Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia das folhas, brácteas e escapos de Actinocephalus (Koern.) Sano (Eriocaulaceae) Rev. Bras. Bot.
Oriani,Aline; Scatena,Vera Lucia; Sano,Paulo Takeo.
Estudou-se a anatomia das folhas, brácteas e escapos de 20 espécies (41 espécimes) de Actinocephalus, que ocorrem nos campos rupestres do Brasil, visando caracterizar anatomicamente o novo gênero proposto para a família, além de elucidar alguns aspectos ecológicos do grupo. As folhas e as brácteas são anatomicamente semelhantes entre si e apresentam epiderme unisseriada, com células alongadas no sentido longitudinal; estômatos na face abaxial, com câmaras subestomáticas; parênquima clorofiliano frouxo; feixes vasculares colaterais envolvidos por bainha dupla e extensão de bainha dos feixes constituída por células parenquimáticas alongadas. Os escapos apresentam epiderme unisseriada; câmaras subestomáticas; parênquima clorofiliano frouxo; endoderme...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Actinocephalus; Anatomia; Brácteas; Escapos; Folhas.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042005000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia de algumas espécies aquáticas de Eriocaulaceae brasileiras Acta Botanica
Coan,Alessandra Ike; Scatena,Vera Lucia; Giulietti,Ana Maria.
Estudou-se a anatomia de raízes, caules, folhas e escapos de Eriocaulon elichrysoides, Leiothrix fluitans, Paepalanthus obtusifolius, Philodice hoffmannseggii, Syngonanthus caulescens e Tonina fluviatilis,espécies aquáticas de Eriocaulaceae que ocorrem em diferentes ecossistemas brasileiros, visando a caracterização anatômica das mesmas e também a interpretação das adaptações ao ambiente. Essas plantas caracterizam-se por apresentarem raízes com aspecto esponjoso e esbranquiçado; acúmulo de ar no córtex; epiderme unisseriada, de paredes finas; córtex externo, mediano e interno; endoderme unisseriada e periciclo unisseriado ou multisseriado. Em L. fluitans, P. obtusifolius e T. fluviatilis foram observadas raízes absorventes com aerênquima e raízes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia; Eriocaulaceae brasileiras; Hidrofitismo; Órgãos vegetativos.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000400001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia de escapos, folhas e brácteas de Syngonanthus sect. Eulepis (Bong. ex Koern.) Ruhland (Eriocaulaceae) Acta Botanica
Scatena,Vera Lucia; Vich,Daniele Vital; Parra,Lara Regina.
Estudou-se a anatomia de escapos, folhas e brácteas de 24 espécimes de Syngonanthus sect. Eulepis, que ocorrem nos campos rupestres do Brasil. Os escapos apresentam número variado de costelas, epiderme unisseriada, com células de paredes totalmente espessadas; córtex com esclerênquima e parênquima clorofiliano alternados; endoderme contínua ou descontínua; periciclo estrelado; feixes vasculares colaterais; medula com células de paredes finas ou espessadas. As folhas e as brácteas apresentam epiderme com células de paredes total ou parcialmente espessadas, estômatos na face abaxial, margem com parênquima clorofiliano ou esclerênquima; mesofilo com hipoderme constituída de esclerênquima ou parênquima aqüífero, feixes vasculares colaterais envolvidos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Eriocaulaceae; Estrutura anatômica; Syngonanthus.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062004000400013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia de raízes de Actinocephalus (Koern.) Sano (Eriocaulaceae) Acta Botanica
Scatena,Vera Lucia; Oriani,Aline; Sano,Paulo Takeo.
Estudou-se a anatomia de raízes de 27 espécimes de 13 espécies de Actinocephalus (Koern.) Sano que ocorrem nos campos rupestres brasileiros. As raízes de todos os espécimes estudados caracterizam-se por apresentar: epiderme unisseriada, com pêlos radiculares em grupos ou isolados; córtex com células isodiamétricas, com exceção daquelas localizadas mais internamente, que são menores e apresentam paredes espessadas; endoderme unisseriada, com células de paredes pouco ou totalmente espessadas, alongadas no sentido radial; periciclo formado por uma camada de células de paredes finas ou espessadas e cilindro vascular com elementos do metaxilema ocupando a posição central. A presença de córtex constituído por células isodiamétricas, sem aerênquima; epiderme e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Raiz; Actinocephalus; Novo gênero; Monocotiledôneas.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062005000400019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia de raízes de nove espécies de Bromeliaceae (Poales) da região amazônica do estado de Mato Grosso, Brasil Acta Botanica
Silva,Ivone Vieira da; Scatena,Vera Lucia.
Este estudo busca caracterizar raízes de Bromeliaceae: Aechmea bromeliifolia, A. castelnavii, A. mertensii (Bromelioideae), Dyckia duckei, D. paraensis, D. racemosa (Pitcairnoideae), Tillandsia adpressiflora, T. didistachae e T. paraensis (Tillandsioideae) ocorrentes nas regiões amazônicas (Mato Grosso-MT), procurando levantar caracteres de valor taxonômico e significado ecológico. As espécies estudadas são epífitas e suas raízes se caracterizam por apresentar velame pluriestratificado, córtex diferenciado, endoderme e periciclo unisseriados, cilindro vascular poliarco e medula com células de paredes espessadas. Estruturas anatômicas como: número de camadas e tipo de espessamento das paredes das células do velame, tipo de espessamento de parede da exoderme...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aechmea; Bromelioideae; Canais de mucilagem; Dyckia; Pitcairnioideae; Tillandsia; Tillandsioideae; Velame.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062011000300015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia do escapo floral de espécies brasileiras de Paepalanthus subgênero Platycaulon (Eriocaulaceae) Acta Botanica
Scatena,Vera Lucia; Giulietti,Ana Maria; Cardoso,Vanessa de Aquino.
Foi estudada a anatomia dos escapos de 17 espécies de Paepalanthus subgênero Platycaulon, sendo 10 da sect. Divisi e sete da sect. Conferti. O trabalho foi realizado para caracterizar anatomicamente os escapos. como contribuição para o entendimento do grupo, uma vez que. morfologicamente, esse é o caráter laxonômico mais importante. Procurou-se, também, confirmar ou não o reconhecimento das duas seções dentro do subgênero. Para os estudos anatômicos utilizou-se material proveniente do Brasil, obtido de exsicatas de diferentes herbários e/ou coletado na Serra do Cipó, MG. Neste trabalho observou-se que Paepalanthus subg. Platycaulon é caracterizado morfologicamente por apresentar escapos pluricapitulados no ápice. Anatomicamente, as espécies estudadas da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Paepalanthus; Anatomia; Platycaulon.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061998000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia foliar de Tillandsia L. (Bromeliaceae) dos Campos Gerais, Paraná, Brasil Rev. Bras. Bot.
Scatena,Vera Lucia; Segecin,Simone.
Foi estudada a anatomia foliar de Tillandsia crocata (E. Morren) Baker, T. gardneri Lindl., T. geminiflora Brongn., T. linearis Vell., T. lorentziana Griseb., T. mallemontii Glaziou ex Mez, T. recurvata L., T. streptocarpa Baker, T. stricta Soland ex Sims, T. tenuifolia L. T. usneoides L. e Tillandsia sp., dos Campos Gerais, Paraná, Brasil. Em vista frontal a epiderme apresenta células com paredes lineares até sinuosas, corpos silicosos e escamas epidérmicas que protegem os estômatos anomocíticos. A epiderme e o primeiro estrato da hipoderme apresentam células lignificadas na maioria das espécies. Em secção transversal observa-se estômatos que ocorrem um pouco abaixo do nível das demais células da epiderme; presença de parênquima aqüífero; canais de ar...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia foliar; Bromeliaceae; Dossel; Epífitas; Tillandsia.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042005000300019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de óvulo, fruto e semente de espécies de Poaceae (Poales) Rev. Bras. Bot.
Nakamura,Adriana Tiemi; Longhi-Wagner,Hilda Maria; Scatena,Vera Lucia.
O desenvolvimento de óvulo, fruto e semente de Olyra humilis Nees e Sucrea monophylla Soderstr. (Bambusoideae), Axonopus aureus P. Beauv. e Paspalum polyphyllum Nees ex Trin. (Panicoideae), Chloris elata Desv. e Eragrostis solida Nees (Chloridoideae) foram estudados visando à caracterização embriológica dessas subfamílias de Poaceae. As espécies apresentam óvulo bitegumentado, micrópila formada pelo tegumento interno, megagametófito tipo Polygonum, endosperma nuclear e amiláceo, embrião lateral e desenvolvido, caracteres comuns às demais espécies de Poaceae já estudadas. Destacam-se diferenças como: óvulo hemianátropo e pseudocrassinucelado nas espécies de Bambusoideae e Panicoideae, campilótropo e tenuinucelado, nas de Chloridoideae; tegumento externo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bambusoideae; Chloridoideae; Embriologia; Panicoideae.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042009000100016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento pós-seminal de espécies de Poaceae (Poales) Acta Botanica
Nakamura,Adriana Tiemi; Scatena,Vera Lucia.
O presente estudo objetivou verificar a existência de um padrão do desenvolvimento pós-seminal em Poaceae. Para tanto, foram estudadas as seguintes espécies: Olyra humilis Nees (Bambusoideae); Axonopus aureus P. Beauv. e Paspalum polyphyllum Nees ex Trin. (Panicoideae); Chloris elata Nees e Eragrostis solida Desv. (Chloridoideae). Procurou-se também comparar as estruturas da plântula de Poaceae com as demais monocotiledôneas. As espécies estudadas são plantas perenes, rizomatosas, cespitosas e apresentam cariopses de tamanhos diferentes. Apresentam sementes albuminosas; embrião lateral, diferenciado, com raiz endógena (adventícia); cotilédone dividido em hiperfilo (escutelo), bainha reduzida e hipofilo (coleóptilo); coleorriza (raiz primária reduzida) e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia; Gramineae; Morfologia; Plântula; Semente.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062009000100023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Morfoanatomia das brácteas em Heliconia (Heliconiaceae) ocorrentes no Estado de São Paulo, Brasil Acta Botanica
Simão,Daniela Guimarães; Scatena,Vera Lucia.
Foram estudados os caracteres morfoanatômicos das brácteas em H. rivularis, H. spathocircinata e H. velloziana (subg. Heliconia) e em H. angusta, H. hirsuta e H. subulata subsp. gracilis (subg. Stenochlamys), ocorrentes no Estado de São Paulo. As espécies do subg. Heliconia apresentam brácteas cimbiformes, enquanto as do subg. Stenochlamys apresentam brácteas lanceolado-conduplicadas. Todas as espécies apresentam brácteas com epiderme unisseriada, com células de paredes finas, estômatos tetracíticos em H. hirsuta e H. subulata e policíticos nas demais espécies; feixes vasculares e canais de ar distribuídos em forma de arco; e feixes de fibras situados próximos à superfície abaxial. A forma das brácteas, associada à distribuição e localização dos feixes de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia; Morfologia; Brácteas; Heliconia; Heliconiaceae.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062004000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Morfo-anatomia de espécies de Blastocaulon Ruhland (Eriocaulaceae) Acta Botanica
Scatena,Vera Lucia; Cardoso,Vanessa de Aquino; Giulietti,Ana Maria.
Estudou-se a morfo-anatomia das raízes, caules, escapos e folhas de Blastocaulon albidum, B. prostratum e B. scirpeum, que ocorrem nos campos rupestres de Minas Gerais, Brasil. Verificou-se que as espécies apresentam raízes muito finas com epiderme unisseriada, duas-três camadas de células do parênquima cortical e tecidos vasculares com poucos elementos. Os caules em B. albidum e B. prostratum são aéreos, prostrados, ramificados, enquanto em B. scirpeum alguns indivíduos apresentam rizoma ou caules muito curtos. Constituem-se de epiderme, córtex e cilindro vascular. As folhas são delicadas, com células da epiderme com paredes finas, parênquima clorofiliano frouxo e reduzido número de feixes vasculares colaterais. Os escapos são cilíndricos, finos, não...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Morfologia; Anatomia; Blastocaulon.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061999000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Seed morphology and post-seminal development of Tillandsia L. (Bromeliaceae) from the "Campos Gerais", Paraná, Southern Brazil BABT
Scatena,Vera Lucia; Segecin,Simone; Coan,Alessandra Ike.
This work studied the morphology and post-seminal development of seeds of Tillandsia gardneri Lindl., T. streptocarpa Baker, and T. stricta Sol. ex Sims (Bromeliaceae) from the "Campos Gerais", State of Paraná, Southern Brazil. The seeds (ca. 2.0 mm long) presented plumose appendages at their micropylar end, an important structure in the taxonomy of the family since it represented an elaborate apparatus allowing effective wind-dispersal. Seeds germinated after circa twenty days. The haustorial cotyledon, responsible for the seedling nutrition, appeared first during the germination process. No cataphyll or primary roots developed. A small tank came along in the seedling, formed by the base of the sheath of the first leaf, which overlapped that of the second...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tillandsia; Seed morphology; Post-seminal development.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-89132006000700012
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional