Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dinamica das populacoes bacterianas em solos de cerrados. Repositório Alice
PEREIRA, J.C.; NEVES, M.C.P.; DROZDOWICZ, A..
Nos ambientes tropicais, os Cerrados destacam-se pelo seu potencial agricola. Apesar das funcoes dos microrganismos no crescimento das plantas e na produtividade das culturas, existem poucas informacoes dos efeitos resultantes do manejo do solo, na ecologia microbiana. Neste estudo, foram avaliados os efeitos das condicoes ambientais e das praticas agricolas sobre as populacoes bacterianas. As densidades das populacoes em solos com vegetacao nativa foram variaveis e diferenciadas. Em Sete Lagoas, MG, as populacoes de actinomicetos variaram de 1,7 a 50 X 10 4 UFC/g de solo seco, enquanto em Planaltina as densidades das populacoes bacterianas em solo com primeiro e segundo ano de cultivo de soja foram semelhantes, mas superiores ao solo com vegetacao nativa....
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Actinomicetos; Soja; Glycine max; Actinomycetes; Soybean.
Ano: 1999 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/89087
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do cultivo da soja na dinamica da populacao bacteriana em solos de cerrado. Repositório Alice
PEREIRA, J.C.; NEVES, M.C.P.; GAVA, C.A.T..
Este trabalho teve por objetivo avaliar a influência do cultivo da soja sobre a dinâmica da população bacteriana, em dois solos de Cerrado do Estado de São Paulo, originalmente cobertos com Paspalum notatum (em Barretos) e Brachiaria decumbens (em São Carlos). Nesses solos, a densidade da população de bactérias em geral variou de 398,1 x 103 a 467,7 x 103 e de 123 x 103 a 218,8 x 103 ufc (unidades formadoras de colônias)/g de solo seco, respectivamente. O cultivo da soja, em ambos os solos, resultou em incrementos variados nos números de ufc/g de solo seco da população de bactérias em geral, das resistentes aos antibióticos estreptomicina e cloranfenicol, e de actinomicetos. A população de actinomicetos ocorreu no solo principalmente como esporos, e as...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Soja; Microbiologia do solo; Soybeans; Soil microbiology.
Ano: 2000 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/102070
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Eficiência e Capacidade Competitiva de Estirpes de Rhizobium Leguminosarum BV. Phaseoli em Feijão. Repositório Alice
PEREIRA, J.C.; VIDOR, C.; LOVATO, P.E.; PENTEADO, A. de F..
Conduziram-se dois experimentos em casa de vegetação, sendo um em areia e solução nutritiva e o outro em solo (Passo Fundo-LVEd), para avaliar a eficiência e a capacidade competitiva por sítios de nódulos (Cultivar Turrialba-4), entre estirpes de R. legunzinosarum bv. phaseoli resistentes ou sensíveis a antibióticos. A tipificação dos nódulos evidenciou, tanto em areia quanto em solo, a presença de nódulos originários de infecções múltiplas. A característica de resistência aos antibióticos não alterou a constituição antigênica dos mutantes em comparação com suas estirpes matrizes. Algumas estirpes resistentes à estrepton-iicina reverteram à forma sensível, variando entre 13 e 32% de reversão. No tratamento representado pela mistura das estirpes SEMIA 487,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Phaseolus vulgaris; Nódulos; Estirpes; Antibióticos; Infecções múltiplas.
Ano: 1991 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/105878
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influencia da antibiose exercida par actinomicetos as estirpes de Bradyrhizobium spp., na nodulacao da soja. Repositório Alice
PEREIRA, J.C.; NEVES, M.C.P.; DROZDOWICS, A..
Este trabalho teve por objetivo avaliar o espectro antibiotico de actinomicetos provenientes de solos de Cerrados e a sua influencia na nodulacao da soja. As estirpes BR 29, BR 33, BR 40, BR 85, BR 86, BR 96, 47/587, 3B-7 e 4A-5 de Bradyrhizobium spp. apresentaram comportamento diferenciado em relacao a resistencia natural aos antibioticos produzidos por 204 actinomicetos. As estirpes BR 29 e BR 96 foram sensiveis a 5,2 e 9.9% dos antibioticos produzidos, respectivamente, enquanto a BR 33 apresentou sensibilidade a 20,3%. O antagonismo exercido pelos actinomicetos exclusivamente a BR 29 e BR 33 foi de 1,6 e 5,7%, respectivamente. Esse efeito nao foi observado nas estirpes BR 40 e BR 96. Inoculacoes simples e em mistura de estirpes na presenca de...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Cerrados; Fixacao simbiotica do N2; Capacidade competitiva; Antagonismo; N2 symbiotic fixation; Competition capacity; Antagonism.
Ano: 1999 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/91751
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Seleção de isolados de estreptomicetos para controle de Ralstonia solanacearum em tomateiro. Repositório Alice
GAVA, C.A.T.; PEREIRA, J.C.; FERNANDES, M. do C.; NEVES, M.C.P..
Em condições tropicais, a murcha-bacteriana, causada por Ralstonia solanacearum, tem provocado danos severos à cultura do tomate (Lycopersicon esculentum Mill.), principalmente em condições de temperaturas acima de 25°C, com umidade relativa elevada. Neste contexto, o controle biológico pode representar uma alternativa viável. Este trabalho teve como objetivo selecionar isolados de estreptomicetos para o controle de R. solanacearum em tomateiro. Entre os isolados avaliados verificaram-se diferenças na inibição do patógeno in vitro, tanto em relação à faixa de pH avaliada, quanto ao tempo de observação. Constataram-se, também, variações no estabelecimento dos isolados de estreptomicetos na rizosfera das plântulas e nas mudas preparadas para transplante, e...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Lycopersicon esculentum; Controle biológico; Inoculação; Rizosfera; Biological control; Inoculation; Rhizosphere.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/108776
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Simbiose Entre Feijão e Estirpes de Rhizobium Leguminosarum BV. Phaseoli, Sensíveis e Resistentes a Antibióticos e Fungicidas. Repositório Alice
PEREIRA, J.C.; VIDOR, C.; LOVATO, P.E.; PENTEADO, A. de F..
Estudaram-se as interações entre as cultivares de feijão ^aseolus vulgaris L.) Bat-76, ICA-Pijao, Porrillo Sintético e Turrialba-4, e estirpes de R. leguminosarwn bv. phaseofi, em dois experimentos conduzidos em casa de vegetação. Observou-se que a cultivar Bat-76 apresentou baixo potencial para fixar o N2 no experimento conduzido em areia e solução nutritiva, enquanto a cultivar Porrillo Sintético apresentou nodulação inferior no experimento de solo (Passo Fundo - LVEd), sem resultar em diferenças significativas em matéria seca e N total da parte aérea. Houve grande variabilidade na eficiência simbiótica entre as estirpes em relação às cultivares de feijão nos dois experimentos. A resistência aos antibióticos esteve associada à maior capacidade infectiva...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Phaseolus vulgaris; Cultivares; Especificidade hospedeira; Eficiência; Competitividade.
Ano: 1991 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/105885
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional