Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 20
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adaptação de um método por cromatografia líquida de alta eficiência para análise de antocianinas em suco de açaí (Euterpe oleraceae Mart.). Infoteca-e
SANTIAGO, M. C. P. de A.; GOUVÊA, A. C. M. S.; GODOY, R. L. de O.; OIANO NETO, J.; PACHECO, S.; ROSA, J. S. da.
bitstream/item/74935/1/pub-143.pdf
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cromatografia líquida de alta eficiência; Suco de açaí; Antocianina; Cromatografia.
Ano: 2010 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/871723
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação das condições experimentais de CLAE na determinação de ácido fólico em leites enriquecidos Ciênc. Tecnol. Aliment.
Catharino,Rodrigo Ramos; Visentainer,Jesuí Virgilio; Godoy,Helena Teixeira.
A importância que foi atribuída ao ácido fólico recentemente, em virtude de sua ação benéfica ao homem, tem aumentado o interesse dos pesquisadores por esta vitamina. Conseqüentemente, aumentou a preocupação dos analistas em desenvolver metodologias apropriadas para a determinação do ácido fólico (AF) em alimentos enriquecidos ou não com esta vitamina e o controle do mesmo em alimentos enriquecidos. Dentro desse panorama, o objetivo deste trabalho foi de avaliar algumas condições experimentais na determinação e no controle de ácido fólico, por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), em leites enriquecidos. Utilizando coluna de fase reversa (C18), foram testados 35 diferentes sistemas de eluição isocrática e 11 por gradiente. Os perfis...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácido fólico; Cromatografia líquida de alta eficiência; Metodologia.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612003000300017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição de carotenóides de maracujá-amarelo (Passiflora edulis flavicarpa) in natura Ciênc. Tecnol. Aliment.
Silva,Sandra Regina da; Mercadante,Adriana Z..
A composição de carotenóides de maracujá-amarelo in natura (Passiflora edulis) comercializado em Campinas, Brasil, foi avaliada utilizando-se cromatografia líquida de alta eficiência. Em todas as amostras foram encontrados os seguintes carotenóides: beta-criptoxantina, prolicopeno, cis-zeta-caroteno, zeta-caroteno, beta-caroteno e 13-cis-beta-caroteno, além de neurosporeno e gama-caroteno em alguns lotes. Em geral, os teores de carotenóides nos diversos lotes foram significativamente diferentes. Em dois dos cinco lotes analisados, o z-caroteno foi o carotenóide principal, contribuindo com 41 e 62% do total de carotenóides, enquanto que em outros dois lotes, o beta-caroteno foi o majoritário, com 55 e 74% do total e em um dos lotes o cis-zeta-caroteno...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Carotenóides; Maracujá-amarelo; Cromatografia líquida de alta eficiência; Passiflora edulis.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612002000300010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
CONFIRMAÇÃO DA IDENTIDADE DA alfa-CRIPTOXANTINA E INCIDÊNCIA DE CAROTENÓIDES MINORITÁRIOS PROVITAMÍNICOS A EM VERDURAS FOLHOSAS VERDES Ciênc. Tecnol. Aliment.
MERCADANTE,Adriana Z.; RODRIGUEZ-AMAYA,Délia.
Numerosos trabalhos comprovaram que os carotenóides principais de folhas verdes são invariavelmente luteína, beta-caroteno, violaxantina e neoxantina. No entanto, há discordância em torno dos carotenóides minoritários. Portanto, a espectrometria de massas por impacto de elétrons e cromatografia líquida de alta eficiência com detector de arranjo de diodos foram utilizados para confirmar a identidade de carotenóides minoritários com atividade provitamínica A em verduras folhosas brasileiras. Os carotenóides pró-vitamínicos A, incluindo os isômeros cis e trans de beta-caroteno, foram separados em coluna de C18 polimérica, Vydac 201TP54, com metanol/água (98:2) como fase móvel. Os espectros UV-visível e de massas confirmaram o carotenóide monoidroxilado como...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Carotenóides; Espectrometria de massas; Cromatografia líquida de alta eficiência; Verduras folhosas verdes.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612001000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento e validação de método analítico em CLAE-UV para a quantificação de ácido retinóico em microcápsulas de alginato e quitosana BJPS
Velloso,Fabiana Toledo; Ferraz,Rafaela Siqueira; Lira,Ana Amélia Moreira; Santana,Davi Pereira de; Santos-Magalhães,Nereide Stela.
O ácido retinóico (AR) tem sido utilizado para o tratamento de acne severa, rugas, estrias e celulite, no entanto, provoca irritação na pele e sofre rápida degradação quando exposto à luz e ao calor. Métodos analíticos rápidos para quantificação do AR são, portanto, necessários para ensaios de cinética de liberação in vitro. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi desenvolver e validar um método rápido e sensível para o doseamento do AR em microcápsulas de alginato/quitosana contendo óleo de babaçu dispersas em gel natrosol® por cromatografia líquida de alta eficiência associada à espectroscopia UV e aplicá-lo na avaliação do perfil de liberação in vitro dessas formulações. As análises foram realizadas em modo isocrático utilizando coluna C18 de fase...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cromatografia líquida de alta eficiência; Espectroscopia/ultra violeta; Ácido retinóico/quantificação; Microcápsulas/análise quantitativa; Formulações farmacêuticas/liberação in vitro.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-82502009000100022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação de agrotóxicos e ocratoxina A em café arábica sob diferentes níveis de torrefação. Infoteca-e
ROSA, J. S. da; FREITAS-SILVA, O.; CAMPOS, R. da S.; CASTRO, I. M. de; TEIXEIRA, A. da S..
O café é a segunda maior commodity do mundo e tamanha importância faz do café uma matriz alimentar muito estudada. A necessidade de incremento na produtividade dessa cultura, porém, pode aumentar o uso de alguns agrotóxicos em sistemas de produção de café. Da mesma forma, as práticas de colheita e processamento pós-colheita do café estão diretamente relacionadas à contaminação dos grãos por fungos micotoxigênicos. Rastrear a presença destes dois tipos de contaminantes em amostras de café Arábica comum (com diferentes teores de grãos defeituosos) e submetidos a diferentes níveis de torra foi o objetivo deste trabalho. Os agrotóxicos foram analisados pelo método multirresíduo, por espectrometria de massas sequencial, e a ocratoxina A, por cromatografia...
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Contaminante; Cromatografia líquida de alta eficiência; Micotoxina; Coffea Arábica; Tecnologia de Alimento; Espectrometria; Cromatografia; Food technology; Vegetable products; High performance liquid chromatography; Mycotoxins; Mass spectrometry; Poisoning; Agrochemicals.
Ano: 2019 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1112112
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação de resíduos de avermectinas em fígado bovino por cromatografia líquida de alta eficiência Ciênc. Tecnol. Aliment.
Souza,Scheilla V. C.; Silva,Gilsara; Diniz,Maria Helena G. M.; Santos,Eleonora V.; Lima,Josefa A.; Teodoro,João C..
Foi padronizado e validado um método analítico para determinação de resíduos de abamectin, doramectin e ivermectin em fígado bovino empregando extração com acetonitrila, purificação com cartucho de C18 , derivatização, detecção e quantificação por CLAE/FL. Nos ensaios com amostras adicionadas de solução padrão em níveis entre 5 e 100mg/kg as recuperações médias obtidas variaram de 69,0 a 101,4% com valores de coeficiente de variação entre 5,5 e 28,1%. O limite de detecção e quantificação do método, para os três resíduos estudados, foi 5µg/kg.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Abamectin; Doramectin; Ivermectin; Resíduos; Fígado; Cromatografia líquida de alta eficiência.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612003000100012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação quantitativa de taninos em três espécies de Stryphnodendron por cromatografia líquida de alta eficiência BJPS
Lopes,Gisely Cristiny; Sanches,Andréia Cristina Conegero; Toledo,Cleyton Eduardo Mendes de; Isler,Ana Cristina; Mello,João Carlos Palazzo de.
Um método de separação e quantificação por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) em fase reversa foi desenvolvido usando água (0,05% de TFA):acetonitrila (0,05% de TFA) como fase móvel, em sistema gradiente para a análise dos flavan-3-óis presentes em extrato semipurificado das cascas de Stryphnodendron adstringens, Stryphnodendron polyphyllum e Stryphnodendron obovatum. A CLAE foi realizada com a fração acetato de etila (FAE) sendo submetida à extração em fase sólida (cartucho C18-E) com metanol:água (2:8), filtrada por membrana de porosidade 0,5 μm; a pré-coluna e coluna empregadas foram Phenomenex® Gemini C-18 (5 μm), com esta última mantida a 30 ºC, com vazão de 0,8 mL/min e detecção a 210 nm. Utilizaram-se soluções dos padrões de ácido...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Stryphnodendron adstringens; Stryphnodendron polyphyllum; Stryphnodendron obovatum; Cromatografia líquida de alta eficiência; Taninos/determinação quantitativa; Análise quantitativa.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-82502009000100017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação de antocianidinas em acerolas do Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco Ciênc. Tecnol. Aliment.
Lima,Vera Lúcia Arroxelas Galvão de; Pinheiro,Irapuan Oliveira; Nascimento,Márcia Silva do; Gomes,Patrícia Bezerra; Guerra,Nonete Barbosa.
As antocianinas, pigmentos responsáveis pela cor vermelha da acerola madura, foram extraídas e purificadas de 12 genótipos cultivados no Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco, com o objetivo de determinar a sua composição. As antocianinas e suas respectivas agliconas, obtidas pela hidrólise ácida, foram separadas por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) usando uma coluna de fase reversa (C18). A identificação foi realizada pela ordem de eluição e pelos tempos de retenção dos padrões de referência e das antocianidinas obtidas por hidrólise ácida de uvas Isabel, Patrícia e Red Globe, ameixa, cebola roxa, morango e da casca de manga Tommy Atkins. Os cromatogramas obtidos demonstraram que o perfil antociânico dos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Antocianidinas; Malpighia emarginata D.C.; Genótipos; Cromatografia líquida de alta eficiência.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612006000400033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Incidência de ocratoxina A em café torrado e moído e em café solúvel consumido na cidade de Belo Horizonte, MG Ciênc. Tecnol. Aliment.
PRADO,Guilherme; OLIVEIRA,Marize Silva de; ABRANTES,Fabiana Moreira; SANTOS,Luciana Gonçalves dos; VELOSO,Thaís; BARROSO,Rita Elaine de Souza.
A ocorrência de ocratoxina A foi verificada em amostras de café solúvel e café torrado e moído, comercializados em Belo Horizonte/MG, no período de outubro/1998 a maio/1999. O método usado para a determinação de ocratoxina A foi a cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) em combinação com cromatografia de imunoafinidade. Os valores de recuperação e coeficiente de variação de ocratoxina A foram superiores a 73% e inferiores 15%, respectivamente. As amostras de café solúvel e café torrado e moído, continham níveis de ocratoxina A entre 0,31 e 1,78ng/g e 0,99 e 5,87ng/g, respectivamente. Os resultados revelaram que o café não apresenta níveis de contaminação significativos.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ocratoxina A; Café; Cromatografia líquida de alta eficiência.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612000000200012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Método de determinação e avaliação da depleção de oxitetraciclina em camarão marinho PAB
Lavorante,Beatriz Regina Brito de Oliveira; Santos,Paloma Nascimento dos; Mendes,Paula Tiyemi Shinozaki; Mendes,Emiko Shinozaki.
O objetivo deste trabalho foi validar um método para determinação de resíduos de oxitetraciclina (OTC) em camarões, por meio de cromatografia líquida de alta eficiência, e avaliar, pelo método validado, a depleção de resíduos de OTC em camarões in vivo. Para a validação, foram utilizados camarões isentos de OTC e camarões adicionados de OTC in vitro. Foram estabelecidos: seletividade, tempo de retenção, linearidade (coeficiente de correlação), faixa de trabalho, recuperação relativa, limites de detecção e quantificação do método (LDM e LQM, respectivamente) e repetibilidade. Para o experimento in vivo, rações com 200, 400 e 500 μg g-1 de OTC foram administradas aos camarões durante 14 dias. Foi avaliada a concentração do resíduo desse antibiótico no...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Litopenaeus vannamei; Antibiótico; Cromatografia líquida de alta eficiência; Tempo de depleção.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2009000700014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Metodologia para identificação e quantificação de flavonoides na polpa de umbu por cromatografia líquida de alta eficiência. Infoteca-e
GODOY, R. L. de O.; NASCIMENTO, E. M. do; RIBEIRO, L. O.; NASCIMENTO, L. da S. M. do; PACHECO, S.; BORGUINI, R. G.; MATTA, V. M. da; CAVALCANTI, N. de B..
O presente trabalho teve como objetivo identificar e quantificar flavonoides na polpa de umbu.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cromatografia líquida de alta eficiência; Polpa de umbu; Cromatografia; Flavonoide; Umbu.
Ano: 2013 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/973436
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Obtenção de cristais de licopeno a partir de descarte de tomate Ciênc. Tecnol. Aliment.
Nunes,Itaciara L.; Mercadante,Adriana Z..
As pesquisas com licopeno têm sido intensificadas uma vez que o consumo de alimentos ricos neste caroteno, como tomate e seus produtos, tem sido associado com o menor risco de desenvolvimento de câncer de próstata. Os objetivos deste trabalho foram (1) desenvolver e otimizar um método para extração de licopeno a partir de descarte de tomate, (2) utilizar este método na obtenção de licopeno a partir de diferentes coletas de tomate, (3) obter cristais de licopeno puro e (4) acompanhar o processo de purificação de licopeno por cromatografia líquida de alta eficiência em coluna C30. O método desenvolvido e otimizado através de planejamento experimental fatorial para a obtenção de licopeno consistiu de uma etapa preliminar para retirada de água do tomate, com 4...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Licopeno; Descarte de tomate; Extração; Cristalização; Microscopia; Cromatografia líquida de alta eficiência.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612004000300024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ocorrência de aflatoxina M1 em leite consumido na cidade de Belo Horizonte - Minas Gerais / Brasil - agosto/98 à abril/99 Ciênc. Tecnol. Aliment.
PRADO,Guilherme; OLIVEIRA,Marize Silva; ABRANTES,Fabiana Moreira; SANTOS,Luciana Gonçalves; SOARES,Carina Rodrigues; VELOSO,Thaís.
Foi verificada a incidência de aflatoxina M1 (AFM1) em 61 amostras de leite coletadas em Belo Horizonte / Minas Gerais - Brasil, no período de Agosto/ 98 - Abril/ 99. A quantificação foi feita por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) usando coluna de imunoafinidade como técnica de purificação. O limite de quantificação observado foi 6ng/L. As recuperações médias e coeficientes de variação foram superiores a 88,9% e inferiores a 22,4%, respectivamente. AFM1 foi encontrada em 50 (82%) das amostras analisadas, mas em níveis inferiores a 500ng/L, que é o limite máximo permitido no Brasil.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aflatoxina M1; Leite; Cromatografia líquida de alta eficiência; Coluna de imunoafinidade.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20611999000300022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Otimização da determinação de colesterol por clae e teores de colesterol, lipídios totais e ácidos graxos em camarão rosa (Penaeus brasiliensis) Ciênc. Tecnol. Aliment.
BRAGAGNOLO,Neura; RODRIGUEZ-AMAYA,Délia.
A produção de camarões no Brasil é expressiva com condições propícias para expansão. Apesar de ser bem apreciado em termos culinários e ser uma fonte rica de proteínas, o camarão é apontado como um alimento de alto conteúdo de colesterol. Considerando que o nível de colesterol sangüíneo humano é dependente não só do teor de colesterol, mas também da quantidade de gordura e do tipo de ácidos graxos na dieta, um estudo integrado destes três constituintes foi realizado em camarão rosa (Penaeus brasiliensis), tamanho médio proveniente de São Paulo. A extração e a determinação do teor de lipídios totais foram realizadas de acordo com método de Folch, Less & Stanley. O método para determinação de colesterol por cromatografia líquida de alta eficiência,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Colesterol; Lipídios totais; Ácidos graxos; Camarão; Cromatografia líquida de alta eficiência; Cromatografia gasosa de alta resolução.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20611997000300016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Otimização e validação de método para determinação de resíduos de oxitetraciclina, tetraciclina e clortetraciclina em leite por cromatografia líquida de alta eficiência Ciênc. Tecnol. Aliment.
Ruela,Iara C. A.; Lima,Josefa A.; Souza,Scheilla V. C. de; Junqueira,Roberto G..
Um método para determinação de resíduos de oxitetraciclina, tetraciclina e clortetraciclina em leite por cromatografia líquida de alta eficiência foi otimizado e validado. Ensaios intralaboratoriais empregando soluções padrão, brancos de amostras e amostras adicionadas de soluções padrão dos antimicrobianos foram realizados para avaliação da linearidade, seletividade, exatidão, precisão, limites de detecção e de quantificação do método. As amostras foram homogeneizadas, tratadas com solução tampão de succinato de sódio pH 4,0 e centrifugadas, descartando-se o precipitado. As tetraciclinas foram removidas do sobrenadante por quelação com íons cobre reversivelmente ligados à resina quelante e eluídas com tampão McIlvaine-EDTA pH 4,0. As médias de recuperação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Leite; Resíduos; Tetraciclinas; Cromatografia líquida de alta eficiência.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612005000100023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Quantificação de ácidos fenólicos constitutivos da soja [Glycine max (L.) Merrill] por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Infoteca-e
FRIGHETTO, R. T. S.; BACCAN, M..
O escopo do presente trabalho é a disponibilização de um método de análise para a determinação quantitativa de ácidos fenólicos constitutivos das folhas de soja. O método é uma adaptação baseada em Evaristo e Leitão (2001) para mistura da fase móvel e o comprimento de onda determinado por Ruhland et al (2005).
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Ácidos fenólicos; Cromatografia líquida de alta eficiência; Cromatografia; Análise química; Soja; High performance liquid chromatography; Soybeans; Phenolic acids.
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/939049
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Redução de aminoácidos em polpas de bacuri (Platonia insignis Mart), cupuaçu (Theobroma grandiflorum Willd ex-Spreng Schum) e murici (Byrsonima crassifolia L.) processado (aquecido e alcalinizado) Acta Amazonica
Porte,Alexandre; Rezende,Claudia Moraes; Antunes,Octavio Augusto Ceva; Maia,Luciana Helena.
A literatura científica é pobre a respeito de frutas da Amazônia, como o murici, e suas características químicas devem ser estudadas. Por isso, esta pesquisa teve por proposta determinar o perfil aminoacídico das polpas de bacuri, cupuaçu e murici sob diferentes valores de pH (3,3, 5,8, 8,0 e 12,0), sem aquecimento ou com aquecimento por 12 horas/100 ºC com agitação e refluxo. Valores de pH, glicose, frutose e sacarose também foram determinados nas polpas sem aquecimento. Os nutrientes foram determinados por CLAE (Cromatografia Líquida de Alta Eficiência). As polpas de bacuri, cupuaçu e murici apresentaram valores de pH 3,2, 3,6 e 3,35, respectivamente. A sacarose foi, quantitativamente, o principal carboidrato nas polpas de cupuaçu (38,34%) e bacuri...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aquecimento; Aminoácidos; PH; Cromatografia líquida de alta eficiência; Polpa de fruta.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672010000300017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Teores de catequinas e teaflavinas em chás comercializados no Brasil Ciênc. Tecnol. Aliment.
Matsubara,Simara; Rodriguez-Amaya,Delia B..
No presente estudo, foram determinados os teores de catequinas e teaflavinas em três marcas de chá verde e quatro de chá preto comercializadas no Brasil. A metodologia analítica consistiu de extração aquosa bastante simples e cromatografia líquida de alta eficiência. Foi utilizada uma coluna de fase reversa Novapak C18 (3,9 mmx150 mm, 4 µm) com um gradiente de água e metanol ambos em ácido fórmico como fase móvel. Em chás verdes, os conteúdos de catequinas (em mg/g de folha seca) variaram substancialmente: catequina, 0,8 a 2,8; epigalocatequina, 8 a 44; epigalocatequina galato, 11 a 50; epicatequina, 2,3 a 8,5 e epicatequina galato, 3,1 a 7,3. No caso dos chás pretos, as concentrações (mg/g de folha seca) de catequinas estiveram nas faixas de: 10 a 50 de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Chá verde; Chá preto; Catequinas; Teaflavinas; Cromatografia líquida de alta eficiência.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612006000200024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Validação intralaboratorial de método quantitativo para determinação múltipla de resíduos de avermectinas em leite bovino por cromatografia líquida de alta eficiência com detecção de fluorescência Ciênc. Tecnol. Aliment.
Souza,Scheilla Vitorino Carvalho de; Lima,Josefa Abucáter; Teodoro,João Carlos; Junqueira,Roberto Gonçalves.
Um procedimento detalhado para validação intralaboratorial de métodos, incluindo delineamento experimental, estatísticas e avaliação de premissas foi proposto e aplicado à validação de um método para ensaio de avermectinas em leite bovino por cromatografia líquida de alta eficiência com detector de fluorescência. Foram realizados ensaios com curvas de solventes e de matriz, amostras de leite bovino brancas e adicionadas. As premissas relacionadas às estatísticas empregadas foram avaliadas e confirmadas. Linearidade foi obtida entre 25 e 150 ng.mL-1. Não foram observados efeitos de matriz significativos nesta faixa. As médias de recuperação aparente variaram de 87,2 a 101,4%. Desvios padrão relativos sob condições de repetitividade estiveram entre 3,3 e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Validação intralaboratorial; Abamectina; Doramectina; Eprinomectina; Ivermectina; Leite bovino; Cromatografia líquida de alta eficiência.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612007000400024
Registros recuperados: 20
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional