Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A VIABILIDADE DA AGRICULTURA FAMILIAR PRODUTORA DE LEITE: O CASO DO SISTEMA COORLAC (RS) AgEcon
Souza, Raquel Pereira; Waquil, Paulo Dabdab.
As transformações recentes na cadeia produtiva do leite têm levado a uma tendência de especialização nessa atividade colocando em risco a manutenção dos produtores familiares na atividade. Porém, algumas experiências de organizações produtivas da agricultura familiar que trabalham com leite têm conseguido se manter no mercado. Uma dessas experiências é o sistema Coorlac, composto por 20 cooperativas e tendo cerca de 6000 produtores associados. Esta pesquisa busca identificar quais foram as principais transformações ocorridas no período analisado, investigar como essas mudanças se refletiram no Sistema Coorlac e investigar quais elementos próprios ao sistema Coorlac, de caráter econômico e social, contribuíram para a manutenção na atividade. A análise das...
Tipo: Conference Paper or Presentation Palavras-chave: Coorlac; Produtores de leite; Agricultura familiar; Cadeia produtiva do leite; Crop Production/Industries.
Ano: 2008 URL: http://purl.umn.edu/112734
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DESAFIOS DA CONSTRUÇÃO DE MERCADOS DE ORGÂNICOS FRENTE ÀS TRANSFORMAÇÕES DO VAREJO ALIMENTAR: REFLEXÕES A PARTIR DA SOCIOLOGIA ECONÔMICA AgEcon
Souza, Marcelo Santos; Souza, Raquel Pereira.
Nos anos 1990 observou-se na região sul do Brasil um significativo avanço de formas alternativas de produção agrícola lastreada na construção de canais alternativos de comercialização, em especial as feiras ecológicas e lojas especializadas. Mas, nos anos recentes nota-se um arrefecimento do ritmo inicial. As hipóteses levantadas no artigo são de que isto está relacionado a dois aspectos principais: a) o enfraquecimento das formas tradicionais de varejo, ante o avanço dos supermercados modernos; b) as dificuldades de adaptação dos agricultores às novas exigências do mercado de orgânicos, decorrentes da sua institucionalização. Amparado na revisão das mudanças na estrutura do varejo após a segunda metade da década passada e no referencial da sociologia...
Tipo: Conference Paper or Presentation Palavras-chave: Sistema agroalimentar; Sociologia econômica; Mercado de orgânicos; Agricultura familiar; Agroecologia; Agroalimentary system; Economical sociology; Market of organic; Family farmers; Agroecology; Agribusiness.
Ano: 2008 URL: http://purl.umn.edu/109770
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DIMENSÕES E PERSPECTIVAS DO SEGURO RURAL: O CASO BRASILEIRO E ALGUMAS EXPERIÊNCIAS INTERNACIONAIS AgEcon
Vieira Junior, Pedro Abel; Buainain, Antonio Marcio; Madi, Maria Alejandra Caporale; Vieira, Adriana Carvalho Pinto; Ojima, Andrea Leda Ramos De Oliveira; Souza, Raquel Pereira; Silveira, Jose Maria Ferreira Jardim Da.
O seguro rural é um dos mais importantes instrumentos para o desenvolvimento do setor agrícola, pois, ao permitir proteção ao produtor rural contra efeitos adversos de eventos ambientais e do mercado torna-se indispensável à estabilidade da renda, à geração de emprego e ao desenvolvimento tecnológico. No setor agrícola, além do risco de mercado, existem diversas outras fontes que a tornam uma atividade eminentemente arriscada. A principal delas se refere ao fato de que a atividade agrícola é altamente dependente de condições ambientais de difícil controle pelo homem de modo que as variáveis climáticas e sua interação com fatores bióticos podem influenciar sobremaneira o resultado final da safra. A realidade histórica mostra que o seguro agrícola permite ao...
Tipo: Conference Paper or Presentation Palavras-chave: Seguro rural; Risco agrícola; Política agrícola; Agro-insurance; Agricultural risk; Agricultural policy; Risk and Uncertainty.
Ano: 2008 URL: http://purl.umn.edu/109437
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
O DEBATE BRASILEIRO SOBRE PLURIATIVIDADE: IMPLICAÇÕES SOBRE O DESENVOLVIMENTO RURAL E AS POLÍTICAS PÚBLICAS AgEcon
Souza, Raquel Pereira; Souza, Marcelo Santos.
O fenômeno da pluriatividade tem sido um tema bastante debatido e controverso. Nesse debate destacam-se duas perspectivas teóricas que polarizam o debate que são: a do “novo rural” e a da pluriatividade como “estratégia de reprodução social”. Essas perspectivas, apesar de vêem esse fenômeno como eixo dinâmico para o desenvolvimento do meio rural, possuem interpretações diferentes do que vem a ser a pluriatividade. Assim, esse artigo tem por objetivo esclarecer as diferenças, no que diz respeito às construções teóricas de cada uma delas, conceitos utilizados e implicações, tanto no que diz respeito aos elementos necessários para a construção de um processo virtuoso de desenvolvimento, quanto às implicações deste em termos de políticas públicas. Aponta-se...
Tipo: Conference Paper or Presentation Palavras-chave: Pluriatividade; Atividades não-agrícolas; Desenvolvimento rural; Pluriactivities; No-agricultural activities; Rural development; Community/Rural/Urban Development.
Ano: 2008 URL: http://purl.umn.edu/109203
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
SEGURO RURAL NO BRASIL: EXPERIÊNCIAS E PROPOSIÇÕES PARA UM MODELO INTEGRADO DE GESTÃO DO RISCO AGRÍCOLA (MIGRA) AgEcon
Silveira, Pedro Abel Junior; Buainain, Antonio Marcio; Madi, Maria Alejandra Caporale; Vieira, Adriana Carvalho Pinto; Souza, Raquel Pereira; Ojima, Andrea Leda Ramos De Oliveira; Veira, Jose Maria Ferreira Jardim Da.
O seguro rural apresenta-se com um instrumento para o desenvolvimento do setor agrícola, protegendo o produtor rural dos efeitos adversos de eventos ambientais e do mercado tornando-se indispensável à estabilidade da renda, à geração de emprego e ao desenvolvimento tecnológico. Nesse sentido, sugere-se a consideração de um conjunto de indicadores que podem influir positivamente no processo de mitigação dos riscos inerentes ao seguro rural agrícola. Dessa forma, propõe-se o desenvolvimento de um Modelo Integrado de Gestão do Risco Agrícola para o Brasil (MIGRA) para o Brasil, um país que, além da heterogeneidade setorial, tem sua economia fortemente calcada no setor agrícola, o qual também é bastante heterogêneo quanto à produção e a renda agrícola. Esse...
Tipo: Conference Paper or Presentation Palavras-chave: Renda agrícola; Risco agrícola; Previsão de safras; Agricultural income; Agricultural risk; Crop forecast; Risk and Uncertainty.
Ano: 2008 URL: http://purl.umn.edu/109444
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional