Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adaptabilidade e estabilidade de genótipos de feijoeiro no Estado de Santa Catarina - DOI: 10.4025/actasciagron.v27i2.1850 Agronomy
Backes, Rogério Luiz; EPAGRI; Elias, Haroldo Tavares; EPAGRI; Hemp, Silmar; EPAGRI; Nicknich, Waldir; EPAGRI.
A seleção de genótipos produtivos e consistentes mediante as variações ambientais é o objetivo básico de um programa de melhoramento genético de qualquer espécie cultivada. Com o objetivo de quantificar a interação genótipo por ambientes e estudar a estabilidade da produção, empregou-se as metodologias de regressão bissegmentada (Cruz et al., 1989); Lin e Binns 1988) e o método tradicional. Os experimentos foram conduzidos em dez localidades do Estado de Santa Catarina nos anos agrícolas de 2000/01 e 2001/02. Cada ensaio foi composto de 13 genótipos de feijoeiro do grupo preto. Os tratamentos foram delineados em blocos completos, casualizados, com quatro repetições. Observou-se que os genótipos BRS Campeiro, AN 9021332, IPR Uirapuru e LP 98-5 apresentaram...
Palavras-chave: 5.01.00.00-9 Agronomia Phaseolus vulgaris; Produtividade; Previsibilidade de comportamento 5.01.00.00-9 Agronomia.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1850
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Capacidade de cozimento de grãos de famílias de feijão do cruzamento ESAL 693 x Rosinha - DOI: 10.4025/actasciagron.v27i2.1707 Agronomy
Baldoni, Aisy Botega; UFLA; Santos, João Bosco dos; UFLA.
Visando identificar famílias com alta capacidade de cozimento dos grãos, foram avaliadas as 23 superiores em produtividade e tipo de grãos, das gerações F2:6/F4:6 (sementes com 8 meses) e F2:7/F4:7 (sementes com 1 mês), provenientes do cruzamento Rosinha x ESAL 693, todas precoces e de hábito de crescimento tipo I. Avaliou-se a capacidade de cozimento e de absorção de água com o cozedor experimental JAB-77 tipo minor, utilizando-se 25 sementes de cada família por parcela e 2 repetições. As famílias diferiram quanto aos dois caracteres e expressaram desempenhos semelhantes nas duas idades de avaliação. Quatro famílias (1, 13, 14 e 15) apresentaram alta capacidade de cozimento nas duas épocas e, entre elas, destacaram-se a 13 a 14 e a 15, as quais...
Palavras-chave: 5.01.00.00-9 Agronomia Phaseolus vulgaris; Capacidade de cozimento; Capacidade de absorção de água; Herdabilidade 5.01.00.00-9 Agronomia.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1707
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento da cultura do feijoeiro submetida a dois sistemas de manejo de irrigação e de cultivo - DOI: 10.4025/actasciagron.v31i3.621 Agronomy
Pavani, Luiz Carlos; UNESP; Lopes, Adriano da Silva; UEMS; Pereira, Gener Tadeu; UNESP.
A cultura do feijoeiro apresenta elevada importância no contexto agrícola nacional. Além de ser uma cultura que atende às características da agricultura familiar, também é cultivada em áreas extensivas com alta tecnologia. Pesquisas relacionadas ao desenvolvimento do feijoeiro frente às variantes edafoclimáticas regionais vêm assumindo papel de destaque, principalmente por se tratar de uma planta sensível tanto ao déficit quanto ao excesso hídrico. O objetivo deste trabalho foi avaliar a cultura do feijoeiro de ‘inverno’ submetida a dois métodos de manejo de irrigação, em pivô central, um via solo por meio de tensiômetros, outro via clima por meio do tanque Classe ‘A’, em dois sistemas de plantio, convencional e direto, no primeiro ano. Foram avaliados o...
Palavras-chave: 5.01.00.00-9 Agronomia Phaseolus vulgaris; Potencial mátrico; Tanque Classe ‘A’; Tensiômetro Engenharia de Água e Solo Phaseolus vulgaris; Matrix potential; Class ‘A’ pan; Tensiometer.
Ano: 2009 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/621
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fixação biológica de N2 no feijoeiro submetido a dosagens de inoculante e tratamento químico na semente comparado à adubação nitrogenada - DOI: 10.4025/actasciagron.v29i4.416 Agronomy
Araujo, Fabio Fernando de; UNOESTE; Carmona, Fabio Gil; UNOESTE; Tiritan, Carlos Sergio; UNOESTE; Creste, José Eduardo; UNOESTE.
A inoculação do feijoeiro é uma técnica difundida pela pesquisa, mas pouco utilizada pelos agricultores. Entretanto, com o baixo poder aquisitivo da maioria dos agricultores, que cultivam o feijão, e com a baixa produtividade média, a utilização desta técnica de baixo custo pode ser uma excelente alternativa para aumento da produtividade. O presente trabalho teve como objetivo avaliar, no cultivo do feijão, a inoculação com Rhizobium, na presença e ausência de fungicida na semente comparando-se com a adubação nitrogenada. O experimento foi conduzido, em 2004, no município de Colorado, Estado do Paraná. Foi demonstrado que a inoculação é uma técnica eficiente no fornecimento de nitrogênio para a cultura, quando comparado com o fornecimento de nitrogênio...
Palavras-chave: 5.01.00.00-9 Agronomia Phaseolus vulgaris; Tratamento de sementes; Rhizobium; Inoculação.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/416
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Parcelamento e época de aplicação foliar do molibdênio na composição mineral das folhas do feijoeiro - DOI: 10.4025/actasciagron.v27i1.1914 Agronomy
Pires, André Assis; EAFCOL; Araújo, Geraldo Antônio de Andrade; UFV; Leite, Uberlando Tiburtino; UFV; Zampirolli, Poliana Daré; UENF; Ribeiro, José Márcio Oliveira; UFV; Meireles, Robson Celestino; UENF.
Avaliou-se a influência do molibdênio parcelado nos teores dos nutrientes foliares do feijoeiro. Conduziram-se dois experimentos em março-julho/2002, em Viçosa, Estado de Minas Gerais, delineados em blocos casualizados com quatro repetições, sendo os tratamentos: testemunha; 80 g ha-1 de Mo aplicados 15 dias após a emergência (DAE); 40 g ha-1 de Mo aplicados 15 DAE e 40 g ha-1 20 DAE; 40 g ha-1 de Mo 15 DAE e 40 g ha-1 25 DAE; 40 g ha-1 de Mo 15 DAE e 40 g ha-1 30 DAE; 80 g ha-1 de Mo 20 DAE; 40 g ha-1 de Mo 20 DAE e 40 g ha-1 25 DAE; 40 g ha-1 de Mo 20 DAE e 40 g ha-1 30 DAE; 80 g ha-1 de Mo 25 DAE; 40 g ha-1 de Mo 25 DAE e 40 g ha-1 30 DAE. O molibdênio, nas condições dos experimentos, aumentou os teores foliares de Mo, N, K e Mg.
Palavras-chave: 5.01.00.00-9 Agronomia Phaseolus vulgaris; Adubação molíbdica; Teores foliares; Micronutriente 5.01.00.00-9 Agronomia.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1914
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Resposta do feijoeiro à aplicação de doses e fontes de nitrogênio em cobertura no sistema de plantio direto - DOI: 10.4025/actasciagron.v27i1.1927 Agronomy
Alvarez, Angela Cristina Camarim; UNESP; Arf, Orivaldo; UNESP; Alvarez, Rita de Cássia Félix; UNESP; Pereira, Júlio César dos Reis; UNESP.
O trabalho foi conduzido nos anos de 1999 e 2000, no município de Selvíria, Estado do Mato Grosso do Sul, e teve por objetivo avaliar o efeito da aplicação de nitrogênio em cobertura, na cultura do feijão cv. Pérola, em plantio direto. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados, em esquema fatorial 6x2 envolvendo seis doses (0, 25, 50, 75, 100 e 125 kg ha-1) e duas fontes (nitrato de amônio e uréia) de N em cobertura, com quatro repetições. Foram avaliados: dias para o florescimento pleno, matéria seca de plantas, teor de nitrogênio na parte aérea, componentes de produção, ciclo da cultura e produtividade de grãos. Não existe diferença de produtividade do feijoeiro em relação à utilização de uréia ou nitrato de amônio como fonte de...
Palavras-chave: 5.01.00.00-9 Agronomia Phaseolus vulgaris; Irrigação; Plantio direto; Nitrogênio 5.01.00.00-9 Agronomia.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1927
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional