Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
2,4-Dichlorophenoxyacetic acid as an alternative auxin for rooting of vine rootstock cuttings. Repositório Alice
TOFANELLI, M. B. D.; FREITAS, P. L.; PEREIRA, G. E..
A viticultura é uma atividade agrícola marcante no semiárido do Nordeste brasileiro, sendo a qualidade e a facilidade de propagação das videiras importante neste contexto. O objetivo deste trabalho foi avaliar o uso do ácido 2,4-Diclorofenoxiacético (2,4-D) como forma alternativa para o ácido indolilbutírico (AIB) no enraizamento de estacas de porta-enxertos de videira. Para isso, foi conduzido um experimento à Universidade Federal de Sergipe (São Cristóvão-SE), de janeiro a março de 2010, com estacas de porta-enxertos 'IAC-766', 'IAC-572' e 'Paulsen 1103' tratadas com 2,4-D e AIB, nas concentrações de 0; 1.000; 2.000 e 3.000 mg L-1, por 5 segundos, e, posteriormente, plantadas em canteiros com areia lavada. Aos 56 dias após o plantio, avaliaram-se as...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Semiárido Videira 2; 4-Diclorofenoxiacético Ácido indolilbutírico Viticultura Uva Porta-enxerto Propagação vegetativa Estaca Vitis vinifera.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1003892
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ácido 2,4-dichlorophenoxyacetic acid as an alternative auxin for rooting of vine rootstock cuttings. Repositório Alice
TOFANELLI, M. B. D.; FREITAS, P. L.; PEREIRA, G. E..
A viticultura é uma atividade agrícola marcante no semiárido do Nordeste brasileiro, sendo a qualidade e a facilidade de propagação das videiras importante neste contexto. O objetivo deste trabalho foi avaliar o uso do ácido 2,4-Diclorofenoxiacético (2,4-D) como forma alternativa para o ácido indolilbutírico (AIB) no enraizamento de estacas de porta-enxertos de videira. Para isso, foi conduzido um experimento à Universidade Federal de Sergipe (São Cristóvão-SE), de janeiro a março de 2010, com estacas de porta-enxertos 'IAC-766', 'IAC-572' e 'Paulsen 1103' tratadas com 2,4-D e AIB, nas concentrações de 0; 1.000; 2.000 e 3.000 mg L-1, por 5 segundos, e, posteriormente, plantadas em canteiros com areia lavada. Aos 56 dias após o plantio, avaliaram-se as...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Semiárido; Videira; Ácido indolilbutírico; Porta-enxerto; Viticultura; Uva; Propagação vegetativa; Estaca; Vitis vinifera; Grapes.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1004045
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional