Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ação da temperatura no controle de fungos causadores de doenças pós-colheita em mamão. Repositório Alice
ESCHIONATO, R. A.; KONDA, E. T.; SOUZA, C. dos S. M.; NASCIMENTO, R. dos S.; TERAO, D..
As doenças pós-colheita são fatores limitantes para estocagem e exportação de mamão e é crescente o interesse por métodos alternativos de controle. O tratamento hidrotérmico tem se mostrado como método promissor podendo ser integrado a outros. O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito in vitro do tratamento térmico nos principais fungos causadores de podridão na pós-colheita do mamão: Fusarium solani, Alternaria alternata, Colletotrichum gloeosporioides, Phoma caricae-papayae e Lasiodiplodia theobromae, bem como determinar os binômios temperaturas e tempos letais de cada um deles. Discos de micélio foram colocados em bolsas de gaze simples e estéril, depois foram imersas em água destilada estéril em um balão de três bocas contendo um agitador e um...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Tratamento hidrotérmico; Controle alternarivo; Alternative control; Controle térmico; Doença de planta; Mamão; Pós colheita; Doença fúngica; Podridão; Fungal diseases of plants; Hot water treatment; Physical control; Carica papaya.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1084316
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação de tratamento hidrotérmico por aspersão, sobre escovas rolantes, no controle do bolor verde em laranja. Repositório Alice
VIECELLI, M. P.; SILVA, A. M.; TERAO, D..
Atualmente o mercado vem exigindo alimentos sem a presença de resíduos químicos, mas a incerteza quanto à sanidade das frutas tem levado os produtores a utilizar agrotóxicos, no tratamento pós-colheita, provocando a contaminação química da fruta, colocando em risco a saúde do consumidor. Assim o presente trabalho teve como objetivo determinar os binômios de tempo e temperatura para o controle do bolor verde, para subsidiar a pesquisa sobre o uso do tratamento térmico, visando disponibilizar uma técnica limpa no tratamento pós-colheita de laranja que não deixe resíduo tóxico. Os frutos passaram pelos tratamento hidrotérmicos: de aspersão de água quente a 52oC durante 60 s e nas temperaturas: 55, 60, 65 e 70oC, durante 30 s e imersão em água à temperatura de...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Tratamento alternativo; Citros; Penicillium digitatum; Fruta cítrica; Doença de planta; Laranja; Pós-colheita; Mofo verde; Controle térmico; Plant disease and disorders; Postharvest diseases; Oranges; Hot water treatment.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1006648
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade da enzima peroxidase em frutos de mamão (Carica papaya) submetidos a tratamentos físicos pós-colheita. Repositório Alice
ADABO, G.; TERAO, D.; HALFELD-VIEIRA, B. de A.; NECHET, K. de L..
Resumo: Este trabalho teve como objetivo determinar a atividade de peroxidases em frutos de mamão submetidos aos tratamentos físicos em pós-colheita, hidrotérmico e ozônio, aplicados individualmente e combinados, durante 8 dias de armazenamento. Um lote de 102 frutos de mamão do grupo Solo, proveniente de uma lavoura comercial, sem tratamento na pós-colheita, foi submetido aos tratamentos hidrotérmico (70ºC/15s), ozônio (1,5 ppm), aplicados tanto individualmente quanto combinados. Frutos não submetidos aos tratamentos físicos configuraram como controle. Após os tratamentos, os frutos foram mantidos durante 7 dias em câmara fria (10 ± 2ºC e 80 ± 2% de umidade relativa) e 1 dia em condição ambiente (23 ± 2ºC). Para a determinação da atividade de peroxidases,...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Enzimas de defesa; Controle alternativo; Defense-related enzymes; Stem-end-rot; Alternative control; Doença de planta; Mamão; Pós-colheita; Tratamento hidrotérmico; Controle físico; Controle térmico; Ozônio; Peroxidase; Podridão Peduncular; Postharvest diseases; Papayas; Hot water treatment; Ozonation.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1104945
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Calidad e inocuidad en mango ataulfo de exportación Colegio de Postgraduados
Luna Esquivel, Gregorio.
El tratamiento hidrotérmico (46.1 ºC/75 min) en frutos en postcosecha es un tratamiento cuarentenario utilizado para el control de plagas, sin embargo afecta algunos procesos fisiológicos del fruto (producción de etileno, intensidad respiratoria, firmeza, color, concentración de sólidos solubles totales y acidez titulable). Este tratamiento se ha utilizado indistintamente para los mangos de variedades monoembrionicas (< 500 g) y para los mangos ‘Ataulfo’, sin tomar en cuenta que la conducción del calor es diferente debido al tamaño y la morfología del fruto. El objetivo del trabajo fue estudiar el efecto del tratamiento hidrotérmico en la fisiología y calidad de mango ‘Ataulfo’ de exportación. La investigación se realizó durante 2005 y 2006,...
Palavras-chave: Mango Ataulfo; Tratamiento hidrotérmico; 1-metilciclopropeno; Tejido seco; Hidroenfriado; Calidad sanitaria Ataulfo mango; Hot water treatment; 1-methylcyclopropene; Dried tissue; Hidrocooling; Sanitary quality.
Ano: 2012 URL: http://hdl.handle.net/10521/791
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Calidad e inocuidad en mango ataulfo de exportación Colegio de Postgraduados
Luna Esquivel, Gregorio.
El tratamiento hidrotérmico (46.1 ºC/75 min) en frutos en postcosecha es un tratamiento cuarentenario utilizado para el control de plagas, sin embargo afecta algunos procesos fisiológicos del fruto (producción de etileno, intensidad respiratoria, firmeza, color, concentración de sólidos solubles totales y acidez titulable). Este tratamiento se ha utilizado indistintamente para los mangos de variedades monoembrionicas (< 500 g) y para los mangos ‘Ataulfo’, sin tomar en cuenta que la conducción del calor es diferente debido al tamaño y la morfología del fruto. El objetivo del trabajo fue estudiar el efecto del tratamiento hidrotérmico en la fisiología y calidad de mango ‘Ataulfo’ de exportación. La investigación se realizó durante 2005 y 2006,...
Palavras-chave: Mango Ataulfo; Tratamiento hidrotérmico; 1-metilciclopropeno; Tejido seco; Hidroenfriado; Calidad sanitaria Ataulfo mango; Hot water treatment; 1-methylcyclopropene; Dried tissue; Hidrocooling; Sanitary quality.
Ano: 2012 URL: http://hdl.handle.net/10521/881
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Calidad e inocuidad en mango ataulfo de exportación Colegio de Postgraduados
Luna Esquivel, Gregorio.
El tratamiento hidrotérmico (46.1 ºC/75 min) en frutos en postcosecha es un tratamiento cuarentenario utilizado para el control de plagas, sin embargo afecta algunos procesos fisiológicos del fruto (producción de etileno, intensidad respiratoria, firmeza, color, concentración de sólidos solubles totales y acidez titulable). Este tratamiento se ha utilizado indistintamente para los mangos de variedades monoembrionicas (< 500 g) y para los mangos ‘Ataulfo’, sin tomar en cuenta que la conducción del calor es diferente debido al tamaño y la morfología del fruto. El objetivo del trabajo fue estudiar el efecto del tratamiento hidrotérmico en la fisiología y calidad de mango ‘Ataulfo’ de exportación. La investigación se realizó durante 2005 y 2006,...
Tipo: Tesis Palavras-chave: Mango Ataulfo; Tratamiento hidrotérmico; 1-metilciclopropeno; Tejido seco; Hidroenfriado; Calidad sanitaria; Ataulfo mango; Hot water treatment; 1-methylcyclopropene; Dried tissue; Hidrocooling; Sanitary quality.
Ano: 2008 URL: http://hdl.handle.net/10521/1174
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de tratamentos alternativos na pós-colheita na expressão de peroxidases em frutos de laranja, manga e melão. Repositório Alice
NECHET, K. de L.; TERAO, D.; SILVA, A. M.; VIECELLI, M. P.; HALFELD-VIEIRA, B. de A..
Resumo: O atual conceito de qualidade enfatiza frutas livres de resíduos químicos danosos à saúde humana, com especial atenção à saúde de crianças. Por isso, a produção e manuseio de frutas, usando estratégias alternativas para reduzir ou mesmo substituir a aplicação de produtos químicos sintéticos, no controle de doenças pós-colheita, tem merecido grande destaque. Dentre os métodos alternativos de controle, os tratamentos físicos, pela aspersão de água quente sobre escovas rolantes e a irradiação de luz ultravioleta-C; e o uso de biocontroladores têm mostrado resultados promissores, tanto pelo controle direto do agente causal, como indireto pela alteração na fisiologia da fruta, retardando o processo de maturação, preservando ou mesmo induzindo...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Controle alternativo; Doença de planta; Pós-colheita; Manga; Laranja; Abacaxi; Controle biológico; Controle térmico; Peroxidase; Plant diseases and disorders; Postharvest diseases; Hot water treatment; Ultraviolet radiation; Biological control.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1006741
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Expressão enzimática em frutas que receberam tratamentos físicos na pós-colheita. Repositório Alice
PONTE, M. S.; NECHET, K. de L.; VILELA, E. S. D.; VICELLI, M. P.; TERAO, D..
Resumo: O mercado é exigente no que diz respeito à qualidade de frutas, sem resíduos químicos, o que leva a uma demanda por tecnologias alternativas limpas nos tratamentos de pós-colheita. O estudo da atividade enzimática de frutas permite modular a ação da enzima como um marcador bioquímico de estresse, que pode resultar tanto na ativação de mecanismos de defesa contra fitopatógenos, bem como na aceleração do processo de senescência da fruta. Assim, o trabalho teve como objetivo determinar as atividades das enzimas peroxidases (PO), polifenoloxidases (PPO) e fenilalanina amônia-liase (FAL) em manga Tommy Atkins submetida a tratamentos físicos na pós-colheita, por aspersão de água aquecida a 65 ºC (TT), durante 15 s; pela irradiação de luz ultravioleta-C...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Tratamento alternativo; Manga; Peroxidase; Polifenol oxidase; Fenilalanina amônia liase; Pós-colheita; Doença de planta; Controle físico; Controle térmico; Mangoes; Plant disease and disorders; Postharvest diseases; Hot water treatment; Enzyme activity; Peroxidases; Phenylalanine ammonia-lyase.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1036404
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência da temperatura e da radiação UV-C no crescimento micelial e na germinação de Penicillium digitatum. Repositório Alice
VICELLI, M. P.; SILVA, A. M.; PONTE, M. S.; NASCIMENTO, R. dos S.; TERAO, D..
Resumo: As doenças pós-colheita provocam perdas significativas na citricultura, sendo que na exportação de frutas frescas existe grande restrição para os resíduos químicos. Nesse contexto, existe demanda por tratamentos na pós-colheita que não utilizem fungicidas. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência da temperatura e da radiação da luz ultravioleta C (UV-C) no crescimento micelial e na inibição de esporos de Penicillium digitatum, fungo causador da podridão pós-colheita em laranja. Avaliaram-se as temperaturas: 50ºC, 55ºC e 60ºC em períodos de 15 s e 30 s e as doses de luz UV-C: 0,25; 0,5; 1,0; 1,5 e 2,0 kJ.m-2, nas avaliações de inibição de esporos e 1,0; 2,0; 4,0; 8,0 e 10 kJ.m-2, nos estudos de crescimento micelial. De maneira...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Bolor verde; Citros; Tratamento hidrotérmico; Radiação UV-C; Fruta cítrica; Doença de planta; Pós-colheita; Mofo verde; Controle físico; Controle térmico; Raio ultravioleta; Penicillium digitatum; Oranges; Plant disease and disorders; Postharvest diseases; Hot water treatment; Molds (fungi).
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1036420
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Monitoramento de aspectos qualitativos e sensoriais na pós-colheita de manga tratada por métodos alternativos de controle de podridões. Repositório Alice
ANJOS, V. D. de A.; TERAO, D.; VIECELLI, M. P.; SILVA, A. M..
Resumo: O Brasil é um importante, produtor, consumidor e exportador de manga. No entanto, parte da produção é perdida devida à elevada incidência de doenças em pós-colheita ou pela senescência. A presença de patógenos quiescentes em frutas aparentemente sadias tem levado produtores a usarem agrotóxicos de forma indiscriminada e empírica, deixando resíduos químicos, que representam perigo à saúde dos consumidores, bem como barreira não tarifária na exportação para outros países. Portanto, existe uma demanda por tecnologias limpas para uso nos tratamentos de pós-colheita de manga. O presente estudo teve como objetivo, avaliar o efeito, nos aspectos físico-químicos e sensoriais em manga Tommy Atkins, do tratamento pós-colheita, hidrotérmico por aspersão...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Controle alternativo; Ultravioleta C; Manga; Doença de planta; Podridão; Pós-colheita; Controle térmico; Plant diseases and disorders; Postharvest diseases; Plant rots; Ultraviolet radiation; Hot water treatment.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1006726
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
The influence of hot water and fungicide treatments on the viability and vigor of rice seed. International Rice Research Institute
Malabanan, Frisco M..
78 l. : ill. Thesis (M.S.) -- University of the Philippines at Los Baños
Tipo: Thesis Palavras-chave: Rice; Seeds; Seed treatment; Hot water treatment; Fungicides; Seed quality.
Ano: 1987 URL: http://hdl.handle.net/123456789/1302
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Tratamento hidrotérmico por aspersão com escovação no controle de doenças pós-colheita de manga Repositório Alice
TERAO, D.; BENATO, E. A.; BATISTA, D. da C.; BARBOSA, M. A. G.; VITALI, A..
Resumo: O Brasil é um importante produtor e exportador de manga, em 2009 produziu cerca de 1,2 milhões de toneladas (t) de manga e exportou em 2010 cerca de 130.000 t., com aumento de 13,15% em relação ao ano anterior (IBRAF, 2013). Na fase de formação do fruto ocorrem infecções fúngicas, que permanecem quiescentes no interior do tecido, desenvolvendo os sintomas da podridão, durante o período de transporte e armazenamento, podendo causar sérios prejuízos aos produtores e exportadores. Por isso, para evitar o aparecimento dessas doenças tem-se usado, preventivamente, fungicidas no tratamento pré e pós-colheita, podendo acarretar a contaminação química do produto. Existe uma demanda por alternativas limpas no controle de doenças pós-colheita de manga que...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Tratamento alternativo; Manga; Doença de planta; Podridão; Controle térmico; Pós-colheita; Plant diseases and disorders; Postharvest disorders; Hot water treatment.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1006700
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional