Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 25
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise evolutiva da morfologia e da irrigação do timo de javalis (Sus scrofa Linnaeus, 1758) Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Ribeiro,L.A.; Magalhães,H.I.R.; Menezes-Reis,L.T.; Santos,L.A.; Soares,N.P.; Silva,D.C.O.; Barros,R.A.C.; Silva,F.O.C..
RESUMO Objetivou-se descrever comparativamente as artérias responsáveis pela irrigação dos lobos tímicos cervicais e torácicos dos javalis, determinando-se também as características morfológicas do referido órgão nessa espécie, a ponto de correlacioná-las evolutivamente com os demais representantes da família Suidae. Os lobos tímicos cervicais direito e esquerdo receberam ramos distribuídos pelas artérias carótidas comuns direita e esquerda e cervicais superficiais direita e esquerda e, por vezes, pelas artérias torácica externa esquerda e subclávia esquerda. Essa característica vascular foi mantida ao longo da evolução, estando presente em linhagens e raças mais recentes de suídeos. A irrigação dos lobos tímicos torácicos direito e esquerdo foi realizada...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia comparativa; Evolução; Artérias; Artiodactyla; Suídeo.
Ano: 2019 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352019000401269
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Artérias destinadas ao útero e tuba uterina em gatas (Felis catus) Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
MIGLINO,Maria Angélica; SILVA,Rosana Marques; MACHADO,Marcia Rita Fernandes.
Trabalhamos com 36 gatas adultas, SRD, obtidas através de doações. Em 30 desses animais foram injetados em seus vasos arteriais látex Neoprene 650 corado, para o estudo sistemático da origem e distribuição das artérias destinadas ao útero e tuba uterina. Seis desses animais foram utilizados para injeção de Acetado de Vinil, Método de Diafanização de Spaltholz e Radiografia de Contraste, para ilustrar nosso trabalho. Observamos que os vasos que se destinam à tuba uterina e ao útero provêm das artérias ováricas, artérias uterinas e suas colaterais (artéria vesical caudal e ramo uretral). Em todas as observações (100%), a artéria ovárica tem sua origem na aorta e emite um ramo em 56,67% das observações para a tuba uterina, e, em 43,33% das vezes, para o corno...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Artérias; Útero; Ovidutos; Gatos.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962001000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Artérias e veias placentárias em ovinos deslanados sem raça definida (Ovis aries, L. 1758) Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
ALMEIDA,Janicleide Maria de; SANTOS,Rosilda Maria Barreto; MIGLINO,Maria Angélica; MORAIS-PINTO,Luciano de.
O suprimento sangüíneo da placenta de 30 ovelhas deslanadas sem raça definida foi estudado mediante análise de peças obtidas através de injeção vascular com Látex Neoprene 650 corado. Constataram-se no material casos de gestações únicas (53,3%), gemelares (46,7%) e trigemelares (3,3%). Em todos os casos analisados, observaram-se 4 vasos umbilicais (2 artérias e 2 veias) além do ducto alantóide, na constituição do funículo umbilical. Em apenas 1 caso (gestação trigemelar), as duas artérias umbilicais de um dos fetos fundiram-se na porção média do funículo umbilical, e neste caso integrava apenas uma veia umbilical. A área placentária hilar variava de 2,0 a 6,0 centímetros dependendo da fase de gestação. O número médio de placentônios por gestação foi igual...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Placenta; Ovinos; Artérias; Veias.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962000000300004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos morfológicos do funículo espermático de jumentos (Equus asinus -- Linnaeus, 1758) da raça Pêga Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
NORONHA,Patrícia Borelli; Pedutti NETO,José; BORELLI,Vicente.
Estudando aspectos morfológicos de 38 pares de funículos espermáticos de jumentos da raça Pêga, observamos histologicamente que seus componentes encontram-se envolvidos por delgada cápsula de tecido conjuntivo denso, revestido pelo mesotélio, sob a qual se encontra o músculo cremáster interno, apresentando camadas distintas ou septado por tecido conjuntivo denso. Cápsula funicular e tecido muscular formam inúmeras pregas e algumas expansões, por vezes acompanhadas pelo tecido conjuntivo frouxo intervascular. Envolvendo a artéria e as veias funiculares, identificamos tecido conjuntivo frouxo rico em fibras elásticas e reticulares, com arteríolas, vênulas, nervos e linfáticos. O segmento da artéria testicular estudado possui trajeto sinuoso, túnica interna...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Artérias; Jumento Pêga; Testículos; Veias.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962001000500002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características morfológicas da distribuição vascular cerebral de Sus scrofa Linnaeus (Mammalia, Artiodactyla) Zoologia
Câmara Filho,Jurandyr de A.; Scherer,Paulo O.; Scherer,Raphael R.; Menezes,Carlos M. C. de.
O objetivo do presente estudo foi verificar a vascularização arterial do encéfalo do javali, Sus scrofa Linnaeus, 1758, Suidae, e comparar com outras espécies. Cinco machos e cinco fêmeas foram injetados com látex colorido. O suprimento arterial do encéfalo foi descrito e análises morfológicas foram feitas. Nesta espécie o circuito arterial do encéfalo é formado por ramos da artéria carótida interna, como: as artérias comunicantes caudais, o ramo rostral, as artérias cerebrais rostrais, e artérias comunicantes rostrais.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Artérias; Artéria basilar; Artéria carótida interna; Circulo de Willis.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752004000400033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características morfológicas do funículo espermático do burro (Equus asinus x Equus caballus) Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
Estudando 15 pares de funículos espermáticos de burros (Equus asinus x Equus caballus), observamos em 5 pares que seus componentes acham-se envolvidos por delgada cápsula de tecido conjuntivo denso, revestido por mesotélio. Sob esta cápsula e em estreita relação com ela encontra-se espessa camada de musculatura lisa (músculo cremáster interno) que acompanha também o mesoducto deferente. A cápsula funicular e o músculo cremáster interno aparecem em alguns pontos levemente pregueados. Os componentes vásculo-nervosos estão envolvidos por tecido conjuntivo frouxo integrado predominantemente por fibras colágenas. A artéria testicular no funículo mostra trajeto sinuoso, túnica interna constituída por endotélio acompanhado de delicada camada de tecido conjuntivo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Morfologia; Artérias; Asno.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95961999000400003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Contribuição ao estudo da vascularização arterial do testículo de búfalos da raça Murrah Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
PASSIPIERI,Milton; BORELLI,Vicente; MIGLINO,Maria Angélica.
Estudamos o comportamento da artéria testicular, o número e a distribuição dos vasos penetrantes em 30 pares de testículos de búfalos da raça Murrah (Bubalus bubalis), com idade entre 8 meses e 5 anos, procedentes da região de Ilha Solteira, no Estado de São Paulo, mediante a análise de moldes obtidos pela injeção de vinil, na artéria testicular e em seguida corrosão do órgão em ácido sulfúrico a 30%. Encontramos mais freqüentemente (68,4%) a artéria testicular cedendo dois ramos, o cranial e o caudal, com participação equivalente de ambos os ramos na vascularização do órgão (35,0%), ou com predominância do ramo cranial (21,7%) ou do ramo caudal (11,7%). Em outros arranjos, a artéria testicular cede três ramos: o cranial, o médio e o caudal (20,0%) ou...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Testículos; Artérias; Búfalos.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95961998000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Descrição morfológica dos ramos colaterais viscerais da aorta abdominal do macaco-de-cheiro Ciência Rural
Silva,Maria Rogéria Menezes da; Lima,Ana Rita; Lacreta Junior,Antônio Carlos Cunha; Ishizaki,Mirian Naomi; Imbeloni,Aline Amaral; Muniz,José Augusto Pereira Carneiro; Branco,Érika Renata.
O Saimiri sciureus é um primata não humano existente na região amazônica e não consta na lista de animais em perigo de extinção, de acordo com o IBAMA. Neste trabalho, sistematizou-se os ramos colaterais viscerais da aorta abdominal de seis animais sendo três machos e três fêmeas, os quais tiveram o sistema circulatório preenchido com látex Neoprene, adicionado de contraste radiográfico. O resultado observado foi que a aorta abdominal emitiu ventralmente, como ramo colateral visceral, a artéria celíaca, que se trifurcou nas artérias gástrica esquerda, hepática e lienal. Os ramos da artéria celíaca promovem a irrigação do estômago, duodeno, fígado, pâncreas e baço. A seguir, a aorta abdominal emitiu a artéria mesentérica cranial, de calibre maior que a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Artérias; Primatas; Morfologia.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000100015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo comparativo sobre o suprimento arterial do estômago do queixada (Tayassu pecari) e do cateto (Tayassu tajacu) [Linnaeus, 1789] Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
CAVALCANTE FILHO,Miguel Ferreira; MIGLINO,Maria Angélica; MACHADO,Gilberto Valente; BEVILACQUA,Estela; NEVES,Willams Costa.
Para a realização deste estudo foram coletados os estômagos de 36 animais, 28 queixadas e 8 catetos. Através da porção torácica da aorta, a artéria celíaca recebeu injeção de neoprene-látex 650 corado com o objetivo de preencher ramificações arteriais deste vaso que se dirigiam aos compartimentos do estômago. Em seguida, as peças foram fixadas em solução aquosa a 10% para serem cuidadosamente dissecadas e analisadas. Os resultados mostraram que este órgão, em ambas as espécies, encontra-se suprido pela artéria celíaca em 100% das observações, sendo que nos queixadas, a trifurcação deste vaso, originando as artérias esplênica, gástrica esquerda e hepática, ocorreu com maior freqüência (71,41% ± 7,5), enquanto nos catetos o referido vaso originou...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estômago; Artérias; Tayassuídae.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95961998000100003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo da origem e distribuição das artérias do útero em fetos de búfala sem raça definida (Bubalus bubalis, Linnaeus, 1758) Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
SOUSA,Alana Lislea de; MARIANA,Arani Nanci Bomfim.
Neste trabalho é descrita a sistematização da origem e distribuição dos vasos sangüíneos que se dirigem à parede externa do útero de fetos da espécie bubalina, sem raça definida. Foram feitas também correlações entre o número de vasos e os valores métricos do útero e do feto.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia; Artérias; Útero; Feto; Búfalos.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95961998000500001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo morfológico do funículo espermático em ovinos da raça Corriedale (Ovis aries, L. 1758) Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
CARVALHAL,Roberto; BORELLI,Vicente; MIGLINO,Maria Angelica.
Estudamos em 40 ovinos adultos da raça Corriedale os aspectos histológicos do funículo espermático. Observamos que este se acha envolvido por uma cápsula de tecido conjuntivo fibroelástico denso, de espessura variável, pregueada em alguns pontos, e revestida por mesotélio que circunda todo o conjunto vásculo-nervoso, e projeta-se para formar o mesoducto deferente. Em posição subcapsular, verifica-se uma camada de tecido conjuntivo fibroelástico frouxo, de espessura variável, que circunda parcialmente o funículo espermático, isolando nas regiões deferencial e abdeferencial conjuntos vásculo-nervosos, responsáveis pela nutrição do epidídimo. Na região do mesoducto deferente, o tecido subcapsular acompanhado de tecido adiposo constitui a camada interna deste...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Morfologia animal; Artérias; Veias; Ovinos; Carneiro Corriedale.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962000000500002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Irrigação da bolsa cloacal em Gallus gallus domesticus (matrizes de corte Hubbard) Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
Santana,Marcelo Ismar Silva; Silva,Frederico Ozanam Carneiro e; Severino,Renato Souto; Bombonato,Pedro Primo; Marçal,Amilton Vallandro.
Estudou-se em 30 galinhas da linhagem Hubbard, com idade variando de 10 a 12 semanas, a origem, o número e a ordenação dos vasos arteriais da Bolsa Cloacal mediante injeção do sistema vascular com solução aquosa a 50% de Neoprene Látex 450 e posterior dissecação. Os resultados mostraram a participação das artérias pudenternas esquerda e direita em todos os casos, às quais associavam-se as artérias mesentérica caudal (33,33%), caudal mediana (3,33%) e ilíaca interna esquerda (3,33%). O número total de ramos, independentemente da sua origem, variou de 2 a 9 com maior freqüência de 4 ramos. A distribuição dos vasos se fez de maneira própria para cada peça.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Artérias; Bolsa Cloacal; Sistema vascular.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962003000900007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Irrigação da bolsa cloacal em Gallus gallus domesticus (Matrizes de corte Hubbard) Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
Santana,Marcelo Ismar Silva; Carneiro e Silva,Frederico Ozanam; Severino,Renato Souto; Bombonato,Pedro Primo; Marçal,Amilton Vallandro.
Estudou-se em 30 galinhas da linhagem Hubbard, com idade variando de 10 a 12 semanas a origem, o número e a ordenação dos vasos arteriais da Bolsa Cloacal mediante injeção do sistema vascular com solução aquosa a 50% de Neoprene Látex 450 e posterior dissecação. Os resultados mostraram a participação das artérias pudenternas esquerda e direita em todos os casos, às quais associavam-se as artérias mesentérica caudal (33,33%), caudal mediana (3,33%) e iliaca interna esquerda (3,33%). O número total de ramos, independentemente da sua origem, variou de 2 a 9com maior freqüência de 4 ramos. A distribuição dos vasos se fez de maneira própria para cada peça.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Artérias; Bolsa Cloacal; Sistema vascular.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962003000400003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Irrigação do timo em aves da linhagem Paraíso Pedrês (Gallus gallus domesticus) Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Santana,M.I.; Bombonato,P.P.; Araújo,L.V.; Castello,A.P.F.; Escanhoela,T.B..
A vascularização arterial do timo (número, origem e ordenação) bem como a distribuição parenquimal dos ramos penetrantes foram estudadas em 40 aves da linhagem Paraíso Pedrês. Trinta aves foram injetadas com látex e dissecadas, enquanto 10 aves tiveram seus sistemas arteriais injetados com resina (metil metacrilato e mercox) para a preparação de moldes vasculares. A principal fonte de irrigação encontrada foi a associação dos ramos oriundos das artérias comuns do nervo vago, tireóideas e ingluviais, sendo que seus ramos penetravam o parênquima dos lobos, principalmente pelas suas extremidades cranial e caudal. A partir da penetração, os ramos tímicos apresentavam distribuição predominante para a periferia do lobo, formando uma trama capilar poligonal, com...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aves; Timo; Vascularização; Artérias.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352008000200005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Irrigação do timo em aves da linhagem Paraíso Pedrês (Gallus gallus domesticus) UnB - FAB
Santana, Marcelo Ismar Silva; Bombonato, Pedro Primo; Araújo, Leandro Valente; Castello, Ana Paula Franqueira; Escanhoela, Tatiana Bresciani.
A vascularização arterial do timo (número, origem e ordenação) bem como a distribuição parenquimal dos ramos penetrantes foram estudadas em 40 aves da linhagem Paraíso Pedrês. Trinta aves foram injetadas com látex e dissecadas, enquanto 10 aves tiveram seus sistemas arteriais injetados com resina (metil metacrilato e mercox) para a preparação de moldes vasculares. A principal fonte de irrigação encontrada foi a associação dos ramos oriundos das artérias comuns do nervo vago, tireóideas e ingluviais, sendo que seus ramos penetravam o parênquima dos lobos, principalmente pelas suas extremidades cranial e caudal. A partir da penetração, os ramos tímicos apresentavam distribuição predominante para a periferia do lobo, formando uma trama capilar poligonal, com...
Tipo: Article Palavras-chave: Ave; Timo; Vascularização; Artérias.
Ano: 2008 URL: http://hdl.handle.net/10482/7961
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modelo de suprimento sanguíneo do intestino grosso do tamanduá bandeira (Myrmecophaga tridactyla) Ciência Rural
Souza,Ana Lúcia Rezende de; Rezende,Lorenna Cardoso; Mortoza,Amanda Rocha; Ferreira,Jussara Rocha.
Em seis animais adultos Myrmecophaga tridactyla estudou-se o modelo de suprimento sanguíneo do intestino grosso, que é dependente das artérias mesentérica cranial (AMCr) e caudal (AMC). Os espécimes coletados conforme as normas do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) foram perfundidos com água (40 C), injetados com látex corado, fixados em formol e conservados em solução alcoólica (50%). O mesocólon está disposto na linha sagital mediana e fixa o intestino grosso à parede dorsal do abdome. Derivaram da AMC: a artéria retal cranial, sete a 14 artérias cólicas e uma ou duas artérias ileocólicas, que apresentaram anastomoses de irrigação com a AMCr. A AMC finaliza-se na borda mesocólica das alças intestinais,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Morfologia; Mesentério; Artérias; Myrmecophaga tridactyla; Xenarthra.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782010000300007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Morfologia dos ovários, tubas uterinas e útero em catetos (Tayassu tajacu, Linnaeus, 1758) e queixadas (Tayassu pecari, Link, 1795) Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
SANTOS,Tatiana Carlesso dos; MIGLINO,Maria Angélica; MACHADO,Gilberto Valente; SOUZA,Wilson Machado de.
Estudaram-se a morfologia externa, a sintopia e os dados métricos dos ovários, tubas uterinas e útero em 14 fêmeas adultas de cateto (12 adultas, uma prenhe e uma jovem) e em sete fêmeas de queixada (três jovens e quatro adultas), e o material, após fixação em solução aquosa de formol a 10%, foi dissecado. O material foi obtido na Universidade Federal do Paraná - Campus Palotina e na Universidade Estadual Paulista - Campus de Ilha Solteira. Os ovários apresentaram-se ovalados e de superfície irregular, quando havia corpo lúteo ou folículo. As tubas uterinas mostraram-se longas, finas e enoveladas e terminando numa extremidade ovárica com fímbrias; a comunicação com o útero ocorreu de maneira contínua. Uma bolsa ovárica parcial, com um largo orifício,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Útero; Ovário; Artérias; Tayassuidae; Órgãos reprodutivos.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962000000300006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Pontes de miocárdio em bovinos da raça Canchim Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
SANTOS,José Wilson dos; BOMBONATO,Pedro Primo; BELETTI,Marcelo Emílio; SEVERINO,Renato Souto; CARNEIRO E SILVA,Frederico Ozanan.
Estudaram-se em 30 corações de Bos taurus, fêmeas adultas da raça Canchim, a freqüência, a largura, a localização e a angulação das pontes de miocárdio. Os corações tiveram injetadas as artérias coronárias com solução corada de Neoprene Látex 450, com posterior fixação em solução aquosa de formol a 10% e consecutiva dissecação. Os resultados indicaram que as pontes de miocárdio ocorreram em 100% dos corações, com largura média de 1,24 cm e situaram-se mais comumente nas porções média (38,87%), ventral (26,11%). Pontes múltiplas foram observadas em 93,33% dos corações variando de duas a seis. As fibras musculares do segmento formam ângulos com o eixo longitudinal dos vasos arteriais com mediana de 46º.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gado Canchim; Coração; Pontes de miocárdio; Bovinos; Artérias.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962000000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Pontes de miocárdio em bovinos da raça Canchim, I - Aspectos microscópicos Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
SANTOS,José Wilson dos; BOMBONATO,Pedro Primo; BELETTI,Marcelo Emílio; SEVERINO,Renato Souto; CARNEIRO E SILVA,Frederico Ozanan.
Estudamos em 30 corações de Bos taurus adultos, fêmeas da raça Canchim, as relações entre a parede arterial e o tecido circunjacente nos diferentes segmentos pontinos. Para o estudo microscópico foram coletados fragmentos de material a fresco tratados segundo técnicas microscópicas convencionais. As fibras musculares dos segmentos pré-pontino e pós-pontino são de localização subepicárdica. As fibras musculares estriadas cardíacas do segmento pontino apresentam-se predominantemente oblíquas ao vaso, acompanhando o seu eixo longitudinal; separam-se para formar um espaço losângico que abriga no centro a referida artéria e nas laterais tecido conjuntivo, constituído por fibras colágenas, elásticas, vasos, nervos e tecido adiposo.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Coração; Artérias; Bovinos; Gado Canchim; Pontes de miocárdio.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962000000200007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Vascularização arterial da bolsa cloacal em Gallus gallus domesticus (Matrizes de corte Avian Farms) Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
SANTANA,Marcelo Ismar Silva; CARNEIRO E SILVA,Frederico Ozanam; SEVERINO,Renato Souto; SANTOS,André Luís Quagliatto; DRUMMOND,Sérgio Salazar; BOMBONATO,Pedro Primo.
Estudou-se em trinta exemplares de Gallus gallus domesticus da linhagem Avian Farms, fêmeas, com idades entre 10 e 12 semanas, a origem, o número e a ordenação dos vasos arteriais da bolsa cloacal, mediante injeção dos sistemas vasculares arteriais das aves com solução aquosa de Neoprene Látex 450 a 50% e posterior dissecação. Os resultados mostraram a participação das artérias bursocloacais direita e esquerda em todos os casos, às quais se associavam as artérias mesentérica caudal e caudal mediana em 13,33% e 3,33% dos casos, respectivamente. O número total de vasos, independentemente da origem, variou de 2 a 5 com maior freqüência de 2 a 3 vasos.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gallus gallus domesticus; Bolsa de Fabricius; Artérias.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962000000200005
Registros recuperados: 25
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional