Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 64
Primeira ... 1234 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ácido abscísico e Etefom: influência sobre a maturação e qualidade das uvas Cabernet Sauvignon Rev. Bras. Frutic.
Gardin,João Peterson Pereira; Schumacher,Rafael Lizandro; Bettoni,Jean Carlos; Petri,José Luiz; Souza,Edson Luiz de.
Neste estudo, objetivou-se determinar os efeitos da aplicação exógena de ABA e ETEFOM sobre a maturação e a qualidade de uvas Cabernet Sauvignon. O presente trabalho foi realizado em um vinhedo, localizado na Estação Experimental da Epagri de Videira - SC, durante a safra de 2009/2010. Foram utilizadas as doses de 0; 20 e 40g i.a. 100L-1 de ácido abscísico (ABA) e 0; 136,8 e 273,6g i.a. 100L-1 de ETEFOM, configurando um experimento fatorial 3x3. Os tratamentos foram aplicados no início da mudança de cor das bagas "veraison". As variáveis analisadas nas uvas foram teor de antocianinas, polifenóis totais, índice CIRG (índice de cor para uvas tintas), atividade antioxidante, sólidos solúveis totais (ºBrix) e acidez total titulável. Os resultados indicam...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vitis vinifera L.; Reguladores de crescimento; Coloração das bagas; Antocianinas; Polifenóis totais.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452012000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Algunos aspectos genéticos y bioquímicos de las atocianinas en poblaciones criollas de maíz de granos pigmentados Colegio de Postgraduados
Espinosa Trujillo, Edgar.
La variabilidad del color de grano en 114 poblaciones criollas de maíz se clasificó en seis grupos, en el ciclo agrícola PV-2003. Se seleccionaron seis poblaciones, una del blanco, una del amarillo, una del rojo (rojo-2), dos del azul (azul-1 y azul-2) y una del púrpura (rojo-1), para establecer un sistema de cruzas dialélicas en el ciclo agrícola PV-2004. En la F1 semilla de las cruzas hubo diferencias entre progenitores, en la cantidad de antocianinas y su distribución en el pericarpio y en la capa de aleurona. Los efectos aditivos (ACG) y maternos (EM) fueron sobresalientes para el grosor del pericarpio y de la aleurona, para la concentración de antocianinas en las mismas estructuras y para su concentración por unidad de peso de grano (CAkg)....
Palavras-chave: Antocianinas; Pigmentos; Aptitud combinatoria; Maíz criollo; Heterosis anthocyanins; Natural pigments; Combining ability; Native maize; Populations; Heterosis.
Ano: 2012 URL: http://hdl.handle.net/10521/880
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Algunos aspectos genéticos y bioquímicos de las atocianinas en poblaciones criollas de maíz de granos pigmentados Colegio de Postgraduados
Espinosa Trujillo, Edgar.
La variabilidad del color de grano en 114 poblaciones criollas de maíz se clasificó en seis grupos, en el ciclo agrícola PV-2003. Se seleccionaron seis poblaciones, una del blanco, una del amarillo, una del rojo (rojo-2), dos del azul (azul-1 y azul-2) y una del púrpura (rojo-1), para establecer un sistema de cruzas dialélicas en el ciclo agrícola PV-2004. En la F1 semilla de las cruzas hubo diferencias entre progenitores, en la cantidad de antocianinas y su distribución en el pericarpio y en la capa de aleurona. Los efectos aditivos (ACG) y maternos (EM) fueron sobresalientes para el grosor del pericarpio y de la aleurona, para la concentración de antocianinas en las mismas estructuras y para su concentración por unidad de peso de grano (CAkg)....
Palavras-chave: Antocianinas; Pigmentos; Aptitud combinatoria; Maíz criollo; Heterosis anthocyanins; Natural pigments; Combining ability; Native maize; Populations; Heterosis.
Ano: 2012 URL: http://hdl.handle.net/10521/788
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Algunos aspectos genéticos y bioquímicos de las atocianinas en poblaciones criollas de maíz de granos pigmentados Colegio de Postgraduados
Espinosa Trujillo, Edgar.
La variabilidad del color de grano en 114 poblaciones criollas de maíz se clasificó en seis grupos, en el ciclo agrícola PV-2003. Se seleccionaron seis poblaciones, una del blanco, una del amarillo, una del rojo (rojo-2), dos del azul (azul-1 y azul-2) y una del púrpura (rojo-1), para establecer un sistema de cruzas dialélicas en el ciclo agrícola PV-2004. En la F1 semilla de las cruzas hubo diferencias entre progenitores, en la cantidad de antocianinas y su distribución en el pericarpio y en la capa de aleurona. Los efectos aditivos (ACG) y maternos (EM) fueron sobresalientes para el grosor del pericarpio y de la aleurona, para la concentración de antocianinas en las mismas estructuras y para su concentración por unidad de peso de grano (CAkg). Por sus...
Tipo: Tesis Palavras-chave: Antocianinas; Pigmentos; Aptitud combinatoria; Maíz criollo; Heterosis; Anthocyanins; Natural pigments; Combining ability; Native maize; Populations; Heterosis.
Ano: 2008 URL: http://hdl.handle.net/10521/1171
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise de trilha em caracteres de frutos de jabuticabeira PAB
Salla,Vanessa Padilha; Danner,Moeses Andrigo; Citadin,Idemir; Sasso,Simone Aparecida Zolet; Donazzolo,Joel; Gil,Bruna Valéria.
O objetivo deste trabalho foi identificar os efeitos diretos e indiretos de caracteres dos frutos de jabuticabeira (Plinia cauliflora) sobre o rendimento de polpa e o teor de antocianinas na casca. Foram coletados frutos de 36 jabuticabeiras, em cinco locais de ocorrência, na região Sudoeste do Paraná. Diferentes estratégias de análise de trilha foram utilizadas na avaliação dos seguintes caracteres dos frutos: peso e diâmetro; rendimento de polpa; percentual de sementes e casca; teores de sólidos solúveis totais, acidez titulável, antocianinas e flavonoides; e número de sementes por fruto. A estratégia de análise de trilha com regressão em crista teve melhor desempenho que a de análise com exclusão de caracteres, principalmente sob presença de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plinia cauliflora; Antocianinas; Multicolinearidade; Regressão em crista; Rendimento de polpa; Seleção indireta..
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2015000300218
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise e identificação das antocianins do mirtilo da Madeira (Vaccinium padifolium) e do mirtilo dos Açores (Vaccinium cillyndraceum) IPB - Escola Superior Agrária
Cabrita, Luís; Neves, Higuinaldo Chaves das.
Analisaram-se as antocianinas dos mirtilos da Madeira e dos Açores. Os pigmentos foram isolados por cromatografia líquida preparativa bi-dimensional (exclusão molecular vs fase reversa), e identificados por RMN (1H, CAPT, COSY, HSQC, HMBC). Em V. padifolium isolou-se e identificou-se a malvidina 3-rhamnósido, um pigmento muito raro, elevando para 26 o total de antocianinas já descritas nesta espécie (3 tri-glicósidos, 6 di-glicósidos e 17 monoglicósidos, das quais 5 são pigmentos novos. Há ainda alguns pigmentos que não puderam ser identiifcados, ou porque foram isolados em baixíssimas quantidades, ou porque se degradaram. Com base em dados cromatográficos e espectroscópicos, conclui-se que os frutos de V. cillyndraceum apresentam as mesmas antocianinas...
Tipo: ConferenceObject Palavras-chave: Antocianinas; HPLC; Mirtilo; Vaccinium padifolium; Vaccinium cillyndraceum; Ericaceae.
Ano: 2003 URL: http://hdl.handle.net/10198/3212
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ANÁLISE SENSORIAL DO SUCO INTEGRAL DE UVA ‘ISABEL’ SUBMETIDA À APLICAÇÃO DE ÁCIDO ABSCÍSICO Rev. Bras. Frutic.
KOYAMA,RENATA; ASSIS,ADRIANE MARINHO DE; YAMAMOTO,LILIAN YUKARI; PRUDENCIO,SANDRA HELENA; ROBERTO,SERGIO RUFFO.
RESUMO O suco de uva ‘Isabel’ apresenta deficiência de cor e uma alternativa é o uso de ácido abscísico para aumentar a coloração. O objetivo deste trabalho foi avaliar a aceitação do suco integral de uva ‘Isabel’ tratada com ácido abscísico (S-ABA) em diferentes concentrações e épocas, por meio da análise sensorial, obtido em duas safras consecutivas (2011 e 2012). O delineamento experimental utilizado foi em blocos completos casualizados, com quatro repetições e cinco tratamentos: Testemunha; S-ABA 200 mg L-1aplicado sete dias após o início da maturação (DAIM); S-ABA 400 mg L-1 aplicado aos sete DAIM; S-ABA 200 mg L-1 aplicado aos sete DAIM + 200 mg L-1 aplicado aos 15 dias após a primeira aplicação (DAPA); e S-ABA 400 mg L-1 aplicado aos sete DAIM +...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vitis labrusca; Coloração do suco; Teste de aceitação; Antocianinas.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000400893
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Antocianinas y actividad antioxidante en maíces (Zea mays L.) de las razas chalqueño, elotes cónicos y bolita Agrociencia
Salinas-Moreno,Yolanda; Pérez-Alonso,José J.; Vázquez-Carrillo,Gricelda; Aragón-Cuevas,Flavio; Velázquez-Cardelas,Gustavo A..
En México los maíces (Zea mays L.) de grano azul se destinan preferentemente a la elaboración de diversos alimentos dentro de los cuales la tortilla es el más común. La variabilidad en el contenido de antocianinas, que son los pigmentos responsables de la coloración, entre los maíces destinados para este fin, se conoce poco. Por tanto, se analizaron 18 muestras de grano de maíz azul/morado (Zea mays L.) de las razas Chalqueño (CHAL), Elotes Cónicos (EC) y Bolita (BOL) para determinar su contenido de antocianinas (AT), fenoles solubles totales (FST) y actividad antioxidante (AA), así como su color y tamaño de grano. También se determinó el perfil cromatográfico de sus antocianinas y agliconas. El diseño experimental fue un completamente al azar. Los...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Zea mays; Antocianinas; Flavonoides; Color; Razas.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1405-31952012000700005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atmosfera modificada e refrigeração para conservação pós-colheita de camu-camu Ciência Rural
Oliveirai,Jacqueline de; Silva,Igor Galvão; Silva,Paula Porrelli Moreira da; Spoto,Marta Helena Fillet.
O presente trabalho tem por objetivo avaliar a conservação pós-colheita de camu-camu, utilizando a refrigeração e a atmosfera modificada propiciada pelos filmes de policloreto de vinila (PVC) e polipropileno biaxialmente orientado de 50µm espessura (BOPP50) e assim avaliar a durabilidade em relação ao controle (sem embalagem). Os frutos foram mantidos a 5±1°C e 90±2% de umidade relativa, durante 25 dias e avaliados a cada quatro dias de armazenamento quanto à firmeza, pH, sólidos solúveis, acidez titulável, ácido ascórbico, antocianinas, perda de massa e concentração de CO2 da atmosfera no interior da embalagem. O filme de BOPP50 mostrou não ser a melhor alternativa para a conservação de camu-camu, pois a sua baixa permeabilidade aos gases ocasionou o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácido ascórbico; Antocianinas; Atmosfera modificada; Myrciaria dubia; Pós-colheita.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782014000600028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação do teor de antocianinas em polpa de acerola congelada proveniente de frutos de 12 diferentes aceroleiras (Malpighia emarginata D.C.) Ciênc. Tecnol. Aliment.
Lima,Vera Lúcia Arroxelas G. de; Mélo,Enayde de A.; Maciel,Maria Inês S.; Lima,Daisyvângela E. da Silva.
A ampla variabilidade genética nos pomares de aceroleiras brasileiros tem gerado frutos de coloração amarela a vermelha púrpura dificultando a obtenção de produtos de coloração avermelhada, cor esperada pelos consumidores. As antocianinas são pigmentos instáveis, responsáveis pela cor vermelha deste fruto maduro. Com o objetivo de determinar o teor destes pigmentos em polpa de acerola submetida ao congelamento foi instalado um experimento inteiramente casualisado. As polpas obtidas de frutos de 12 acessos (plantas) do Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) foram armazenadas a -18ºC, por um período de 06 meses. Unidades amostrais de 30g foram coletadas ao acaso, no período inicial e final do experimento, e submetidas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Acerola; Antocianinas; Congelamento.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612003000100021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação dos efeitos da radiação gama na conservação da qualidade da polpa de amora-preta (Rubus spp. L.) Rev. Bras. Frutic.
Silva,Michele Paula da; Gomes,Flavia dos Santos; Freire Junior,Murillo; Cabral,Lourdes Maria Corrêa.
A amora-preta é uma fruta que vem despertando a atenção de produtores e consumidores devido ao seu sabor agradável, cor atrativa e por apresentar em sua composição elevado teor de compostos bioativos. O grande entrave para consumo e a comercialização dos frutos da amoreira é sua elevada taxa respiratória, o que reduz sua vida útil. Uma alternativa viável para o aproveitamento econômico dessas frutas consiste em sua industrialização, podendo ser congeladas, enlatadas, processadas na forma de polpa, ou na forma de sucos e geleias. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da radiação gama na conservação da polpa de amora. A irradiação foi realizada no laboratório de irradiação gama do Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN), em uma...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Antocianinas; Atividade antioxidante; Rubus spp.; Vida útil de prateleira; Radiação gama.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452014000300013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características físicas e físico-química da casca de mangostão em três períodos da safra Rev. Bras. Frutic.
Chisté,Renan Campos; Faria,Lênio José Guerreiro de; Lopes,Alessandra Santos; Mattietto,Rafaella de Andrade.
Avaliaram-se as características físicas do fruto e físico-químicas da casca do mangostão colhido em diferentes períodos da safra (início, meio e fim). As características físicas dos frutos variam significativamente (p<0,05) do início ao fim da safra, e observou-se que a média de peso dos frutos variou de 91,33 a 50,82 gramas, e a casca representa, em média, de 61,39 a 76,86% do peso total do fruto. A caracterização físico-química mostrou que a casca possui elevado teor de umidade (64,5 a 66%), fibras totais (24,9 a 29,1%), alta atividade de água (0,96 - 0,98), baixo valor energético (24,8 a 34,7 Kcal/100 g) e expressivo teor de antocianinas totais (25,9 a 63,9 mg/100 g), principalmente no período intermediário da safra.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Clusiaceae; Composição; Antocianinas; Garcinia mangostana L.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452009000200015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização do suco de amora-preta elaborado em extrator caseiro Ciênc. Tecnol. Aliment.
Mota,Renata Vieira da.
O trabalho objetivou avaliar a composição físico-química, aceitabilidade e efeito do armazenamento na qualidade do suco de amora-preta elaborado em um extrator caseiro. Os frutos foram avaliados quanto à composição físico-química e separados de acordo com o teor de antocianinas em três grupos: acima de 160 mg/100 g (Guarani), de 120-160 mg/100 g (Caingangue e Comanche) e abaixo de 120 mg/100 g (Tupy, Seleção 97 e Cherokee). Os sucos foram pasteurizados e analisados quanto aos teores de pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, carboidratos solúveis, extrato seco e antocianinas. A extração por 2 h apresentou rendimento de 84%. As antocianinas foram os compostos que sofreram alteração mais significativa na elaboração do suco, com redução média de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; Qualidade; Antocianinas; Armazenamento; Aceitabilidade.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612006000200012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização física e química de geléia de amora-preta Ciênc. Tecnol. Aliment.
Mota,Renata Vieira da.
A amora-preta é um fruto de alta perecibilidade e por isso seu aproveitamento é preferencialmente industrial. Entretanto, há pouca informação na literatura a respeito do efeito do processamento e do armazenamento na composição química de produtos elaborados a partir destes frutos. Neste trabalho, foram preparadas geléias a partir de sete cultivares de amoreira-preta introduzidas em Minas Gerais, pela EPAMIG. As geléias foram avaliadas após o processamento e armazenamento por 40 e 90 dias à temperatura ambiente quanto ao pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, umidade, carboidratos solúveis e antocianinas totais. O aquecimento da polpa na elaboração da geléia resultou em uma redução de 8,8% no teor inicial de antocianinas totais. O...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; Cultivares; Geléia; Armazenamento; Composição; Antocianinas.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612006000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização físico-química da polpa de bacabi (Oenocarpus mapora H. Karsten). Infoteca-e
DOMINGUES, A. F. N.; CARVALHO, A. V.; BARROS, C. R..
O objetivo deste trabalho foi avaliar a composição físico-química da polpa de bacabi (Oenocarpus mapora H. Karsten), uma palmeira perene, ainda pouco ou nada explorada, que produz cachos com frutos de excelente qualidade nutricional e semelhantes em tamanho e coloração aos frutos do açaizeiro, palmeira pertencente ao gênero Euterpe. Foram realizadas as análises de pH, acidez titulável, sólidos solúveis, umidade, cinzas, fibras, proteínas, lipídeos e antocianinas totais na polpa de bacabi. Observou-se que os principais constituintes da polpa são os lipídeos, com teor médio de 58,24%, seguido pelas fibras, 16,61%, e proteínas, 6,64%. Para as antocianinas, observou-se um teor de 40,31 mg/100 g. Os lipídeos correspondem a 85,10% das calorias contidas na polpa,...
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Bacabi; Palmeira; Caracterização física; Caracterização química; Antocianinas; Composição centesimal.; Polpa..
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/978374
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização físico-química de frutos de genótipos de aceroleira (Malpighia emarginata D.C.) Ciênc. Tecnol. Aliment.
Maciel,Maria Inês Sucupira; Mélo,Enayde; Lima,Vera; Souza,Kelvina Araújo; Silva,Wedja.
No Brasil, a aceroleira, decorrente principalmente da propagação por sementes, tem dado origem a plantios comerciais cujos frutos apresentam parâmetros de qualidade diferenciados. Características físico-químicas de frutos de 18 genótipos de aceroleira (Malpighia emarginata DC.) do Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE foram avaliados. O rendimento em polpa variou de 41,06% (PL 40) a 72,54% (PL 43) e, com exceção do genótipo PL 37, os demais apresentaram frutos com teores de ácido ascórbico superiores a 1000 mg.100 g-1. O genótipo PL 39 destacou-se por apresentar o maior teor de ácido ascórbico (1667 mg.100 g-1), SST e flavonóis (15,04 mg.100 g-1), além de elevado teor de antocianinas, sendo, portanto, o mais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Acerola; Ácido ascórbico; Rendimento; Antocianinas; Flavonóis.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612010000400005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização físico-química do suco de açaí de Euterpe precatoria Mart. oriundo de diferentes ecossistemas amazônicos Acta Amazonica
Yuyama,Lucia Kiyoko Ozaki; Aguiar,Jaime Paiva Lopes; Silva Filho,Danilo Fernandes; Yuyama,Kaoru; Jesus Varejão,Maria de; Fávaro,Déborah Inês Teixeira; Vasconcellos,Marina Beatriz Agostini; Pimentel,Sabria Aued; Caruso,Miriam Solange Fernandes.
Os frutos do açaizeiro (Euterpe precatoria Mart.) procedentes de diferentes ecossistemas amazônicos foram processados para a obtenção de suco. O produto foi avaliado quanto à composição centesimal (umidade, cinzas, lipídeos, proteína, glicídios e fibra alimentar), minerais, ácidos graxos e antocianinas. Os frutos foram comparados quanto ao peso, constatando-se uma variação significativa de 1,1 a 2,0 g entre eles. Com relação ao suco, verificou-se baixa concentração de proteína e alto teor de energia devido, principalmente, à presença de lipídeos cuja concentração variou de 4,24 a 9,74%. Dentre os minerais, o potássio foi o mais abundante com teores na faixa de 73,78 a 376,69 mg 100 g-¹ (do suco), seguido do cálcio (15,99 a 57,85 mg 100g-¹). O ferro foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Açaí (Euterpe precatoria Mart.); Composição centesimal; Minerais; Ácidos graxos; Antocianinas.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000400011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comparación entre el estado de maduración del fruto de café (Coffee arabica L.), el contenido de antocianinas y su capacidad antioxidante Plantas Medicinales
Puertas-Mejía,Miguel A; Rivera-Echeverry,Felix; Villegas-Guzmán,Paola; Rojano,Benjamín Alberto; Pelaez-Jaramillo,Carlos.
Introducción: la piel o pericarpio del café que define su estado de madurez y calidad, es prácticamente lignocelulosa y no tiene ningún valor comercial, no obstante podría considerarse como una fuente importante de compuestos antioxidantes, sobre todo de antocianinas. Objetivos: comparar el potencial antioxidante del pericarpio del fruto de café en diferentes estados de maduración con respecto al contenido de antocianinas. Métodos: la piel del fruto del café liofilizada en cinco estados de maduración se sometió a extracciones sólido-líquido con metanol acidulado; se determinó el contenido de antocianinas por el método diferencial de pH y el potencial antioxidante se evaluó sobre la base de los métodos de DPPH (catión radical a-a-difenil-ß-picrilhidrazilo),...
Tipo: Journal article Palavras-chave: Antioxidantes naturales; Antocianinas; Café; Coffee arabica L; Estados de maduración; Pericarpio.
Ano: 2012 URL: http://scielo.sld.cu/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1028-47962012000400007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição de bagas de 'Niágara Rosada' e 'Folha-de-Figo' relacionadas ao sistema de condução Rev. Bras. Frutic.
Mota,Renata Vieira da; Silva,Camila Pinheiro Carvalho; Carmo,Ezequiel Lopes do; Fonseca,Anderson Ridolfi; Favero,Ana Carolina; Purgatto,Eduardo; Shiga,Tânia Misuzu; Regina,Murillo de Albuquerque.
RESUMO Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência do sistema de condução na qualidade de bagas de uvas 'Niágara Rosada' e 'Folha-de-Figo' cultivadas em Caldas-MG. Foram avaliados a produção por planta, o diâmetro, a massa, o teor de potássio e a temperatura das bagas, pH, teor de sólidos solúveis, açúcares redutores, acidez total e ácidos orgânicos do mosto, compostos fenólicos nas cascas e sementes, e antocianinas. As plantas foram conduzidas em espaldeira, lira, latada ou cordão simples, e os frutos, avaliados nas safras de 2006 e 2007. As videiras de 'Niágara Rosada' cultivadas em latada e 'Folha-de-Figo' em lira apresentaram produção significativamente superior aos demais sistemas de condução. Em todos os casos, as bagas apresentaram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vitis labrusca; Compostos fenólicos; Açúcares; Antocianinas; Manejo; Qualidade.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452010000400021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição química, compostos bioativos e dissimilaridade genética entre cultivares de amoreira (Rubus spp.) cultivadas no Sul de Minas Gerais Rev. Bras. Frutic.
Guedes,Mayara Neves Santos; Maro,Luana Aparecida Castilho; Abreu,Celeste Maria Patto de; Pio,Rafael; Patto,Leonardo Silva.
Frutos das cultivares Arapaho, Brazos, Caingangue, Cherokee, Choctaw, Comanche, Ébano, Guarani, Tupy e Xavante, e uma espécie de amoreira-vermelha (Rubus rosifolius Smith) foram avaliados quanto à composição química. Avaliou-se também a variação genética entre as cultivares de amoreira-preta e a espécie de amoreira-vermelha. Os resultados demonstraram variações na composição química dos frutos estudados. A amora- vermelha apresentou menor teor de umidade e maiores valores para os componentes cinzas, açúcares totais, açúcares redutores, açúcares näo redutores, pectina total, pectina solúvel, fenóis, flavonoides, licopeno, β-caroteno e vitamina A. Os teores de umidade e antocianinas, a porcentagem de solubilização e a atividade antioxidante foram maiores nos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amora-preta; Amora-vermelha; Carotenoides; Pectina; Flavonoides; Antocianinas.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452014000100024
Registros recuperados: 64
Primeira ... 1234 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional