Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 55
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Acúmulo de massa seca e de macronutrientes por plantas de Glycine max e Solanum americanum Planta Daninha
Bianco,S.; Carvalho,L.B.; Bianco,M.S.; Pitelli,R.A.
A soja é uma das principais culturas agrícolas do Brasil, sendo a sua produtividade muito influenciada pela competição exercida pelas plantas daninhas. Foram realizados dois experimentos em casa de vegetação, em Jaboticabal, SP, objetivando determinar o acúmulo de massa seca, assim como a distribuição e o acúmulo de macronutrientes em plantas de soja, no período de outubro de 2000 a fevereiro de 2001, e de Solanum americanum, no período de janeiro a maio de 1995. As plantas cresceram em vasos com capacidade de 7 litros, preenchidos com areia de rio lavada e peneirada; elas foram irrigadas diariamente com solução nutritiva. Os tratamentos foram representados pelas épocas de amostragem, realizada a intervalos de 14 dias, iniciando-se 21 dias após a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Análise de crescimento; Maria-pretinha; Nutrição mineral; Soja.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582012000100010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Acúmulo de massa seca e macronutrientes por plantas de Glycine max e Richardia brasiliensis Planta Daninha
Pedrinho Júnior,A.F.F.; Bianco,S.; Pitelli,R.A..
Foram realizados dois experimentos, em condições de casa de vegetação, no Departamento de Biologia Aplicada à Agropecuária da FCAV-UNESP de Jaboticabal, objetivando-se determinar o acúmulo de massa seca, assim como a distribuição e o acúmulo de macronutrientes durante os ciclos de vida de plantas de soja cultivar BR16, no período de outubro de 2000 a fevereiro de 2001, e de Richardia brasiliensis (poaia-branca), uma planta daninha de elevada importância para esta cultura no Brasil, especialmente em áreas de plantio direto, no período de outubro de 1998 a fevereiro de 1999. Os estudos foram realizados em delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições. Quatro plantas cresceram em vasos com capacidade de sete litros, preenchidos com...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Poaia-branca; Soja; Biomassa; Nutrição mineral; Análise de crescimento.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582004000100007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ACÚMULO DE MATÉRIA SECA NA PRESENÇA E NA AUSÊNCIA DE PLANTAS INFESTANTES NO CULTIVAR DE MANDIOCA SRT 59 - BRANCA DE SANTA CATARINA Bragantia
PERESSIN,VALDEMIR ANTONIO; MONTEIRO,DOMINGOS ANTONIO; LORENZI,JOSÉ OSMAR; DURIGAN,JULIO CEZAR; PITELLI,ROBINSON ANTONIO; PERECIN,DILERMANDO.
O período de plantio da cultura da mandioca, no Estado de São Paulo, é extenso, de maio a outubro. Existem grandes diferenças no desenvolvimento de suas plantas e na matointerferência nas diferentes épocas de plantio. Com o objetivo de avaliar a produção e acúmulo de matéria seca das plantas de mandioca cv. SRT 59 - Branca de Santa Catarina, na presença e na ausência de plantas infestantes, foram desenvolvidos quatro experimentos, em quatro épocas de plantio, em blocos ao acaso, com três repetições (com plantio em 30-10-1989) ou quatro (com plantios em 28-6-1989; 30-6-1989 e 23-7-1990). As plantas foram submetidas a períodos crescentes na presença e na ausência de plantas infestantes e amostradas aos 30, 60, 90, 120, 150, 180, 210, 240, 270 e 360 dias a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Manihot esculenta; Análise de crescimento; Matointerferência; Época de plantio.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051998000100016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise comparada de crescimento do enxerto e do porta-enxerto de Hevea brasiliensis Muell. Arg. em viveiro Anais da ESALQ
Castro,P.R.C.; Barbosa,L.M.; Nastri,V.D.F.; Lucchesi,A.A..
O objetivo do presente trabalho foi o de verificar a compatibilidade entre o enxerto ('RRIM 600') e o porta-enxerto ('Tjir 16') de seringueira, através da análise comparada de crescimento. As plantas foram cultivadas em recipientes plásticos, nas condições de viveiro, em Piracicaba (SP). As amostras foram coletadas em 4 períodos (de duas épocas) com intervalos de 30 dias. Os valores da TAL da seringueira foram de 0,018 a 0,031g.dm-2.dia-1, da TCR de 0,0145 a 0,0165g.g-1.dia-1 e da RAF de 0,4363 a 0,8510dm².g-1. A VPS e a VAF revelaram um maior vigor do porta-enxerto com relação ao enxerto e uma certa incompatibilidade no período de desenvolvimento de 'Tjir 16' em relação ao 'RRIM 600'. A RAF e a RPF mostraram, respectivamente, uma maior proporção relativa...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Seringueira; Análise de crescimento; Enxerto; Porta-enxerto; Compatibilidade.
Ano: 1990 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761990000100003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise comparativa do crescimento de biótipos de picão-preto (Bidens pilosa) resistente e suscetível aos herbicidas inibidores da ALS Planta Daninha
Christoffoleti,P.J..
A resistência de biótipos de plantas daninhas aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS) é causada pela insensibilidade desta enzima aos herbicidas que inibem sua atividade catalítica. A insensibilidade da enzima é decorrente de uma alteração estrutural, resultado da substituição de certos aminoácidos no sítio de ação do herbicida. Esta alteração na enzima pode eventualmente resultar, além da resistência ao herbicida, em modificações na taxa de crescimento da planta, fato este comprovado para os biótipos resistentes aos herbicidas inibidores do fotossistema II, os quais apresentam taxa de crescimento prejudicada pela alteração no sítio de ação sofrida pelo herbicida. Esta possível diminuição na taxa de crescimento da planta resistente tem...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Resistência aos herbicidas; Análise de crescimento; Função de Richards; Taxa de crescimento.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582001000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise de crescimento da cultura da batata submetida ao parcelamento da adubação nitrogenada em cobertura, em um latossolo vermelho-amarelo Ciência e Agrotecnologia
Barcelos,Daniel Martins; Garcia,Anice; Maciel Junior,Vinicius Antonio.
O presente experimento foi instalado no Sítio Bela Vista, no município de São José da Bela Vista-SP, com o objetivo de verificar o efeito do parcelamento da cobertura com nitrogênio em características agronômicas da cultura da batata, cultivar Monalisa. A cultura foi adubada com 80 kg.ha-1 de N (sulfato de amônio) e demais nutrientes no momento do plantio. Foram estudados três tratamentos: tratamento 1 (T1), foi caracterizado pela aplicação em cobertura de 80 kg.ha-1 de N, durante a amontoa; T2 caracterizou-se pela aplicação de 40 kg.ha-1 de N na emergência das plantas e 40 kg.ha-1 de N durante a amontoa e T3 pela aplicação de 40 kg.ha-1 de N durante a amontoa e 40 kg.ha-1 de N 15 após a amontoa. Os resultados mostraram os índices fisiológicos avaliados:...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Análise de crescimento; Batata; Parcelamento; Nitrogênio.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000100003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise de crescimento de Brachiaria brizantha submetida a doses reduzidas de fluazifop-p-butil Planta Daninha
Silva,A.C.; Ferreira,L.R.; Silva,A.A.; Ferreira,F.A..
Objetivou-se neste trabalho avaliar o crescimento de Brachiaria brizantha cv. MG5 submetida a doses reduzidas de fluazifop-p-butil, visando a viabilização do consórcio desta espécie com a soja. Os efeitos de três doses do herbicida (0, 18,75 e 37,50 g ha-1) sobre o crescimento de B. brizantha foram avaliados em oito épocas (14, 18, 28, 35, 42, 49, 56 e 70 dias após a emergência - DAE). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. Em cada época de avaliação fez-se a coleta das plantas e a determinação da área foliar e da biomassa seca de folhas, colmos e raízes. Com base nesses dados, foram determinadas a taxa de crescimento absoluto e relativo, a taxa de assimilação líquida, a razão de área foliar, a área...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Análise de crescimento; Braquiária; Herbicida; ACCase; Integração agricultura-pecuária.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582005000100011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Área foliar de duas trepadeiras infestantes de cana-de-açúcar utilizando dimensões lineares de folhas Planta Daninha
Cardozo,N.P.; Parreira,M.C.; Alves,P.L.C.A.; Bianco,S..
Esta pesquisa teve como objetivo obter uma equação, por meio de medidas lineares dimensionais das folhas, que permitisse a estimativa da área foliar de Momordica charantia e Pyrostegia venusta. Entre maio e dezembro de 2007, foram estudadas as correlações entre a área folia real (Sf) e as medidas dimensionais do limbo foliar, como o comprimento ao longo da nervura principal (C) e a largura máxima (L) perpendicular à nervura principal. Todas as equações, exponenciais geométricas ou lineares simples, permitiram boas estimativas da área foliar. Do ponto de vista prático, sugere-se optar pela equação linear simples envolvendo o produto C x L, considerando-se o coeficiente linear igual a zero. Desse modo, a estimativa da área foliar de Momordica charantia pode...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas daninhas; Análise de crescimento; Estimativa.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582009000400006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação do crescimento de plantas de milho em função de doses de potássio e estresse hídrico Rev. Bras. Ciênc. Solo
Vilela,E. F.; Büll,L. T..
Este trabalho teve por objetivo estudar o efeito de variações nas doses de potássio e nos níveis de estresse hídrico sobre o ajustamento osmótico e crescimento de plantas de milho (Zea mays L.). Para tanto, instalou-se um experimento em vasos que continham 40 dm³ de Terra Roxa Estruturada Latossólica textura média argilosa, em casa de vegetação telada do Departamento de Ciência do Solo, Campus de Botucatu, UNESP/SP, de dezembro de 1994 a fevereiro de 1995. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso em esquema fatorial (2 x 3 x 3). Os tratamentos consistiram da aplicação de duas doses (35 e 130 mg dm-3) de potássio na forma de KCl e três condições de estresse hídrico, sendo plantas sem estresse (S0) e plantas que sofreram estresse...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ajustamento osmótico; Análise de crescimento; Matéria seca; Índices fisiológicos.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06831999000200012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação do crescimento de plantas de morangueiro, durante a aclimatização ex vitro Horticultura Brasileira
Calvete,Eunice Oliveira; Kämpf,Atelene Normann; Bergamaschi,Homero; Daudt,Rafael Henrique Schüür.
A fim de otimizar a micropropagação de morangueiro cv Campinas, reduzindo as perdas durante a aclimatização, foi realizado este trabalho na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O objetivo foi correlacionar a presença de sacarose no tecido vegetal com a produção de biomassa, na aclimatização. As plântulas desenvolvidas in vitro, após permanecerem três semanas na etapa de enraizamento, em quatro concentrações de sacarose (15, 30, 45 e 60 g L-1), foram transplantadas para bandejas de isopor de 72 células. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com cinco repetições. Cada parcela constituiu-se de 36 mudas, totalizando 720 plantas. Foram avaliadas as taxas de sobreviventes (%) e de crescimento (mg semana-1), área foliar (cm²),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fragaria X ananassa Duch.; Análise de crescimento; Biomassa; Sacarose.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-05362000000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliações fisiológicas e bioquímicas de plantas de aguapé (Eichhornia crassipes) cultivadas com níveis excessivos de nutrientes Planta Daninha
Alves,E.; Cardoso,L.R.; Savroni,J.; Ferreira,L.C.; Boaro,C.S.F.; Cataneo,A.C..
Plantas de aguapé foram cultivadas em solução nutritiva de Hoagland & Arnon n.2, cujo aumento dos níveis de N, P e Cu estabeleceu as diferenças entre os tratamentos. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições. As variáveis fisiológicas avaliadas foram área foliar, peso de matéria seca e taxa de crescimento absoluto, taxa de crescimento relativo, taxa assimilatória líquida, razão de área foliar, peso específico de folha, área foliar específica. Foram determinados também os teores de açúcares totais e redutores e de aminoácidos totais e a atividade das enzimas glutationa S-transferase e superóxido dismutase. Os extratos enzimáticos foram obtidos da matéria fresca da parte aérea das plantas. Após a coleta,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Metal pesado; Superóxido dismutase; Glutationa S-transferase; Análise de crescimento.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582003000400005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia e manejo do Cardiospermum halicacabum Planta Daninha
Brighenti,A.M.; Voll,E.; Gazziero,D.L.P..
Estudos de biologia e manejo do balãozinho (Cardiospermum halicacabum) foram realizados na Embrapa Soja, Londrina-PR, através da condução de quatro experimentos em condições de campo e de casa de vegetação. O primeiro experimento teve o objetivo de avaliar o crescimento, o desenvolvimento e as exigências nutricionais das plantas de balãozinho. O segundo experimento foi conduzido em condições de campo, onde as sementes do balãozinho foram dispostas em várias profundidades, com o intuito de avaliar a capacidade de emergência das plantas. Dois outros experimentos foram conduzidos em casa de vegetação, a fim de avaliar a eficácia de herbicidas no controle dessa espécie. As maiores quantidades de matéria seca estão alocadas nos ramos, seguidos das folhas e das...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Balãozinho; Plantas daninhas; Análise de crescimento; Emergência; Controle químico.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582003000200008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características morfofisiológicas e produtividade da palma forrageira em diferentes lâminas de irrigação AGRIAMBI
Queiroz,Maria G. de; Silva,Thieres G. F. da; Zolnier,Sérgio; Silva,Servulo M. S. e; Lima,Lucivânia R.; Alves,Jandelson de O..
RESUMOMuitas são as suposições quanto à baixa exigência de água da palma mas tais informações dependem de estudos de análise do desempenho da cultura a diferentes condições hídricas. Assim, objetivou-se verificar o efeito de diferentes lâminas de irrigação sobre a morfofisiologia e desempenho produtivo da palma forrageira cultivada em ambiente Semiárido. O experimento foi conduzido no segundo ano produtivo da cultura, em Serra Talhada, PE. As lâminas de água aplicadas totalizaram, ao final do ciclo, 976, 1048, 1096, 1152 e 1421 mm. Na ocasião da colheita foram feitas medidas biométricas e de biomassa das plantas e em seguida obtidos índices de resposta hídrica, morfológicos, morfofisiológicos e feita análise de produtividade. Verificou-se que as lâminas de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Análise de crescimento; Opuntia stricta; Semiárido.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662015001000931
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização morfofisiológica de clones precoces e tardiosde batata visando à adaptação a condições tropicais Bragantia
Silva,Felipe Lopes da; Pinto,César Augusto Brasil Pereira; Alves,José Donizeti; Benites,Flávio Rodrigo Gandolfi; Andrade,Cristiana Moura; Rodrigues,Gabriel Belfort; Lepre,André Luiz; Bhering,Leonardo Lopes.
Os objetivos do trabalho foram avaliar os processos de crescimento, de tuberização e de partição de matéria seca em tubérculos de clones de batata precoces e tardios ao longo do ciclo vegetativo. Avaliou-se, ainda, a viabilidade do uso desses caracteres morfofisiológicos para a seleção de clones mais adaptados às condições tropicais. O trabalho foi desenvolvido em Lavras (MG), na safra das águas (agosto a dezembro de 2005). Os clones tardios foram mais produtivos que os precoces, devido ao crescimento mais vigoroso, à maior longevidade da área foliar fotossinteticamente ativa, à maior taxa de tuberização e ao período mais longo para enchimento de tubérculos. Os teores de clorofila a, b e total, a área foliar, a duração da área foliar, a taxa de crescimento...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Solanum tuberosum; Análise de crescimento; Partição de matéria seca; Stay-green.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052009000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comparação de métodos de laboratório e de campo para a estimativa da área foliar em fruteiras silvestres Scientia Agricola
Mielke,M.S.; Hoffmann,A.; Endres,L.; Fachinello,J.C..
Foi realizado um trabalho com o objetivo de estudar diferentes métodos de laboratório e de campo para a estimativa da área foliar de fruteiras silvestres, pertencentes à família Myrtaceae, a saber: uvalheira (Eugenia uvalha Camb.), aracazeiro (Psidium cattleyanum Sabine), goiabeira serrana (Feijoa sellowiana Berg.) e pitangueira (Eugenia uniflora DC). Entre os métodos de laboratório, também utilizados como "padrão", bons resultados foram obtidos utilizando-se um medidor automático de área foliar, planímetro ou através do método gravimétrico (fotocópia ou papel filtro). Dentre os métodos de campo, os melhores resultados foram obtidos por regressão linear. As estimativas das áreas foliares (y) para as quatro espécies estudadas podem ser tomadas a partir das...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Análise de crescimento; Eugenia uvalha; Psidium cattleyanum; Feijoa sellowiana; Eugenia uniflora.
Ano: 1995 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161995000100015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento, acúmulo e distribuição de matéria seca em cultivares de batata na safra de inverno PAB
Fernandes,Adalton Mazetti; Soratto,Rogério Peres; Silva,Beatrice Luciana; Souza-Schlick,Genivaldo David de.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento, o acúmulo e a distribuição de matéria seca (MS) nas cultivares de batata (Solanum tuberosum) Ágata, Asterix, Atlantic, Markies e Mondial, durante a safra de inverno. O experimento foi conduzido de junho a outubro de 2008, no munícipio de Itaí, SP. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, com quatro repetições. As parcelas foram constituídas pelas cultivares, e as subparcelas por épocas de coletas de plantas para avaliação: no plantio e a cada sete dias após a emergência. Todas as cultivares têm crescimento lento até o início da fase de enchimento de tubérculos. Porém, as cultivares Asterix, Atlantic e Markies são mais precoces do que a Mondial no...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Solanum tuberosum; Análise de crescimento; Partição de matéria seca; Taxa de crescimento.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2010000800008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de Ischaemum rugosum sob três níveis de sombreamento Planta Daninha
Silva,Maria R. M.; Marenco,Ricardo A..
O capim-macho (Ischaemum rugosum Salisb.) é uma das invasoras mais importantes na cultura do arroz no Estado do Maranhão. O objetivo deste trabalho foi estudar em casa de vegetação, o crescimento de Ischaemum rugosum sob três níveis de sombreamento (70, 60 e 10%). As plantas foram coletadas aos 7, 14, 35, 42, 56, 70, 91, 112 e 133 dias após emergência (DAE). Em cada coleta, determinou-se a área foliar (Af) e matéria seca das folhas, colmos e raízes. O acúmulo de matéria seca das folhas, colmos e raízes foram menores nas plantas cultivadas sob o maior nível de sombreamento. A biomassa das raízes aumentou com a diminuição do nível de sombreamento. Tanto a área foliar como a taxa de crescimento relativo (Rw) foram maiores nas plantas cultivadas sob alto...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Análise de crescimento; Plantas invasoras; Estado do Maranhão; Arroz.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582000000200001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de pimentão em diferentes arranjos espaciais PAB
Silva,Paulo Igor Barbosa e; Negreiros,Maria Zuleide de; Moura,Karidja Kalliany Carlos de Freitas; Freitas,Francisco Cláudio Lopes de; Nunes,Glauber Henrique de Sousa; Silva,Paulo Sérgio Lima e; Grangeiro,Leilson Costa.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento do pimentão cv. Atlantis sob diferentes arranjos espaciais. Foram avaliados três arranjos de espaçamentos entre fileiras duplas e fileiras simples de plantio (1,5x0,5, 1,6x0,4 e 1,7x0,3 m), e quatro espaçamentos entre plantas nas fileiras (0,2, 0,3, 0,4 e 0,5 m), combinados em esquema fatorial. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, com três repetições e parcelas subdivididas no tempo. A avaliação de crescimento foi realizada em nove épocas espaçadas em 14 dias, com a primeira avaliação realizada 14 dias após o transplantio (DAT). Até os 126 DAT, foram avaliados: área foliar (AF); índice de área foliar (IAF); massas secas de folhas (MSF), do caule (MSC), de frutos (MSFr) e do total da parte aérea...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Capsicum annuum; Acúmulo de massa seca; Análise de crescimento; Densidade de plantio.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2010000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de Siegesbeckia orientalis sob diferentes condições de luminosidade Planta Daninha
Aguilera,D.B.; Ferreira,F.A.; Cecon,P.R..
Neste estudo, objetivou-se contrastar os efeitos de sombreamento sobre o crescimento de S. orientalis, utilizando a análise de crescimento. Os experimentos foram conduzidos em vasos, a pleno sol (A) e sob sombrite 50% (B). As plantas tiveram seus índices de crescimento determinados aos 14, 28, 42, 56, 80, 94 e 108 dias após o transplante (DAT), para A; e aos 14, 28, 42, 56, 70, 84, 108, 122 e 136 DAT, para B. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os dados foram analisados por meio de análise de regressão. Os modelos foram escolhidos com base na significância dos coeficientes de regressão, utilizando-se o teste t até 10%, no coeficiente de determinação e no fenômeno em estudo. As plantas apresentaram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Análise de crescimento; Sombreamento; Botão-de-ouro.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582004000100006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento e acúmulo de macronutrientes em chicória coberta e não coberta com polipropileno Horticultura Brasileira
Feltrim,Anderson Luiz; Cecílio Filho,Arthur B; Rezende,Bráulio Luciano A; Barbosa,José Carlos.
O experimento foi realizado com o objetivo de comparar o crescimento e acúmulo de macronutrientes pela chicória coberta e não coberta com tecido de polipropileno (TP), branco de 20 g m-2. O delineamento experimental adotado foi de blocos ao acaso em parcelas subdivididas, com 4 repetições. Na parcela, os quatro tratamentos constituíram-se de duas cultivares de chicória crespa (Chicória Crespa e AF-218) em dois sistemas de cultivo (com e sem tecido de polipropileno) e nas subparcelas as épocas de avaliação da chicória, correspondentes às idades da planta (7; 14; 21; 28; 35 e 42 dias após o transplante). A semeadura foi realizada em 02/06/03 e o transplante em 27/06/03. Foi avaliada semanalmente a altura da parte aérea, número de folhas, diâmetro das...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cichorium endivia; Análise de crescimento; Agrotêxtil.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-05362008000100010
Registros recuperados: 55
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional