescimento Animal Sciences
Furlan, Antonio Claudio; UEM -Maringá; Scapinello, Cláudio; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM; Toral, Fábio Luiz Buranelo; UEM.
O experimento foi conduzido com o objetivo de verificar o desempenho de coelhos alimentados com rações contendo níveis de cobre, associados ou não, à presença de bacitracina de zinco (BZ). Foram utilizados 60 coelhos da raça Nova Zelândia Branco, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado. Os tratamentos consistiram de 1 ração testemunha e outras 9 rações contendo níveis crescentes de cobre (250, 500, 750 e 1000ppm), associados ou não, à presença de BZ (0,05%). Na ausência de BZ, foi observado efeito quadrático (P < 0,05) dos níveis de cobre sobre o ganho de peso médio diário, consumo médio diário de ração, conversão alimentar e peso de carcaça. O maior ganho de peso foi observado quando as rações continham 567 ppm de cobre. O maior...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia bacitracina de zinco; Cobre; Coelhos 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2002 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/2520
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento de suínos alojados em baias de piso parcialmente ripado ou com lâmina d’água - DOI: 10.4025/actascianimsci.v29i3.575 Animal Sciences
Paiano, Diovani; UEMS; Barbosa, Orlando Rus; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Quadros, Arlei Rodrigues Bonet; UFSM; Silva, Marcos Augusto Alves da; UEM; Oliveira, Carlos Antonio Lopes de; UEMS.
Foi conduzido um estudo envolvendo 32 suínos, com o objetivo de avaliar o efeito de baias com lâmina d’água (LD) e baias com piso parcialmente ripado (PPR), sobre o comportamento dos animais. Nas baias com LD, havia ao fundo uma canaleta (0,8 x 2,0 m) com ± 10 cm de profundidade que foi mantida com água corrente. Nas baias com PPR, as canaletas foram protegidas com ripados de madeira. As observações de comportamento foram realizadas de forma direta, com determinação instantânea, utilizando intervalo amostral de 10 minutos, durante 24 horas em seis diferentes dias, totalizando 864 observações por animal. As observações foram agrupadas em três períodos (manhã, tarde e noite). No período da tarde foram registradas as maiores temperaturas, 24,8 ± 3,2ºC. Os...
Palavras-chave: 5.04.05.00-4 Produção Animal conforto térmico; Comportamento animal; Estresse por calor; Instalações; Tipo de piso 5.04.05.00-4 Produção Animal.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/575
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição química e valor energético do farelo e da semente de girassol para frangos de corte Animal Sciences
Mantovani, Cristiane; UEM; Furlan, Antonio Claudio; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Scapinello, Claudio; UEM; Santolin, Maurício Luiz da Rosa; UEM.
O ensaio de digestibilidade foi conduzido para determinar a composição química e o valor energético do farelo e da semente de girassol para frangos de corte. Foram utilizadas 90 aves com 20 dias de idade, distribuídas em um delineamento experimental inteiramente casualizado, com três tratamentos, seis repetições e cinco aves por unidade experimental. Utilizou-se a metodologia de coleta total de excretas, sendo que os alimentos substituíram em 20% uma ração-referência à base de milho e farelo de soja. Os teores de MS, PB, EB, FB, Ca, P e EE foram respectivamente, para o farelo e para a semente de girassol, 92,68 e 93,10%; 34,07 e 21,75%; 4229 e 6218 kcal/kg; 21,73 e 15,51%; 0,45 e 0,33%; 1,13 e 0,72% e 1,40 e 39,89%. A semente de girassol apresentou maiores...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia digestibilidade; Energia metabolizável 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2000 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/3145
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho de coelhos desmamados em diferentes idades, alimentados com diferentes níveis de amido, oriundos de matrizes submetidas a diferentes níveis de energia - DOI: 10.4025/actascianimsci.v31i4.6622 Animal Sciences
Silva, Waldirene Rossi da; UEM; Scapinello, Cláudio; UEM; Furlan, Antonio Claudio; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM; Maria, Bruno Giovany de; UEM.
Foram avaliadas 240 ninhadas de coelhos, da desmama ao abate, em três ordens de parto (OP), oriundas de matrizes submetidas a diferentes níveis de energia na dieta e idade de desmama dos láparos. Os tratamentos, em esquema fatorial 2 x 2 x 2 x 3 (2.600 e 2.800 kcal ED kg-1 até desmama versus desmama aos 28 e 35 dias versus dietas com alto ou baixo nível de amido (21 ou 16%) da desmama ao abate versus três ordens de parto), com dez repetições (ninhada). O nível de 2.600 kcal kg-1 de ração até a desmama elevou o ganho de peso, melhorou a conversão alimentar e reduziu o custo da ração no período da desmama aos 50 dias. A desmama aos 28 dias reduziu o consumo médio diário de ração da desmama ao abate. O nível mais elevado de amido nas dietas pós-desmama...
Tipo: Pesquisa de campo Palavras-chave: Consumo de ração; Conversão alimentar; Custo de produção; Ganho de peso; Avaliação quantitativa de carcaça 5.05.04.00-4 feeding intake; Feed:gain ratio; Feeding cost; Weigh gain; Carcass quantitative evaluation.
Ano: 2009 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/6622
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos da restrição energética para suínos na fase final de terminação sobre o desempenho, característica de carcaça e poluição ambiental - DOI: 10.4025/actascianimsci.v29i2.223 Animal Sciences
Moreira, Ivan; UEM; Voorsluys, Thomas; UEM; Martins, Rafael Mansono; UEM; Paiano, Diovani; uems; Furlan, Antonio Cláudio; UEM; Silva, Marcos Augusto Alves da; FFALM.
. Foram conduzidos dois experimentos com o objetivo de avaliar níveis de restrição energética (3.200, 2.960 e 2.720 kcal de EM kg-1), por meio da elevação da fibra dietéica (casca de arroz), para suínos abatidos com peso elevado. Experimento 1 - Foram utilizados 36 suínos (69,39 &plusmn; 5,38 kg). As variáveis estudadas (desempenho, carcaça e NUP) foram agrupadas de acordo com o peso de abate (70 - 90 kg e 90 - 115 kg). Ao todo, foram abatidos 12 animais com peso de 87,55 &plusmn; 3,12 kg e 15 animais com peso de 115,41 &plusmn; 6,20 kg. Nenhuma das variáveis estudadas foi influenciada pelos diferentes níveis de EM. Experimento 2 - Foram utilizados 15 suínos machos (84,8 &plusmn; 4,5 kg), alojados em gaiolas de metabolismo. Houve...
Palavras-chave: 5 5.04.00.00-2 Zootecnia abate tardio; Energia metabolizavel; Fibra dietética; Meio ambiente 5 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/223
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Exigência de lisina para suínos em crescimento e terminação, alimentados com rações de baixo teor de proteína, formuladas de acordo com o conceito de proteína ideal - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i4.1760 Animal Sciences
Moreira, Ivan; UEM; Kutschenko, Marianne; UEM; Furlan, Antonio Cláudio; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM; Scapinello, Cláudio; UEM.
O experimento objetivou determinar a exigência de lisina total em rações com baixo teor de proteína, formuladas de acordo com o conceito de proteína ideal, para suínos em crescimento e terminação (35,1&plusmn;3,35 a 84,7&plusmn;7,09kg). Foram utilizados 32 suínos machos castrados, 16 do grupo genético comum (GGC) e 16 do grupo genético melhorado (GGM). Os tratamentos consistiram de quatro dietas (0,75% 0,90% 1,05% e 1,20% de lisina total para o crescimento e 0,60% 0,75% 0,90% e 1,05% para a terminação). Para o GGM, tanto na fase de crescimento como na de terminação, níveis crescentes de lisina levaram à redução do CRD e do GPD, sem, contudo, influenciar a CA. No GGC, o desempenho e o nitrogênio da uréia plasmática não foram influenciados. Os...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia aminoácidos; Características de carcaça; Desempenho; Exigências nutricionais; NUP 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2004 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1760
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Farelos de algodão com diferentes níveis de proteína na alimentação de suínos na fase inicial: digestibilidade e desempenho - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i4.604 Animal Sciences
Paiano, Diovani; UEMS; Moreira, Ivan; UEM; Silva, Marcos Augusto Alves da; UEM; Sartori, Yolanda Maria; UEM; Martins, Rafael Mansano; UEM; Vieira, Fagner; UEM.
Foram conduzidos três experimentos, com o objetivo de estudar a utilização de farelos de algodão (FA) com diferentes níveis de proteína bruta (36% de PB -FA36 e 42% de PB -FA42) na alimentação de leitões. O Exp. I foi um ensaio de digestibilidade, utilizando suínos machos castrados. O FA36 e o FA42 apresentaram 2.256 e 2.414 kcal de ED kg-1, 2.042 e 2.196 kcal de EM kg-1 e 77,54 e 79,75% para os coeficientes de digestibilidade d a PB, respectivamente. Nos Exp. II e III foram avaliados o desempenho de leitões (15 -30 kg) alimentados com FA36 e FA42, respectivamente. Foram formuladas, para cada experimento, cinco rações com níveis crescentes de inclusão de FA (0, 4, 8, 12 e 16%) util izando 40 leitões, distribuídos em um delineamento em blocos casualizados,...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia alimento alternativo; Avaliação nutricional; Leitões; Nutrição; Proteína.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/604
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Perfil de ácidos graxos da carcaça de coelhos desmamados em diferentes idades e condições de alimentação, recebendo dietas com ou sem óleo de soja - DOI: 10.4025/actascianimsci.v31i3.6625 Animal Sciences
Silva, Waldirene Rossi da; UEM - Maringá; Scapinello, Cláudio; UEM, Maringá; Furlan, Antonio Claudio; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM.
Para se avaliar o perfil de ácidos graxos da carne de coelhos desmamados em diferentes idades, recebendo dietas com ou sem óleo de soja e oriundos de matrizes alimentadas com dois níveis de energia, foram abatidos 80 animais aos 70 dias de idade. O delineamento experimental foi em esquema fatorial 2 x 2 x 2 (dietas com 2600 e 2800 kcal ED até a desmama “versus” desmama com 28 e 35 dias versus dietas com ou sem inclusão de óleo de soja da desmama ao abate), com oito tratamentos e dez repetições. Após o abate, a carne da coxa direita dos animais foi coletada e, dentro de cada grupo, foi submetida às análises químicas. Os teores de ácidos graxos na carne da coxa dos coelhos não foram influenciados pelos diferentes níveis de ED das dietas fornecidas até a...
Tipo: Pesquisa de campo Palavras-chave: Produção Animal qualidade de carcaça; Ácidos graxos saturados; Ácidos graxos monoinsaturados; Ácidos graxos polinsaturados 5.05.04.00-4 carcass quality; Saturated fatty acids; Unsaturated fatty acids; Polyunsaturated fatty acids.
Ano: 2009 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/6625
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sunflower meal for growing rabbits: digestibility and performance Animal Sciences
Furlan, Antonio Claudio; UEM; Faria, Haroldo Garcia de; UEM; Scapinello, Claudio; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM; Santolin, Maurício Luiz da Rosa; UEM.
Two trials were carried out to determine the nutritional value and the performance of rabbits fed on diets including sunflower meal. Twenty New Zealand White rabbits, 50 days old, were used for digestibility trial, in a completely randomized design, with two treatments and 10 replications. A reference and a test diet were used in which sunflower meal replaced 25% of the reference dry matter-based diet. The digestibility coefficients of dry matter, crude protein, NDF, ADF and crude energy were respectively 63.34, 80.08, 59.13, 29.72 and 63.98%. Digestible dry matter, digestible protein, digestible N.D.F, digestible A.D.F and digestible energy contents of sunflower meal, on feed basis, were respectively 58.70, 27.28 20.26, 6.71% and 2.706 Kcal/DE. In the...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia coelhos; Farelo de girassol; Valor nutritivo 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2008 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/2660
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso de diferentes recomendações nutricionais na formulação de rações práticas para suínos em crescimento e terminação - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i2.2008 Animal Sciences
Moreira, Ivan; UEM; Paiano, Diovani; UEM; Fraga, Alessandro Luis; UNESP; Furlan, Antonio Claudio; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM.
Foram realizados 2 experimentos para avaliar o desempenho e as características de carcaça de suínos alimentados com dietas baseadas em diferentes recomendações nutricionais citadas na literatura especializada. No experimento I, foram estudadas 4 rações baseadas em diferentes recomendações nutricionais: TBRA83 - Tabelas brasileiras de 1983; TNRC88 - Tabela do NRC de 1988; IBRA96 - usada pela indústria brasileira e PBRA96 - resultados de pesquisas brasileiras. No experimento II, foram estudadas 3 rações: TBRA00 - Tabelas brasileiras de 2000; TNRC98 - Tabela do NRC de 1998 e IBRA96. No experimento I, foi observada uma melhor conversão alimentar (CA) para os animais em crescimento alimentados com TNRC88, enquanto que os menores e os maiores custos e espessuras...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia exigência nutricional; Relação lisina:energia; Suinocultura 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2003 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/2008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Utilização da levedura de recuperação (Saccharomyces sp.), seca por rolo rotativo ou por spray-dry, na alimentação de leitões na fase inicial Animal Sciences
Zanutto, Carlos Alexandre; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Furlan, Antonio Claudio; UEM; Scapinello, Claudio; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM.
Um experimento foi conduzido utilizando, 144 leitões, mestiços, machos e fêmeas, na fase inicial dos 48 a 69 dias de idade, peso inicial de 15,9kg, com o objetivo de se avaliar nutricional e economicamente a levedura de recuperação (Saccharomyces sp.), seca por spray-dry (LRSD) e por rolo rotativo (LRRR). O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com quatro tratamentos em esquema fatorial 2x2, com dois níveis de levedura em rações fareladas (7 e 14%) e dois processos de secagem da levedura (LRSD ou LRRR), com quatro repetições e nove animais por unidade experimental. Não foram observados efeitos da inclusão da levedura às rações sobre o consumo diário de ração e ganho diário de peso; entretanto, o nível de 7% de inclusão proporcionou melhora na...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia alimentação; Fonte protéica; Leitões; Levedura seca 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 1999 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/4330
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Utilização de levedura de recuperação (Saccharomyces sp.), seca por spray-dry, em rações fareladas ou peletizadas para leitões na fase inicial Animal Sciences
Moreira, Ivan; UEM; Zanutto, Carlos Alexandre; UEM; Furlan, Antonio Claudio; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM; Scapinello, Claudio; UEM.
Um experimento foi conduzido, utilizando 144 leitões, mestiços, machos e fêmeas, na fase inicial dos 48 aos 69 dias de idade, com peso inicial de 15,5kg, com o objetivo de se avaliar nutricional e economicamente a levedura de recuperação (Saccharomyces sp.) seca por spray-dry (LRSD), em rações fareladas ou peletizadas. As rações, à base de milho e farelo de soja, foram isolisinas, isocálcicas e isofosfóricas. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com quatro tratamentos em esquema fatorial 2x2, com dois níveis de LRSD (7% ou 14%) e duas formas físicas das rações (farelada ou peletizada) com quatro repetições e nove animais por unidade experimental. Não foram observados efeitos dos níveis de LRSD nas rações sobre o consumo diário de ração,...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia alimentação; Leitões; Levedura seca; Peletização 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 1999 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/4334
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Valor nutritivo do triticale (Triticum turgidosecale) e do milho (Zea mays) para suínos em crescimento Animal Sciences
Mikami, Flordivina; UEM; Furlan, Antonio Claudio; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Scapinello, Cláudio; UEM; Murakami, Alice Eiko; UEM.
Um ensaio de digestibilidade foi conduzido com o objetivo de determinar os coeficientes de digestibilidade aparentes da matéria seca (CDMS), matéria orgânica (CDMO), proteína bruta (CDPB) e energia bruta (CDEB) e o coeficiente de metabolização da energia bruta (CMEB) do triticale e do milho. Foram utilizados 12 suínos machos castrados com peso vivo médio inicial de 30,17 kg, alojados em gaiolas de metabolismo. O método utilizado foi o da coleta total de fezes e urina. Os CDMS, CDMO, CDPB, CDEB, CMEB foram, respectivamente, 89,04, 93,69; 68,91; 89,27 e 86,83% para o triticale e 87,12; 87,11; 85,79; 85,80 e 83,93% para o milho. Os valores de energia digestível e energia metabolizável, na matéria natural, foram, respectivamente, 3404 e 3311 kcal/kg para o...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia digestibilidade; Energia digestível; Energia metabolizável 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2000 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/3147
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Valor nutritivo e utilização do feno de Desmodium ovalifolium em substituição ao feno de alfafa para coelhos em crescimento Animal Sciences
Antunes, Elaine Bianospino; UEM; Scapinello, Claudio; UEM; Furlan, Antonio Claudio; UEM -Maringá; Jobim, Clóves Cabreira; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM; Moreira, Ivan; UEM; Castelini, Tânia de Fátima; UEM.
Dois experimentos foram realizados com o objetivo de determinar o valor nutritivo e o desempenho de coelhos, em crescimento, alimentados com dietas contendo feno de desmódio (Desmodium ovalifolium). No ensaio de digestibilidade, foram utilizados 14 coelhos machos, da raça Nova Zelândia Branco, com 50 dias de idade, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos e sete repetições. Foram utilizadas duas dietas, uma referência e uma teste na qual o feno de desmódio substituiu 25% da MS da dieta-referência. Os teores de matéria seca digestível, de proteína digestível e de energia digestível do feno de desmódio, com base na matéria seca total, foram, respectivamente, de 17,97%, 4,77% e 821kcal/kg. No experimento de desempenho,...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia coelhos; Desempenho; Digestibilidade; Feno de desmódio 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 1999 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/4331
Registros recuperados: 20
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional