Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 27
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adaptability and stability of fruit set and production of peach trees in a subtropical climate Scientia Agricola
Citadin,Idemir; Scariotto,Silvia; Sachet,Marcos Robson; Rosa,Fábio José; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Wagner Junior,Américo.
Brazilian peach breeding programs have been established to improve peach [Prunus persica (L.) Batsch] production, yield consistency, quality, and disease resistance. Every year several genotypes are selected and their traits must be assessed. This study aimed to evaluate adaptability and stability of fruit set and production of peach genotypes in a subtropical climate, using the GGE biplot methodology. The experimental design was completely randomized with three replicates (trees) in a factorial arrangement of 29 × 3 for genotype and growing season, respectively. The genotypes 'Conserva 1129', 'Rubimel', 'Kampai', 'Tropic Beauty', and 'Cascata 967' had the greatest adaptability and stability for fruit set. The genotypes 'Conserva 681', 'Santa Áurea',...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90162014000200007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da necessidade de frio em pessegueiro Rev. Bras. Frutic.
Citadin,Idemir; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Herter,Flávio Gilberto; Silveira,Carlos Augusto Posser.
A necessidade de frio de seis cultivares de pessegueiro [Prunus persica (L.) Batsch] foi estudada em plantas de um e dois anos, em vasos, submetidas a 150; 300; 450 e 600 horas a 2ºC, e em ramos coletados periodicamente em plantas sob condições de frio natural, a campo. Considerando os resultados obtidos nos dois experimentos, estima-se que a necessidade de frio de 'Precocinho' é em torno de 300 horas a 2ºC, equivalente a 150 unidades de frio (UF) pelo modelo de Utah, ou próxima a 200 horas abaixo de 12ºC; para 'Eldorado' e 'Rio grandense', em 450 horas a 2ºC (225 UF) ou 365 horas abaixo de 12ºC; para 'BR-1', em 450 horas a 2ºC (225 UF) ou 418 horas abaixo de 12ºC; e para 'Planalto' e 'Della Nona', acima de 600 horas a 2ºC (>300 UF). Não foi possível...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prunus persica; Endodormência; Adaptação.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452002000300034
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de genótipos de pessegueiros ornamentais visando ao paisagismo Rev. Bras. Frutic.
Silveira,Tiago Madruga Telesca da; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Milech,Leonardo.
O pessegueiro é, geralmente, cultivado por causa dos frutos que produz. Entretanto, há os que se cultivam como plantas ornamentais e, inclusive, há programas de melhoramento de pessegueiros para esta finalidade. O objetivo deste trabalho foi avaliar os genótipos de pessegueiros ornamentais do programa de melhoramento da Embrapa Clima Temperado, quanto ao seu potencial para o uso no paisagismo. Foram observados o início, a plena e o final de floração, a tonalidade e o número de pétalas, o número de sépalas, a cor das folhas e quais genótipos produziram ou não frutos, no campo experimental da referida Instituição. Considerando os resultados obtidos e comparando-os com os observados para as cultivares já lançadas, 'Rosaflor' e 'Nectaflor', verificou-se que,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prunus persica; Rosaceae; Floração.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452012000200039
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Blueberry pollination in southern Brazil and their influence on fruit quality Rev. Bras. Frutic.
Silveira,Tiago Madruga Telesca da; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Nava,Dori Edson; Couto,Marcelo.
Blueberry (Vaccinium ashei) is a relatively new crop in cultivation under Southern Brazil conditions. The first collection introduced in the area was formed by rabbiteye cultivars which need insect pollinators and also pollinizers. The aim of this work was to observe if there were differences between pollinizers on fruit quality of the commercial cultivar and also to observe the most effective and frequent insect pollinators, under natural conditions. It was concluded that pollen source has an effect on quality of blueberry fruits. Bumblebees are the most efficient pollinators; however the species found in southern Brazil are different from the ones mentioned in the U.S. literature.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pollinators; Metaxenia; Rabbiteye blueberry.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452011000100012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BRS Libra: cultivar de pessegueiro lançada pela Embrapa, em 2009 Rev. Bras. Frutic.
Raseira,Maria do Carmo Bassols; Nakasu,Bonifácio Hideyuki; Pereira,José Francisco Martins; Citadin,Idemir.
O programa de melhoramento genético da Embrapa Clima Temperado enfatiza a criação de cultivares de maturação precoce, produtoras de frutas de polpa não fundente. Isto é devido ao interesse dos produtores e da indústria conserveira, uma vez que tais cultivares têm mais baixo custo de produção e muito boa oportunidade de mercado. A cv. BRS Libra atende a esta demanda e já foi testada por produtores da área próxima a Pelotas, por vários ciclos, contando com a cooperação do serviço de Extensão do Rio Grande do Sul. Mais recentemente, os testes foram estendidos a outras regiões com a parceria de instituições de pesquisa públicas e privadas. A cv. BRS Libra tem baixa necessidade em frio, com floração precoce e maturação iniciando geralmente, no início de outubro...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Melhoramento; Seleção; Pêssego tipo indústria; Prunus persica.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452010000400041
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização anatômico-fisiológica da compatibilidade reprodutiva de ameixeira-japonesa Rev. Bras. Frutic.
Conti,Daniela de; Ribeiro,Mirian de Farias; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Peters,José Antônio; Bianchi,Valmor João.
O objetivo do trabalho foi caracterizar fisiologicamente a compatibilidade reprodutiva de sete cultivares de ameixeira-japonesa (Prunus salicina Lindl) por meio de hibridações, análise de frutificação efetiva e do crescimento de tubos polínicos (CTP). O frui set foi determinado 40 dias após as hibridações controladas, realizadas a campo. O grau de compatibilidade foi avaliado invivo, para determinar o CTP. A cv. América apresentou bom fruit set quando polinizada com as cvs. Rosa Mineira (26,7%), Amarelinha (8,7%) e Reubennel (12,7%). Os cruzamentos 'Gulf Blaze' x 'Gulf Rubi', 'Gulf Rubi' x 'Gulf Rubi' e 'Gulf Rubi' x 'Gulf Blaze' obtiveram um fruit set de 11,36%, 3,84% e 9,94%, respectivamente. Na polinização em laboratório, os tubos polínicos atingiram o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prunus salicina; Autoincompatibilidade; Fruit set; Hibridizações; Polinização in vivo.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452013000300005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização de cultivares de pessegueiro e de nectarineira por marcadores moleculares PAB
Lima,Marli Rocha; Augustin,Eliane; Choer,Eva; Raseira,Maria do Carmo Bassols.
Em espécies de estreita base genética, como o pessegueiro e a nectarineira (Prunus persica (L.) Batsch), a utilização de marcadores moleculares para a caracterização de cultivares é de grande importância, além do potencial de uso para fins de proteção. As técnicas de eletroforese em gel e RAPD foram empregadas com o objetivo de caracterizar as cultivares de pessegueiro Granada, Esmeralda, Jade, Eldorado, Riograndense, Capdeboscq, Aldrighi, Precocinho, Diamante, Turmalina, Maciel, BR-1, Pepita, Coral, Chinoca, Marfim, Chiripá, Della Nona e Planalto, e as de nectarineira Dulce e Anita. Foram analisadas isoenzimas de 6-fosfogluconato desidrogenase e fosfatase ácida em pólen, peroxidase, fosfoglucoisomerase, aspartato transaminase e isocitrato desidrogenase em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prunus persica; Eletroforese; Isoenzimas; Polimorfismo genético.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2003000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização fisiológica da compatibilidade reprodutiva de ameixeira japonesa PAB
Bandeira,Juliana de Magalhães; Thurow,Liane Bahr; Peters,José Antonio; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Bianchi,Valmor João.
O objetivo deste trabalho foi caracterizar fisiologicamente a compatibilidade reprodutiva de seis cultivares de ameixeira japonesa (Prunus salicina), por meio da avaliação da frutificação e do crescimento do tubo polínico (CTP). A percentagem de frutificação foi determinada 40 dias após cruzamentos controlados, realizados a campo, entre seis cultivares. O grau de compatibilidade foi avaliado in vivo, para determinar o CTP. O pegamento de frutos foi muito baixo para todos os cruzamentos: máximo de 8,1%, com a autopolinização de 'Reubennel'. Nos cruzamentos in vivo, o CTP apresentou variações significativas em cada genitor feminino. Os cruzamentos 'América' x 'Pluma 7' e 'Rosa Mineira' x 'Santa Rosa' foram incompatíveis, enquanto a autofecundação de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prunus salicina; Autoincompatibilidade; Biologia reprodutiva; Cruzamentos dirigidos; Polinização in vivo.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2011000800011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Germinação in vitro e armazenamento do pólen de Eugenia involucrata DC (Myrtaceae) Rev. Bras. Frutic.
Franzon,Rodrigo Cezar; Raseira,Maria do Carmo Bassols.
O objetivo do presente trabalho foi o de estabelecer condições adequadas para testes de germinação in vitro do pólen de cerejeira-do-rio-grande (Eugenia involucrata DC), bem como verificar a possibilidade de armazená-lo em freezer (-16,5°C). O pólen foi coletado de flores em estádio de balão e logo após a antese. Os meios de cultura testados foram o meio padrão (10% de açúcar e 1% de ágar em água destilada) e este acrescido de duas concentrações de H3BO3 (0,65mM e 1,3mM). Foram testadas as temperaturas de incubação de 25 e 30ºC. O período de incubação foi de três horas, para todos os tratamentos. A incubação a 25°C, em meio de cultura-padrão, proporcionou boas médias (61,4%) de germinação in vitro. Pólen coletado de flores após a antese apresentou maiores...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Myrtaceae; Viabilidade de pólen; Armazenamento; Boro.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452006000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Herdabilidade da necessidade de calor para a antese e brotação em pessegueiro Rev. Bras. Frutic.
Citadin,Idemir; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Quezada,Alberto Centellas; Silva,João Baptista da.
A herdabilidade da necessidade de calor para antese e brotação em pessegueiro [Prunus persica (L.) Batsch] foi estudada em ramos de 16 cultivares e seleções de baixa, média e alta necessidade de calor e 11 progênies oriundas de hibridações entre elas. Os ramos foram submetidos, previamente, a 2 ºC por 500 horas para satisfazer a necessidade de frio. O valor estimado da herdabilidade média para a necessidade de calor em gemas florais foi de 45% e 57%, em 1999 e 2000, respectivamente. Para gemas vegetativas, o valor estimado foi de 30%, em 1999. 'BR-1', 'Barbosa', 'Chula', 'Chinoca' e 'Eldorado' transmitem melhor o caráter necessidade de calor para as progênies do que os demais genótipos estudados. Os registros observados suportam um modelo de herança...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prunus persica; Ecodormência; Melhoramento; Adaptação; Graus/hora para crescimento.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452003000100034
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Heritability of peach tree resistance to bacterial leaf spot PAB
Varago,André Luiz; Citadin,Idemir; Sachet,Marcos Robson; Penso,Gener Augusto; Raseira,Maria do Carmo Bassols.
Abstract: The objective of this work was to evaluate the broad-sense heritability reaction to bacterial leaf spot (Xanthomonas arboricola pv. pruni), in peach tree populations obtained from directed crosses. Disease severity and defoliation of the genotypes were evaluated in field conditions, with posterior measurement of the healthy leaf area duration (HAD). The observed average heritability (0.51) indicates that the use of the evaluated genitors can be effective for the development of cultivars with higher resistance to the disease.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prunus persica; Xanthomonas arboricola pv. pruni; Cultivar development; Healthy area duration.
Ano: 2017 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2017000500366
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação por PCR dos alelos-S associados à compatibilidade gametofítica em ameixeira japonesa PAB
De Conti,Daniela; Ribeiro,Mirian de Farias; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Peters,José Antônio; Bianchi,Valmor João.
O objetivo deste trabalho foi identificar e caracterizar molecularmente os alelos-S de cultivares de ameixeira japonesa e verificar a compatibilidade gametofítica entre estes. Foram utilizados dois pares de iniciadores específicos na amplificação dos alelos via PCR, em 18 cultivares: Pluma 7, Gulf Rubi, Blood Plum, Wickson, América, Santa Rosa, Rosa Mineira, Estrela Púrpura, Amarelinha, The First, Harry Pieckstone, Santa Rita, Seleção 16, Seleção A26 (Burbank), Seleção 21, Seleção 19, Methley e Simka. As condições da PCR e as combinações de oligonucleotídeos iniciadores utilizadas permitiram a identificação de alelos-S nas cultivares, bem como a indicação dos polinizadores mais compatíveis. As cultivares América e Santa Rosa, bem como Blood Plum, Wickson,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prunus salicina; Autoincompatibilidade gametofítica; S-RNase.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2013001000007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do dano da abelha-irapuá em flores de mirtileiro sobre a frutificação efetiva e as frutas produzidas Rev. Bras. Frutic.
Silveira,Tiago Madruga Telesca da; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Nava,Dori Edson; Couto,Marcelo.
A abelha-irapuá, Trigona spinipes, é considerada um inseto-praga de várias culturas, por se alimentar de folhas e principalmente de flores e frutos. Os objetivos deste trabalho foram caracterizar o dano provocado pela irapuá em flores de mirtileiro (Vaccinium ashei Read.) e avaliar a frutificação efetiva e a qualidade da fruta produzida. O experimento foi conduzido no pomar experimental de mirtileiro, da Embrapa Clima Temperado em Pelotas, RS. Foram marcadas 200 flores de mirtileiro, seleção 103, sendo 100 destas com dano feito pela irapuá e 100 sem o dano. Após a floração, foi observada a frutificação efetiva, e por ocasião da colheita, foram determinados o teor de sólidos solúveis totais (SST), o diâmetro dos frutos e o número de sementes por fruto. O...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vaccinium ashei; Trigona spinipes; Polinização; Fertilização.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452010000100037
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Métodos de avaliação de pólen e influência do ácido giberélico em cruzamentos de batata Ciência e Agrotecnologia
Fritsche Neto,Roberto; Pereira,Arione da Silva; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Silva,Giovani Olegário da; Souza,Velci Queiroz de.
Objetivou-se neste trabalho comparar métodos de avaliação da qualidade de pólen e avaliar a influência do ácido giberélico (GA3), na eficiência de cruzamento de genótipos de batata (Solanum tuberosum L.). Ambos os estudos foram conduzidos na sede da Embrapa Clima Temperado, Pelotas-RS. O primeiro estudo foi conduzido no Laboratório de Melhoramento Genético, na primavera de 2003 e outono-inverno de 2004. Foram avaliados os métodos do carmin propiônico e da fertilidade do pólen, com dois meios de ágar, açúcar e boro (meio 1 e meio 2), utilizando cinco genótipos de batata. O segundo estudo foi realizado em casa-de-vegetação, no outono-inverno de 2004. Uma solução de 25mg.L-1 de GA3 foi pulverizada em 15 genótipos de batata, que são utilizados como genitores...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Solanum tuberosum; Sementes verdadeiras de batata; Regulador de crescimento.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000200019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mild temperatures on bud breaking dormancy in peaches Ciência Rural
Chavarria,Geraldo; Herter,Flávio Gilberto; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Rodrigues,Alexandre Couto; Reisser,Carlos; Silva,João Baptista da.
The search for low chill cultivars for peach production in areas with low chill accumulation (temperatures below 7.2°C) has stimulated studies about the higher temperatures effects on low chill cultivars. The objective of this research was to evaluate the influence of mild temperatures on flowering and leafing of 'Turmalina' and 'Ágata' cultivars with low and medium low chilling requirements, respectively. Plants obtained by grafting flower twigs in the autumn, after the grafting, were submitted to chilling treatments (150, 250, 350, 500 and 672 hours) at three temperature levels (5°C, 10°C and 15°C). After the end of the treatments, the plants had been taken to greenhouse (20°C±5°C) and evaluated weekly. The results showed that satisfactory flower and...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Chilling requirement; Dormancy; Winter; Budbreak.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000700010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Pêssego cultivar BRS Libra Rev. Bras. Frutic.
Raseira,Maria do Carmo Bassols.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452010000400001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Pessegueiro: cultivar BRS kampai Rev. Bras. Frutic.
Raseira,Maria do Carmo Bassols; Nakasu,Bonifácio Hideyuki; Ueno,Bernardo; Scaranari,Ciro.
RESUMO O programa de Melhoramento Genético de Pessegueiros da Embrapa Clima Temperado tem, entre seus objetivos, a obtenção de cultivares produtoras de frutas para consumo in natura, com características que satisfaçam às exigências dos consumidores. Alguns dos grandes centros consumidores, como é o caso de São Paulo e Curitiba, preferem pêssegos de polpa branca e sabor doce. A cultivar BRS Kampai, obtida de um cruzamento entre 'Chimarrita' e 'Flordaprince', alia a baixa necessidade em frio, o que é uma vantagem em regiões subtropicais, à boa aparência, com sabor superior a qualquer um dos parentais. A colheita dos frutos desta cultivar inicia-se geralmente, em meados de novembro, em Pelotas-RS (em Atibaia, São Paulo, inicia-se na segunda quinzena de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Hibridação; Variedade; Pêssego de mesa; Prunus pérsica.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452010000400042
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propagação da pitangueira através da enxertia de garfagem Rev. Bras. Frutic.
Franzon,Rodrigo Cezar; Gonçalves,Rafael da Silva; Antunes,Luís Eduardo Corrêa; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Trevisan,Renato.
A pitangueira é uma frutífera nativa com potencial para exploração comercial. Entretanto, os métodos de propagação mais comuns não são satisfatórios para a multiplicação desta espécie em larga escala. O objetivo do trabalho foi o de avaliar o uso do método de enxertia de garfagem no topo, em fenda cheia e dupla fenda, bem como a melhor época para a realização desta prática (julho, agosto e setembro), nas condições do Sul do Brasil. O experimento foi conduzido no ano de 2005, na Embrapa Clima Temperado, Pelotas-RS. O delineamento foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 3 (tipo de garfagem x época de enxertia), com 5 repetições. Conclui-se que a enxertia de garfagem no topo, em fenda cheia e/ou em dupla fenda, pode ser utilizada para a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Eugenia uniflora; Myrtaceae; Propagação vegetativa.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452008000200038
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propagação vegetativa de genótipos de pitangueira (Eugenia uniflora L.) do Sul do Brasil por enxertia de garfagem Rev. Bras. Frutic.
Franzon,Rodrigo Cezar; Gonçalves,Rafael da Silva; Antunes,Luis Eduardo Corrêa; Raseira,Maria do Carmo Bassols.
Este trabalho teve como objetivo avaliar o uso da enxertia de garfagem em fenda cheia na propagação vegetativa de diferentes genótipos de pitangueira. Foram utilizados sete genótipos do Banco Ativo de Germoplasma de fruteiras nativas do Sul do Brasil, mantidos na Embrapa Clima Temperado, em Pelotas-RS, dos quais foram coletados garfos (estacas semilenhosas), com aproximadamente 5 cm de comprimento. Utilizou-se como porta-enxertos de plantas de pitangueira oriundas de sementes. O diâmetro médio no ponto de enxertia foi de 2,5 mm. A enxertia foi realizada em setembro de 2006. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições, sendo a unidade experimental constituída por 10 plantas. Foram avaliadas as percentagens de brotação e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Myrtaceae; Clonagem; Propagação assexual; Genótipo.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452010000100031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Receptividade do estigma e desenvolvimento do tubo polínico em flores de pessegueiro submetidas à temperatura elevada Ciência Rural
Zanandrea,Ilisandra; Raseira,Maria do Carmo Bassols; Santos,Juliano dos; Silva,João Baptista da.
Dentre os diversos fatores que afetam a produtividade do pessegueiro em regiões subtropicais, está a ocorrência de temperaturas elevadas no início da floração. Tais temperaturas podem causar danos ao estigma e à germinação do grão de pólen, ocasionando decréscimo na fecundação e na fixação dos frutos. O presente trabalho teve por objetivo detectar diferenças entre genótipos quanto à tolerância à temperatura elevada (29±2ºC), bem como verificar se tais diferenças poderiam ser detectadas por um processo simples, utilizando ramos destacados. Para isso, foram realizados dois experimentos, sendo um com ramos destacados e outro com plantas inteiras em vasos, obtidas por enxertia, no outono. As estimativas de graus de receptividade do estigma e de comprimento do...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prunus persica; Pêssego; Floração; Abortamento floral.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011001200005
Registros recuperados: 27
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional