Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 28
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ação do ozônio e da mistura de fluxapiroxade e piraclostrobina contra Botryosphaeria dothidea e Colletotrichum dianesei. Repositório Alice
BATISTA, D. da C.; ANDRADE, J. N. de; BARBOSA, M. A. G..
O objetivo deste trabalho foi avaliar doses da mistura dos fungicidas fluxapiroxade+piraclostrobina e de uma concentração de ozônio, utilizada em packinghouse para desinfestação da manga, contra os fungos B. dothidea e C. dianesei.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: DMSO; BDA fundente; Manejo de fungos; Manga; Fungo; Fungicida; Ozônio; Desinfestação; Mangoes; Packing houses; Disinfection; Fungus physiology.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1115291
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Água aquecida e radiação UV-C no controle pós-colheita de Cryptosporiopsis perennans em maçãs Repositório Alice
BARTNICKI, V. A.; VALDEBENITO-SANHUEZA, R. M.; AMARANTE, C. V. T. do; CASTRO, L. A. S. de; RIZZATTI, M. R.; SOUZA, J. A. V. de.
Resumo ? O objetivo deste trabalho foi avaliar a colonização de Cryptosporiopsis perennans na epiderme de maçãs e a eficiência da aplicação de água aquecida e radiação UV-C no controle desse patógeno. Em maçãs submetidas à inoculação de C. perennans, a colonização de lenticelas e das áreas adjacentes pelo patógeno foi avaliada por microscopia eletrônica de varredura. A sensibilidade dos conídios de C. perennans aos tratamentos foi avaliada em suspensão aquosa, às temperaturas de 28, 45, 50 e 55oC, por 15 e 30 s, e às doses de radiação UV-C de 0,018, 0,037, 0,075, 0,150, 0,375, 0,750, 1,500 e 3,000 kJ m-2. Em maçãs submetidas à inoculação de C. perennans, foram avaliados os efeitos de 0,375, 0,750 e 1,500 kJ m-2 de radiação UV-C e da aspersão de água...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Podridão-olho-de-boi; Radiação UV-C; Malus domestica; Desinfestação; Pós-colheita; Tratamento térmico.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/863570
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Água aquecida e radiação UV-C no controle pós-colheita de Cryptosporiopsis perennans em maçãs PAB
Bartnicki,Vinícius Adão; Valdebenito-Sanhueza,Rosa Maria; Amarante,Cassandro Vidal Talamini do; Castro,Luis Antônio Suita de; Rizzatti,Mara Regina; Souza,João Antônio Vargas de.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a colonização de Cryptosporiopsis perennans na epiderme de maçãs e a eficiência da aplicação de água aquecida e radiação UV-C no controle desse patógeno. Em maçãs submetidas à inoculação de C. perennans, a colonização de lenticelas e das áreas adjacentes pelo patógeno foi avaliada por microscopia eletrônica de varredura. A sensibilidade dos conídios de C. perennans aos tratamentos foi avaliada em suspensão aquosa, às temperaturas de 28, 45, 50 e 55ºC, por 15 e 30 s, e às doses de radiação UV-C de 0,018, 0,037, 0,075, 0,150, 0,375, 0,750, 1,500 e 3,000 kJ m-2. Em maçãs submetidas à inoculação de C. perennans, foram avaliados os efeitos de 0,375, 0,750 e 1,500 kJ m-2 de radiação UV-C e da aspersão de água aquecida à...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Malus domestica; Desinfestação; Podridão-olho-de-boi; Pós-colheita; Radiação UV-C; Tratamento térmico.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2010000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação econômica e biológica do uso do coletor solar para desinfestação de substrato em um viveiro comercial. Repositório Alice
GHINI, R.; MARQUES J.F.; TOKUNAGA, T.; BUENO, S. C. S.; INOMOTO, M.M..
O Núcleo de Produção de Mudas da CATI, situado em São Bento do Sapucaí/SP, e um viveiro comercial que substituiu o tratamento com brometo de metila por coletores solares para a desinfestação do substrato usado na produção de mudas de frutíferas. O volume de substrato e de 400 m3/ano, demandando 200 latas de brometo (300 ml) ou 20 coletores solares (0,1 m3 de substrato/coletor/dia; 200 dias ao ano). Os recursos para investimento foram estimados em R$16.285,00 para o brometo e R$17.903,60 para o coletor, sendo os custos operacionais de R$1.978,80 e R$1.853,50, respectivamente. A diferença para os custos anualizados de tratamento a favor do brometo de metila varia de R$0,42 a R$0,52/m3 de substrato, dependendo da taxa de juros usada. Porem, o trabalho nao...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Coletor solar; Desinfestação; Substrato de cultura; Solar collectors.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/12937
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Coletor solar no controle de Meloidogyne arenaria em substratos para a producao de mudas. Repositório Alice
GHINI, R.; INOMOTO, M. M.; SAITO, E. S..
Prototipos de coletores solares foram testados para o controle do nematoide das galhas Meloidogyne arenaria em substrato para producao de mudas. Os prototipos sao constituidos, basicamente, de uma caixa de madeira coberta com um filme plastico transparente, contendo tubos de cobre ou ferro galvanizado, com 10,15 ou 20 cm de diametro e 110 cm de comprimento. Todos os prototipos controlam M. arenaria, apos um ou dois dias de tratamento, sendo que coletores com tubos de menor diametro promoveram o maior aquecimento do substrato.
Tipo: Capítulo em livro científico (ALICE) Palavras-chave: Metodo de controle; Fitodoencas; Patogenos de solo; Fungos fitopatogenicos; Fatores ambientais; Desinfestação; Energia Solar; População Microbiana; Radiação Solar.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/12821
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Coletor solar para desinfestação de substratos. Repositório Alice
GHINI, R.; BETTIOL, W..
Descreve-se a construção de um coletor solar para desinfestação de substratos para produção de mudas.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Coletor solar; Solarização; Solo; Desinfestação; Substrato; Patógeno; Controle; Meloidogyne arenaria; Sclerotium rolfsii; Sclerotina sclerotiorum; Fusarium solani f; Sp; Phaseoli; Energia solar.
Ano: 1991 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/10775
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Coletor solar para desinfestação de substratos para produção de mudas. Repositório Alice
GHINI, R..
2008
Tipo: Capítulo em livro científico (ALICE) Palavras-chave: Substrato de cultura; Desinfestação; Coletor solar; Muda.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/16279
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Coletor solar plano para tratamento térmico do solo. Repositório Alice
ARMOND, G.; BRAGA, C.A. da S.; BETTIOL, W.; GHINI, R..
Coletores solares são aparatos destinados à adaptação e transformação da energia solar em calor. Segundo BEZERRA (1979) conforme as temperaturas obtidas são classificados em coletores de baixa, média e alta concentração. Os coletores de baixa concentração são de tecnologia mais simples e denominados de coletores planos. Estes coletores são empregados no aquecimento de água residencial, secagem de frutas, carnes, peixes, grãos, climatização, destilação de água salobra, secagem de argilas e outros materiais. Os coletores planos aplicados na secagem de produtos agrícolas recebem a denominação de secadores solares. TEIXEIRA (19-80) desenvolveu um secador solar de baixo custo para secagem de feijão, milho e arroz, destinado à região do Estado do Amazonas, cujo...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Coletor solar; Solarização; Solo; Doença; Desinfestação; Controle; Praga; Planta daninha; Energia solar.
Ano: 1990 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/10782
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de um sistema de desinfestação de solo com uso direto de energia solar. Infoteca-e
ARMOND, G.; BRAGA, C.A.S.; BETTIOL, W.; GHINI, R..
O objetivo do trabalho foi desenvolver um equipamento para tratamento térmico de solo, utilizando-se como fonte de calor a radiação solar. O equipamento desenvolvido consiste, basicamente, de canaletas de chapa de alumínio ou de ferro galvanizado com revestimento térmico de vidro e cobertura de plástico transparente. O coletor solar e capaz de concentrar o calor obtendo-se temperaturas a níveis de desinfestar as misturas de solos utilizadas em sementeiras e viveiros de plantas. Nos testes preliminares ficou demonstrado que ocorreu desinfestação de solo artificialmente infestado com Rhizoctonia sp, Sclerotium sp, Sclerotium rolfsii e Fusarium oxysporum.
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Energia solar; Solarização; Coletor solar; Solo; Desinfestação; Radiação solar; Doença de planta; Controle biológico; Controle físico; Solar collectors; Soil solarization; Plant disease control.
Ano: 1989 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/9888
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desinfestação de erva-mate in vitro. Repositório Alice
QUADROS, K. M. de; DUTRA, L. F.; HANSEL, F. A..
2006
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Desinfestação.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/312840
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desinfestação de substratos com a utilização de coletor solar. Repositório Alice
GHINI, R.; BETTIOL, W.; ARMOND, G.; BRAGA, C.A. da S.; INOMOTO, M.M..
Coletores solares planos constituídos de caixas de madeira com canaletas de chapa de alumínio, onde se coloca o substrato e se cobre com plástico transparente, foram testados quanto ao controle de Sclerotium rolfsii, Rhizoctonia solani, Verticillium sp., Meloidogyne arenaria e Cyperus rotundus (tiririca). Dependendo da intensidade de radiacao solar, é necessário um dia para desinfestação do substrato com S. rolfsii e dois dias para R. solani, Verticillium sp. e M. arenaria.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Verticillium sp; Energia solar; Planta daninha; Tiririca; Solarização; Coletor solar; Solo; Desinfestação; Doença de planta; Sclerotium rolfsii; Rhizoctona solani; Meloidogyne arenaria; Radiação solar; Controle biológico; Bactéria; Fungo; Substrato de cultura; Nematóide; Cyperus rotundus; Tiririca; Controle físico; Solar collectors; Soil solarization.
Ano: 1992 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/10525
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desinfestação do solo com o uso de energia solar: solarização e coletor solar. Infoteca-e
GHINI, R..
Solarização do solo; Conceito; Princípios e mecanismos; Características do tratamento; Efeitos da solarização; Vantagens e desvantagens; Coletor solar.
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Solarização; Energia solar; Coletor solar; Solo; Substrato de cultura; Desinfestação; Radiação solar; Doença de planta; Erva daninha; Controle físico; Controle biológico; Solar collectors; Soil solarization.
Ano: 1997 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/895433
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação de temperaturas letais para fitopatógenos de solo. Repositório Alice
GHINI, R.; OLIVEIRA, G .C. G.; MARQUES, M.A..
As temperaturas letais para Pythium aphanidermatum, Rhizoctonia solani, Sclerotium rolfsii e Verticillium sp. foram determinadas através da imersão de tubos das culturas em banho térmico. O isolado de Verticillium sp. foi transferido para tubos de ensaio contendo solo esterilizado e incubado por 15 dias; P. aphanidermatum e R. solani, em substrato de areia e quirela de milho, por 7 e 14 dias, respectivamente; escleródios de S. rolfsii foram transferidos para tubos contendo solo peneirado. O tratamento térmico foi realizado a 45 C., 47 C. e 50 C., por diversos períodos. A avaliação foi realizada através da viabilidade dos patógenos após transferência para meio de cultura BDA. Todos os patógenos permaneceram viáveis, apos o tratamento a 45 C., pelos períodos...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Solo; Patógeno; Fitopatógeno; Temperatura letal; Microrganismo; Pythium aphanidermatum; Rhizoctonia solani; Sclerotium rolfsii; Verticillium sp; Fungo; Controle biológico; Desinfestação; Energia solar; Solarizacao.
Ano: 1990 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/10763
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do hipoclorito de sódio na desinfestação da variedade de palma Orelha-de-elefante (Opuntia stricta). Repositório Alice
DUTRA, M. de F. B.; ALOUFA, M. H. I.; LUIZ, M. B. P. de A.; MELO, N. F. de; LIMA, G. F. da C..
O objetivo do trabalho foi avaliar a concentração de hipoclorito de sódio na desinfestação da variedade de palma ?orelha-de-elefante? para a propagação in vitro.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Orelha-de-elefante; Hipoclorito de sódio; Semiárido; Propagação in vitro; Palma Forrageira; Forragem; Propagação Vegetativa; Desinfestação; Micropropagação; Opuntia stricta.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1119806
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Energia solar pode controlar doenças de plantas. Repositório Alice
GHINI, R..
1991
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Energia solar; Solarização; Solo; Patógeno; Doença; Desinfestação; Controle.
Ano: 1991 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/10784
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabelecimento e multiplicação in vitro de Physalis peruviana L. Ciência e Agrotecnologia
Chaves,Anderson da Costa; Schuch,Márcia Wulff; Erig,Alan Cristiano.
Visando o estabelecimento e a multiplicação in vitro de Physalis, foram realizados dois experimentos. Para o estabelecimento, testou-se 5 procedimentos de desinfestação das sementes (P1: Álcool 70% durante 30 segundos; P2: Hipoclorito de Sódio 2,5% durante 3 minutos; P3: Hipoclorito de Cálcio 2,5% por 3 minutos; P4: Álcool 70% por 30 segundos + Hipoclorito de Sódio 2,5 % por 3 minutos; P5: Álcool 70% por 30 segundos + Hipoclorito de Cálcio por 3 minutos). Metade das sementes foi mantida no escuro e a outra metade foi transferida para sala de crescimento com 16 horas de fotoperíodo, densidade de fluxo luminoso de 42 µmol.m-2 s-1 e temperatura de 25 + 2 ºC. Ao final dos 28 dias, o procedimento 3 mostrou as maiores taxas de contaminação in vitro . Sendo que...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pequenas frutas; Physalis; Micropropagação; Desinfestação.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542005000600024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudos preliminares para o cultivo in vitro de Sacha-Inchi. Repositório Alice
GOMES, A. da R.; CARDOSO, A. A. de S.; LOPES, M. T. G.; CHAVES, F. C. M.; QUISEN, R. C..
A Plukenetia volubilis L., conhecida como sacha-inchi, é uma espécie amazônica que apresenta propriedades nutracêuticas de grande potencial para as indústrias farmacêutica e estética. Com a finalidade de contribuir para o desenvolvimento de técnicas de propagação in vitro, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de métodos de desinfestação e calogênese em explantes dessa espécie.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Plukenetia volubilis; Desinfestação; Calogênese.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1047219
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Formação de mudas de cafeeiro em substratos oriundos de diferentes métodos de desinfestação Bragantia
Miranda,Gustavo Rabelo Botrel; Guimarães,Rubens José; Botrel,Élberis Pereira; Campos,Vicente Paulo; Almeida,Gustavos Rennó Reis; Gonzalez,Raphael Garcia.
Objetivando verificar o desenvolvimento de cafeeiro oriundos de diferentes métodos de tratamento de substratos utilizados na produção de mudas em saquinhos de polietileno, instalou-se em maio/2004 em um viveiro na Universidade Federal de Lavras o presente experimento. Foram utilizados treze tratamentos para a desinfestação de substratos, sendo utilizado o padrão para mudas de café com solo coletado de uma lavoura cafeeira de 20 anos. Utilizou-se a cultivar paraíso H 419-1. Avaliou-se o crescimento das plantas de cafeeiro quando estavam com 5 pares de folhas verdadeiras, sendo: altura de plantas (cm), diâmetro de caule (mm), massa seca do sistema radicular (g), massa seca da parte aérea (g), número de nós da inserção foliar do ramo ortotrópico da muda e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Café; Desinfestação; Substratos; Brometo de metila; Mudas.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052006000200012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Germinação e desenvolvimento de embriões de pessegueiro ?precocinho?: assepsia e uso do PPM TM no meio de cultura. Repositório Alice
NASCIMENTO, D. C.; DINI, M.; CARPENEDO, S.; RASEIRA, M. do C. B..
bitstream/item/164669/1/Maria-do-Carmo-trabalho-72.pdf
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Embriocultura; Desinfestação; Prunus persica L Batsch.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1076689
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Germinação e propagação in vitro de porongo Ciência Rural
Bisognin,Dilson Antônio; Silva,André Luís Lopes da; Horback,Micheli Angélica; Girotto,Junior; Barriquello,Cícero João.
O objetivo foi desenvolver um protocolo de germinação e propagação in vitro de porongo (Lagenaria siceraria). Foram conduzidos experimentos de desinfestação e germinação de sementes inteiras e sem tegumento. O meio MS suplementado de 30g L-1 de sacarose foi utilizado para a propagação de explantes cotiledonares, ápices caulinares e segmentos nodais. Sementes inteiras de porongo somente germinaram sobre papel germitest. Sementes sem tegumento, desinfestadas pela imersão em álcool 70% por 1min. e em solução de 3 a 4% de hipoclorito de sódio por 10min, germinaram em meio de cultura contendo água destilada e 30g L-1 de sacarose, possibilitando o estabelecimento in vitro plântulas de porongo. Explantes cotiledonares produzem brotações adventícias, e ápices...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lagenaria siceraria; Desinfestação; Micropropagação; 6-benzilaminopurina.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000200006
Registros recuperados: 28
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional