Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 23
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A FLÓRULA DA RESERVA DUCKE, I: PALMAE (ARECACEAE) Acta Amazonica
HENDERSON,Andrew; SCARIOT,Aldicir.
Este é o primeiro tratamento taxonômico de uma família de angiospermas para a fiorala da Reserva Ducke. A família está representada na Reserva por 35 espécies, distribuídas em 14 gêneros. Os gêneros com seus respectivos números de espécies são: Bactris(8), Geonoma(6), Astrocaryum(5), Attalea(3), Oenocarpus(3), Euterpe(2), Desmoncus(1), Hyospathe(1), inanella(1), Manicarla(1), Mauritia(1), Mauritiella(1), Socratea(1) e Syagrus(1). O tratamento inclui chaves para identificação dos gêneros e das espécies encontrados na Reserva, além de descrições sucintas das espécies. As chaves utilizam, principalmente caracteres encontrados em material herborizado, em estado fértil.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Levantamento florístico; Amazônia Central; Palmae.
Ano: 1993 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671993000400349
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Briófitas de mata paludosa, município de Zacarias, noroeste do Estado de São Paulo, Brasil Acta Botanica
Peralta,Denilson Fernandes; Yano,Olga.
Na Mata Paludosa foram encontradas 84 espécies de briófitas, sendo 44 de musgos pertencentes a 36 gêneros em 22 famílias e 40 de hepáticas, pertencentes a 18 gêneros e 13 famílias. Destas espécies, 15 são citadas pela primeira vez para o Estado de São Paulo.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Musgos; Hepáticas; Zacarias; Distribuição geográfica; Levantamento florístico.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062005000400030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diversidade de Leguminosae em uma área de savana do estado de Roraima, Brasil Acta Botanica
Flores,Andréia Silva; Rodrigues,Rodrigo Schütz.
Leguminosae é considerada a família mais diversa nas savanas de Roraima, que são as maiores áreas de savana da Amazônia brasileira. Este trabalho tem como objetivos fornecer uma listagem florística e analisar os padrões de distribuição geográfica dos táxons de Leguminosae encontrados em uma área de savana em Boa Vista, Roraima (02º52´07´´N; 60º43´03´´W). Foram registrados 80 táxons distribuídos em 38 gêneros. Seis táxons são novos registros para a flora de Roraima. Os gêneros que apresentaram o maior número de espécies foram Aeschynomene e Chamaecrista, cada um com sete espécies. Leguminosae-Papilionoideae foi a subfamília mais diversa em número de gêneros (24) e de táxons infragenéricos (53). A análise da distribuição geográfica revelou a predominância de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fitogeografia; Guayana; Levantamento florístico; Leguminosae.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062010000100017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Flora arbustivo-arbórea de um fragmento de mata ciliar no alto rio Grande, Itutinga, Minas Gerais Acta Botanica
Vilela,Enivanis de Abreu; Oliveira-Filho,Ary Teixeira de; Carvalho,Douglas Antônio de; Gavilanes,Manuel Losada.
Foi realizado um levantamento florístico numa área de 9.450m² de um fragmento de mata ciliar, margeando o reservatório da hidrelétrica de Camargos, no sul de Minas Gerais, Município de Itutinga. Foram levantados todos indivíduos que apresentavam diâmetros dos caules ao nível do solo de no mínimo 5cm dentro da área amostral. Foram identificadas 253 espécies pertencentes a 66 famílias botânicas. São apresentados dados de similaridade desta mata com outras nos Estados de São Paulo e Minas Gerais.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mata ciliar; Levantamento florístico.
Ano: 1995 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061995000100003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Flora ficológica da região sublitorânea rasa de costões rochosos do Núcleo Picinguaba, Parque Estadual da Serra do Mar, Ubatuba, São Paulo Acta Botanica
Machado,Gisa Eneida Marques; Nassar,Cristina Aparecida Gomes; Széchy,Maria Teresa Menezes de.
Em unidades de conservação da zona costeira, o conhecimento das macroalgas marinhas é essencial para monitoramento e manejo. Para o Núcleo Picinguaba do Parque Estadual da Serra do Mar (PESM), Ubatuba, norte do Estado de São Paulo, estudos pretéritos realizados na Enseada da Fazenda listam espécies de macroalgas, coletadas em costões rochosos e manguezais. O presente estudo visou complementar o levantamento taxonômico da flora ficológica marinha do Núcleo Picinguaba, avaliando também a adequação da metodologia para amostragens de suas comunidades de costões rochosos. Foram selecionados 13 pontos de coleta, entre a Ponta da Almada e a Ponta do Cambury, área de maior interferência antropogênica na zona costeira do PESM. No verão de 2007, foram efetuadas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Macroalgas; Levantamento florístico; Unidade de conservação; Costões rochosos.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062011000100010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Flora ruderal da cidade de Cuiabá, Mato Grosso, Brasil Acta Botanica
Pedrotti,Débora Eriléia; Guarim Neto,Germano.
O estudo sobre a flora ruderal de cidades, atualmente, tem sido intensificado, tendo como objetivo primordial o conhecimento do seu potencial e as variações na sua utilização. A literatura, até o momento, não registrava nenhum trabalho sobre este aspecto, para a cidade de Cuiabá (Mato Grosso). Tendo em vista a alta ocorrência de espécies ruderais nesta cidade, realizou-se o presente estudo com o objetivo de catalogar a sua flora ruderal, bem como verificar os usos regionais das espécies. As coletas foram realizadas cm duas áreas: Campus da Universidade Federal de Mato Grosso e o bairro Boa Esperança. A triagem dos vegetais, bem como as identificações, foram realizadas no Laboratório de Botânica do Instituto de Biociências, desta Universidade. O...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas ruderais; Cuiabá; Mato Grosso; Levantamento florístico.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061998000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Florística em um hectare de cerrado stricto sensu na ARIE - cerrado Pé-de-Gigante, Santa Rita do Passa Quatro, SP Acta Botanica
Weiser,Veridiana de Lara; Godoy,Silvana Aparecida Pires de.
Foi realizado um levantamento florístico em um ha de cerrado stricto sensu, na parte norte da ARIE - Cerrado Pé-de-Gigante, Santa Rita do Passa Quatro, São Paulo. Foram coletados 428 espécimes em fase reprodutiva, em vinte e cinco excursões de coleta, durante o período de novembro de 1996 a abril de 1998. A listagem florística obtida apresenta 141 espécies, distribuídas em 109 gêneros e 49 famílias. As famílias mais representativas foram: Leguminosae, Asteraceae, Malpighiaceae e Myrtaceae. A floração e frutificação das espécies foram maiores no período chuvoso. Espécies zoocóricas (61) predominaram, seguidas pelas anemocóricas (46) e autocóricas (34). Analisou-se a flora como um todo e seus componentes herbáceo-subarbustivo e arbustivo-arbóreo,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cerrado; Levantamento florístico; Fenologia; Síndromes de dispersão.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062001000200007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Gramíneas (Poaceae) da Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) "Santuário de Vida Silvestre do Riacho Fundo", Distrito Federal, Brasil Acta Botanica
Rodrigues-da-Silva,Robson; Filgueiras,Tarciso S..
Neste trabalho relata-se o levantamento florístico das espécies de Poaceae da Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) "Santuário de Vida Silvestre do Riacho Fundo", Distrito Federal, Brasil. Foram encontradas 107 espécies, distribuídas em 41 gêneros, sendo 82 nativas e 25 exóticas. São apresentadas chaves analíticas para gêneros e espécies, além de ilustrações para os táxons identificados. Coelorachis aurita (Steud.) A. Camus é citada pela primeira vez para a flora do Distrito Federal.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gramineae; Lista de espécies; Nova citação; Florística; Levantamento florístico.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062003000300012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Leguminosae do município de Poconé, Pantanal de Poconé, Mato Grosso, Brasil Biota Neotropica
Silva,Rosilene Rodrigues.
Este trabalho apresenta o levantamento florístico de Leguminosae do município de Poconé, localizado no Pantanal de Poconé, Mato Grosso, Brasil, entre as coordenadas 16° 00´-17° 38´ S e 55° 59´ 46"-57º 38´ 38" W. Coletas assistemáticas de espécimes de Leguminosae foram feitas entre 2007 e 2009 e o material tombado no Herbário UFMT. Na área de estudo, Leguminosae está representada por 54 gêneros e 99 espécies e duas variedades, sendo 12 gêneros e 29 espécies e duas variedades pertencentes à subfamília Caesalpinioideae, 12 gêneros e 19 espécies pertencentes à subfamília Mimosoideae, e 30 gêneros e 51 espécies à Papilionoideae. Senna foi o gênero mais expressivo (7 ssp.), seguido por Bauhinia e Desmodium (5), Chamaecrista, Inga e Mimosa (4), Copaifera,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fabaceae; Levantamento florístico; Diversidade; Senna; Bauhinia; Legumes.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032010000400035
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Leguminosae na Floresta Ombrófila Densa do Núcleo Picinguaba, Parque Estadual da Serra do Mar, São Paulo, Brasil Biota Neotropica
Silva,Edson Dias da; Tozzi,Ana Maria Goulart de Azevedo.
O presente estudo traz o inventário das espécies de Leguminosae que ocorrem em uma área de Floresta Ombrófila Densa do litoral norte do estado de São Paulo, em altitudes que variam desde a restinga, próximo do nível do mar, até a vegetação do topo do morro do Cuscuzeiro, entre 1000 e 1279 m altitude. O levantamento florístico envolveu coletas de plantas herbáceas, subarbustivas, arbustivas, arbóreas e lianas e foi realizado percorrendo trilhas nas diferentes fitofisionomias. A família Leguminosae está bem representada na Floresta Ombrófila Densa do Núcleo Picinguaba (108 espécies), o que fortalece a premissa de que suas espécies desempenham papel importante na composição e estrutura dessa floresta. Dezenove espécies encontradas são endêmicas da Floresta...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta Atlântica; Levantamento florístico; Floresta de Restinga; Fabaceae.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032011000400026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Levantamento florístico da regeneração natural em área de várzea do Rio Guamá, Estado do Pará. Infoteca-e
MASCARENHAS, R. E. B.; MULLER, N. R. M.; MODESTO JUNIOR, M. de S..
bitstream/item/42895/1/Boletim-Pesquisa-163-CPATU.pdf
Tipo: Séries anteriores (INFOTECA-E) Palavras-chave: Levantamento florístico; Área de várzea do rio Guamá; Pará; Brasil; Forest.; Composição Botânica; Erva Daninha; Floresta; Regeneração Natural.; Amazonia; Botanical composition; Natural regeneration; Surveys; Weeds..
Ano: 1996 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/374428
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Levantamento florístico da região de Irati - PR (1ª. aproximação). Infoteca-e
CARVALHO, P. E. R..
bitstream/item/215496/1/circ-tec03.pdf
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Levantamento florístico; Floresta Nacional de Irati; Paraná; Manejo; Inventário; Espécie nativa; Angiospermae; Gymnospermae.
Ano: 1980 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/291015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Levantamento florístico da reserva legal do Projeto Salitre, Juazeiro-BA. Infoteca-e
DIAS, C. T. de V.; KIILL, L. H. P..
Esse trabalho teve como objetivo avaliar a composição florística presente nos diferentes tipos de vegetação da Reserva Legal do Projeto Salitre, Juazeiro-BA, como parte do projeto plantas da Caatinga ameaçadas de extinção.
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Levantamento florístico; Projeto Salitre; Planta da Caatinga.; Caatinga; Floração..
Ano: 2008 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/162403
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Levantamento florístico no cerrado de Pedregulho, SP, Brasil Acta Botanica
Sasaki,Denise; Mello-Silva,Renato de.
Em Pedregulho, município do extremo nordeste do Estado de São Paulo, ocorrem fragmentos de cerrado considerados floristicamente distintos dos demais remanescentes paulistas. Nesse estudo, foi realizado um levantamento florístico em Pedregulho, abordando duas regiões geologicamente distintas: o Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus e o distrito de Estreito. Em cada uma, delimitaram-se duas parcelas de 50×50 m, totalizando um hectare, onde foram encontradas 65 famílias e 379 espécies de angiospermas. Coletas em áreas adjacentes totalizaram 71 famílias e 443 espécies. As duas regiões estudadas têm baixa similaridade florística entre si. A distribuição geográfica das espécies é analisada e oito padrões são delimitados para aquelas cuja distribuição no Estado...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cerrado; Levantamento florístico; Pedregulho; São Paulo.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062008000100019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Macroalgas de ambientes lóticos da região centro-oeste do Paraná, região sul do Brasil Biota Neotropica
Branco,Ciro Cesar Zanini; Peres,Cleto Kaveski; Krupek,Rogério Antônio; Bertusso,Fernando Rodrigo.
Estudos taxonômicos enfocando o inventário de macroalgas de ambientes lóticos em diferentes regiões são considerados importantes contribuições para o conhecimento básico destas comunidades algais. Neste contexto, o principal objetivo desta investigação foi realizar um levantamento florístico das comunidades de macroalgas da região centro-oeste do estado do Paraná, região Sul do Brasil, uma área de clima subtropical pouco investigada. Vinte e dois segmentos de rios/riachos foram amostrados através da técnica da transeção. Vinte e quatro táxons de macroalgas foram encontrados, incluindo 18 táxons subgenéricos e 6 grupos vegetativos. Chlorophyta foi a divisão com maior número de espécies (13 táxons = 54%), seguida por Cyanophyta (cinco táxons = 21%) e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Levantamento florístico; Macroalgas lótica; Região subtropical; Chlorophyta; Estado do Paraná.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032009000200022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Macroalgas de riachos da Serra da Prata, leste do Estado do Paraná, Sul do Brasil Acta Botanica
Peres,Cleto Kaveski; Branco,Ciro Cesar Zanini; Krupek,Rogério Antonio.
Estudos florísticos das comunidades de macroalgas lóticas no Brasil são quase que exclusivamente baseadas em material do Estado de São Paulo. Informações sobre macroalgas de riachos são escassos no Estado do Paraná. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo realizar o levantamento florístico das comunidades de macroalgas de riachos da Serra da Prata, uma área bem preservada e protegida de Floresta Ombrófila Densa. As amostras foram realizadas em 14 segmentos de riachos. O levantamento resultou na identificação de 19 táxons (15 infragenéricos, três genéricos e uma fase do ciclo de vida de Batrachospermum spp.), distribuídos em quatro divisões. Cyanophyta foi a divisão com maior número de representantes (58% das espécies) e Microcoleus...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Macroalgas; Riachos; Cyanophyta; Levantamento florístico.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062008000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Macrófitas aquáticas do Município de General Carneiro, Paraná, Brasil Biota Neotropica
Cervi,Armando Carlos; Bona,Cleusa; Moço,Maria Cecília de Chiara; von Linsingen,Leonardo.
Foi realizado o estudo florístico das macrófitas do Município de General Carneiro, localizado no sul do Estado do Paraná, entre as coordenadas 26º 19' 37"/ 26º 26' 40" S e 51º 26' 51"/ 51º 19' 14" W. Os locais de coleta foram as fazendas São Pedro, São Pedro II, Santa Cândida e Lageado Grande, entre os Rios São Pedro, São João, São Manoel, Iratim, Lajeado Grande e Neno. Com a finalidade de se conhecer a flora dos rios e lagoas da região foram realizadas coletas aleatórias das macrófitas entre 2004 e 2006. Os exemplares encontram-se depositados no herbário UPCB e MBM. Registraram-se 45 famílias, 42 de angiospermas, 70 gêneros e 117 espécies. Os ambientes aquáticos são caracterizados floristicamente pelas Cyperaceae, representada por 22 táxons, o que...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Hidrófitas; Plantas aquáticas; Levantamento florístico; Cyperaceae; Poaceae.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032009000300022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mapeamento da distribuição espacial de plantas daninhas na cultura da soja por meio de sensoriamento remoto. Infoteca-e
VILELA, M. de F.; FONTES, J. R. A.; SHIRATSUCHI, L. S..
RESUMO: Não existe, atualmente, maneira prática e rápida de geração de mapas de distribuição espacial de plantas daninhas para aplicação localizada de herbicida, e o emprego de fotografias aéreas não convencionais com esse fim tem sido discutido. O objetivo deste trabalho foi avaliar o uso de fotografias aéreas não convencionais para mapear a distribuição e o nível de infestação por plantas daninhas, visando ao manejo localizado. As fotografias aéreas, obtidas a uma altitude de vôo média de 300 metros, possibilitaram a confecção de um mosaico aerofotogramétrico que foi posteriormente georreferenciado e classificado, gerando um mapa de distribuição e de níveis de infestação por plantas daninhas. Esse mapa foi comparado aos dados de referência, coletados na...
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Planta daninha; Levantamento florístico; Precision farming; Weed survey.; Agricultura de Precisão; Glycine Max; Soja.; Soybeans; Weeds..
Ano: 2005 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/570352
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Micrasterias C. Agardh ex Ralfs (Zygnematophyceae) de duas Áreas de Proteção Ambiental da planície litorânea do norte da Bahia, Brasil Rev. Bras. Bot.
Oliveira,Ivania Batista de; Moura,Carlos Wallace do Nascimento; Bicudo,Carlos Eduardo de Mattos.
Estudo taxonômico do gênero Micrasterias C. Agardh ex Ralfs realizado em duas Áreas de Proteção Ambiental (APA Rio Capivara e APA Lagoas de Guarajuba), ambas situadas no Município de Camaçari, Estado da Bahia, nordeste do Brasil. Os materiais estudados, de origem do plâncton e do perifíton, provieram de 96 amostras coletadas no verão (dezembro de 2006 a março de 2007) e no inverno (maio a agosto de 2007), em ambientes lóticos e lênticos. Foram identificados 14 táxons, dos quais M.americana (Ehrenb.) Ralfs var. bahiensis I. B. Oliveira, C. E. M. Bicudo & C. W. N. Moura foi descrita como nova para a ciência e 10 constituem citacões pioneiras para a desmidioflórula da Bahia, quais sejam: M. alata G. C. Wall., M. arcuata Bailey var.subpinnatifida West...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bahia; Desmidiaceae; Levantamento florístico; Micrasterias.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042009000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
O gênero Portulaca L. (Portulacaceae) no Brasil Acta Botanica
Coelho,Alexa Araujo de Oliveira Paes; Giulietti,Ana Maria.
O gênero Portulaca tem distribuição principalmente pantropical, com algumas espéciesocorrendo em áreas subtropicais das Américas e África e poucas espécies na Austrália, Ásia e Europa. Portulaca inclui plantas herbáceas, com folhas geralmente alternas, portando na axila tricomas muito ou pouco desenvolvidos e flores com duas sépalas, 4-5 pétalas livres, estames numerosos e ovário ínfero. No Brasil foram reconhecidas 13 espécies, com distribuição da Amazônia até o Sul do país, mas as maiores populações estão concentradas na região semi-árida. Para cada espécie é apresentada descrição morfológica, comentários e ilustrações.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Levantamento florístico; Descrições; Ilustrações; Espécies brasileiras.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062010000300009
Registros recuperados: 23
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional